Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

Violão EAGLE: Características

Autor Mensagem
Greenwood
Veterano
# ago/04 · Editado por: Greenwood


Galera,
Gostaria de iniciar o meu primeiro post saudando a todos os violonistas (violeiros nunca!!!) deste fórum...
Estou pensando seriamente em adquirir um violão Eagle, elétrico, aço. Acho lindo o modelo CH888! Sei que muito já foi dito sobre os Eagles neste fórum, mas gostaria de uma ajuda mais específica sobre este modelo (já q o site deles ñ está disponível ainda...):
1) Qual a madeira do tampo?
2) Qual a composição do corpo? E do braço? É bem acabado?
3) O formato dele poderia ser classificado como "jumbo" ou está mais para "dreadnought"?
4) Como ele soa acustico? E plugado?
Agradeço a ajuda ;-)

Greenwood
Veterano
# set/04
· votar


Pô Galera, ninguém?
Será que eu vou ter que comprar o violão "no escuro" mesmo?

inthelight
Veterano
# set/04
· votar


bem vindo ae, violeiro!

bom, eu nunca toquei num desse, mas acho que no site da Eagle tem essas informações.

e claro, qdo vc for comprar teste e veja se gosta

Sversut
Veterano
# set/04
· votar


Eu tenho, mas não sei as caracteristicas de madeira e tal. Mas isso é questão de verificar no Google, Mercado Livre, etc.
Por enquanto tô satisfeito com o Violão, puglado ou não, o som é bão. Sem palheta o som fica meio xoxo, mas isso creio que é normal em violão folk.
Toquei dias atras num Takamine (bem mais karo) e o som som não é tão melhor, inclusive o dono do Taka (colega meu) falou bem do Eagle e até pensa em comprar um desse.
Mas td depende da grana... POr ex, se vc tiver 2.000,00 encontra violão melhor.
580,00 tá no preço normal.
( ) Sversut

PuNk Bass
Veterano
# set/04
· votar


Greenwood
Dentro dos violoes eletricos eh um dos melhores nessa faixa de preço. Desligado, eu nao recomendo nao, prefiro um acústico.

Claudio Natureza
Veterano
# set/04
· votar


eu tenho um e tô satisfeito, plugado ele não dá problema, mas cuidado ao tirar a bateria que as peças de plástico do equalizador são frágeis, a caixinha do meu quebrou e foi flórida pra achar. tive que adaptar uma.

sem plug ele também é legal, mas não é o violãoooo!

Barbara Jolie
Veterano
# set/04
· votar


Greenwood
Por quanto que tu viu esse modelo?

Greenwood
Veterano
# set/04
· votar


Barbara Jolie
Varia muito na internet, mas está na faixa de R$598,00 em Fortaleza-CE (sim, eu sou um violeiro-cabeça-chata!).

Claudio Natureza
Valeu pela dica, vou lembrar disso!

PuNk Bass
Vc tem certeza q desplugado ele ñ soa bem? Pelo formato (o modelo q citei ñ tem cutway) ele deveria soar bem forte!

Sversut
Valeu!
"580,00 tá no preço normal" ==> e pro meu bolso tb!!!

inthelight
O site está fora do ar, mas eles prometeram me enviar um catálogo por correio (como nos velhos tempos...hehe).

Johnny
Veterano
# set/04
· votar


Greenwood

Eu diria que toda a linha da Eagle se encaixa bem no ramo do violão básico.

Barbara Jolie
Veterano
# set/04
· votar


Johnny
e no ramo de violão nao básico?

Greenwood
ah...pela net q vc viu o preco....vo conferir nas lojas por aqui, valeu. =]

Claudio Natureza
Veterano
# set/04
· votar


Johnny
Eu diria que toda a linha da Eagle se encaixa bem no ramo do violão básico.

violão básico pra mim é Tonante.

Johnny
Veterano
# set/04
· votar


Claudio Natureza

Tonante é madeira em forma de violão...

Barbara Jolie

Não básico? Tem alguns que são bem melhores e que não são muito mais caros como os Giannini C1, C2, C3 e C4 Yamaha C40, C70 e CG151... Esses são bons violões para estudar!!! Se for comparar um Eagle DH69 que é o Top Clássico da Eagle a diferença é bem grande. O DH69 é horroroso perto de um Giannini C1.

Sversut
Veterano
# set/04
· votar


Tá, mas acho que o DH não é o Top. Tem o CH800, preço equivalente ao 887,888. O DH deve ser similar ao Giogio 18, etc, tipo uns 300,00.
Com relação ao Tonante, embora pra começar ualquer coisa serve, mas o lance é que, ssabendo pouco ´já é chato iniciar no violão, qt mais com um Tonante.
Sversut

PuNk Bass
Veterano
# set/04
· votar


Johnny
se encaixa bem no ramo do violão básico.
O que seria um violao "básico" pra vcs?

Greenwood
Veterano
# set/04 · Editado por: Greenwood
· votar


Galera,

Quando iniciei este tema, referia-me ao modelo CH 888! O que também é válido para o 887. Os outros modelos, principalmente o CH 800, não me interessam. Não penso em comprar um violão com cordas de nylon...

Johnny,

O DH69 é um horror!!!

Demais violonistas,

Quais as suas impressões sobre o modelo específico CH 888?

Johnny
Veterano
# set/04
· votar


Dos Modelos Clássicos o DH69 é o top e é apavorante, muito ruim! O CH888 não sei se é um de nylon também, só que eletro-acustico com a caixa maior, mas se for também não é bom...

Greenwood
Veterano
# set/04
· votar


Johnny

O CH888 é aço, tipo folk (ou "dreadnought").

Galera

Dêem uma olhada aqui: http://www.music-center.com.br/eagle_ch887.htm

Gostaria de ouvir uma opinião segura de quem já tocou ou mesmo possui um desses!

Valeu!

Euphra
Veterano
# set/04
· votar


Greenwood
Respondendo suas perguntas:

1) Qual a madeira do tampo?

Spruce laminado, com uma fina folha decorativa de sitka spruce (pinho sueco)

2) Qual a composição do corpo? E do braço? É bem acabado?

Corpo = Nato laminado (Nato Mahogany ou Mogno Filipino)
Braço = Nato maciço (Nato Mahogany ou Mogno Filipino)
O braço é bem acabado, com uma emenda muito bem feita e quase imperceptível na paleta (mão) e a colagem ao corpo é muito precisa e limpa.

Escala = Jacarandá indiano (madeira escura) muito boa, inclusive melhor que a escala do modelo superior CH 889, por isto preferi comprar o CH888. No início, já estava certo de comprar o CH 889, mas devido a acústica inferior ao CH 888, e a escala em jacarandá deste último, optei pelo CH 888.

O corpo também é muito bem acabado, com frisos laterais e uma roseta no bocal com uma leve aplicação em abalone. Já os trastes não são muito bem aplicados e alinhados, pois como se trata de um instrumento de linha de produção, não podemos esperar um esmero de um instrumento de ponta, que custa R$ 5.000,00.

Ele é muito legal, mas para ele ficar perfeito e não dever nada a um crafter, recomendo levar a um bom luthier para fazer os seguintes serviços (Já estou fazendo no meu):

- Troca do rastilho e nut por um feito em osso (Melhora significativamente o sustain e timbre)
- Troca dos trastes por trastes jumbo, para melhorar a pegada e deixar com um acabamento master, pois os trastes médios que vem nele são muito ruins e mau-instalados. Você nunca conseguirá uma ação baixa confortável com estes trastes.

Além disto com trastes jumbo, você conseguirá dar bends e vibratos sem maiores dificuldades.

- Aplainar a escala para tirar o excesso de abaulamento, desta forma você consegue uma ação baixa perfeita, sem trastejos.

- Encordoá-la com cordas 0.10 de bronze fosforoso (Daddario ou Martin).

Pronto com + R$ 220,00 você tem um violão muito melhor que um Crafter da série regular, em termos de timbre e pegada.

Juntando com os R$ 580,00 gastos, acho que vale a pena, por isto que o fiz e optei por ele, pois se vc gastar uns R$ 900,00 num crafter, strinberg ou condor, terá que fazer o mesmo serviço e ficará bem mais caro.

Acho que sanei tuas dúvidas...








3) O formato dele poderia ser classificado como "jumbo" ou está mais para "dreadnought"?
4) Como ele soa acustico? E plugado?
Agradeço a ajuda ;-)

Euphra
Veterano
# set/04
· votar


Ah, ele é dreadnought (folk).

Acústico ele é bem legal, mas fica melhor com cordas 0.11, mas aí você perde em conforto, como para mim o conforto anda ao lado do timbre, optei por 0.10, mas cordas em bronze fosforoso, pois assim o timbre fica legal e eu consigo dar vibratos e bends.

O pré dele dá pro gasto, não espere a performance de um Fishman, mas ele é legal para o que se propõe. Dá para tocar legal.

Greenwood
Veterano
# set/04
· votar


Euphra
Grande Euphra!!! Rapaz, que vontade enorme que me deu de comprar este instrumento agora mesmo!!!
Valeu, era exatamente isto que eu estava esperando! Acho até que este tópico deve ser fechado!!!
Obrigado!

Sversut
Veterano
# set/04
· votar


Euphra
O que vc disse tem sentido.
Pois meu CH888 tá com problemas de trastes. Alguns estão pontudos, dificultados escorregar a pestana, especialmente 3, 4ª casas, chegando a machucar a lateral do polegar.
Dei uma lixada e melhorou, mas ainda machuca se esfregar muitos com pestana.
Qt custa esse Traste que citou??
O som dele sem palheta parece meio fechado, mas acho que é normal em todo violão aço. Okei??
Na palheta fica beleza
(( ))
Sversut

Euphra
Veterano
# set/04
· votar


Sversut
O que acontece é o seguinte:

Os violões da eagle tem madeiras boas, construção limpa e bem acabada, mas o grande problema está na instalação dos trastes.

Como eles trabalham em linha de produção, por exemplo, existe uma demanda para entregar 10.000 violões em um mês, eles jamais conseguirão ter o mesmo cuidado de instalação de trastes como um violão que é feito a mão e já passa por um Luthier para alinhamento de trastes, etc.

Eles instalam os trastes 'nas coxas' mesmo, só pra dar uma média, por isto eles ficam pontudos e um pouco para fora da escala e acabam machucando os dedos do músico e arrancando pedaços da flanela quando vc vai limpar o braço. Isto com certeza ocorre no meu.

Em violões japoneses, como Takamine e americanos como Gibson, Taylor, Martin, isto jamais acontecerá, pois, estes violões quando vão pra rua, além dos componentes serem de primeira, passam por um controle de qualidade muito rígido, regulagem no luthier, e tudo mais.

Não podemos esperar muito de um violão de R$ 600,00, mas por este preço um Eagle é ótimo pois a madeira é excelente.

Como eu disse, pra ele ficar perfeito, você terá que trocar os trastes por trastes jumbo e colocar nut e rastilho de osso, pois o rastilho em plastico tira o sustain e dá uma mascarada no timbre do violão. Você verá a diferença dele quando você fizer isto.

Os trastes eu comprei por R$ 40,00 1,5m em um cara do mercado livre (najaraesneake) são trastes excelentes, com a mesma liga níquel-prata dos trastes da dunlop, só que com um preço muito melhor. Os dunlop não saem por menos de R$ 60,00.

Faça isto camarada que vc não se arrependerá. Você terá um violão excelente que dá pau em muito crafter e takamine coreano.

Daí você só troca de violão se for por um takamine japonês.

Comprar Crafter ou Takamine Coreano e perca de tempo e dinheiro, pois você vai pagar mais de R$ 1000,00 e terá que fazer o mesmo serviço.

Euphra
Veterano
# set/04
· votar


Ah, lembrando, procure um bom Luthier com referência em troca de trastes, pois não é todo luthier que sabe fazer troca de trastes bem feita. Desconfie do valor cobrado. Se ele cobrar menos de R$ 100,00 é por que provavelmente o cara não é lá estas coisas...

Johnny
Veterano
# set/04
· votar


Euphra

Tae um cara que entend ede violão aço... coisa que sou completamente ignorante... hehehe...

Sversut
Veterano
# set/04
· votar


Euphra
Okei
O valor do Traste é até razoável, mas a mão-de-obra tá karo, e além disso por aqui não tem Luthier confiável.
Em princípio me parece que não é complicado fazer a troca, pois afora o nivelamento, só colar e tal, mas desconheço o ramo...
Será que não é possivel eliminar akelas pontas sem troca-los??

Svrst

Euphra
Veterano
# set/04
· votar


Johnny
Exagero seu nobre amigo, é que pesquiso bastante no assunto e já quebrei bastante minha cara, o suficiente para aprender o pouco que sei...

Nobre Sversut, sinto informar-lhe, mas eliminar aquelas pontas é impossível sem uma troca de trastes. O que pode ser feito é amenizar o problema, limando um pouco as pontas, mas não vai resolver o problema por completo.

A bronca é que os trastes estão com a parte inicial, exatamente as pontas um pouco descoladas da escala, este é o problema que os deixa pontiagudos (Ao menos no meu violão é assim).

O Grande segredo da boa troca de trastes não está na colocação, mas sim na remoção dos trastes antigos, pois se for feita de forma incorreta, poderá danificar seriamente a escala do instrumento. Ela deverá ser feita com muita cautela e paciência, para não destacar pedaços da escala. Os trastes por baixo possuem uma espécie de "ganchos" que ajudam a fixar a colagem na escala. Se forem mau-removidos, estes ganchos saem arrastando madeira da escala e danificando os canais dos trastes.

Onde você mora ? Por acaso é aqui no NE ? Posso te indicar alguns profissionais se vc for daqui, mas especificamente de Pernambuco, onde moro.

Abração e boa sorte. Precisando estou por aqui!

Mumm_Ra
Veterano
# set/04
· votar


E ai blz galerinha! tenho duvidas se meu violão é bom ou ruim,
ele é um Eagle modelo yc208bl ele é Folk, aço, sem qualquer tipo de capitação; ele é acustico, e a caixa acustica comesa no traste 14 e não no 12?

Sim e alem disso, onde fica as tarachas ele tem esse nome hofma
by Eagle! O que siguinifica Hofma?

Greenwood
Veterano
# set/04
· votar


Galera,

Valeu mesmo a participação de todos... Ontem fiz a compra do meu Eagle CH888 e vcs não vão acreditar no preço: R$500,00 à vista ZERADO!!! Numa loja de renome em Fortaleza-CE. Era o penúltimo do estoque, que sorte!
Quem quiser aproveitar e adquirir o último... hehehe... eu dou o telefone da loja ;-)

Euphra
Suas dicas foram essenciais para esta aquisição, valeu mesmo! Continue contribuindo neste fórum!!!

Todos
Alguém sabe de um BOM luthier em Fortaleza-CE?

Johnny
Veterano
# set/04
· votar


Euphra

De violões aço eu só sei que a estrutura é mais robusta e mais pesada para suportar tensões de cordas de aço e que isso diminui muito a projeção sonora de um violão desses se comparado com um clássico do qual eu entendo muito mais!

Greenwood
Veterano
# set/04
· votar


Muito bem... muito bem... violão comprado, agora restou uma dúvida cruel: Onde exatamente colocar a 2ª "roldana"? lembrando que os violões eletro-acústicos só vêm com uma roldana na lateral... a outra parte da alça é pra colocar na ponta, feito o Elvis Presley? hehehehehe... ridículo!
Sério... onde colocar a roldana de modo a não comprometer o centro de gravidade do violão?

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
 

Tópicos relacionados a Violão EAGLE: Características

290.844 tópicos 7.588.781 posts
Fórum Cifra Club © 2001-2014 Studio Sol Comunicação Digital