Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Claudia Leitte é condenada a pagar R$ 382 mil por direitos trabalhistas a ex-guitarrista

      Autor Mensagem
      renatocaster
      Moderador
      # 28/nov/17 13:50


      https://g1.globo.com/ba/bahia/musica/noticia/claudia-leitte-e-condenad a-a-pagar-direitos-trabalhistas-a-ex-guitarrista-que-trabalhou-cinco-a nos-com-artista.ghtml

      O que mais me chamou atenção nessa reportagem foram os valores dos cachês divulgados:

      "O músico participava de uma média de onze shows mensais. Ele recebia R$ 800 por apresentação de 2010 a 2011, R$ 1 mil de 2012 a 2013, R$ 1,2 mil em 2014. Os valores de cachês eram triplicados no período de carnaval."

      Nada mal, hein!

      Agora, a pergunta: Quem toca com artistas desse naipe, a média de cachê é essa mesmo? Quer dizer, de 2014 para cá, deve ter até subido um pouco mais (ou encolhido, sei lá). Média de 11 shows por mês a 1,2 mil por apresentação...é uma grana muito boa.

      Delson
      Veterano
      # 28/nov/17 13:54
      · votar


      O valor que ele deve receber é de cerca de R$ 382.668,71
      Valor muito exato pra ser apresentado como "cerca de".

      sandroguiraldo
      Veterano
      # 28/nov/17 14:22
      · votar


      renatocaster
      Acho bem fora da realidade... Mesmo com esse salário alto, só 4 anos de trabalho não creio que daria uma rescisão tão alta assim...

      JJJ
      Veterano
      # 28/nov/17 14:30
      · votar


      Delson
      R$ 382.668,71
      Valor muito exato pra ser apresentado como "cerca de".


      É que tem um erro de 2 centavos, para mais ou para menos.

      Gabriel Santos Lacan
      Membro Novato
      # 28/nov/17 14:32
      · votar


      Se considerar o fato dele estar se deslocando constantemente, raramente ficando em casa, mais conhecimento de música, de rig, de palco, estúdio, composição, acho bem digno o salário.

      acabaramosnicks
      Membro Novato
      # 28/nov/17 14:46 · Editado por: acabaramosnicks
      · votar


      O que acontece em muitas profissões, e acredito que aconteça com músico freelancer, é que o empregador combina um salário "de verdade", e na carteira assina um salário muito menor. Enquanto o cara tá trabalhando, ganha o salário de verdade, às vezes vem no holerite como algo do tipo "bonificação por desempenho" ou qualquer merda parecida, tem gente que paga "por fora"; quando o cara não tá trabalhando, paga-se o salário previsto na carteira, assim vc deixa o caboclo na geladeira, evita de perder a pessoa.
      O problema é que se o cara ganha o salário de verdade o tempo todo, o patrão pisa na bola de alguma maneira, e há como provar que o seu salário de verdade não era o que tava na carteira, tem como recorrer para a justiça, mas nem sempre ganha (ao contrário da maior parte das causas trabalhistas), porque de certo modo o empregado também tava "fazendo errado". Mas vc pode tentar convencer a justiça de que foi forçado a fazer o errado, mas ainda assim foi conivente (não denunciou antes, só depois que deu merda), então nem sempre dá certo.

      sandroguiraldo
      Veterano
      # 28/nov/17 14:47
      · votar


      Gabriel Santos Lacan
      Acho que os fatores que você citou, embora importantes, são o que menos contam no fechamento de um cachê desses...

      sandroguiraldo
      Veterano
      # 28/nov/17 14:49
      · votar


      acabaramosnicks
      porque de certo modo o empregado também tava "fazendo errado".

      Uma vez eu fui fazer homologação no sindicato e a moça me disse que a obrigação de fazer o certo é do empregador. Nenhum empregado pode ser responsabilizado por fazer o errado. Todo juiz trabalhista que se preze dá ganho de causa ao trabalhador, nesses casos, segunda ela.

      Lelo Mig
      Membro
      # 28/nov/17 14:51
      · votar


      renatocaster

      "Ele recebia R$ 800 por apresentação... Quem toca com artistas desse naipe, a média de cachê é essa mesmo?"

      Sim......recebe!

      É claro que o mainstream não representa 0,05% dos empregadores, mas quem dá a sorte/competência de estar no barco deles.....se dá bem.

      E, se além de você estar no mainstream, der sorte de trabalhar com alguém generoso, melhor ainda.

      Ivete Sangalo, no auge de sua atividade, fazia 28 a 45 shows por mês e pagava R$ 2.800,00 em média, para seus principais músicos. Sei de neguinho que ficou rico tocando com ela.

      Paul.Gilbert
      Veterano
      # 28/nov/17 14:51
      · votar


      renatocaster

      Com alguma experiência organizando alguns eventos, é disso para mais. Normalmente os músicos se apoiam na tabela da OMB para receber os cachês como sideman desses artistas(não me recordo dos valores atualizados mas é algo em torno de 1.300 e pouco). Claro que dependendo da relação do artista com os músicos eles são muito melhor remunerados.

      Para você ter noção, o último show da Paula contratado aqui, custou em torno de R$: 130.000,00 para uma apresentação. O Do Skank Custou 220.000,00. Isso envolvendo os músicos, a produção e os milhares de intermediários. Na semana do Jazz, mesmo músicos internacionais custam muito menos. Por este valor de cerca de 100.000,00 já trouxemos o Mike Stern para a cidade, por exemplo.

      renatocaster
      Moderador
      # 28/nov/17 14:56
      · votar


      sandroguiraldo

      Acho bem fora da realidade... Mesmo com esse salário alto, só 4 anos de trabalho não creio que daria uma rescisão tão alta assim...

      Mas aí nesse montante total, devem estar incluindo multas, juros, correções, etc...

      Gabriel Santos Lacan

      Se considerar o fato dele estar se deslocando constantemente, raramente ficando em casa, mais conhecimento de música, de rig, de palco, estúdio, composição, acho bem digno o salário.

      Sim, o salário é digníssimo! E ao meu ver compensa tudo isso que vc falou...conhecimento, ralação, ausência de casa, etc...

      Só que meu ponto é: Será que é essa a média paga por cachê da maioria que toca com essa galera do mainstream? Tipo Claudia Leitte, Ivete, Anitta, as duplas sertanejas...eu não tinha a mínima noção, para mim pagavam no máximo uns 500 paus por apresentação.

      Wade
      Membro Novato
      # 28/nov/17 14:57
      · votar


      Aguardando ansioso o post do Ismah.

      renatocaster
      Nada mal, hein!

      Nada mal mesmo.

      15 barão por mês pra trabalhar 11/30...

      renatocaster
      Moderador
      # 28/nov/17 15:09 · Editado por: renatocaster
      · votar


      Lelo Mig

      E, se além de você estar no mainstream, der sorte de trabalhar com alguém generoso, melhor ainda.

      Exato. Ou de dar azar de trabalhar com alguém mais muquirana, kkkkkkkkkk.

      Ivete Sangalo, no auge de sua atividade, fazia 28 a 45 shows por mês e pagava R$ 2.800,00 em média, para seus principais músicos.

      Orra......O.o

      Mas também deve rolar muita peixada nesse meio para conseguir chegar nesse nível de trampo, né...o amigo, do amigo, do amigo...deve ter uma panela fechada já.

      Paul.Gilbert

      Com alguma experiência organizando alguns eventos, é disso para mais. Normalmente os músicos se apoiam na tabela da OMB para receber os cachês como sideman desses artistas(não me recordo dos valores atualizados mas é algo em torno de 1.300 e pouco).

      Legal, nem sabia da existência dessa tabela. E tendo essa tabela, de certa forma o cara fica mais "protegido" né, para não acabar recebendo muito menos do que isso. Estou falando isso pq a gente ouve umas paradas bem escrotas desse meio, de que a galera rala muito e é mal remunerada, mesmo tocando com artistas famosos.

      E esse já não é o primeiro caso que vejo de nego entrando na justiça, se não me engano há um tempo atrás foi um ex-baterista da Ivete Sangalo.

      Paul.Gilbert
      Veterano
      # 28/nov/17 15:19
      · votar


      renatocaster

      Então, é claro que tem que ser associado da OMB. Aí eu tenho uma opinião forte sobre essa "Cosa Nostra". Mas deixando isso de lado, só vejo essa tabela ser praticada em eventos públicos. Ela diz que músicos de estúdio deverão receber cachês similares em qualquer gravação... Sabemos que não acontece.

      A Própria OMB custa uma quantia considerável pra se manter afiliado. A recomendação aqui na cidade que damos é ter uma MEI aberta em situação regular(até para garantir sua previdência) e atuar como um pequeno empreendedor na hora de ser contratado.

      Se possível usar um pequeno contrato de prestação de serviço e emitir nota fiscal, exigir os pagamentos em ferramentas seguras e etc... Mas a realidade em outras cidades, sabemos que não é essa. E nem aqui é 100% aderido, ainda tem muito músico levando "migué" dos contratantes.

      Lelo Mig
      Membro
      # 28/nov/17 15:29
      · votar


      renatocaster

      "deve rolar muita peixada nesse meio para conseguir chegar nesse nível de trampo, né...o amigo, do amigo, do amigo...deve ter uma panela fechada já."

      Renatão, tem muita "peixada" sim... o famoso Q.I........mas ele é justificável.

      Muito sideman roeu muito osso com artistas que não fizeram sucesso.... Anos e anos, tocando "o que não curte", para se sustentar, ter uma referência no mercado, apostando alto, como um empreendedor.

      Aí quando o artista "estoura", ele geralmente têm sua banda, que comeu pão com ovo com ele durante décadas... ou, como no caso da Ivete, que saiu de um grupo para carreira solo, se cercou de músicos bons, que ela mesma já conhecia e que os amigos do meio indicaram.

      Ela saiu da banda Eva, com contrato, mas não pensem vocês que tinha alguém rasgando dinheiro por trás dela não... Os caras que embarcaram com ela, a maioria músicos conhecidos no meio lá da turma de Salvador, foram prá ganhar cachê de buteco, de trio elétrico.....sobre a promessa de que "se ela estourar...".

      O "se" aconteceu, e pelo que sei, ela foi generosa. Teve umas presepadas, uns desentendimentos, alguns problemas com um ou outro músico... mas faz parte. Mas o povo ganhou dinheiro e muito, prá não ter que se preocupar mais, se tiver cabeça.

      Ismah
      Veterano
      # 28/nov/17 23:50 · Editado por: Ismah
      · votar


      renatocaster
      Eu não sou de falar de meus cachês, mas cara eu sou um Zé ninguém, sou TÉCNICO, de uma banda regional, do interior, e ganho uma fração razoavelmente próxima disso.

      A média de cachê, caso conseguir fazer o curso no IGAP passa de 400 a 500 como FOH Engineer... Se trabalhar num teatro sobe para um "piso" de 1k3... Claro que existem mais fatores na conta que só fazer o curso.
      Mas na moral, eu acho um cachê MEDIANO para um músico desse nível...

      Eu iria? Claro que sim! Eu não ganho isso nem trabalhando diariamente hoje. O nível que estaria é incrível!

      Tenho uma oferta de artista sertanejo de SC, com 20 shows/mês pra X pila/show sem boca livre...
      Eu vou? Não, pedi pra melhorar a proposta: 2/3 do cachê, boca livre e ao menos meio aluguel em SC.
      O produtor ganha muito mais que eu, e é ele que decide onde para pra comer... O cara não vai parar em lugar BBB, vai parar em lugar chiquérrimo - até pra fazer grau com o artista...
      No fim, entre viagem e alimentação, eu tenho menos que na Dinamite que está a 15km de casa...
      Se ele me quer, e precisa como citou, ele cobre.

      Por exemplo, tem uma entrevista de um técnico, que ele fala ter dito não para um salário de 15k, porque a agenda era de vários shows, coisa de 20 a 30 por mês...

      Tem muito nego que usa esses artistas pra galgar... Toca a preço baixo pra fazer nome, ganhar exposição por tabela... Quando vê é chutado, e vê que só se lascou...

      Eu disse não algumas vezes já e não me arrependo. Fechei um free pra sexta a pelo menos um mês e meio, que o cara "desmarcou" ontem - só faltou cara pra me avisar... Eu que liguei atrás, ele não me conhece então acaba-se até relevando um pouco, mas... rs

      Motivo? Achou um que faz mais barato... Simples assim!

      Eu entrei numa sinuca de bico: ou não iria trabalhar, ou baixava cachê. Já contava com essa grana, aí tive de engolir o orgulho e baixar cachê.
      Só que ainda é um valor bom... Mas pra isso acontecer, eu precisei chutar um cachê que já me deixou desconfiado, achando que o cara não iria topar... Levantar cachê? Quero ver isso acontecer a primeira vez...

      De verdade, é preciso além de ser músico, ser vivo pra fechar negócio...

      Pode apostar que é bem normal girar músicos, e empregados inclusive. O cara que está a 10 anos, quer ser mais valorizado que o que chegou agora... Logo quer um cachê maior!
      Se pensar, os 5mil que "deveriam" pagar de cachê pro cara, poderia pagar ao menos 2mil de salário de outros 2 músicos, e mais metade do salário de um terceiro...
      Pô, tá cheio de maluco que toca guitarra, e ainda mais gente que daria tudo que tem pra viver de música. Anuncia num desses grupos do face, que estão a procura de um sub pra esse cara aí, que chove gente, e pra 500 pila...

      E eu fui um desses que topa tudo pra viver de música! Meu primeiro cachê próprio (comecei trabalhando com banda de parente) era 20 pila, uma coca e um pastel. Tava felizão, sendo escravo da banda... Hoje eu dou risada, mas tem muita banda de rock que leva roadie só pela coca e pastel... Pinta volta e meia uma proposta assim...

      Não é nem por ganância que o cara quer ganhar mais, como muita gente pensa, mas tua vida praticamente é a banda...

      Ismah
      Veterano
      # 28/nov/17 23:55
      · votar


      Wade
      Nada mal mesmo.

      15 barão por mês pra trabalhar 11/30...


      Vai nessa! Eu viajo amanhã de noite, pro evento de sexta. Aí tenho que voltar correndo por cima de tudo porque sábado tem de novo... 11/30? NEM FUDENDO!

      O que é fato, é que normalmente é boca livre, logo tu não gasta praticamente nada do salário...

      renatocaster
      Mas também deve rolar muita peixada nesse meio para conseguir chegar nesse nível de trampo, né...o amigo, do amigo, do amigo...deve ter uma panela fechada já.


      Pô, é o que mais tem. Eu sondei desde 2010 a banda que vou fazer o free que citei acima... Só 7 anos... rs

      Ismah
      Veterano
      # 29/nov/17 00:31
      · votar


      Já havia recomendado para quem quer uma visão do backstage, TITO NA ESTRADA...

      https://www.youtube.com/channel/UCJ9XPkmvfOBYp-LEj_QZXWA/videos

      Felipe Stathopoulos
      Membro Novato
      # 29/nov/17 09:54
      · votar


      Como ex-advogado digo que esse valor aí deve incluir "tempo à disposição do empregador", que se traduz como horas extras.

      Claro, músico "de estrada" viaja pra caramba, fica um tempão dentro de busão ou avião, tem as passagens de som, tem os ensaios, enfim, um baita trampo lascado.

      Imaginem que o cara ganhe 10k por mês. Seu salário hora é de 45 reais (tô arredondando e "engrossando" a conta toda). Com o adicional (50%) vai pra R$ 68. Se ele faz 2 horas extras por dia (máximo permitido) tem que receber 2k a mais por mês. Vezes 12 dá 24,5k/ano. Vezes 4 vai pra 98k. Coloca aí juros e correção e já passa de 150k fácil.

      O problema é que esses caras normalmente ficam muito mais "tempo à disposição do empregador". Aí, acima de 2 horas extras diárias, o adicional vai pra 100%. Refaçam as contas...

      Coloquem aí os penduricalhos de sempre e chegam nesse valor fácil.

      A conta não está errada não, pelo contrário, está é modesta.

      Vale lembrar que a nova reforma trabalhista mudou muita coisa, e agora permite o trabalho intermitente e outras modalidades de contrato, que pode vir a refletir nisso aí tudo.

      Ismah
      Veterano
      # 29/nov/17 11:30
      · votar


      É, mas se ele alega o óbvio: o meu tempo como funcionário dela, era sob a lei antiga, tem grande chance da reforma não afetar.

      A parte boa, é que a reforma abre um leque de possibilidades. Pessoalmente não acho certo o que o cara tá fazendo, mas pelo cachê pago, eu acho que ele está é sendo frouxo...

      Delson
      Veterano
      # 30/nov/17 14:25
      · votar


      Sendo guitarrista, vai gastar tudo em guitarra.

      entamoeba
      Membro Novato
      # 30/nov/17 14:31
      · votar


      A insalubridade de ficar tocando música bosta é impagável.

      renatocaster
      Moderador
      # 07/dez/17 07:42
      · votar


      entamoeba

      A insalubridade de ficar tocando música bosta é impagável.

      Por esse cachê convidativo, eu tocaria até funk proibidão...

      Ismah
      Veterano
      # 07/dez/17 08:58
      · votar


      Pô Renatão... O cara não acordou ganhando salário mínimo num dia, e acordou no dia seguinte ganhando esse cachê todo...

      Esse cara com muita certeza, tava ganhando um valor próximo disso antes de tocar ali. Assim, é um valor absurdo pra quem vê de fora, mas no contexto não é tanto assim não!
      Pensa em quantas vezes esse cara, comeu o pão que o diabo amassou com os pés, pra chegar ali... E principalmente, os riscos que o cara assumiu!
      Ele tem uma carreira de sucesso sim, mas tem um passado também!

      Não é uma questão nem de ambição o valor, mas ninguém que tem um renome desses vai tocar por menos dali em diante. Tem a questão de que pra estar ali o cara é muito além da média já, mesmo fazendo o básico do básico como sideman. Isso implica em apoiadores, patrocínios, valor das aulas / workshops...

      Tua frase soa ingênua dado a esse contexto. Tu e uma penca de gente aqui do FCC tocam muito, mas ninguém teve a cara e a coragem de ir ser músico... Ok, algumas vezes as coisas vão acontecendo simplesmente - é o meu caso - mas são um tanto de exceção...

      E pode apostar que se tu tivesse trilhado todo esse caminho, talvez até trocado um artista com menos agenda e mesmo cachê, sob algumas promessas, além do óbvio renome que isso trás... Também teria processado...

      entamoeba

      Isso é a sua opinião. O cara realmente pode gostar de axé.
      E tem gente que é um operário da música, o gosto é por tocar, estar no palco... O que está tocando é irrelevante.

      renatocaster
      Moderador
      # 07/dez/17 11:58 · Editado por: renatocaster
      · votar


      Ismah

      Pô Renatão... O cara não acordou ganhando salário mínimo num dia, e acordou no dia seguinte ganhando esse cachê todo...

      ????

      Ué, e quem não sabe disso? Isso acontece com qualquer carreira. Isso daí é o óbvio do óbvio, ululante.

      Tua frase soa ingênua dado a esse contexto.

      Que frase? Essa?

      "Por esse cachê convidativo, eu tocaria até funk proibidão..."

      Bom, o contexto da frase é considerando o cara que já chegou no nível de tocar com a Claudia Leitte e que já ganha esse cachê considerado "bom". O exemplo é SE eu já tivesse nessa mesma condição, eu aceitaria tocar qualquer coisa, mesmo sendo considerada uma música "ruim".

      Novamente, o fato do cara ter passado por percalços, ter comido o pão que o diabo amassou, etc, isso é evidente. O ponto da discussão é: Já cheguei num patamar que consigo ganhar "X" de cachê. E por conta disso, eu vou deixar de ganhar "X" de cachê só pq o artista em questão canta um estilo de música que eu não gosto? Eu não deixaria. Foi simplesmente isso que eu quis dizer.

      Ismah
      Veterano
      # 07/dez/17 15:07
      · votar


      A primeira parte foi em resposta a teu comentário, mas se estende a mais pessoas... As vezes é preciso dizer o óbvio. rs

      Havia entendido errado essa segunda parte, realmente desculpe.

      entamoeba
      Membro Novato
      # 07/dez/17 16:26
      · votar


      Ismah
      O cara realmente pode gostar de axé.

      O que torna as coisas mais graves! Talvez seja algo análogo à Síndrome de Estocolmo...

      Ismah
      Veterano
      # 07/dez/17 16:39
      · votar


      Creio que o Baiano, nascido no pé-da-serra, pensa o mesmo do que tu gosta. Mas quem sou eu pra dizer do que o cara gosta ou não?

      Eu sei que o gaúcho, descendente de italianos, nascido numa fazenda de fumo, que chamei de pai por quase toda minha vida, achava o que eu gosto só bateção de caneco e barulho... Da mesma maneira que eu nunca entendi porque ele era fã de Volksmusik, sem falar uma palavra de alemão...

      Buja
      Veterano
      # 07/dez/17 16:41
      · votar


      O cara realmente pode gostar de axé.

      Ha coisas que eu so acredito vendo.

      Ismah
      Veterano
      # 07/dez/17 16:44
      · votar


      Por que então temos tanta gente seguindo esses artistas? Não sejam tolos mininos!

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Claudia Leitte é condenada a pagar R$ 382 mil por direitos trabalhistas a ex-guitarrista

      303.879 tópicos 7.863.284 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital