Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Pedais Overdrive e Distortion: até quando soam realmente diferentes?

      Autor Mensagem
      MauricioBahia
      Moderador
      # abr/12 · Editado por: MauricioBahia


      Buenas!

      Antes de tudo, o papo é timbre! ;)

      Tenho adquirido muitos pedais overdrive e distortion nos últimos anos. O que tenho percebido (posso estar errado) é que que a maioria são baseados no Tube Screamer ou MXR Distortion, conforme o Brian Wampler cita em um de seus livros.

      Aparentemente, o que os diferencia é a equalização. Alguns tem mais opções, outros apenas com o knob "tone". No fundo, acho que todos soam muito parecidos. No contexto "banda", muitos nunca diferenciariam uma marca X da marca Y, tenho quase certeza.

      A pergunta é: até quando estamos comprando mais do mesmo? Até quando o fator equalização "extra" é o diferencial?

      Abs

      Felippe Rosa
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      MauricioBahia
      Cara, difícil essa pergunta, para mim o que conta muito são os "detalhes" de cada pedal, talvez a equalização extra seja o diferencial quando ela faz a sonoridade do pedal fugir do "padrão" que faz todos esses pedais parecidos, tipo, um distortion não ser tão áspero ou um overdrive não ser recheado de médios, não sei bem se esse é um padrão para diferenciar eles, mas acho que deu para entender bem onde quero chegar....
      Porém, acho que cada pedal tem características particulares que dão um diferencial independente da equalização que possuem, como por exemplo, um TS tem uma boa carga de médios, mas não como um SD-1, que também tem bastante graves, eles soam parecidos, mas os médios e graves que o SD-1 tem é que fazem a diferença, logo, não é mais do mesmo, na minha opinião.
      Abçs

      Del-Rei
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      MauricioBahia
      A pergunta é: até quando estamos comprando mais do mesmo?

      Cara, nos 2 últimos anos comprei muitos pedais de drive. Alguns baseados no TS e outros que não (pelo menos não era dito).

      Mas no final das contas eu cheguei a 2 possíveis conclusões: Ou meu ouvido é muito fraco pra notar diferenças signifgicativas, ou é tudo muito parecido MESMO. Principalmente tocando com banda... A (pouca) diferença que eu notava, era só colocando lado a lado. Fiz até alguns vídeos e postei aqui.

      Esse foi um dos motivos de eu ter parado de buscar drives... E até porque, acho que o amp tem uma parcela importante no timbre final.

      Quanto à equalização, alguns pedais como o Jackhammer e o Hardwire verdinho (aquele que vc tmb comprou) são bacanas e permitem ir de um low gain encorpado até uma distorção razoável (não curto). A equalização é fundamental principalmente quando se tem um pedal baseado no TS, que pra mim, falta bastante grave nele... E geralmente os pedais só vêm com um knob de Tone.

      Um aceno de longe!!!

      Drinho
      Veterano
      # abr/12 · Editado por: Drinho
      · votar


      MauricioBahia

      Cara, hoje eu to com dois pedais que estou gostando bastante....

      Um é um drive mais na manha que até chega a ser forte para um overdrive, clone de um pedal americano chamado boilling point e outro joga mais pro time dos distortions... ele tenta recriar o som do pre amp saturadão do mesa boogie stiletto se não me engano, ele tem 6 parametros de regulagem como um pré mesmo entao da pra usar de diversas formas, eu costumo deixar mais aberto e mais ardido pois gosto de uma praia mais pra marshall e tal....

      O maior diferencial desses pedais que eu to usando no momento na minha opinião com certeza é a história dos recursos e timbragens como você mesmo disse....

      Geralmente é verdade muitos pedais soam parecidos, dependendo da regulagem a gente até se engana.... mas uma coisa que eu do muito valor em questão de pedal por mais que o som em diversos casos seja parecido é a sensação que você tem ao tocar, muitas vezes quem tá ouvindo nem saca, mas quem toca percebe, isso é uma coisa que eu sinto muita falta pois na grande maioria dos pedais vendidos em lojas que eu já testei alguns até tinham um som legal.... mas na hora de tocar é aquela sensação áspera, seca, sem sustain..... E na minha opinião é o equipamento que tem que se adaptar ao músico e não o músico ao equipamento (muitos podem nao concordar comigo)

      Quando testei esses pedais que comprei mais do que o som, porque som bom um monte de pedal tem, a sensação de tocar neles foi diferente.... foram os primeiros pedais que eu toquei que eu falei puta merda finalmente pedais que eu não consigo pensar em meia crítica não pensei duas vezes e encomendei na hora, enfim, gosto pessoal né....

      Mas como eu disse acho que som é importante obviamente mas eu não analiso só isso, é um conjunto de fatores montar um equipamento, é quase que uma ciência secreta hehehe montar tudo e dar certo logo de cara...
      E acho que a questão da discussão é isso... tem muita coisa parecida

      É que nem você pegar as linhas de guitarras da fender, são muito similares, mas os toques que as diferenciam é o que faz a cabeça do peão ficar enlouquecida....

      abraço!

      Chines da Padaria
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      MauricioBahia

      Eu ja rodei bastante com esse negocio de drive/ dist.... hoje axo que n fim das contas todos são parecidos, um ou outro tem caracteristicas diferenciadas para bem ou mal como eh o caso do metalzone que eh chato de timbrar, mas realmente, desencanei com isso, o correto eh gente tentar axar o drive/dist que a gente curte em qualquer pedal, e não ficar procurando o pedal com o drive que a gente quer, que muitas vezes, na maioria das vezes não axamos...tudo isso pq eh mais facil comprar outro que "dissecar " as possibilidades do que a gente tem...
      Até pq como ja disse, axo bem parecidos....

      fernando68
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      MauricioBahia

      concordo com a questão dos pedais, já comprei alguns (vários) e parei (por enquanto). Mas não tem jeito. Gosto do TS 808 (tenho um com mod do Keeley para acertar a equalização de médios muito estourados) e para distortions tanto o plextortion quanto o triple wreck estão entre os favoritos. Parei até aparecer a nova GAS...

      Del-Rei

      Esse foi um dos motivos de eu ter parado de buscar drives... E até porque, acho que o amp tem uma parcela importante no timbre final

      realmente o amp é que conta. e valvulado conta muito mais para dar a "cara"do teu timbre. não desmerecendo os SS, a resposta ao jeito de tocar, e aos pedais, faz toda a diferença ! eu tenho um Blues Junior III de Tolex. Esta semana toquei em um Blues Junior edição de Tweed, que vem com falante Jensen, putz, tem diferença ! o som é mais aveludado, para blues mesmo gostei mais do que o meu ! é questão de opinião, mas até o batera falou do som, então creio que não tenha sido só a minha impressão. Em tempo, não vou trocar meu Blues Junior não, tá bom demais assim.

      E acrescentando: a guita. Ela também faz uma diferença enorme, mas aí é até mais fácil de entender e pessoas leigas (minha esposa) sabe quando está ligada uma lespa, uma strato ou a teleca...

      Abxxx !

      MauricioBahia
      Moderador
      # abr/12 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      fernando68: E acrescentando: a guita. Ela também faz uma diferença enorme,

      É por isso que avaliar opiniões/reviews é complicado, ainda mais no mundo virtual. A gente pode ter os mesmos pedais, mas certamente o resto é diferente. O resultado final é obviamente um som diferente e aí então já estamos diante de uma outra realidade. ;)

      Abs a todos!

      FDG
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      É por isso que avaliar opiniões/reviews é complicado

      Aham,ainda mais quando o cara testa o pedal usando uma Gibson Les Paul num Marshall Valvulado...
      uma saída que eu tento encontrar é testar o pedal com o equipo mais parecido o possível do meu,mas mesmo assim,dá muita diferença.

      Eu antes tava bem pilhado com esse negócio de drive antes,ainda quero mudar pelo menos 1 pedal,mas to bem menos paranoico hehehe.

      MauricioBahia
      Moderador
      # abr/12
      · votar


      Eu até acho que essa demo do Brett Kingman foi, no fundo, pra mostrar o que eu tenho percebido. Provavelmente o overdrive mais caro do mundo "contra" o mais barato! hehe Lembro que ele chegou a deixar este vídeo restrito aos amigos devido a polêmica que gerou num fórum gringo.



      Bog
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      MauricioBahia

      Eu noto bastante as diferenças, mas não são tanto do tipo "melhor -> pior". São mais em certas frequências (aqueles médio-agudos irritantes do Metal Zone, os médios gorduchos do Tube Screamer, etc), compressão, e em caracterísitcas como "granulado -> liso" ou "metálico -> suave". Então eu consigo notar bem a diferença entre um BD-2 e um TS, mas mais porque o BD-2 comprime menos e não tem aquele aumento nos médios do TS. Não porque um é realmente melhor que o outro.

      Agora, tem alguns pedais que não tem como não notar a diferença. São aqueles pedais bem pouco transparentes, como os da AMT ou da Blackstar. Estes têm características bem próprias, bem diferentes dos clássicos. E existem sim pedais RUINS, aqueles que fazem muito ruído, e outros que simplesmente soam mal (lembro aqui de um tal de Behringer Distortion Modeler, que é uma atrocidade - já o clone de TS deles soa muito bem).

      Enfim, por mais que eu ache que a busca pelo "Santo Graal" dos pedais de drive esteja fadada ao fracasso (eu não compraria um Centaur, nem a pau!), eu não acho que eles soem todos iguais, ou mesmo muito parecidos.

      De Ros
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      Eu acabei de filmar uns videos com um monte de drives/distortions da Fuhrmann. São todos bem diferentes!

      Eles reagem diferente, tem uma compressão distinta, ataques bruto ou suave, EQ. granulação, sustain e varios outros detalhes.

      São detalhes mesmo, mas, principalmente quem está tocando, sente a diferença, e acaba tocando de uma maneira diferente também.

      Tem pedais que deixam a minha palhetada com o som que eu adoro, com outros, acabo tocando com mais ligados. Uns me deixam mais dinãmico, outros, mais homogêneo e fluido.

      Do mesmo jeito que não consigo soar bem tocando um metal pesado com um drive low gain, fico esquisito tentando tocar um blues com um metal drive, por exemplo!

      E , falando em pedais, convido a todos para dar uma sacada NESSE TÓPICO AQUI.

      Valeu!!!

      MauricioBahia
      Moderador
      # abr/12
      · votar


      Bog

      A impressão que me dá é que se eu pegar qualquer pedal de overdrive que tenho e tentar imitar o som de um e de outro, acabarei chegando em algo muito similar em algum momento da timbragem e isso sem outros instrumentos tocando junto!

      Abs

      maze
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      Nesse vídeo aí o Bad Monkey soou melhor que o Centaur.

      maze
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      MauricioBahia
      Com OD ou DS e um pedal equalizer logo depois, você tira muitos sons. Sabe aqueles pedais com controle de Voice? Dá pra controlar a Voice com um equalizer.

      Bog
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      MauricioBahia

      Eu acho que na verdade, qualquer pedalboard com alguns níveis de ganho resolve todas as necessidades - tipo "um drivezinho para base, um drivezão para solo, e uma distorção pesada". Às vezes dá para ter tudo em 1 ou 2 pedais até.

      Mas eu preciso achar uma auto-justificativa para ter tantos pedais de drive, hahaha. =P

      fernando68
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      De Ros

      São detalhes mesmo, mas, principalmente quem está tocando, sente a diferença, e acaba tocando de uma maneira diferente também.

      Tem pedais que deixam a minha palhetada com o som que eu adoro, com outros, acabo tocando com mais ligados. Uns me deixam mais dinãmico, outros, mais homogêneo e fluido


      o famoso "efeito placebo" onde a subjetividade é o tom...

      Alex guitar man
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      Mas eu preciso achar uma auto-justificativa para ter tantos pedais de drive

      2 pedais esta otimo :) um boss od e um ds-2, da pra tirar uma variedade de timbres com eles :) bom, pelo menos pra mim é o suficiente ;)

      Tom.Morello
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      tipo "um drivezinho para base, um drivezão para solo, e uma distorção pesada"

      É o que eu busco.

      fernando68
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      Tom.Morello

      tenho mantido essa idéia no set sempre... ...mas para isso acabo usando 3 pedais, um de over drive, um dist med/high gain e um dist high gain (vai de cada um, mas eu não uso um od empurrando outro ! só o boost que dá um up no volume, mas não oferece maior saturação.

      Tom.Morello
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      fernando68

      Também não curto um overdrive empurrando outro.
      Atualmente eu tenho dois pedais, um Marshall Jackhammer que uso como um drive mais pesado e um clone do OCD, que uso com pouco gain, mais pra dar aquele som "crunchado", porém pretendo trocá-lo por um Guv'nor. Aí falta buscar um de distorção mesmo, que não faço ideia ainda. E aí buscar um boost também.

      sandroguiraldo
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      De Ros

      Eu entendo o que você quis dizer.

      Tem pedais que não dá tesão de tocar, mesmo você fuçando neles...
      Outros pedais tem um quê a mais, tipo, tenho um Danelectro Daddy O, cara... sem comentários... pra usar ele pra dar uma sujada no som, é maravilhoso.

      Por outro lado, tenho um Delta Lab RD1, com volume no máximo e gain entre 7 e 8, ele grita forte!!!

      O timbre que tiro com eles me inspiram a tocar melhor... em compensação, quando toco com outros pedais, sinto que toco diferente também, nem melhor nem pior, apenas diferente.

      Del-Rei
      Veterano
      # abr/12 · Editado por: Del-Rei
      · votar


      MauricioBahia
      Bog
      De Ros
      fernando68

      Sinceramente, galera... Vocês conseguiriam distinguir exatamente cada timbre de pedal tocando num bolo sonoro com uma banda?

      Lógico que a quantidade de ganho dá pra perceber se for comparar um overdrive low gain com um distortion da vida... Mas comparando pedais similares em termos de ganho, acho extremamente dIfícil distinguir com banda.
      Lado a lado até vai.......

      E pra atingir determinados trimbres específicos, é mais questão de equalização e guitarra (singles/humburgers) do que o timbre do drive em si.

      Sei lá... Minha opinião. Esse vídeo que o Bahia postou deixou claro o que eu também sempre pensava.


      Enfim, Bog
      Mas eu preciso achar uma auto-justificativa para ter tantos pedais de drive, hahaha. =P

      ESSE é o fundamento, hehehehe.
      :)

      Um aceno de longe!!!

      Bog
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      Del-Rei
      Sinceramente, galera... Vocês conseguiriam distinguir exatamente cada timbre de pedal tocando num bolo sonoro com uma banda?

      Não, exceto casos específicos de pedais MUITO ruins. Da mesma forma que em um bolo sonoro com uma banda eu não consigo dizer "é uma Gibson" ou "é uma Epiphone".

      Mas veja bem, eu sou normalmente ainda mais radical: eu mesmo costumo dizer que, no meio da bagunça, muitas vezes não dá para diferenciar digital, analógico, transistorado, valvulado e o escambau. Já fiz até tópicos com base nisso. Não sou, de jeito nenhum, um defensor do preciosismo timbrístico.

      fernando68
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      Del-Rei

      Sinceramente, galera... Vocês conseguiriam distinguir exatamente cada timbre de pedal tocando num bolo sonoro com uma banda?

      pelo contrário, o que coloquei que o que importa para mim é a guita e o ampli ! a nuance que os pedais oferecem tem uma parcela menor em relação a esses dois fatores... ...creio também q foi a opinião do MauricioBahia

      Abxxx !

      vitorrock
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      Porque todo mundo odeia o metalzone??
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Del-Rei
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      Bog
      Que bom ler isso, cara... Achei que só eu que não percebesse essas diferenças, hehe.

      fernando68
      pelo contrário, o que coloquei que o que importa para mim é a guita e o ampli ! a nuance que os pedais oferecem tem uma parcela menor em relação a esses dois fatores... ...creio também q foi a opinião do MauricioBahia

      Certamente, certamente!!!

      vitorrock
      Porque todo mundo odeia o metalzone??

      Tu curte?

      Um aceno de longe!!!

      ogner
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      São detalhes mesmo, mas, principalmente quem está tocando, sente a diferença, e acaba tocando de uma maneira diferente também.
      (2)

      Similar sim, mas igual não!! Ae depende diretamente do que o guitarrista procura.

      A equalização pra mim nem é tao fundamental ( existem controles na guitarra e amp), dou uito mais importância ao tipo de granulação, transparencia ( esse item é complicadissimo explicar, isso se sente) e compressão. Eu mesmo montei 5 TSs e só uso um, ele é o melhor pra mim. E garanto, ele é diferente, hehehehe!! Parecido sim, mas igual nao!

      Mas se o ponto é que existe muito marketing, a propaganda e a GAS comanda, isso nao tenho duvida...Mas isso a idade e experiencia resolvem...Ou nao!! hehehehe

      MauricioBahia
      Moderador
      # abr/12 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      ogner: Parecido sim, mas igual nao!

      Parecidos ou muito parecidos? hehe

      Abs

      MMI
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      MauricioBahia

      O som é tudo igual ou é completamente diferente?

      Tem tanta coisa no mundo da guitarra que cai nisso... Muita coisa é bastante parecida e cabe nessa dicussão de ser diferente até onde é possível ser, especialmente tocando ao vivo onde muitas vezes se tem que lutar contra um PA ruim, acústica limitada, conversa e cerveja da platéia etc.

      A gente costuma falar que muita coisa é completamente diferente determinada mudança. Cabe nisso cordas, palhetas, efeitos, analógico/digital, SS/valvulado, tipos de delay, reverb, chorus e até mesmo strato/Les Paul. Tem muita coisa no meio disso que faz muito mais diferença para quem toca ou quem é do ramo, mas para uma platéia conversando e tomando suas brejas, não muda nada.

      MauricioBahia
      Moderador
      # abr/12 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      MMI: O som é tudo igual ou é completamente diferente?

      Querido xará. :) A discussão é baseada na afirmação do Brian Wampler, que você provavelmente sabe, faz pedais considerados Top. Enfim, eu não entendi o "ponto" da sua postagem! hehe

      Abs

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Pedais Overdrive e Distortion: até quando soam realmente diferentes?

      303.709 tópicos 7.859.254 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital