Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      A guitarra está morrendo lentamente?

      Autor Mensagem
      Fernando de almeida
      Veterano
      # 26/jun/17 12:18
      · votar


      Ismah
      Sertanejo tem guitarra, e estão pescando a galera do jazz...
      No Jazz só????
      Tenho uns contatos e sei de músicos (guitas, baixistas, bateras, teclas e até vocais) de blues, rock, fusion, musica latina e até músicos de Igrejas (geralmente evangélicas e católicas) sendo "pescados" para o sertanejo e para o forró ...

      Ismah
      Veterano
      # 26/jun/17 12:23
      · votar


      Não só, mas tenho notado como preferência... Nos 90's era country, mas parece que perdeu a vez rsrs

      Fernando de almeida
      Veterano
      # 26/jun/17 12:48
      · votar


      Ismah
      Não só, mas tenho notado como [i]preferência...[/i]
      Putz ... pode crê ... qual será que deve ser o motivo da preferência????

      thiago stteffen
      Veterano
      # 26/jun/17 14:00
      · votar


      Mas será que em algum momento ele não foi mais popular do que é hoje? Quando foi que se vendeu mais violinos? nos séculos passados, ou nos dias atuais?

      Por isso que acho que ter usado o termo "morrer" nesse texto foi um erro. Pegaram esse gancho e tão achando que a guitarra vai ser exterminada, sumir do mapa.

      O ponto principal é: o interesse comercial pela guitarra vem diminuindo. E eu acho que realmente está acontecendo isso.


      Pode ser q vc tenha razão, mas nao ser popular não significa uma morte sei la.
      É obvio que acabamos sofrendo com a falta de concorrentes de peso e etc, mas tem varios fatores envolvidos.

      O Brasil é um país sem cultura, sei lá. A população é criada para consumir certo tipo de musica, tv, filmes e etc. Mas eu acho que a guitarra nao morrerá, se por um lado não tem mais aquela massa da molecada que quer tocar, por outro sobram os que tem um real interesse, e a guitarra deixa de ser um negocio que todo mundo toca pra ser algo que volte a ser "diferenciado".

      Pode acontecer o que acontecer, sempre haverá os moleques de cabelo grande, se interessando pelo som, baixando cifra e partitura e etc. E não ser algo mainstream é justamente o que faz a galera procurar, pra ser diferente.

      São ondas, algumas vezes tá mais em voga, outras vezes menos. Eu reparo mesmo que hoje em dia as lojas são mortas, poucas opções e poucos compradores, mas é uma série de fatores. Desde e a falta de cultura até a crise né?

      Acho que podemos conjecturar a vontade e imaginar o que está acontecendo, mas a verdade é que essa bola está em nossas mãos, então temos que seguir estudando, tocando e influenciando gerações. Abrs.

      Pleonasmo
      Membro Novato
      # 26/jun/17 14:18
      · votar


      thiago stteffen
      O Brasil é um país sem cultura, sei lá. A população é criada para consumir certo tipo de musica, tv, filmes e etc. Mas eu acho que a guitarra nao morrerá, se por um lado não tem mais aquela massa da molecada que quer tocar, por outro sobram os que tem um real interesse, e a guitarra deixa de ser um negocio que todo mundo toca pra ser algo que volte a ser "diferenciado".


      Isto não é exclusividade do Brasil, ainda agradeça por existirem gêneros musicais por aqui que pelo menos utilizam um bom violão.

      pedropohren
      Membro Novato
      # 26/jun/17 14:32
      · votar


      makumbator
      A humanidade está sempre passando por muitas questões.

      Sim, mas atualmente pelo menos por aqui pelas nossas bandas a coisa está relativamente "pacífica". Não estamos no período pós duas guerras mundiais no qual a guitarra se originou. Sim, a música evoluiu e atualmente as militâncias de qualquer coisa se vêem mais representadas por outros estilos que não usam guita. Mas eventualmente isso vai encher o saco e vai mudar de novo. E talvez o futuro da música, assim como o da guitarra, acabe sendo o passado.

      igorbm
      Não vejo guitarrista compondo, apenas fazendo cover.. E isso, mata a guitarra tb.


      Concordo plenamente.


      thiago stteffen
      O Brasil é um país sem cultura, sei lá.

      Não exagera, cara. A opinião que eu tenho é a de que na realidade é o oposto: Somos um dos países cuja cultura é mais mal aproveitada no mundo. (Tirando alguns costumes abomináveis...)

      Acho que podemos conjecturar a vontade e imaginar o que está acontecendo, mas a verdade é que essa bola está em nossas mãos, então temos que seguir estudando, tocando e influenciando gerações. Abrs.


      Agora sim falou bonito. Concordo em gênero, número e grau. Só que o problema é o seguinte: Nem todo guitarrista é compositor, muito menos tem vocação para a música. Não podemos lançar tendências nem astros que incentivem e movimentem esse mercado se os representantes dessa nossa "categoria" não conseguem compôr algo que realmente inove... Então, o que nos sobra pra fazer? :/

      Fernando de almeida
      Veterano
      # 26/jun/17 14:36 · Editado por: Fernando de almeida
      · votar


      thiago stteffen
      e a guitarra deixa de ser um negocio que todo mundo toca pra ser algo que volte a ser "diferenciado".


      Aí seria o único ponto positivo de tudo ... A guitarra não seria uma exclusividade (óbvio) mas o domínio do estado da arte de "tocar guitarra" seria algo diferenciado, singular, raro, extraordinário, etc ...
      Não se tocaria por tocar ... mas quando se fosse tocar seria algo quase "mágico"... todos parariam para ouvir ...
      Só teria que tomar cuidado para que não ficasse ELITIZADO ...

      Ismah
      Veterano
      # 26/jun/17 14:39 · Editado por: Ismah
      · votar


      Fernando de almeida
      Putz ... pode crê ... qual será que deve ser o motivo da preferência????


      Eu apostaria no domínio de enarmonias incomuns, que estão pintando no dito sertanejo, principalmente aquelas mais com ideia de balada (ritmo) meio easy listening... Piano já ficou clichê nesse contexto...

      Andei ajudando um chegado a tirar algumas coisas a um tempo atrás, de partitura pra cifra... E haviam progressões cabeludas, sobreposição de acordes... Rock e country são quadrados, geralmente sem enarmonias mínimas. Apesar do country ter suas vantagens, ele reúne características que não são bem-vindas hoje: shred, double stop, bends, arpegio com bend, outside... Se não for tecladinho, fácil de digerir pessoal não quer...
      _______________________________________

      Agora o que seria ficar elitizado?

      Ismah
      Veterano
      # 26/jun/17 14:48
      · votar


      Pleonasmo

      Luan Santana e Elvis Presley com um Taylor, Martin, Gibson ou Guild que seja, não faz deles bons no instrumento...

      Pleonasmo
      Membro Novato
      # 26/jun/17 14:51 · Editado por: Pleonasmo
      · votar


      Ismah
      Luan Santana e Elvis Presley com um Taylor, Martin, Gibson ou Guild que seja, não faz deles bons no instrumento...

      Mas estão usando e consequentemente influenciando o mercado, já da um folego para o comercio.

      JJJ
      Veterano
      # 26/jun/17 14:52 · Editado por: JJJ
      · votar


      Bom... pra quem não teve saco de ler (ou não lê inglês), boa parte do excelente artigo do WP (a guitarra pegando fogo no fundo merece uma menção também; belo efeito!) pode se resumir a uma constatação: falta de "guitar heroes".

      Quando a molecada via aqueles caras (Page, Beck, Blackmore, Hendrix, Clapton, Santana, etc.) tirando aquele som, muitos logo corriam pros seus pais pra pedir uma guitarra de aniversário ou natal.

      Quem é o mais recente guitar hero??? O artigo cita John Mayer. E, no mesmo artigo, um entrevistado diz que John Mayer (apesar do talento) não traz novos guitarristas ao mercado.

      Fender e Gibson no vermelho. Guitar Center no vermelho. Vendas caindo.

      O mais irônico é constatar que nunca se teve tanta qualidade por tão pouco. A grande maioria dos moleques do passado que tiveram a sorte de ganhar a sonhada guitarra de aniversário ou natal, tiveram que se contentar com guitarras ruins e seus pais gastaram uma boa grana! Hoje, por muito menos, se consegue uma guitarra "de iniciante" bem melhor.

      Mas eu ainda acredito em ciclos. Não duvido que uma nova "renascença musical" esteja a caminho. Talvez a guitarra não esteja nela. Mas talvez esteja.

      Enquanto isso... sigo tocando as minhas...

      Ismah
      Veterano
      # 26/jun/17 15:09 · Editado por: Ismah
      · votar


      Acho que o DeRos que fez um vídeo falando sobre as mulheres querendo aprender guitarra por causa de uma guitar heorine que arranha alguns acordes: Shania Twain.

      Pleonasmo

      Pérolas aos porcos?

      Pleonasmo
      Membro Novato
      # 26/jun/17 15:22
      · votar


      Ismah
      Pérolas aos porcos?

      É o que tem para hoje, infelizmente.

      Ismah
      Veterano
      # 26/jun/17 16:13
      · votar


      Acho melhor morrer com honra entonces!

      thiago stteffen
      Veterano
      # 26/jun/17 16:29
      · votar


      Isto não é exclusividade do Brasil, ainda agradeça por existirem gêneros musicais por aqui que pelo menos utilizam um bom violão.

      Sim, isso é bem verdade.


      Não exagera, cara. A opinião que eu tenho é a de que na realidade é o oposto: Somos um dos países cuja cultura é mais mal aproveitada no mundo. (Tirando alguns costumes abomináveis...)

      Se bobear, acho que não é nem a falta de cultura. Vamos dizer assim, o jovem e a população média, são "induzidos" a consumir certo tipo de musica e não valorizar certas ondas culturais e musicas. Nem to falando de rock. Hoje em dia o cara se espelha num victor e leo, um sertanejo universitário qq, um MC Gui. É mais nesse sentido.


      Aí seria o único ponto positivo de tudo ... A guitarra não seria uma exclusividade (óbvio) mas o domínio do estado da arte de "tocar guitarra" seria algo diferenciado, singular, raro, extraordinário, etc ...
      Não se tocaria por tocar ... mas quando se fosse tocar seria algo quase "mágico"... todos parariam para ouvir ...
      Só teria que tomar cuidado para que não ficasse ELITIZADO ...


      Amigo, no fim das contas, JÁ É ASSIM. Quem toca DE VERDADE, são as pessoas q tem amor pelo instrumento, pela musica em si. O que vc nao vai ter mais é a molecada que tem seu guitar hero e vai querer ser igual, pq como eu disse, a molecada tem um outro tipo de idolo. Mas é óbvio que isso prejudica o mercado, menos gente comprando significa menos espaço para marcas, competitividade e etc.


      No mais, eu acho que nao influencia tanto. Eu nem sei a quantos anos eu to nesse forum, mas é desde a adolescencia se nao me engano. Sempre vejo a mesma galera postando, que é a galera que segue tocando, evoluindo e etc, e essa galera nao está sujeita estes modismos, como disse anteriormente, o importante é tocarmos e fazer brilhar os olhos da proxima geração.
      Toda vez q eu toco em alguma galerinha, sempre tem a molecada, e sempre daquela galera toda, tem um que olha com um brilho diferente, e esses carinhas serão o futuro da nossa amada guitarra.

      locostras
      Membro Novato
      # 26/jun/17 17:24
      · votar


      quem matou o rock foi aquela molecada do sec XX que fumava maconha promiscuamente com várias gangues e que competia pra ver quem cuspia mais longe.

      Del-Rei
      Veterano
      # 26/jun/17 18:12 · Editado por: Del-Rei
      · votar


      Não li o texto. Aqui no trabalho a internet é controlada e limitada.. Mas... Creio que isso seja papo pra mesa de bar, com boas horas disponíveis... Hehe.

      Imaginava que os amplificadores valvulados iriam minguar nos próximos 20 anos, mas não imaginava que as guitarras iriam.

      Considerando que boa parte dos guitar heroes são da época em que a guitarra era um instrumento novo, dá pra entender o porquê de não termos novos hoje em dia. E sem novos guitar heroes, o mercado da guitarra declina....

      Acho que muita coisa influencia nisso, inclusive o avanço tecnológico e o acesso fácil que todos tem a instrumentos. Muito fácil montar uma banda e hoje devem existir bilhões de bandas, com centenas criadas diariamente.

      É tanta oferta de banda que fica difícil o mundo consumir tudo e aos poucos isso deve inclusive gerar um colapso. É como a TV a cabo com 500 canais. De tanto zapear entre os canais, fica difícil escolher algo.

      Uma prova disso é que numa das edições do Superstar, a Globo soltou uma matéria dizendo que estava com dificuldades de achar boas bandas para participar do programa.

      Na boa... Duvido que faltem bandas boas no país. E nem falo de gênero musical, mas sim bandas que fazem um bom trabalho, com capricho e zelo, dentro do gênero que se propõem.

      Certamente se houvesse menos de 300 bandas no Brasil, seria muito mais fácil fazer a seleção... Mas certamente o programa recebia milhares de inscrições.... Acabam aparecendo mais bandas temporárias, de hits de momento, e quase nenhuma cria uma trajetória sólida.

      Dá pra ver no Youtube, quantos guitarristas incrivelmente bons existem, mas nada que seja um guitar hero...

      Um aceno de longe!!!

      JJJ
      Veterano
      # 26/jun/17 18:38
      · votar


      Del-Rei

      Cara... acho que discordo um pouco. Não vejo tanta banda assim, hoje em dia.

      Quando eu era moleque, cada prédio da minha vizinhança tinha pelo menos uma ou duas bandas. Praticamente todos os meus amigos, em algum momento, se interessaram em tocar algum instrumento (mesmo os que não tinham nenhum mínimo talento pra coisa!).

      Hoje a molecada só quer saber de balada, video-game, academia... Tocar guitarra? Dos amigos do meu filho, só vi UM se interessar (por violão).

      entamoeba
      Membro Novato
      # 26/jun/17 19:25
      · votar


      Só espero que o violão morra antes!

      JJJ
      Veterano
      # 26/jun/17 20:36 · Editado por: JJJ
      · votar


      renatocaster
      Sim, estou dizendo que esse fórum também está com seus dias contados.

      Isso é só um "feeling" ou é um fato?

      Que o fórum tá bem paradão, é uma realidade (nesse momento, que escrevo, uma segunda, 20:36, só eu e o Viciado em Guarana online).

      Mas eu não gostaria de perder contato com tanta gente interessante que ainda rola por aqui. Se for o caso de acabar mesmo, seria bom ter um tempo pra pensar numa alternativa, pra galera continuar trocando ideias.

      Casper
      Veterano
      # 26/jun/17 22:22
      · votar


      Caro JJJ:

      Eu gosto do formato de fórum nos moldes do FCC, mas
      também acho que é questão de tempo para a coisa por
      aqui deixar de existir. Tirando esse espaço, eu costumo
      estar nesses lugares:

      http://forum.vintagesynth.com/

      http://www.diyaudio.com/forums/

      https://www.gearslutz.com/

      https://www.kvraudio.com/forum/

      https://forum.arturia.com/

      http://www.synthzone.com/forum/

      https://forum.moogmusic.com/

      guictr
      Veterano
      # 27/jun/17 05:20
      · votar


      Acho que a questão mais importante, que o próprio artigo levanta e que está relacionada com o que a galera falou aqui, é a presença da guitarra na cultura e como essa presença se dá.

      O artigo fala muito dos "guitar heroes" e eu acho que isso representa bem o meu ponto: a guitarra já não tem papel de destaque na cultura, principalmente na cultura pop, como teve desde a década de 50. E eu digo "pop" da maneira mais generosa possível. Chuck Berry foi pop em sua época, assim como Beatles, Stones, Who, Pink Floyd, Hendrix, Led, enfim. Eram figuras que hoje são marcas da história da guitarra, principalmente no Rock. E se a guitarra não tem mais papel de destaque, muito menos é empunhada por "heroes", que eram os magos, os mega criativos. Eram como o Messi é visto por crianças que querem jogar futebol.

      Obviamente ela não vai sumir. Como disseram aqui, ela ainda é usada em diversos estilos musicais. Mas é possível que ela se torne algo secundário ou algo de nicho. E de certa forma esse processo já acontece.

      guictr
      Veterano
      # 27/jun/17 05:34
      · votar


      Existe um detalhe que eu penso que talvez leve a entender que esse é um processo natural. A minha impressão é que a guitarra é um ponto fora da curva na história de música, no sentido de que nenhum outro instrumento tenha tido uma imagem tão forte.

      Talvez possa se pensar no piano, ou em outro, mas a popularidade da guitarra explodiu em um mundo já em viés de globalização, com o velho e o novo império (UK e USA) exportando cultura pro mundo inteiro, e cultura com muita guitarra. Ou seja, pela conjuntura de fatores ela foi o que foi.

      E aí pode se concluir que esse fenômeno "anormal" uma hora some. Foi uma distorção, um surto, que durou algumas décadas, mas que a tendência natural é perder ímpeto.

      renatocaster
      Moderador
      # 27/jun/17 08:10 · Editado por: renatocaster
      · votar


      O Brasil é um país sem cultura, sei lá. A população é criada para consumir certo tipo de musica, tv, filmes e etc. Mas eu acho que a guitarra nao morrerá, se por um lado não tem mais aquela massa da molecada que quer tocar, por outro sobram os que tem um real interesse, e a guitarra deixa de ser um negocio que todo mundo toca pra ser algo que volte a ser "diferenciado".

      Bem, a matéria citada no tópico é um artigo que foi publicado pelo Washington Post. Então, não estamos falando de uma situação que ocorre apenas no Brasil. É geral.

      E não ser algo mainstream é justamente o que faz a galera procurar, pra ser diferente.

      Não concordo não. A procura maior sempre se deu por ter ídolos empunhando um determinado modelo de guitarra. Basicamente era uma relação "eu quero uma guitarra igual a essa, eu quero tocar igual a esse cara." Esse referencial sempre existiu.

      São ondas, algumas vezes tá mais em voga, outras vezes menos. Eu reparo mesmo que hoje em dia as lojas são mortas, poucas opções e poucos compradores, mas é uma série de fatores. Desde e a falta de cultura até a crise né?

      Nesse ponto, eu concordo contigo.

      renatocaster
      Moderador
      # 27/jun/17 08:20
      · votar


      JJJ
      Isso é só um "feeling" ou é um fato?

      Que o fórum tá bem paradão, é uma realidade (nesse momento, que escrevo, uma segunda, 20:36, só eu e o Viciado em Guarana online).

      Mas eu não gostaria de perder contato com tanta gente interessante que ainda rola por aqui. Se for o caso de acabar mesmo, seria bom ter um tempo pra pensar numa alternativa, pra galera continuar trocando ideias.


      Calma, não é um anúncio oficial de que o fórum vai acabar, rsrsrs. É só um feeling mesmo, acho que a tendência é essa.

      É aquilo, acho que numa determinada época, esse fórum já foi a "menina dos olhos" do Cifraclub. Hoje, porém, acho que ele não fede e nem cheira pra eles. Quando passar a atrapalhar ou incomodar, virar um "engodo" pra eles, aí será o fim.

      Mas volto a dizer, essa é uma opinião parcial minha, não tem nada a ver com o fato de eu ser moderador.

      JJJ
      Veterano
      # 27/jun/17 08:37
      · votar


      Casper

      Acho que nenhum deles é tão "abrangente" como o FCC, mas é bom saber das alternativas, caso a previsão sombria do nosso colega se concretize.

      renatocaster

      OK, menos mal. Só peço que, se houver esse risco de uma forma mais "real", o studiosol (ou quem estiver à frente do FCC) nos dê um "aviso prévio"! hehehe

      thiago stteffen
      Veterano
      # 27/jun/17 09:16
      · votar


      Sobre o forum estar parado, me desculpem, mas o forum não é nada amigável para novos usuários. HOje em dia qualquer duvida que qualquer um tem, já está respondida em algum dos milhares de tópicos.

      Quando aparece um cara novo, se abre um tópico, mandam usar a busca, se o cara usa a busca e upa um topico antigo, é xingado. Então sei lá. Podiam trancar o fórum inteiro e deixar só os topicos fixos mesmo, já que ele é ativo só pra quem quer perguntar alguma coisa pro bertola.

      locostras
      Membro Novato
      # 27/jun/17 09:43
      · votar


      Duvido
      Quem decide ser músico, não quer ser Hendrix...isto sim é uma bad trip
      Quem decide estudar um instrumento, seria a mesma coisa de separar-se do joio, o guitarrista na visão própria quer ser guitar heroe pela simples ilusão, que foi quebrada com o início do rock, como o uso de heroína LSD e os cínicos beatles "You say u wanna change the constituion, this is revolution, well we know, everyone wants change the World"
      Ou senão "Nothing is gonna change in my World"
      Todos os guitar heroes da época da geração x são ou eram do movimento beat e iconoclastas...marcha para a família no Brasil, Disney, guerra fria, período entre guerras...hoje na minha visão, Mallu Magalhães Vanguart coisas que nunca ouvi são da filosofia do it yourself do punk, como eles mesmos se declararam seguidores do movimento learn do cyber punk
      não sei se visão é distorcida por me considerar um bom ouvinte, apaixonado por maconha e um rebelde sem causa.
      Não sei se alguém compartilha da minha opinião, mas acredito que não existe revolução na abolição do senso comum, o máximo que acontece e, é uma evolução, é o deslocamento da hierarquia dos valores humanos, invertidos, Bertola pode dizer mais, este usuário do fórum, a natureza impõe valores ao homem em contrapartida dele modificá-la.

      DuBarzinho
      Membro Novato
      # 27/jun/17 10:31
      · votar


      locostras
      Fuma mais que o efeito tá passando, estou quase entendendo o que você diz!
      entamoeba
      Só espero que o violão morra antes!
      Vou viver duzentos anos e continuar tocando violão só pra guitarra ir na frente.

      Brincadeiras a parte, acredito que os ciclos são o mais aceitável como previsão do futuro. Provavelmente não teremos mais a chance de ver nascer um guitar hero, porém está geração que se acostumou a consumir sem se importar com a origem, vai incomodar a próxima que por sua vez vai procurar produzir algo relevante.

      Lelo Mig
      Membro
      # 27/jun/17 10:43
      · votar


      Bom, vou apenas repetir minha frase que sempre que cito é enxovalhada ...rs

      "A música é uma arte morta!"

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a A guitarra está morrendo lentamente?

      304.198 tópicos 7.869.316 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital