Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Quantos por cento, na prática, você acha que usa da sua multi-efeitos? Vc leu o manual todo?

      Autor Mensagem
      Slash Hammett
      Veterano
      # dez/09 · Editado por: Slash Hammett
      · votar


      tenho uma me 20. ela é tao facil e intuitiva de se usar q eu nem li o manual uhauha, no maximo dou uma olhada nas sugestoes de patches propria boss.
      uso apenas chorus, drive, delay e afinador. wah wah e volume uso raramente. uso bastante a equalizaçao tb. como ela eh uma pedaleira bem simples e com poucos recursos/efeitos acredito q eu a utilizo bastante, cerca de uns 50%.

      MauricioBahia
      Moderador
      # abr/10 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      Revivendo aqui pra ver se alguém já pode dar um depoimento legal e...

      Comprei uma RP-70 só pra usar o Whammy... Então, uso muito pouco do pedal. O bom é que agora eu o levo pros churrascos e deixo a G2 acomodada no pedalboard. Aquele velcro é uma m* e acabava descolando, deixando aquela cola impregnante. Li o manual da RP umas vezes pra entender o funcionamento do pedal. Bem simples de usar por sinal.

      Sobre a Modfactor, continuo não usando todas as possibilidades (longe disso) mas agora uso pra Wha e o efeito Undulator. O wha não é o mais lindo do mundo, mas também não é o mais feio, hehe. Então, foi bom ficar sem um wha pesando no meu set, só o leve e barato pedal de expressão da M-Audio.

      Minha fiel Zoom G2 continua para afinação e delays. :-)

      Abs

      andregui7
      Veterano
      # abr/10
      · votar


      Eu acho que o que falta é a gente saber utilizar as combinações ideais de simulação de amps, pedais e caixas. Sabendo fazer, dá pra usar mais de 10%.

      Quem saber fazer isso bem é o Alex, quem tinha a GT-10 e agora tá só com a X3Live. Ele tem vídeos muito legais.

      no quarter
      Veterano
      # abr/10
      · votar


      Com esse e outro tópico decidi oq vou comprar, me ajudou muito.

      Sai de um x3L para um nova drive, um modfactor e controllers.

      Jandira
      Veterano
      # abr/10 · Editado por: Jandira
      · votar


      Cara eu tenho uma Zoom G2.1u, já li o manual todo algumas vezes...

      Atualmente utilizo Pedal de Volume, Delay, 1 Drive Low Gain, Booster, Chorus, Flanger e Afinador.

      Estou super satisfeito com a qualidade desses efeitos, a única coisa que tenho a reclamar é que não consigo desligar estes efeitos separadamente e ficar sapateando em cima da pedaleira é chato demais...

      Talvez uma Line 6 M13 + Amp Valvulado Clean + Distorções Analógicas/Valvuladas resolva meu problema...

      ABATANGERINA
      Veterano
      # abr/10
      · votar


      MauricioBahia
      é por isso q parti para os pedaizinhos msm. minha experiência com eles têm sido excelente, se vc escolher diretinho e pegar coisa de qualidade, é de LONGE MUITO + INSPIRADOR Q AS PEDALEIRAS. tenho a A2, B2, G2. gosto delas e tal, mas hoje a única q uso é a A2 por causa das simulações de violão e reverbs.
      é muito difícil vc gostar de pelo menos 30% dos efeitos de uma pedaleira. no máximo a gente acha usável. pra show em bar, OK. mas para tocar com a banda por prazer, ou para criar, num rola. já com os pedaizinhos, vc vai adquirindo todos os q prefere, inclusive no quesito marca. nunca vi UMA multiefeito em q a gente gosta de

      Gui SILLEN
      Veterano
      # abr/10
      · votar


      MauricioBahia
      se comprou a RP 70 só pra usar o whammy, então pq nao comprou logo um whammy?

      Jandira
      Veterano
      # abr/10
      · votar


      Gui SILLEN
      Simplesmente porque o Whammy custa o dobro da RP70 acredito eu...

      MauricioBahia
      Moderador
      # abr/10
      · votar


      Gui SILLEN: se comprou a RP 70 só pra usar o whammy, então pq nao comprou logo um whammy?

      Pelo que o Jandira disse (é o dobro do preço, U$200,00) e pq eu queria conhecer uma multifx barata da Digitech. Na verdade eu comprei errado! Era pra ter sido a RP-155, mas o mané aqui confundiu os modelos e acabei clicando na RP-70. Não deu nem tempo de cancelar pq na loja que comprei eles enviam em menos de 24h. A diferença de preço entre as duas é de U$20 e a 155 é muito melhor pelo que li. Dei mole. :-(

      Flw!

      moreno_jambo
      Veterano
      # abr/10 · Editado por: moreno_jambo
      · votar


      MauricioBahia

      hum..
      vai me dizer que vc nao esta "degustando" os efeitos de sua digi..?

      eu uzo algums pedais analogicos pela pratiçidad/timbre..
      Mais comprei a RP21D,Pq sempre kiss tem uma digitec valvulada..
      "se eu n tivese comprado junto com o manual,eu ia entrar numa fria"
      ;-) ..

      abçs.

      Faca na Caveira
      Veterano
      # abr/10
      · votar


      Pô, acho que eu nunca compraria uma pedaleira apenas por causa de um efeito, acho que eu esperaria mais um pouco e compraria o whammy original... a diferença de 100 dolares é insignificante perto do que vc já está economizando só de comprar fora do país. Então compra logo tudo top!

      Voltando à questão central do tópico, acho que até mesmo de pedais é difícil se extrair 100% das possibilidades, a tendência realmente é ter pedais que cumpram diversas funções num set, atribuindo versatilidade e ganhando espaço. Mas eu sempre faço o possível pra utilizar tudo que tenho à disposição, mas é difícil pq nem tudo pode ser acessado com os pés.

      Acho que o pedal que eu mais subutilizo é o dd20, eu nem uso os presets dele, deixo sempre o pedal auxiliar no tap tempo. De vez em quando pra brincar em casa eu uso aquela função do loop de 23 segundos. Uma vez ou outra, uso a função hold. No geral, acho que devo utilizar uns 10 ou 15% dele.

      Valeu a intenção do tópico, me motivou a explorar ele mais um pouco.

      PauloFernando
      Veterano
      # abr/10
      · votar


      bom...tenho uma rp50, que apesar de abrangente tem seus limites, considerando que estou há 5 anos com a garota, já usei 100%, na prática, uso uns 60%.

      Efeitos muito estranhos não são minha praia, então eles ficam parados.

      Mas assim que eu terminar as distorções que eu estou montando, vou usar menos ainda...

      Abraços!

      MauricioBahia
      Moderador
      # abr/10
      · votar


      Faca na Caveira: Pô, acho que eu nunca compraria uma pedaleira apenas por causa de um efeito, acho que eu esperaria mais um pouco e compraria o whammy original... a diferença de 100 dolares é insignificante perto do que vc já está economizando só de comprar fora do país. Então compra logo tudo top!

      Pois é, eu não queria pedal Whammy, mas o efeito pra conhecê-lo e quem sabe criar algo. Então pensei em ter o efeito whammy e, como "plano B"poder usa a multifx em outras oportunidades, com em churrascos, hehe. Na verdade, eu comprei por causa do efeito e não só para usar o efeito. Me expressei mal acima.

      Também, com disse acima, queria conhecer uma Digitech "barata". Mais pra fuçar. Caso não gostasse dela, venderia.

      moreno_jambo

      :-) Eu nem "brinquei" direto com a RP-70 ainda. Vi que tem umas distorções legais, mas ainda não fuçei ela pra chegar numa conclusão.

      Abs

      Gilmourist
      Veterano
      # abr/10
      · votar


      Bah, minha Zoom G1. Sempre uso EQ, às vezes uso a distorção que simula a do 5150 (mas é um gerador sensacional de ruídos), o BG Crunch, o chorus, flanger e reverb. Detesto delay.

      Nano Macedo
      Veterano
      # abr/10
      · votar


      Eu sinceramente acho que há uma pressão desnecessária para se utilizar na pedaleira "todos" os efeitos. Como cada músico tem estilo próprio (metal, rock, pop, mpb etc.) o importante é que a pedaleira abranja o que for essencial para se tocar dentro de cada estilo.
      Daí, quando o músico escolhe aquilo que realmente lhe interessa dentro do espectro de sonoridades que é oferecido pela pedaleira, realmente ele passa, a partir daí, a usar pouco do restante da pedaleira, mas desde que o pouco que se use seja realmente efetivo para o músico.
      Exemplo: quando comprei minha primeira pedaleira (X Vamp), a primeira coisa que fiz foi isolar as modulações de Amps que eu mais gostava e que me davam o timbre que eu queria. Depois fui fazendo isso com cada efeito, desde o delay, reverb, flanger, chorus, phaser até distorções. Todo o resto não me interessava mais, porque já tinha obtido os timbres que queria e, assim, aqueles 10% da pedaleira que eu realmente usava passaram a atender plenamente minha necessidade. O problema então não seria, a meu ver, usar mais ou menos da pedaleira e sim se a pedaleira nos atende no tocante aos timbres, fidelidade dos efeitos e modulações e operacionalidade.
      Valeu?

      thiagorr
      Veterano
      # abr/10
      · votar


      eu só usei uma zoom 505 bizarra de um amigo meu que parou de tocar e eu fui ficando com ela, e estou com ela ate hoje apesar de não usar mais, só usava distorção, deley, equalizer que é ruim pacas, e um chorus em 5% das musicas que tocava. logo pensei, para que iria comprar uma pedaleira cara para só usar isso?? fui para os pedais. to mantando meu set. e li os manuais dos pedais todos, não li o da zoom pq não tinha!!!

      Sudario
      Veterano
      # abr/10
      · votar


      Eu uso uma V-ampII + Fcb1010 é tenho certeza que não usei nem 10% dela. uso mais Distorções, Delay, Overdrive, Chorus e o Wah wah, que por ser via Midi não é muito bom... Mas sempre que vou configurar meus equipo, tenho que dar uma lidinha no Manual.
      Mas se tudo der serto vou sair desta vida de pedaleira. "ESTOU MONTANDO MEU SET"

      Abraços!

      moreno_jambo
      Veterano
      # abr/10 · Editado por: moreno_jambo
      · votar


      o bom pra mim é ter os 2.."modulos + pedais analogicos"
      pq sempre pode bater uma saldad de um deles...rs

      Vinicius Nogueira
      Veterano
      # abr/10
      · votar


      Uso o reverb, delay e nos foots faço um boost.

      Uso uns 15%.

      Mas antes de ter pedais analógicos, usava uns 50% dela..

      moreno_jambo
      Veterano
      # abr/10
      · votar


      na verdad,ao meu ver..
      a opçao"pedais analogicos" sao exatamente pra quem tem dificuldades,falta de tempo,ou de pascieçica para regular modulos..

      felipelfln
      Veterano
      # mar/11
      · votar


      Upei esse tópico porque descobri que uso 100% do meu equip! Só tenho guitarra e amp mesmo, mas mesmo assim eu exploro muito eles dois. Falta mexer mais nas EQs, que comecei faz um tempinho. Pensando melhor acho que uso uns 90% porque falta as EQs. Muito legal essa questão levantada. Por isso não quero pedaleira.. Os pedais vão a gosto. Vc compra um Drive, um TS, um Delay, um reverb e um Wah e seu set ta pronto. E é facil de regular.. Ou pelo menos mais fácil que a pedaleira.

      MauricioBahia
      Moderador
      # mai/11 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      felipelfln: Só tenho guitarra e amp mesmo,

      O menos é mais em muitos casos. Eu estou usando no meu set apenas 3 pedais pra guitarra (EFX Vibe, Boost D.L.A. e Mojohand Harvey DC). Isso melhorou muito minha performance pq eu deixei de me preocupar em "sapatear" pra me concentrar no que realmente é necessária pra banda.

      Acho que hoje uso quase 100%!

      Abs

      ps. A multiFX (Vocalist Live 3) ficou pros vocais e acho que uso 80% dela.

      lucasgt
      Veterano
      # mai/11
      · votar


      em porcentagem nem tenho ideia

      mas uso simulador acustico, chorus, overdrive, distorção, wah, flanger e tremolo numa Zoom G2

      ghb
      Veterano
      # mai/11
      · votar


      Quanto as perguntas iniciais:

      Utlilizava pouco - porém muito bem - os recursos da minha GT8, e agora que eu já encomendei a minha GR55, será quase que impossível utilizar TODOS os recursos dela, porém MUITOS me serão bem funcionais! Em relação aos manuais, eu os leio e releio por completo antes de comprar a pedaleira (com a GT8, lí os manuais dela, da XT Live e da G9.2tt antes de decidir qual pedaleira comprar, além de pesquisa em fóruns). O manual da GR55 me fez vender a GT8, mesmo sabendo de provaveis limitações no uso de patches (aparentemente terei que trabalhar com banks na GR55), ela tem o que quero, o que já uso, o que preciso e o que eu nunca vou usar na minha vida kkk!!

      erico.ascencao
      Veterano
      # mai/11
      · votar


      erico.ascencao: 10% e olhe lá. Das 80 simulações da POD X3L, uso umas 10. Dos efeitos, é analog delay, chorus, phaser e distortion. O lance das pedaleiras, na verdade, é a programabilidade e a possibilidade de guardar trocentas configurações de delay, por exemplo.

      Agora nem as simulações dela eu ando usando, pois peguei uns pedaizinhos de drive.

      Guitar_Guiga
      Veterano
      # mai/11
      · votar


      rs questionamento curioso.

      Do meu v-amp digamos que sei exploro bem os efeitos, mas muito deles toco uma vez na vida outra na morte, mesmo tendo feito e equalizado.

      Basicamente tem uns 6 bancos que de fato utilizo. Em % acho uso uns 10% real do vamp

      Alan_Domingues
      Veterano
      # mai/11
      · votar


      Usei por muito tempo um set de pedais com uma RP-5 da Digitech, depois uma Me-8. E eu também não queria fugir muito. Ai fiquei com a GT (tem uns 6 anos quase) e não vou me desfazer por muito tempo. Me atende muuuuuuito bem ao vivo, ensaio, gravações esporádicas. O grande lance é você saber utilizar o equipamento. Não adianta pegar preset de internet, ou de fábrica. Saiba utilizar o equipamento de acordo com seu amplificador e sua guitarra. Eu hoje tiro o som que eu quiser do meu set (uso apenas a GT-8 com um cry baby e um Whammy junto com um pedal de extensão que uso para ligar o afinador e outro para dar um ganho para solos ou partes esporádicas de uma música em determinado efeito).

      O X de tudo é você aprender a usar seu equipamento. Conheço mais de um que já vendeu uma GT-10 por achar uma "porcaria". Confesso que nunca mexi em uma, mas creio que não deva ser pior que uma GT-8.

      O primordial: Assim como compor uma música. EXPERIMENTE!

      Abraços.

      MauricioBahia
      Moderador
      # mai/11
      · votar


      Alan_Domingues: O X de tudo é você aprender a usar seu equipamento.

      Inclusive, não saber usar direito o equipo é quase como jogar no lixo algo que poderia ser muito útil e até mesmo valorizar seu trabalho.

      Abs

      2Humbucker
      Veterano
      # mai/11
      · votar


      MauricioBahia
      Velho, o manual da minha G! eu li ele todo algumas vezes, ando sempre com ele, pois vai na caixa, junto da G1.

      Agora quanto ao que uso da pedaleira dever ser uns 20~25%, pois em basicamente todos os meus presets tem um reverb e delay, alguns tem chorus (principalmente os limpos),tem um que eu uso o flanger, noutro eu uso a simulação de um pedal de wah-wah meio aberto pra cortar as frequencias (mas esse eu uso só numa intro de uma música), drive dela devo usar uns 3 modelos diferentes. Simulação de caixa eu uso, e consequentemente o "zener", que é o noise gate dela. E acho que tem um patch com compressor.

      Coisas que eu nunca usei foram pitch shift, oitavador, etc.

      Reverb e delay é apenas um tipo de cada que eu uso.

      felipelfln
      Veterano
      # mai/11
      · votar


      MauricioBahia

      Não postei isso subestimando meu som, muito pelo contrário, adoro o som que tiro. Pra algumas coisas meu amp se sai melhor que o Duovox que toco em estúdio. Consigo sons legais. Mas to sentindo falta de uma dist mais lisa. A do amp é muito arenosa... E não tem Foot.. E meu amp soa bem cheio mesmo com falante de 8''. Gosto disso. As pessoas com equip barato subestimam demais seus equips e se desmotivam em relação ao timbre, acham que só terão um bom timbre clean quando tiverem um Vibrolux e uma boa dist quando tiverem um Mesa. O segredo é mexer e procurar melhorar o set, mas melhorar não no sentido de trocar tudo. As vezes um pedalzinho faz toda a diferença. Talvez com um Behringer vc consiga o timbre que está procurando, mesmo achando que a POD é a saída. Usar o que tem em mãos é bem melhor. Vc aprende a se virar. Tem que testar. Usar os VSTs junto com o amp ás vezes é uma boa... Mas os melhores resultados que tive nas poucas experiências minha foram com Guitarra + Amp.
      Bom, agora pra melhorar meu timbre vou comprar um VT911 provavelmente e um Behringer DD-400 pros delays The Edge que eu gosto bastante.
      Eu acho que esse negócio de usar só 10% do set é por falta de espirito aventureiro de equip. Tem que se aventurar nas ambiências, modulações, filters. Tenho feito bastante isso nesse tempo que to sem amp. Descobri a magia do Delay! A loucura das modulações! E umas coisinhas com auto Wah.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Quantos por cento, na prática, você acha que usa da sua multi-efeitos? Vc leu o manual todo?

      305.572 tópicos 7.892.488 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital