Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

Construção de Escalas e Acordes - método fácil (por Luckas)

Autor Mensagem
Luckas_Guitar
Veterano
# mar/07 · Editado por: Luckas_Guitar


Bom galera, provalvelmente este assunto já foi abordado em vários tópicos mas vou tentar condensar algumas informações importantes e legais neste tópico.

Tomemos por exemplo a escala maior, com intervalos seguintes: TOM, TOM, SEMI TOM, TOM, TOM, TOM, SEMI TOM. Em sol maior teríamos:

G A B C D E F# g

Uma maneira simples de transpor essa escala e a seguinte: de G para A há um tom, da escala sol para a escala de lá, ambas maiores, ou menores, ou duas outras quaisquer, desde que iguais (maior-maior; menor-menor) é subir um tom em cada nota da primeira escala pra obter a segunda, veja:

A B C# D E F# G# a

de lá pra si maior, pega a escala acima e repete-se o procedimento (entre lá e si o intervalo é um tom), logo:

B C# D# E F# G# A# b.

E etc. O mesmo ocorre com escalas menores, com intervalos TOM, SEMI TOM, TOM, TOM, SEMI TOM, TOM, TOM , veja:

De Em para Am (2 tons e meio, intervalo):

E F# G A B C D e

A B C D E F G a

etc.

Isso tb vale para os acordes. Acordes simples são contruídos com a Tônica a Terça e a Quinta de uma escala. Se a escala é maior, o acorde da tônica tb é maior. Tomemos como exemplo o campo harmônico de sol maior novamente (formando acordes com a escala de sol maior):

G maior (G B D)
A menor (A C E)
B menor (B D F#)
C maior (C E G)
D maior (D F# A)
E menor (E G B)
F# dim (F# A C)

Um grande problema dos iniciantes é encontrar os acordes nos braços, mas um jeito fácil de solucionar esse problema, é como fizemos com as escalas, por exemplo, pegue um acorde conhecido seu, tipo o ré maior na primeira posição, para econtrar o mi maior, e o f# maiores basta andar com a mesma posição da mão um tom, e dois tons respectivamente, em todas as cordas, assim:
D   E   F#

e--2->-4->-6-------------------------------------------
B--3->-5->-7-------------------------------------------
G--2->-4->-6-------------------------------------------
D--0-------4-------------------------------------------
A------------------------------------------------------
E------0-----------------------------------------------


Para outras posições de acorde o processo é similar, o Dó maior:

C   D etc...

e------------------------------------------------------
B--5->-7--------------------------------------------------
G--5->-7--------------------------------------------------
D--5->-7--------------------------------------------------
A--3->-5--------------------------------------------------
E------------------------------------------------------


Assim, com apenas um deslocamento de casas podemos achar os acordes procurados a tanto tempo.

Espero ter ajudado.

Abraços.

Rodrigo_Iron
Veterano
# mar/07 · Editado por: Rodrigo_Iron
· votar


Legal a iniciativa cara, vai ajudar bastante gente!
---------------------------------------------------------------------- -------
Vo aproveitar o tópico que está falando de escalas e vo falar sobre a "Ordem dos sustenidos" e a "Ordem dos Bemóis" que são artificios usados para se descobrir os acidentes de uma escala sem precisar fazer todo esse recurso de "Tom tom semitom" etc.
OBS:Claro que primeiramente é aconselhável a pessoa estudar a formação das escalas com "Tom e semitom" até se familiarizar com elas, aí então parte para isso que eu irei explicar:
---------------------------------------------------------------------- --------
Tomemos o Fá e contemos 5 notas a partir dele e 5 a partir da que vier assim por diante até termos 7 notas:

Fá+5=Dó
Dó+5=Sol
Sol+5=Ré
Ré+5=Lá
La+5=Mi
Mi+5=Si

Fá Dó Sol Ré La Mi Si
Esse será a Ordem dos sustenidos...Mas...Como usaremos isso?!

É simples, se queremos saber quais os acidentes de uma escala maior, nós pegamos a nota da escala e vemos qual a sétima nota a partir dela, então vamos para a Ordem dos Sustenidos e contamos até essa nota.

Eemplo:

-Escala de Si maior
1º Passo:A sétima nota a partir de Si é La
2º Passo:Pego a ordem dos sustenidos e vou até essa nota vista anteriormente:
Fá Dó Sol Ré La

PLIM!Ai estão os meus acidentes da escala de Si Maior.

OBS:Uma excessão à regra é a escala de Fá maior que terá o Si bemol como acidente, e também a escala de Dó maior que como todos sabemos não possuiu acidente.
OBS2:Para facilitar na hora de procurar os acidentes de uma escala como a de Sol Susteindo por exemplos, podemos procurar a escala de Sol com a Ordem dos Sustenidos e aumentar meio tom em cada nota com aquilo que o Luckas_Guitar falou aí em cima!

A ordem dos bemóis é bem parecida, somente invertemos a ordem dos sustenidos:
Si Mi La Ré Sol Do Fa
Ela é usada para procurarmos uma escala em bemol, como por exemplo a escala de Si bemol maior.Nela teremos algumas alterações no procedimento:

1ºPasso:Escolher a escala, tomemos como exemplo a de Sol bemol.
2ºPasso:Nós vamos na ordem dos bemóis até a nota da escala+uma
No caso da escala de Sol Bemol maior, temos os acidentes:
Si Mi La Ré Sol Dó


OBS final:Isso que eu acabei de explicar só serve para as escalas maiores, para o caso das menores vocês podem achar os acidentes da relativa maior.

Flw...!

Luckas_Guitar
Veterano
# mar/07
· votar


Rodrigo_Iron

Boa cara, valeu pelo adicional aí! /o/

Rodrigo_Iron
Veterano
# mar/07
· votar


Luckas_Guitar
Boa cara, valeu pelo adicional aí! /o/

Opa!Tamo ai pra isso! \o/

Ted_Gbi
Veterano
# mar/07
· votar


O que são acidentes? esta explicação 2º nao ficou clara para min..?

Luckas_Guitar
Veterano
# mar/07
· votar


Ted_Gbi
O que são acidentes

acidentes sustenidos (#) e/ou bemols (b) da escala. As notas C, D, F, G e A suportam acidentes de um semi tom para frente, o sustenido e de um semi tom para trás, na escala, o bemol. as notas E e B suportam apenas o bemol, pois E#=F e B#=C.

Vou postar um link aqui, do caro Panucci, que explica os intervalos, e que será de ajuda na construção de escalas.

Esse método que passei funciona assim, vc pega uma escala que conhece e dela acha todas as outras, mudando toda a escala no mesmo intervalo que o da transposição de tons, p.e, se vc tem a escala de B maior, para achar a escala de C maior, basta elever meio tom todas as notas da primeira escala, pq entre o B e o C há somente meio tom.

Luckas_Guitar
Veterano
# mar/07
· votar


Intervalos - por Panucci

Aqui vc conhecerá os intervalos existentes;

Escalas (shapes das principais) - por Alex Differ

Aqui os principais shapes de escala que vc pode transpor utizando o método que escrevi no primeiro post.

=)

Mega
Veterano
# mar/07
· votar


Luckas_Guitar
Boa iniciativa!
Só esqueceu de dizer que num acorde maior, a terça é maior (2 tons de distância em relação à tônica) e no menor, a terça é menor (1 ton e meio de distância em relação à tônica), num acorde diminuto a quinta é diminuta.. e por aí vai. Vc colocou um pouco de campo harmônico alí, mas nem falou das tríades e os tipos existentes. Isso pra formar acordes é preciso, mas não necessariamente dentro da abordagem de campo harmônico... bastaria falar dos intervalos, mostrar suas nomenclaturas em cifras e tal, adicione ao seu post as dissonâncias existentes, pra que fique mais completo ;P

Rodrigo_Iron
Boa explicação
Ainda que eu ache que no caso do ciclo das quintas, basta memorizar a escala modelo e fazer lá na hora... Mas é válido sim saber onde vai aparecer pela primeira vez cada sustenido, eu já tinha percebido há algum tempo que era na sétima maior, mas quem sabe alguém não percebeu ainda... Vc só esqueceu de dizer que cada bemol que vai aparecendo é a quarta do outro ;P

naty pires
Veterano
# jan/12
· votar


vlw boa explcaçao,estou iniciando aulas de piano,isso me ajudou a gravar o metodo,,.blz.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
 

Tópicos relacionados a Construção de Escalas e Acordes - método fácil (por Luckas)

288.456 tópicos 7.529.557 posts
Fórum Cifra Club © 2001-2014 Studio Sol Comunicação Digital