Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Review: Hofma YE231

      Autor Mensagem
      erico.ascencao
      Veterano
      # mai/08


      Bom pessoal, minha busca por um violão terminou na compra deste Hofma YE231. Procurava por um violão que tivesse uma boa captação para fazer gravações em casa, e acabei achando neste Hofma a solução.

      O Hofma é um violão que eu chamo de mini-jumbo. Isso porque ele não é "quadradão" que nem os folk (longe disso), nem grandão e bundudo como os jumbo. Tem cutaway e não é flat, tem o corpo da mesma largura que meu Lauren (folk), por exemplo. Tem captação ativa de 5 bandas (bass, mid 1, mid 2 e treble e presence) mais controle de volume. Bom, mais detalhes no site:
      http://www.hofma.com.br/2008/int_produto_detalhe.asp?txtID=86

      Bom, vamos dividir a análise em tópicos:

      Acabamento
      Já tive um Di Giorgio Estudante nº 18, e hoje tenho um Lauren LA125, um Di Giorgio Talent I e agora o Hofma YE231. Sem dúvida este tem o melhor acabamento. O acabamento envernizado é maravilhoso, apesar de matar um pouquinho do som do violão - nada como um violão encerado, como por exemplo meu Lauren, que me deixou na mão por causa da captação porca que coloquei nele. O logotipo perolado e o cavalete numa madeira com veios bem bonitos são detalhes que eu adorei.

      Detalhes Técnicos
      As tarraxas são ótimas, nem duras nem molengas, seguram bem a afinação, são bem lineares (se você aperta x a finação sobe ou desce x, não tem essa de apertar e apertar e nada de mexer na afinação) e são individuais.

      A instrumento veio reguladinho. Ação das cordas bem baixa, a ponto de tornar a tocabilidade quase ideal mesmo com cordas D'Adario 0,010 (estou mais acostumado com 0,009). O braço é fininho, do mesmo padrão de muitos violões de aço por aí, muito confortável. O acesso até a 17a. casa não é problemático.

      Os trastes me pareceram bem colocados, pois não há problemas de oitavas. E o rastilho não é totalmente "retinho", tem aqueles pequenos entalhes que eu acho que ajudam na regulagem das oitavas.

      Não mexi muito com o equalizador, porque comprei junto com o violão uma pedaleira, a Zoom A2. Preferi então deixar o violão equalizado em flat pra não gerar problemas. Nele há um botão "phase", que inverte a fase - tem gente que usa este recurso como um segundo timbre de violão, principalmente em gravações, colocando o sinal original á direita e o sinal defasado à esquerda, por exemplo.

      O Som
      Pelas minhas andanças atrás dum violão com cordas de aço cheguei a dois modelos folk: o Hofma YE220 e o Strinberg. Inicialmente tinha a idéia de levar tanto um de 6 cordas quanto um de 12, mas o orçamento encurtou e o 12 saiu fora da jogada.

      Testei o YE220 e achei bem legal, porém confirmei a história dos violões encerados x violões envernizados. Os violões envernizados têm um som mais "metalizado", diria até mais definido, cristalino. Já os encerados têm um som mais "aberto" (por isso digo que têm um som menos definidos), mais "quente" - desculpem estas metáforas sonoras, mas não tem jeito mesmo...

      Bom, como a verba encurtou, achei este Hofma YE231 "mini-jumbo" no Mercado Livre, com um vendedor que eu já conhecia. Saiu por R$300. Só fui testá-lo na hora de buscar, e vi que não havia muuuuuuuuita diferença pro modelo folk da mesma marca. A diferença está na tonalidade: o folk é um pouquinho mais grave, e o mini-jumbo é mais médio.

      No geral, o som é bem encorpado, mais tendendo pro médio-grave. Se eu colocar um encordamento 0,009 aí fica mais estalado, do jeito que eu prefiro. O som plugado é muito bom, a captação é bem forte e ela por si só dá uma impressão de reverb - só impressão, não vai achando que é efeito embutido!

      Conclusões
      Por vários motivos vale a pena investir neste violão. Você pode achá-lo por R$350 - mais do que isso não vale muito a pena - e terá um ótimo instrumento nas mãos, tanto para tocar plugado quanto desplugado. Não creio que exista diferenças dos Hofma para os Eagle que compense a diferença de preço, digo tanto sobre a estética quanto ao som. Os Eagle começam a partir dos R$500.

      Plugado ou desplugado, para iniciantes, intermediários e quem sabe até para quem toca por bares afora, trata-se de uma ótima opção. Pra mim, é um violão definitivo, até que o próximo acidente causado por empregada nos separe.

      erico.ascencao
      Veterano
      # mai/08
      · votar


      Em breve um review sobre a Zoom A2.

      erico.ascencao
      Veterano
      # mai/08
      · votar


      Ah, já tem review da Zoom.

      DIEGOGUITAR
      Veterano
      # mai/08
      · votar


      Acidente causado por empregada! : | isso é assustador ... já imaginei meu violão num causo desses!!!! : |

      Parabéns pelo review!!!!!

      Abração !

      erico.ascencao
      Veterano
      # mai/08
      · votar


      DIEGOGUITAR
      É, ela derrubou meu Lauren no chão. Entre outros arranhões, amassou a quina do headstock.

      Dosv01
      Veterano
      # jan/11 · Editado por: Dosv01
      · votar


      Excelente review! Tô na dúvida entre esse violão, o Hofma YE231 e o Tagima Dalas. Alguém se habilita a me ajudar?

      Pelo orçamento, comprarei um violão corda de aço, de até 400 reais. Tenho um Eagle DH 69 (cordas de nylon) e gostaria de um violão com cordas de aço para variar um pouco e testar outros timbres também. Dizem que instrumento musical é que nem tatoo: quando faz uma (compra um) não pára mais.


      Ps.: Sei que essa postagem é de 2008 porém para mim continua totalmente atual, e o violão inclusive ainda é vendido!

      :)

      Abços.

      erico.ascencao
      Veterano
      # jan/11
      · votar


      Dosv01
      Cara, na época em que estava procurando um violão deste tipo cheguei a tocar no Dallas. Achei ele muito parecido com o Hofma. O design dos dois é praticamente igual.

      Hoje a Hofma disponibiliza outros modelos semelhantes aos YE 231 (digamos que sejam "auditoriuns") mas com outras opções de madeiras e acabamentos. Tem um lá com tampo em ash com uma pintura que permite ver os veios da madeira, é muito bonito e deve ter um som diferentão. Dá uma procurada no ML.

      MauricioGT-
      Veterano
      # jan/11
      · votar


      erico.ascencao

      Opa
      Você ja testou esse violão em algum lugar? Parece que ele tem tampo maciço e o som, parece que é otimo pro preço dele.



      Dosv01
      Veterano
      # jan/11
      · votar


      Bom, comprei o YE 231 - Hofma. Preto e com afinador. Minhas primeiras impressões são que o acabamento dele é satisfatório, mas não espere se surpreender. O som dele não é tão limpo (toquei um Gianini de R$ 680 na loja e a diferença é absolutamente visível - não comprei por questões financeiras mesmo).

      No geral é um bom violão. Se você quer tocar em barzinho NÃO compre esse violão, fora isso serve pra tocar em casa, em festas com amigos e familiares, inclusive ele fala alto para um violão deste preço, plugado então, fica bem legal.

      No final das contas eu aconselho sim comprar esse violão, por 1 ou 2 anos depois você sente a necessidade de trocá-lo.

      OBS.: O meu afinador digital veio com problema (que não aconteceu na loja). Já troquei o violão (na verdade a minha esposa foi hoje à loja trocar) e espero que fique tudo bem. Confio no vendedor e acredito que ele não passou nenhuma bomba, já que não estava lá para testar. Quando chegar em casa irei tocar com calma e analisar o violão "novo" (o da troca).

      É isso pessoal.

      erico.ascencao
      Veterano
      # jan/11
      · votar


      MauricioGT-
      Nunca testei este HMP. Parece ser uma ótima pedida por ser um exemplar com tampo maciço e muito barato.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Review: Hofma YE231

      305.011 tópicos 7.883.685 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital