Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Por que as guitarras estão mais caras hoje em dia?

      Autor Mensagem
      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 22/ago/17 13:08
      · votar


      Felipe Stathopoulos
      Se é à margem da Lei não é um Sistema Econômico Político e Social...
      Consulte o debate entre Sepúlveda e Las Casas
      E leia esse texto:
      https://www.uc.pt/fluc/eclassicos/publicacoes/ficheiros/humanitas29-30 /07_Oliveiras.pdf
      HÖFFNER, Joseph. Colonização e evangelho. Ética da colonização espanhola no Século de Ouro. 2a ed. Rio de Janeiro: Presença, 1977.
      BALMES, Jaime. A Igreja Católica em face da escravidão. São Paulo: Centro Brasileiro de Fomento Cultural, 1988.
      Abç

      Felipe Stathopoulos
      Membro Novato
      # 22/ago/17 13:24
      · votar


      Mauricio Luiz Bertola

      Em momento algum falei em sistema econômico, social ou quetais. O que disse é que havia escravos HOJE, muito mais do que jamais houve. Penso ser eticamente completamente irrelevante o fato de não haver "Sistema Econômico Político e Social" que incentive a escravidão: o FATO é que escravos existem, hoje, em maior número do que nunca: se eles existem dentro da lei ou à margem da lei, para eles e para os fatos não faz a menor diferença...

      Quanto ao texto: me desculpe mas achei que estávamos o tempo todo a tratar da escravidão na Idade Moderna, a escravidão "atlântica", ou ao menos a escravidão da baixa Idade Média em diante. Não tenho interesse em discutir a escravidão no mundo antigo que, aí sim, sou obrigado a concordar com sua primeira assertiva, nada tinha a ver com a escravidão moderna, quer em sua forma, quer em seu conceito.

      Abç

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 22/ago/17 13:50
      · votar


      Felipe Stathopoulos
      Um fato só se torna relevante se socialmente relevante. O fato de haverem escravos hoje não é econômica nem socialmente relevante. Isso independe do que eles (os escravos de hoje pensam ou sentem).
      Não que eu seja insensível, não sou. Apenas estou analisando as coisas como um Cientista Social, não como homem.
      A escravidão moderna, embora se assemelhe à escravidão antiga (ou no tempo que denominamos "medievo") não é igual àquela, embora seja um Sistema Econômico e Social também.
      Abç

      Gabezorx
      Membro Novato
      # 22/ago/17 14:31
      · votar


      Se o John Henrique soubesse o "pano pra manga" que esse tópico ia dar...

      Buja
      Veterano
      # 22/ago/17 14:37
      · votar


      Gabezorx
      Pensei na mesma coisa, kkk, apesar de estar gostando da discursao e aprendendo bastante.

      Isso mostra o quanto esse forum está morto. A gente nao suporta mais ficar falando de guitarra. Estamos indo pra outras discursões, e hora ou outra, falamos de guitarra. Porque, aqueles topicos de pedal x e z, guitarra a e b, ja cansou faz decadas kkkk

      Gabezorx
      Membro Novato
      # 22/ago/17 14:43
      · votar


      Buja
      Daqui a pouco alguém ressuscita o tópico "a guitarra está morrendo lentamente?" e afins.

      newsom
      Membro Novato
      # 22/ago/17 16:11
      · votar


      Vi um artigo interessante que tem a ver com o assunto do tópico aqui


      http://porque.uol.com.br/por-que-cada-vez-menos-pessoas-tocam-guitarra /

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 22/ago/17 21:54
      · votar


      Buja
      Isso mostra o quanto esse forum está morto
      Não sei se posso concordar com isso.
      Acho que o que está havendo é que há um "refluxo" nesse modelo de mídia (fóruns de internet), mas há muita coisa relevante aqui, trazida por gente muito boa.
      Ademais, música é vida, e está relacionada com "n" aspectos da Realidade.
      Abç

      John Henrique
      Veterano
      # 22/ago/17 22:59
      · votar


      Gabezorx
      Se o John Henrique soubesse o "pano pra manga" que esse tópico ia dar...


      Huahahahaha, pois é.

      Lelo Mig
      Membro
      # 22/ago/17 23:24 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      Buja

      "Isso mostra o quanto esse forum está morto."

      Não vejo muito assim não... acho que boa parte dos users que restam são mais antigos e fiéis, então alguns assuntos relativo à "timbre, efeito, madeira, técnica e etc."...estão esgotados.

      Mas, vira e mexe um tópico surpreende com sociologia, política, economia, história, filosofia........e isso mostra que, ainda que as vezes eu discorde de alguns, há gente inteligente que merece respeito e admiração por aqui... fico feliz de o fórum não ser uma campada de tapados que só falam em heavy melódico e escalas.

      SteveRayMorse
      Veterano
      # 23/ago/17 04:24
      · votar


      Lelo Mig

      fico feliz de o fórum não ser uma campada de tapados que só falam em heavy melódico e escalas

      huahuahuah...pdc

      Buja
      Veterano
      # 23/ago/17 08:55
      · votar


      Lelo Mig

      Não vejo muito assim não... acho que boa parte dos users que restam são mais antigos e fiéis, então alguns assuntos relativo à "timbre, efeito, madeira, técnica e etc."...estão esgotados.


      Acho que o que está havendo é que há um "refluxo" nesse modelo de mídia (fóruns de internet), mas há muita coisa relevante aqui, trazida por gente muito boa.

      É verdade...voces estão certos.

      derek_70
      Veterano
      # 04/set/17 21:55
      · votar


      A conta que eu faço pra saber se o preço no mercado nacional é justo é pegar o preço da Amazon convertido em real e multiplicar por 2.

      Uma guitarra de $400 na Amazon se custar mais que R$ 2500 com dólar a 3,10 esta caro. Sempre faço esta conta e não pago se o preço aqui for mais que isso.

      acabaramosnicks
      Membro Novato
      # 04/set/17 23:03
      · votar


      derek_70
      Não é bem assim... Preço em dólar, faz o câmbio, adiciona 60% de imposto, e taí o preço. Porém, deve-se levar em consideração a falta de garantia para problemas de fabricação e o risco envolvido com o transporte, que varia de um produto pra outro.
      Se for comprar um pedal, por exemplo, manda trazer de fora e f*da-c. Uma guitarra é mais complicado, pode quebrar, pode dar o azar de pegar uma unidade que não veio muito legal, então o esquema é testar e pagar o preço.

      John Henrique
      Veterano
      # 05/set/17 01:42
      · votar


      já eu prefiro comprar aqui no Brasil mesmo, por mais caro que seja.
      Até porque moro no interior de SP.

      JJJ
      Veterano
      # 05/set/17 08:34
      · votar


      E o dólar continua valendo Pi...

      JulianoF.
      Membro Novato
      # 05/set/17 12:08
      · votar


      Não se relativamente subiu, mas isso é uma combinação de variação cambial + contratos de importação + impostos + lucros de todos (e tem muita gente no meio do caminho).

      Uma Ibanez RG350 nova, em 2006, custava em média 1.200 reais.
      Hoje ela está 2.300, na média.

      Porém, 1.200 reais em 2006 parecia muito mais dinheiro do que 1.200 reais hoje. Então.. acho que continua proporcionamente em um patamar parecido.

      Isso sem levar em conta que as RG350 de 2006, vinham com aqueles captadores P-Sound horriveis e a aquela ponte antiga ILT1.
      Prefiro as atuais. :)

      Del-Rei
      Veterano
      # 05/set/17 13:31 · Editado por: Del-Rei
      · votar


      derek_70
      A conta que eu faço pra saber se o preço no mercado nacional é justo é pegar o preço da Amazon convertido em real e multiplicar por 2.
      Uma guitarra de $400 na Amazon se custar mais que R$ 2500 com dólar a 3,10 esta caro. Sempre faço esta conta e não pago se o preço aqui for mais que isso.


      acabaramosnicks
      Não é bem assim... Preço em dólar, faz o câmbio, adiciona 60% de imposto, e taí o preço.



      O dólar hoje está R$ 3,12 mas é bom lembrar que esse valor não é o que se paga, pois o seu cartão de crédito vai te cobrar, por baixo, uns R$ 3,35 na conversão além dos 6,38% de IOF, além do frete - que não é barato.

      Além do mais, comprando pela internet, além do Imposto de Importação, alguns estados cobram ICMS. E todos esses impostos incidem sobre os $400 da guitarra mais o frete - sim, impostos sobre o frete.

      E nisso aí, pode ter certeza que sua guitarra de $400 chega aos R$ 3,5k fácil fácil.

      Agora, se for considerar os lojistas, a coisa muda completamente de figura. A alíquota dos impostos é diferenciada, assim como o custo da guitarra em si. As lojas não compram pela internet, como consumidores, e revendem para nós.

      É outro esquema e geralmente tem que sair mais caro do que uma compra pela internet, porque o lojista é obrigado a oferecer garantia, nota fiscal, manual... E os impostos aplicados aos lojistas, além de incidirem sobre o valor da guitarra e do frete, incidem sobre o seguro também.

      Um aceno de longe!!!

      derek_70
      Veterano
      # 05/set/17 14:43
      · votar


      Del-Rei neste meu cálculo já levei tudo isto em consideração. Isto é um método pessoal que uso pra saber se o preço de um produto importado é justo para o que eu quero pagar.

      Levo em conta o preço de varejo da Amazon. Como vc bem lembrou o importador brasileiro paga bem menos que este preço (compra no atacado) e recolhe bem menos de imposto de importação (pessoa jurídica).

      O nosso problema são as altas margens que os lojistas trabalham em parte justificadas pelo custo brasil (desonestidade, roubo de cargas, propinas).

      Buja
      Veterano
      # 05/set/17 15:38
      · votar


      Participo de um outro forum onde o pessoal está discutindo la sobre o preco dos amps fender com o passar dos anos.

      Quando o Sr Leonidas criou o Fender Twin ele custava a bagatela de $150 dolares. Isso em 1952.
      Calculando o valor da moeda hoje equivalente a $150 doletas naquela epoca, seria algo em torno de $3300 dolares.
      Quanto custa um Fender Twin Reissue hoje? Menos da metade do preço.

      Ele barateou. Claro, isso em 60 e tantos anos.
      Mas estamos falando de um reissue, e nao do original.
      O original de 1952 hoje é praticamente patrimonio mundial da humanidade. Imprecificável.

      O Fender champ era $50 dolares.
      Hoje é $380 dolares. 60 anos de diferença. Ele deveria custar hoje, se mantivesse o mesmo preço pro 60 anos seguidos, $1100 dolares, ou R$ 5500 reais pra importação PF, por um ampzinho de estudo de 15W.


      Então, temos que ver tooooodo o conceito historico/ecnomico sobre um item pra tentar quantificar em termos monetários se ele ficou mais caro ou mais barato.

      Tudo que vejo hoje em dia parece ter ficado mais caro, mas ficou muito, mas muito mais acessivel e barato.
      É o preco da obsolescencia programada.
      Se for caro e durar pouco, nao vende.

      Del-Rei
      Veterano
      # 05/set/17 15:55
      · votar


      derek_70
      Levo em conta o preço de varejo da Amazon. Como vc bem lembrou o importador brasileiro paga bem menos que este preço (compra no atacado) e recolhe bem menos de imposto de importação (pessoa jurídica).

      Sim, mas no final das contas, se considerar TODOS os tributos pagos pelos lojistas, além dos relacionados à importação, a guitarra sai mais cara do que se nós comprarmos direto do vendedor pela internet.

      Na verdade, em regra, quem traz a guitarra de fora não é o lojista, mas sim a importadora/representante da marca no Brasil, que depois negocia com os lojistas. Nisso aí, você coloca mais um intermediário na transação, que vai precisar faturar algo em cima do valor final da guitarra... Mais um custo acrescido.

      Além dos tributos pagos na importação da guitarra, tanto o lojista quanto a importadora têm gastos com outros diversos tributos mensais pra simplesmente poderem funcionar, além dos salários de funcionários. E esses outros gastos serão embutidos no valor da guitarra que o lojista vai vender.

      Não tem como querer comparar o preço de uma loja com uma compra direta.


      O nosso problema são as altas margens que os lojistas trabalham em parte justificadas pelo custo brasil (desonestidade, roubo de cargas, propinas).

      Além do custo Brasil, some a isso que somos um país com uma carga tributária enorme. E aí, realmente fica um absurdo o preço final.

      Acho que dificilmente eu compraria uma guitarra numa loja aqui....

      Um aceno de longe!!!

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Por que as guitarras estão mais caras hoje em dia?

      303.741 tópicos 7.860.063 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital