Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Já ouviram falar em RECASE ("re-enlatar" ou re-encaixotar) o pedal? Compensa?

      Autor Mensagem
      makumbator
      Veterano
      # 26/jul/16 14:48
      · votar


      Buja
      Mas e se eu pegar um pedal boss original, tirar da carcaça, re-enlatar num case escrito buja pedals, e revender o treco como buja pedals, nao estaria errado?

      Depende da legislação de cada país, obviamente. Mas na maioria dos lugares esse procedimento seria ilegal, independente de você estar obtendo ou não lucro com o equipamento (ao contrário da crença popular de que se não obtém lucro não é ilegal).

      Fernando de almeida
      Veterano
      # 26/jul/16 15:55 · Editado por: Fernando de almeida
      · votar


      Buja
      Até entendi o ponto. No caso, voce pegar um circuito, fazer uma mod, reenlatar, e vender como boss ds-1 buja mod, tudo bem, você nao está vendendo um boss ds-1 puro, e sim vendendo um boss ds-1 com uma chave a mais, com ganho a mais, etc, algo que o boss de fabrica nao tem.

      Mas e se eu pegar um pedal boss original, tirar da carcaça, re-enlatar num case escrito buja pedals, e revender o treco como buja pedals, nao estaria errado?

      Exato ... Na verdade vc pode somente re-enlatar um boss ds-1, por exemplo, e vender como boss ds-1 with buja recase (sem nenhuma MOD no circuito ou acréscimo de chave) ... Só não pode re-enlatar e dizer que é um buja distortion , como vc mesmo citou ...


      Eu, Buja, resolvo comprar um pedal desse, abrir ele, nao modificar nada , reencaixotar num case escrito buja tiny-fuzz e revender o treco como sendo minha obra. Ilegal ao meu ver.
      Isso seria ilegal, como citei anteriormente ... Mas vc poderia mandar um bertola's mini-fuzz with buja tiny recase


      Estou vendo varios desses nesse post, recase sem nenhuma mod e com outra marca na carcaça.
      Sim, mas eles são vendidos como recase e indicando a marca do pedal original ... Entre no site da JHS (fabricante top e séria de pedais) e confira a parte de recase deles ... Sempre citam o pedal - marca e modelo - que está sendo re-enlatado.
      Nem sempre a marca e modelo é colocada na frente da nova lata ... Pode ser colocada nas laterais ou até no fundo - só não pode deixar de estar indicado pois caso contrário seria trapaça ...

      Fernando de almeida
      Veterano
      # 26/jul/16 16:05
      · votar


      makumbator
      (ao contrário da crença popular de que se não obtém lucro não é ilegal).
      E tem essa também ... Verdade ... Mas na maioria das vezes só dá problema quando se tem lucros ... Quando é de uso pessoal do dono do equipo, geralmente não pega (ainda mais pedais) nada um recase e MODS (mesmo não sendo legal em alguns locais e dependendo do equipo) - pode até acontecer mas seria difífil.

      Buja
      Veterano
      # 26/jul/16 16:24
      · votar


      Fernando de almeida
      Sim, mas eles são vendidos como recase e indicando a marca do pedal original ... Entre no site da JHS (fabricante top e séria de pedais) e confira a parte de recase deles ... Sempre citam o pedal - marca e modelo - que está sendo re-enlatado.
      Nem sempre a marca e modelo é colocada na frente da nova lata ... Pode ser colocada nas laterais ou até no fundo - só não pode deixar de estar indicado pois caso contrário seria trapaça ...


      http://geradormemes.com/media/created/ci07j1.jpg

      Fuzatto
      Membro Novato
      # 26/jul/16 17:44
      · votar


      Na verdade, os caras que gostam de fuçar um pouco em eletrônica, em especial fabricação e modificação de pedais, já fazem isso há anos. Agora só colocaram um nome bonito. Tipo buling...em todas as épocas sempre teve aqueles que são mais zoados na escola, hoje arrumaram um nome para a prática. Para o tal de recase, alguém com visão empreendedora, encontrou aí um nicho pra ganhar um $$, o que é válido. Tem trabalhos bem interessantes.
      E brasileiro não pode ver um nome gringo em alguma coisa que já fica doido...rsrsrs...

      A prática se torna viável nos casos que já mencionaram aí...chassi original quebrado, modificações que demandam acréscimo de chaves ou knobs...enfim....
      Fora isso, só se tiver $$ sobrando mesmo, pq com certeza quem trabalha exclusivamente com isso deve cobra um preço salgado, por ser algo de boutique..

      Abraço a todos

      Ismah
      Veterano
      # 27/jul/16 01:40
      · votar


      Buja
      Mas e se eu pegar um pedal boss original, tirar da carcaça, re-enlatar num case escrito buja pedals, e revender o treco como buja pedals, nao estaria errado?

      Depende, como disseram, é algo variável de legislação.
      Mas não vi esses citados aí :/

      Estou vendo varios desses nesse post, recase sem nenhuma mod e com outra marca na carcaça.

      Trocar a carcaça é ou não é mod? rsrs
      Entende a complexidade do problema?

      Buja
      Veterano
      # 27/jul/16 08:43
      · votar


      Ismah
      Trocar a carcaça é ou não é mod? rsrs
      Entende a complexidade do problema?


      É complexo mesmo esse assunto. Olhando friamente, se eu trocar um knob de um pedal, eu fiz uma mod. Se eu colcar um adesivo, já é uma modificação.

      Mas o que nós guitarristas entendemos por mod é alterar o funcionamento original do circuito, ou seja, tunar o motor. Simplesmente tirar da lata original e botar em outra, é uma mod apenas estetica. Se isso vira moda, é mais viavel os fabricantes comecarem a vender somente o circuito por preco X, ou o circuito + carcaça por preco X + Y, já que o fabricante assim daria a liberdade pra qualquer um (inclusive outra empresa de pedais) encaixotar o pedal onde bem entendesse e até comercializar assim.

      Mas a questao é mesmo complexa cara. Nao acredito que uma empresa grande tipo a roland ou a tc eletronic vai encasquetar com alguem reenlatando seus pedais, justamente porque ela vende milhoes dessas unidades, e o grupo que faz isso é minoria da minoria. Agora se fosse uma samsung da vida remobilezilando algum iphone nos cases de galaxy, o buraco seria bem mais embaixo.

      boblau
      Veterano
      # 27/jul/16 09:15
      · votar


      Buja

      Não há nenhum problema jurídico em se comprar um pedal de qualquer marca, desmontá-lo, colocar as peças dele em outra lata e colocar o nome Buja nele.

      Isto se vc fizer isso de forma legal: comprar com nota fiscal em estabelecimento ativo, ter uma empresa ativa de pelo menos comércio equiparada a indústria e emitir nota fiscal de venda.

      Para fazer isto vc não precisa de nenhuma autorização do fabricante original do pedal.

      Agora, se for colocar que é um pedal feito a partir de peças de outro fabricante, colocar o nome dele na sua lata ou embalagem, ou fizer qualquer menção mercadológica, aí vc precisa da autorização dele.

      O que acontece juridicamente é que o produto original (pedal) foi devidamente vendido pelo fabricante. Seu ciclo acabou. O que vc vai fazer com ele daí para a frente é seu problema. O fabricante é responsável somente pela garantia do pedal, até o momento que vc desmonta ele.

      Já no caso de vc usar a marca dele no seu produto, viola a lei de patente da marca e vincula uma eventual garantia do seu produto ao fabricante original e isto só pode ocorrer com a autorização dele.

      O problema é vc conseguir ter lucro com esta operação, uma vez que vai pagar o preço do pedal novo, refazer e vender. Não vai dar preço, concorda?

      Portanto:
      Buja Distortion -> beleza
      Boss DS-1 Buja Mod -> não pode sem autorização da Roland

      Buja
      Veterano
      # 27/jul/16 11:09
      · votar


      boblau
      O problema é vc conseguir ter lucro com esta operação, uma vez que vai pagar o preço do pedal novo, refazer e vender. Não vai dar preço, concorda?

      Concordo. Se eu tiver que comprar 100 pedais, cada um por 500 paus, e ter que refazer o case, nao da pra vender por menos. Dai, so compra quem gosta de personalizacao. Por isso, acredito que a ideia é voce mandar seu proprio pedal pros caras, e eles reenlatarem e cobrarem por isso, mao de obra e material.

      Sem falar que se voce compra um pedal novo (com nota) e reelata ele, voce perde a garantia da fabrica. Logo, se der pau no reenlatado voce nao tem como recorrer. Fora que terá que dar alguma garantia ao cliente por sua propria conta. Negocio furado.

      Talvez valha a pena voce comprar pedais velhos, antigos, talvez com case arrebentado, ou até com o componentes do circuito queimado, e consertar, reenlatando. Nao sei. Talvez seja uma boa ideia.

      Mas esse negocio de ciclo de vida finalizar ao chegar ao destino (mao do cliente) é um tanto quanto polemico.
      Saindo dos pedais, imagina que eu compre uma fender american. Se eu simplesmente tirar a logo do head, botar um buja custom strat e revender, tudo ok!? (Mesmo que seja mais caro que a propria original, é claro)
      Mas se eu botar um captador sustainiac numa fender original e botar no headstock um "fender strat with buja mod sustain" posso ser processado?

      Nao to te criticando nao cara, é duvida mesmo, de verdade. Essas leis fazem um bololô na minha mente.

      Eu trabalho com web. E na web é muito mais simples: quer usar codigo de terceiros, tem que ter licença de compra, uso e distribuicao, ou entao a licença é free (como esta por exemplo: http://www.opensource.org/licenses/mit-license.php onde eu posso copiar, modificar, misturar, vender, usar onde quiser, etc.)

      Eu estou considerando obter esse plugin:
      https://codecanyon.net/item/dasky-timeline-slider/5071233

      Ele tem duas licenças de uso. Regular e Extended.
      Na regular eu posso usar pra mim proprio e pra um cliente apenas, desde que eu nao cobre dele.
      Na extended eu posso usar pra mim proprio e pra um cliente apenas, mas posso cobrar dele.
      Em ambas as licencas, eu so posso usar em um produto apenas, e o cliente que obteve o produto nao pode revender nenhuma cópia.

      Agora quanto a produtos pegáveis por exemplo, bens fisicos. Pedais. Nao há uma licença free, ou charged. Ou seja, obtenho o produto do jeito que ele é, e tenho a garantia de fabrica nestes termos. Eu posso revender esta unidade. E com ela faço o que eu quiser, inclusive mods e recases. Esse pedal é meu, mudo e vendo o quanto quiser. Inclusive se eu comprar 500 pedais iguais, com nota, e reenlata-los, e revende-los, tambem posso. São meus. Entendi este ponto.

      Mas e se eu comeco a copiar o circuito, reenlatar e vender? Posso? Acredito que nao. Isso é copia.

      Mas e se eu comeco a copiar 99,9% do circuito, e coloco um led a mais e reenlato como Boss DS-1 Buja Mod. Posso? Acredito que nao, já que estou fazendo referencia ao produto original, e eu nao sou o representante da marca.

      Entao nao vejo formas de alguem comecar a vender circuitos e pedais cópias e clones dos originais, sem licença. Somente se o cara tem nota de tudo.

      Estou correto?

      ramon1O
      Membro Novato
      # 27/jul/16 11:17
      · votar


      Em meio as discussões sobre ser legal ou não... alguém conhece um bom handmaker que faça esse trabalho?

      Sempre quis juntar dois Boss DD-3 em uma unica caixinha !

      Fernando de almeida
      Veterano
      # 27/jul/16 12:40
      · votar


      ramon1O
      Em meio as discussões sobre ser legal ou não... alguém conhece um bom handmaker que faça esse trabalho?
      Sempre quis juntar dois Boss DD-3 em uma unica caixinha !

      Fera, conhecer não conheço ... Mas tenho algum conhecimento em mecânica, chaparia em geral e um pouco de marcenaria (já trabalhei com isso, mas não é minha profissão - hoje trabalho comn eletrônica).
      Se vc souber trabalhar um mínimo com ferramentas comuns eu posso te passar algumas instruções e dar umas idéias para vc mesmo fazer ... O que acha????

      André Perucci
      Veterano
      # 27/jul/16 13:18
      · votar


      é só eu ou Buja Pedals tá começando a soar bem? haha

      boblau
      Veterano
      # 27/jul/16 14:47
      · votar


      Buja
      Mas esse negocio de ciclo de vida finalizar ao chegar ao destino (mao do cliente) é um tanto quanto polemico.
      Saindo dos pedais, imagina que eu compre uma fender american. Se eu simplesmente tirar a logo do head, botar um buja custom strat e revender, tudo ok!? (Mesmo que seja mais caro que a propria original, é claro)
      Mas se eu botar um captador sustainiac numa fender original e botar no headstock um "fender strat with buja mod sustain" posso ser processado?


      Não tem polêmica não. Emitiu nota fiscal, mudou a propriedade. Nem que vc não pague. A propriedade só volta se vc emitir um note de devolução ou se o emissor emitir uma nota de entrada no caso de devoluções.

      No seu primeiro exemplo é isso mesmo. Arrancou as identificações, números de série, etc pode vender como se fosse seu produto.

      No segundo exemplo não. Fender Strat é marca da Fender. Não pode.

      No caso da cópia do circuito, se o fabricante conseguir provar que vc copiou, ele pode te processar desde que ele tenha a patente do circuito. O que não pode é usar na embalagem qualquer referência a qualquer fabricante que não seja vc.

      Copiar, todo mundo copia. Não tem muito problema nisso. Tem que ser uma patente muito bem feita para caracterizar cópia num pedal de guitarra. O maior problema é o uso das marcas. Aí dá rolo mesmo.

      Buja
      Veterano
      # 27/jul/16 15:09
      · votar


      André Perucci
      Buja Pedals

      E olha que é so exemplo hein kkk. Mas quem sabe um dia que eu tiver bala na agulha $$$$ ....

      sandroguiraldo
      Veterano
      # 27/jul/16 15:59
      · votar


      Buja
      reencaixotar num case escrito buja tiny-fuzz e revender o treco como sendo minha obra. Ilegal ao meu ver.

      Não necessariamente. E se o Bertola fornecer o circuito pra você "encaixotar" e criar um produto novo?

      Quantas empresas não fazem isso? O processador vem de um lugar, a carcaça plástica de outro, o led vem da RPC... enfim, você está criando um produto novo.

      ramon1O
      Membro Novato
      # 27/jul/16 19:11
      · votar


      Fernando de almeida

      Por mim está ótimo! rsrs

      Já estou procurando um DD3 bom de preço no ML

      Pensei em montar numa caixinha Hammond 1590xx (145mm x 121mm), com dois footswitch 3pdt, a dúvida fica na alimentação (duas entradas 9V?), na ligação interna dos pedais (é só ligar o out do 1 no in do 2?) e principalmente na disposição dos botões...

      Rascunho: https://i.imgsafe.org/930c1aaab4.jpg

      De eletrônica entendo bem pouco, porém, minhas soldas são até que boas.

      Fernando de almeida
      Veterano
      # 27/jul/16 22:55 · Editado por: Fernando de almeida
      · votar


      ramon1O
      Pensei em montar numa caixinha Hammond 1590xx (145mm x 121mm)
      Opa ... legal ... Capricha na arte da lata ... e depois posta aqui!

      com dois footswitch 3pdt
      Legal ... Vc só tem que lembra de deixar o pedal (o circuito) ligado (digo a parte do buffer bypass) para vc acionar/desacionar via a 3pdt.

      a dúvida fica na alimentação (duas entradas 9V?)
      Uma entrada de 9V ... Mas a fonte deve ter o dobro de corrente - Se um DD3 consome uns 70mA, dois deles comsumirão 140mA ...

      na ligação interna dos pedais (é só ligar o out do 1 no in do 2?)
      Cara esse é um lance a ser estudado com calma - O DD3 tem duas saídas - a OUTPUT (onde temos o efeito delay) e a DIRECT OUT onde temos o sinal sem efeito (sinal sem efeito, igual ao da entrada).
      Pode-se pensar em um chaveamento das entradas e saídas do primeiro para a entrada do segundo pedal ...
      CONEXÕES DD3
      O seu RECASE poderia ter :
      >>> 2 entradas (as entradas de ambos DD3) porém com uma chave (3 ou 4pdt) para mudar entre entradas em ESTÉREO (entradas e saidas independentes - não interligadas) e entrada MONO com a(s) saída(s) do primeiro delay interagindo com a entrada do outro ...
      >>> Delays em série { pedal1 plugado direto no pedal2 }...
      >>> Delays em paralelo - input1 em mono, output1 indo para a saída1 + direct out1 indo para o input2 e output2 para a saída 2.

      Enfim - 2 entradas, 2 saídas com efeito e 2 saídas sem efeito - use sua imaginação com as possibilidades de conexões/chaveamento.

      - Dê uma olhada no circuito e componentes para te ajudar:
      http://www.synfo.nl/servicemanuals/Boss/DD-3T_SERVICE_NOTES_3rd.pdf

      - Veja também a possibilidade de acrescentar uma modulação em um ou em ambos pedais:
      http://tonehack.blogspot.com.br/2012/02/boss-dd-3-modulated-delay-mod. html

      - O controle MODE não é um potenciômetro ... ele é uma chave de 4 posições que altera o tempo máximo do pedal e inclui a opção HOLD - Se der pra colocar uma chave (do tipo momentary switch) para acessar ao menos o HOLD seria interessante, veja:
      https://www.youtube.com/watch?v=Cwv8LydMrdk

      * Bom, por enquanto é isso ... já tem muita coisa pra analisar.

      ramon1O
      Membro Novato
      # 28/jul/16 00:11 · Editado por: ramon1O
      · votar


      Obrigado pelas dicas Fernando!

      Acredito que ligar ambos em série será mais simples, a modulação deixo para os profissionais, como você, rsrs.

      Fiz um esquema interno, minha preocupação maior são os potenciômetros que são muito apertados (1 mm) pensei em retirar o de "volume" e "time" da placa e interligar na mesma com fios, assim posso posicionar como no esquema anterior e utilizar knobs maiores. Será que dá certo?

      <a href="https://i.imgsafe.org/975d49592f.jpg" target="_blank" onclick="return urlMakerParser(this); "rel="nofollow">https://i.imgsafe.org/975d49592f.jpg</a>

      Consigo ligar a chave DPDT sem alterar o bypass? Esse é outra dificuldade que quero "fugir".

      Receio em fazer o re-case, mas a vontade é grande... rsrs

      Ismah
      Veterano
      # 28/jul/16 03:49
      · votar


      Buja
      Porque código é uma ideia, não um produto. Não posso usar uma propriedade alheia, sem pagar por ela. Quando eu compro o pedal, ele passa a ser de minha propriedade, logo posso fazer o que quiser com ele.

      ramon1O

      Pode sim, eu aproveitaria e colocaria pots de qualidade neles.

      boblau
      Veterano
      # 28/jul/16 07:51
      · votar


      Ismah
      Porque código é uma ideia, não um produto. Não posso usar uma propriedade alheia, sem pagar por ela.

      hmm não é bem assim não. No caso de software, vc pode transformar ele num produto e vender sim, como se fosse um pedal. Mas a princípio não faz muito sentido. É mais interessante vc licenciar o uso. Aí a propriedade intelectual continua de quem criou e os usuários detêm o direito de usufruir dentro das condições contratuais. É a fórmula da Microsoft, Google, etc. Como é um contrato de licença, vc não pode por exemplo, vender a terceiros.

      Fernando de almeida
      Veterano
      # 28/jul/16 10:20
      · votar


      ramon1O
      Certinho o esquema que vc fez .... isso mesmo ...

      ramon1O
      Membro Novato
      # 28/jul/16 10:58 · Editado por: ramon1O
      · votar


      Que bom que acertei no esquema !

      Agora vamos aos detalhes novamente, rsrs

      - Como irei fixar as placas dentro do gabinete?

      - Qual chave é mais indicada? Um DPDT 6 pinos serviria? Mesmo eu usando o acionamento original de 2 fios?

      edit.: aparentemente o swichtfoot é diferente dos outros padrões Boss, pois ele não faz aquele "click", se parece mais com uma chave momentânea, nesse caso eu usaria uma SPST momentânea, será isso mesmo?

      - Desoldar os pots da plaquinha é perigoso para o circuito?

      - Compensa trocar os leds por aqueles tipo "cristal"?

      - Posso soldar os fio do jack out do pedal B diretamente nos fios do jack in do pedal A, ou seria melhor usar um fio somente da placa do B para o A?

      Agradeço pela ajuda e paciência :)

      Fernando de almeida
      Veterano
      # 28/jul/16 13:05
      · votar


      ramon1O
      - Como irei fixar as placas dentro do gabinete?
      Fera, realmente essa é uma dúvida que muito me procuram ... Mas não é difícil de fazer - a lata não vem com nada que auxilie nisso. Você pode:
      >>> Primeiro passe duas ou três camadas de fita durex (daquelas largas) por dentro da caixinha (inclusive da tampa) para evitar que qualquer parte do circuito encoste na lata e cause curto circuito;
      >>> Quanto às placas, vc pode até deixar solto desde que os fios estejam bem firmes e justos para que eles mantenham a placa estável, tipo assim > http://stompthatbox.com/i/penfar-fx-insides.jpg
      >>> Ou vc pode até deixar solto, como na opção acima, e envolver as placa com algum material isolante (já vi com plastico e plastico-bolha) para isolar.
      >>> Ou vc pode fazer um suporte na lata com parafusos, espaçadores e porcas para prender em algum ponto da placa, tipo assim > https://blog.arduino.cc/wp-content/uploads/2014/01/pedalshield2.jpg

      Fora essas acima, a sua opção seria mandar fabricar uma caixa conforme sua necessidade, com os pontos para prender a placa.


      - Qual chave é mais indicada? Um DPDT 6 pinos serviria? Mesmo eu usando o acionamento original de 2 fios?
      Mas vc sempre vai ligar ambos pedais simultaneamente ou quer acioná-los também individualmente????



      - Posso soldar os fio do jack out do pedal B diretamente nos fios do jack in do pedal A, ou seria melhor usar um fio somente da placa do B para o A?
      Para ser mais confiável, solde os fios da placa de um na placa de outro - Use fio blindado para isso.




      Agradeço pela ajuda e paciência :)
      Opa ... precisou é só chamar ...

      sandroguiraldo
      Veterano
      # 28/jul/16 13:45
      · votar


      ramon1O
      Não sei se entendi direito, mas você quer colocar 2 pedais dentro de uma lata só?

      Se for isso (se não for, serve pra outra pessoa) você pode pegar dois pedais da mesma marca, que sejam no mesmo formato, exemplo pedais Axcess da Giannini.

      Ao invés de tira-los da caixa original e fazer o "re-case", poderia mante-los na caixa e fazer uma caixa maior e montar eles dentro da caixa nova, box in the box... será que deu pra entender?

      ramon1O
      Membro Novato
      # 28/jul/16 14:05 · Editado por: ramon1O
      · votar


      sandroguiraldo

      É isso mesmo que pretendo, porém são dois Boss DD3, e as carcaças deles "pedem" a mudança de gabinete, mas é mais ou menos isso que você disse.

      Fernando eu pensei em aciona-los individualmente, teria assim duas chaves, nesse caso seriam momentâneas né?

      Segue o projeto, montado em um gabinete 1590XX (145 x 121 mm), a disposição dos pots está de acordo com o projeto que montei e postei anteriormente, respeitando as dimensões das placas de circuitos internamente.
      Os knobs são padrão MXR com 20 mm de diâmetro.

      https://i.imgsafe.org/a3ba52e7f5.jpg

      O que acham? Branco ou azul? rsrs

      Segue também a disposição interna dos pots, onde em verde está a parte externa e em vermelho a interna.

      Original: https://i.imgsafe.org/a3fd9055ff.png

      Re-case:
      https://i.imgsafe.org/a3de199659.jpg

      Fernando de almeida
      Veterano
      # 28/jul/16 15:36
      · votar


      ramon1O
      eu pensei em aciona-los individualmente, teria assim duas chaves, nesse caso seriam momentâneas né?
      Então seria 2 chaves 3pdt (para acionar/desacionar o efeito + led) ... Aquele lance que eu falei de ligar placa direto na placa, não esqueça que no meio disso tudo tem que passar pela 3pdt ....


      O que acham? Branco ou azul? rsrs
      Entre os dois eu prefiro o Branco ... Mas eu prefiro, de verdade, que vc tente fazer uma arte muito LOKA na lata ... não só pintar ...
      Exemplo: http://www.cartervintage.com/amps/effects/catalinbread.jpg

      Segue também a disposição interna dos pots, onde em verde está a parte externa e em vermelho a interna.
      Legal também ... Ficou bom esse cad ... Mas vc está fazendo muito certinho, tudo quadradinho (é essa a proposta?) ...
      Se eu fosse fazer um lance desse, eu faria algo mais extravagante - knobs de tamanhos diferentes e de cores diferentes, posicionamento dos potenciomentros desalinhados ou fora de centro ou até mesmo na lateral ... sei lá ... doidera ... Inspire-se:
      http://www.sixstringsoul.com/wp-content/uploads/dredge-tone-guitar-eff ects-pedals.jpg
      https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/236x/3c/1a/14/3c1a14c8c429f953ec4 3d8afc8b610b2.jpg
      https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/564x/73/77/df/7377df0d2c511520f08 e45419311be07.jpg
      http://www.bestguitareffects.com/wp-content/uploads/top-best-fuzz-dist ortion-guitar-effects-pedals-buyers-guide-26.jpg?ee4787
      https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/564x/ce/db/91/cedb912ac856d81cd87 5283f83e27e8f.jpg
      https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/736x/3f/60/5c/3f605c626c9b64e46e1 906e54e1769fd.jpg
      https://www.guitarchalk.com/wp-content/uploads/2015/04/Tortuga-Effects -Distortion-and-Fuzz-Pedal-Lineup-Screenshot-from-Website.png
      https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/564x/b0/cf/b8/b0cfb81fb61f8130c6c 398cb3d669ce8.jpg

      Ismah
      Veterano
      # 29/jul/16 01:21
      · votar


      Eu faria a conversão de cada DD3 pra TBP primeiro.

      ramon1O
      Membro Novato
      # 29/jul/16 19:18 · Editado por: ramon1O
      · votar


      Eu achei bem interessante as artes (particularmente, gosto da arte dos pedais da EarthQuaker), mas de princípio irei focar no projeto eletrônico, posteriormente desmonto e faço algo bacana.

      Estou estudando a possibilidade de usar um DD5, ao invés de dois DD3, pois assim eu teria ainda mais opções, e poderia instalar um 3º swichfoot para o tap tempo.

      E como o Ismah mencionou, instalar as chaves TBP, o que demandará mais trabalho ainda...

      Porém vou estudar com calma, não quero perder dois pedais a toa, rsrs.

      Abraços!

      Ismah
      Veterano
      # 31/jul/16 10:56
      · votar


      Não é tanto trabalho assim, basta chavear se entrada vai pra saída ou pro circuito, se o circuito vai pro terra ou pra saída, e se a energia vai pro terra ou pro LED... O pedal fica o tempo todo ligado.

      Pode adicionar um foot para delay momentário, onde só se cria atrasos para o que soar depois e durante, o foot pressionado...

      Fernando de almeida
      Veterano
      # 01/ago/16 16:35
      · votar


      ramon1O
      DD5, ao invés de dois DD3, pois assim eu teria ainda mais opções, e poderia instalar um 3º swichfoot para o tap tempo
      Opa ... legal ... ia ficar TOP ... Do DD3 eu ainda colocaria um switch do tipo momentary para usar o HOLD - assim vc teria a função similar ao do Freeze Sound Retainer da EHX.

      Ismah
      Pode adicionar um foot para delay momentário, onde só se cria atrasos para o que soar depois e durante, o foot pressionado...
      Não entendi direito a proposta ... O delay só liga com o foot pressionado??

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Já ouviram falar em RECASE ("re-enlatar" ou re-encaixotar) o pedal? Compensa?

      301.789 tópicos 7.821.000 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital