Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Habilidade em instrumentos de cordas facilita o aprendizado nos seus "irmãos"?

      Autor Mensagem
      xmarhunterx
      Membro Novato
      # 07/nov/17 14:27 · Editado por: xmarhunterx


      Ontem a noite eu estava tocando com uns amigos (sem duplos sentidos hehe) e eis que um dos meus amigos me aparece com o irmão mais novo dele que só sabe tocar ukulele, e esse garoto teimou que queria tocar também. Então eu entreguei para ele uma guitarra e a tablatura de sweet child o mine com solo e tudo (hehe, só pra sacanear o pirralho), mas pra minha surpresa mesmo não sabendo tocar guitarra, ele até que tocou a música relativamente bem. Minha dúvida é: O fato de uma pessoa saber tocar um instrumento de cordas, vai ajuda-la a poder tocar outros instrumentos da família das cordas (ex: Violão, baixo, bandolim, etc)?

      Gabezorx
      Membro Novato
      # 07/nov/17 14:36
      · votar


      O fato de uma pessoa saber dirigir um carro, vai ajudá-la a poder dirigir outros veículos automotores?

      Na minha opinião sim!

      Buja
      Veterano
      # 07/nov/17 14:37
      · votar


      Acho que sim...facilita.

      PguitarMaxx
      Veterano
      # 07/nov/17 15:09
      · votar


      Facilitar, facilita. Mas entenda que facilitar não significa que você vai tocar um instrumento novo sem aprende-lo. Você vai ter facilidade na parte motora, provavelmente teórica também, mas cada instrumento tem uma linguagem própria.

      E mesmo na parte motora você provavelmente vai ter que se adaptar bastante ao novo instrumento

      Buja
      Veterano
      # 07/nov/17 16:14
      · votar


      So facilita o "engate"!

      Lelo Mig
      Membro
      # 07/nov/17 17:23 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      xmarhunterx

      Ele sabe palhetar?
      Ele sabe dedilhar?
      Ele sabe digitar?
      Possui alguma destreza na digitação?
      Consegue, mesmo que não saiba as notas se orientar pela escala/braço? Corda 3, casa 5, por exemplo?

      Bom, alguns adiantos não me parece achismo e sim comprovação. Posso deduzir estatisticamente que facilita.

      xmarhunterx
      Membro Novato
      # 07/nov/17 20:55
      · votar


      Lelo Mig
      Dedilhar com certeza sabe já que toca ukulele, até que foi bom com a palheta. Oque eu queria saber é que já que ele toca um instrumento de cordas, a coordenação motora dele já estava desenvolvida para tal função, logo isso facilitou para ele na hora de tocar guitarra. Eu estou certo?

      Lelo Mig
      Membro
      # 07/nov/17 21:45
      · votar


      xmarhunterx

      Acredito que sim.

      Por isso interroguei sobre estas qualidades, que eu suponho que ele já tenha, e com certeza encurtam o caminho num novo instrumento.

      Ismah
      Veterano
      # 07/nov/17 22:44
      · votar


      Eu passeio pelas cordas: violão, viola, guitarra, baixo, banjo, ukulele, cavaco, bandolim, viola portuguesa, já me arrisquei até num guitarron! hehehe

      E "aprendi" tudo partindo do violão... A ideia geralmente é a mesma, muda alguma coisa na digitação, e na forma de tocar. Sabendo o básico, dá para ir longe...

      Eu divido em três grupos

      Strum - instrumentos que se toca batidas com ou sem palheta
      Riff - instrumentos que se toca com ou sem palheta, misturando dedilhados e batidas (samba / bossa / jazz) e os riffs de guitarra
      Erudito / Flamenco / cigano - é um grupo a parte, porque de verdade é muito diferente em todos os aspectos

      Beto Guitar Player
      Veterano
      # 08/nov/17 07:31
      · votar


      Olha, eu acho que depende um pouco.
      Sempre tive vontade de aprender a tocar violoncelo e pensei que, talvez, eu teria certa "facilidade" pra aprender já que arranho na guitarra e violão...

      Mas, por Deus... Como alguém toca num braço sem trastes? Então cheguei a conclusão que de nada vale saber tocar violão ou guitarra... De qualquer maneira, eu teria que testar pra ter certeza.

      Ismah
      Veterano
      # 08/nov/17 08:36 · Editado por: Ismah
      · votar


      Acho que ele foi limitante a instrumentos com trastes pelo descritivo...

      A parte do fretless é memória muscular e ouvido. E isso dá uma diferença danada, uma vendedora da loja que eu compro, se meteu ao violino faz uns 8 meses. Não sabia nada de tocar, e hoje tá com um ouvido bem afiado já.
      Talvez o baixo elétrico possa ser um começo pra ti... 200 pila tu compra um baixo legalzinho já... Arranca os trastes e seja feliz.

      JulianoF.
      Membro Novato
      # 08/nov/17 08:39
      · votar


      Ismah
      Eu separo em strum e fingerpicking apenas, mas interessante separar o erudito/flamenco, sempre considerei como "advanced fingerpicking". Mas talvez eu estejas certo, já que envolve técnicas diferentes, principalmente percussivas.


      xmarhunterx
      Um Dó é um dó em qualquer instrumento, se tu sabes a sequência das notas, e os intervalos, isso ajuda em qualquer instrumento. A parte mecânica dos instrumentos de cordas ajuda tb. Mas a teoria musical é mesma para qualquer instrumento. Então, o que tu sabe de teoria se aplica a guitarra, violão, piano, harpa, seja o que for. A questão é colocar as horas-vôo na parte mecânica do instrumento novo. E algumas técnicas são compartilhadas entre os instrumentos de cordas, então, ajuda sim.

      Felipe Stathopoulos
      Membro Novato
      # 08/nov/17 09:23
      · votar


      Claro que facilita.

      ejames
      Membro Novato
      # 09/nov/17 07:03
      · votar


      xmarhunterx
      Oque eu queria saber é que já que ele toca um instrumento de cordas, a coordenação motora dele já estava desenvolvida para tal função, logo isso facilitou para ele na hora de tocar guitarra. Eu estou certo?

      Ué, não foi o que você viu na prática?

      É um instrumento com cordas, braço, trastes, com tocabilidade semelhante. É óbvio que vai facilitar.

      Ismah
      Veterano
      # 09/nov/17 09:28 · Editado por: Ismah
      · votar


      JulianoF.

      É mais além. O conceito de empunhadura até a forma que se toca, do finger style é diferente para o erudito e flamenco. Acho que a maior diferença, é que no segundo, o finger style é quase puramente pop (eu incluo samba, bossa aqui), há uma harmonia e melodia muito claras, ambas estão misturadas.

      É curioso, que o erudito e o flamenco, tem empunhaduras muito semelhantes ao que se usa no baixo elétrico.

      ejames
      Membro Novato
      # 09/nov/17 12:25
      · votar


      É um instrumento com cordas, braço, trastes, com tocabilidade semelhante. É óbvio que vai facilitar.

      Complementando, é por isso que eu acho instrumento para canhoto ou inverter cordas uma besteira sem tamanho. As duas mãos estão fazendo coisas que nunca fizeram antes, nosso cérebro se adapta, cria novas conexões e você aprende a executar.

      Ismah
      Veterano
      # 09/nov/17 12:58
      · votar


      Ser canhoto tem fundamentos genéticos.

      ejames
      Membro Novato
      # 09/nov/17 13:22 · Editado por: ejames
      · votar


      Ismah
      Ser canhoto tem fundamentos genéticos.

      Sim, mas leia com atenção o que eu postei. Não disse nada sobre ser canhoto, mas sim sobre quem compra instrumentos invertidos ou inverte cordas usando o fundamento de ser canhoto - acho desnecessário, pois ao aprender um instrumento nosso cérebro se adapta.

      Posso estar errado, não sou neurologista, mas não imagino por qual motivo um canhoto teria dificuldades maiores que um destro para aprender num instrumento comum.

      acabaramosnicks
      Membro Novato
      # 09/nov/17 13:35 · Editado por: acabaramosnicks
      · votar


      Ismah

      Ser canhoto significa que vc tem uma preferência por usar a mão esquerda, mas na guitarra vc usa as duas e o nível de complexidade é próximo. O povo faz isso por não pensar a respeito, simples assim, não faz sentido fazer isso que fazem. Não é como escrever, que vc vai obviamente preferir a mão esquerda. Seria o equivalente em dizer que canhoto tem que inverter o teclado (instrumento) ou o teclado do computador, simplesmente não faz o menor sentido, com a guitarra é igual.

      Mais um paralelo: veja no skate ou surf que tem os regular e os goofy, que é basicamente os que andam com o pé esquerdo na frente e os que andam com o pé direito na frente. No caso do skate, o pé da frente é justamente o que vc vai usar pra "chutar" as manobras, logo, é o que tem movimento mais complexo, e irônicamente, é mais comum os destros serem regular. Deve-se levar em consideração também que o pé de trás é o que vc usa pra remar (dar impulso), logo, o pé mais forte, que seria o direito, seria mais indicado. Na prática, anda-se regular ou goofy independente de ser destro ou canhoto, justamente porque uma coisa não justifica a outra.

      Outra coisa que muitas vezes o povo não faz diferente e melhor simplesmente por não pensar a respeito: usar o mouse com a mão direita. Muito canhoto usa o mouse com a direita simplesmente pq ninguém usa com a esquerda, e os PCs inicalmente eram compartilhados. Se hoje não é mais assim, porque diabo de motivo então não passam a usar com a esquerda? O windows tem até suporte pra isso!

      JulianoF.
      Membro Novato
      # 09/nov/17 14:44
      · votar


      acabaramosnicks
      Steve Morse, Kiko Loureiro, Michael Angelo Batio e eu (hehe)

      somos canhotos, mas tocamos como destros.
      Então, sim, não é necessario inverter instrumento para tocar.

      Buja
      Veterano
      # 09/nov/17 14:52
      · votar


      Tambem acho assim.
      Sou destro, toco instrumento destro.
      Mas cheio piamente que poderia tranquilamente tocar canhoto se tivesse me apresentado uma guitarra canhota da primeira vez.
      Da mesma forma que chuto com a canhota, porque quando pequeno me falavam que o Sorin do cruzeiro era melhor porque jogava pela esquerda. Acreditei e ficou assim mesmo.

      Reinaldo Camargo Filho
      Veterano
      # 09/nov/17 15:05
      · votar


      Então, o que me ajudou muito, por incrível que pareça, foi quando dei aulas de baixo sem ser baixista e também aula de cavaco para um canhoto sem ter meu cavaquinho (eram amigos, nem cobrei nada), depois disso e de quando aprendi a tocar piano e melhorei meus conhecimentos em teoria musical, eu consigo me adaptar com muito mais facilidade a algum instrumento musical bizarro, desde que eu consiga fazer sair algum som dele (sax por exemplo sou uma lástima), mas Ukele, Bandolim, Cavaquinho, Viola de Cocho, Viola Caipira, instrumentos com cordas invertidas para canhotos ou com afinação diferente com mais facilidade.

      Ismah
      Veterano
      # 09/nov/17 15:29 · Editado por: Ismah
      · votar


      Senhores... Se esquecem que todos começam do básico, o strumming é notoriamente mais complexo para a grande maioria...

      Paul.Gilbert
      Veterano
      # 09/nov/17 21:09
      · votar


      Tenho certeza que saber tocar algum instrumento de cordas ajuda na mecânica de outros. Comecei tocando violão, facilitou o aprendizado da guitarra, que por sua vez adiantou imensamente as aulas de baixo...

      JulianoF.

      Também sou canhoto e toco como destro, justamente por causa do Steve Morse e não me arrependo, além da pegada ter ficado interessante, o preço e a variedade dos destros é muito melhor.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Habilidade em instrumentos de cordas facilita o aprendizado nos seus "irmãos"?

      303.745 tópicos 7.860.236 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital