Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Diferenças de timbre relacionadas aos cabos (Undertone Audio Vari-Cap)

      Autor Mensagem
      NeoRamza
      Veterano
      # 30/mar/17 20:11
      · votar


      rsf
      Concordo 100%. Essa questão se vale a pena ou não, e o que é pior ou melhor, é muito subjetiva. O que é fato é que existe diferença.

      Lelo Mig
      Membro
      # 30/mar/17 22:22 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      rsf

      O timbre "perfeito", ideal, sua assinatura, que você conseguiu arduamente no seu quarto, com todas as condições sob teu controle, você é capaz de reproduzir ao vivo ou num studio? Regulando pots de pedais e amplis?

      Modéstia a parte, minha assinatura eu sempre consegui repetir onde fosse e sob quaisquer condições (dada as devidas proporções)... e sempre fui muito, super exigente com meu timbre.

      Se consegue, definitivamente não! de forma alguma é um otário... ainda que eu tenha colocado de forma visceral, não é uma sentença. Tenho um jeito generalizado de colocar algumas palavras.

      No entanto, se não é capaz de reproduzir sua assinatura ao vivo ou num studio, não domina o DNA de seu próprio som, não o entende e não sabe como o conseguiu......neste caso cálculo ou equipo algum fará isso por você... e o "você" aqui é uma generalização e não um veredicto direto a sua pessoa.

      renatocaster
      Moderador
      # 31/mar/17 07:49 · Editado por: renatocaster
      · votar


      Ismah

      Conjunto cabo de baixíssima capacitância, capacitor variável e plugs

      Ahn, sim. Isso eu sei. O que não continuo entendendo é pq vc me corrigiu, quando falei "cabo", estava me referindo justamente ao "conjunto da obra". Me referia ao cabo como o "produto final" propriamente dito, aquele que vc pluga uma ponta no instrumento e a outra ponta na fonte de áudio.

      Ismah
      Veterano
      # 31/mar/17 08:10
      · votar


      renatocaster

      Na pática a maior diferença notada é nas mudanças do FIO que se liga ao tip/positivo. Não que mudanças na malha não dê diferença, mas está mais ligado a ruídos em si.

      SkyHawk
      Membro
      # 31/mar/17 08:57
      · votar


      Concordo com os que falaram que cabo faz muita diferença, não é efeito placebo coisa nenhuma.

      Sou muito cético com timbre, mas cabo é inquestionável. Qualquer um nota a mudança e a diferença imediatamente. Quando comecei a testar cabos diferentes (qualidade e comprimento) levei um susto, não podia nem imaginar o tanto que altera o som.

      MMI
      Veterano
      # 03/abr/17 13:24
      · votar


      O problema, na verdade, é que não dá para ser simplista e dizer que cabo só serve para conduzir. O cabo (ou condutor) ideal só existe nas aulinhas de física básica e olhe lá.

      O cabo da Undertone ao meu ver é algo para estúdio e olhe lá. Uma experimentação, uma ideia bacana, mas não levaria para uma apresentação ao vivo. Mais ainda, não estou aqui vendendo nenhum cabo nem buscando patrocínio com a marca. Só exemplifica o que uma variação normal de cabos pode fazer no som. Tem gente que não lê, não entende ou finge que não entende, tento explicar pela última vez.

      Um dia o Slash foi a um estúdio com um cabo Monster Jazz e tirou um som legal (WTF? Slash não toca jazz, uns vão falar). O engenheiro/produtor achava que cabo tinha que ser o mais "ideal" possível, sem capacitância, sem resistência etc. mas quebrou a cara, pois um cabo "mais ideal" não deu o som e por mais que manipulassem, não dava o som do cabo Jazz. Ah, mas era Monster e os chatos vão falar que é cabo caro. Sim, poderia ser Tecniforte ou Santo Angelo, a maioria das marcas, mesmo as nacionais, tem cabos diferentes e não só a Monster aponta um tipo de cabo para baixo, acústico, rock e jazz na linha para guitarras e instrumentos. O que o engenheiro/produtor percebeu que o tal "cabo ideal" é bom em algumas situações, joga um monte de agudos e funciona otimamente em alguns casos, mas o "cabo ruim" é melhor em outras situações, matando uns agudos e mexendo em médios - fez um cabo que representaria vários cabos diferentes, mas poderia alguém optar por vários cabos Tecniforte, por exemplo.

      A questão é que de Tecniforte a Monster, as empresas apontam diferentes cabos para diferentes sons. Mas eu mesmo ficava na dúvida. A Monster aponta estilos - rock (que a maioria compra), jazz, Classic Pro, bass etc. A Tecniforte põe no site uma tabelinha com frequência "baixa, média e alta" de 8 a 10, meio como a Seymour Duncan vende captadores - só que para mim, esses números não significam muita coisa, que me desculpem. E nisso paira até a dúvida em alguns - será que o timbre muda? Sim, muda e muda bastante. Quer dizer, vivemos num mundo que o cabo não é e nunca vai ser ideal eletricamente falando. Pode acontecer que o mais perto do ideal seja melhor. Mas acontece que o longe do ideal, explorando o "defeito" seja muito melhor. Por isso o Undertone cable, por isso os diferentes cabos dos diferentes fabricantes - o cabo sempre será um equalizador, mais ou menos acentuado. É isso que vai "salvar a vida" de um guitarrista ou torná-lo de medíocre a excepcional? Acho que não, mas vale pensar, apesar que um iniciante não deve nem pensar no assunto, tem mais que tocar e desenvolver antes de pensar nos detalhes.

      MMI
      Veterano
      # 03/abr/17 13:53
      · votar


      renatocaster

      Não sei se teria como de alguma forma "domar" esse hum com o auxílio desse seletor de capacitância. Sabe dizer se isso seria de alguma forma possível?

      O hum de fato muda. Talvez em algum caso poderia ajudar, mas não vejo muito por este lado, não usaria assim.

      Ismah
      Veterano
      # 03/abr/17 15:23
      · votar


      MMI
      o tal "cabo ideal" é bom em algumas situações, joga um monte de agudos

      Isso é o pecado de muita gente... Principalmente valvulado que tem alta distorção, principalmente harmônica, acaba soando com excesso de médio-agudo, ou como se diz por aí "abelhudo"... Eu uso os tones quase fechados, e o agudo do amp mais aberto pra deixar os harmônicos virem pra frente...

      EduJazz
      Veterano
      # 06/abr/17 10:29
      · votar




      Didático.

      Ismah
      Veterano
      # 06/abr/17 13:10
      · votar


      Buffer? Eca! Isso colore o som. kkk
      Por isso talvez se use meia válvula pra isso...

      Hammer
      Veterano
      # 09/abr/17 01:55
      · votar


      MMI
      legal esse varicap, tb acho que seja interessante para estúdios, na pratica não sei se seria durável. Chaves com o tempo e humidade podem ter a durabilidade reduzida, oq seria bom pode sair caro.
      Concordo que os ouvidos são peças fundamentais para a seleçao de sons, não adianta ter o melhor equipamento do mundo se não souber usa-lo equaliza-lo da forma adequada.
      Que existe variações entre os variados tipos de cabo tb concordo que existe sim e é perceptivel para quem tem o ouvido minimamente treinado.
      A dica que uso e dou para quem quer o som mais transparente possivel e não tem condições de comprar os cabos top de linha é "cabo quanto menor melhor..." essa regra vale ouro. Agora se você acha que seu xinling de 7 metros é o que da o som que vc curte vai fundo!


      Mudando de assunto achei legal esse video aqui sobre influencia da madeira no timbre de guitarra. fica mais interessante la pros 2:35



      MMI
      Veterano
      # 10/abr/17 16:58
      · votar


      Hammer

      tb acho que seja interessante para estúdios, na pratica não sei se seria durável. Chaves com o tempo e humidade podem ter a durabilidade reduzida, oq seria bom pode sair caro.

      Com certeza, nem pensaria em alguém levar para palcos, pelo menos para a maioria. Até porque é um cabo mais sensível, em uma "emenda" no meio onde tem o seletor, que seria um ponto de fraqueza para puxões, pisadas etc. Além de ser um cabo meio rígido.

      Você não está errado na sua teoria de cabos, mas indo um pouco contra, em algumas situações uma cabo "comendo agudos" pode ser melhor. E nisso este tipo de cabo pode ser bom, um cara pode perceber que um cabo "jazz" pode ser melhor em algumas situações e sons, mesmo num rock do Slash - é só comprar ou fazer um cabo com essas características e meter no palco. Ou em resumo, não me convenço que exista um "cabo ideal" para tudo, apesar que muitas vezes o ideal é o que se tem disponível.

      Legal este vídeo. Mas é polêmica, alguém vai falar que a palhetada é diferente, a altura das cordas é outra, o cara pode ter soltado gases e mudou a ressonância da barriga dele... Quem não quer ver, nunca vai ver mesmo. Deixo esse papo para outra hora. kkkkk

      renatocaster
      Moderador
      # 12/abr/17 07:43
      · votar


      MMI

      O hum de fato muda. Talvez em algum caso poderia ajudar, mas não vejo muito por este lado, não usaria assim.


      Sim, com certeza. O intuito não seria usar com essa finalidade, mas já que tem uma certa influência, poderia ajudar nesse sentido também eventualmente, como vc falou.

      android
      Membro Novato
      # 13/abr/17 10:43
      · votar


      interessante, tem horas que paro e penso, praticamente, qualquer coisa muda o timbre da guitarra, palheta, cordas, madeira, braço e agora até o cabo

      Ismah
      Veterano
      # 13/abr/17 13:25
      · votar


      Eu estaria surpreso caso encontrasse algo que NÃO muda o timbre do instrumento.

      renatocaster
      Moderador
      # 13/abr/17 14:17
      · votar


      android

      e agora até o cabo

      O cabo é "apenas" o responsável por levar o som que sai do instrumento até o amplificador. Tem uma importância absurda no som final.

      Ismah
      Veterano
      # 17/abr/17 03:43
      · votar


      Para incitar essa briga, andei fazendo umas experiências...

      Notei uma importância EXTREMA em usar um corte de agudos na guitarra/baixo. Sempre me questionei porque guitarras tem um HPF apenas e não outros filtros também, parte da resposta eu cheguei hoje.

      Se eu limar agudos que entram no amplificador ou pedal de drive, e deixar o agudo (ou "presence" quando disponível) do amplificador mais elevado, terei um som muito mais suave e macio, que se fizer o contrário. A razão é simples: harmônicos!
      Harmônicos são múltiplos inteiros de uma frequência, e os pares são os mais desejados. Digamos que a frequência mais alta que chega ao amp, seja 2KHz. O harmônico mais alto no caso então será 4KHz.

      Sem fazer este corte de agudos, teremos um harmônico bem mais alto, e acaba soando bem agressivo/abelhudo em nosso ouvido. Já o conteúdo harmônico é interessante já que são sempre dobras da frequência inicial.

      Façam o teste, deixem o tone de algum pedal de overdrive aberto, e limem agudos no tone do instrumento (ou no cabo rs). Funciona muito bem com amps e pedais abelhudos.
      Até agora só achei um contra nisso: harmônicos artificiais não soam se o tone está muito fechado.

      Luiz_RibeiroSP
      Veterano
      # 26/jul/17 00:59
      · votar


      Lembrei deste tópico quando vi este lançamento, um tanto ousado. Acredito que um cabo ideal deve somente transmitir o sinal na cadeia, não exercendo nenhuma outra função, mas esse eu fiquei curioso de conhecer ou até montar algo semelhante, talvez um fuzz.

      http://pedals.thedelimagazine.com/best-of-snamm-2017-a-rat-distortion- inside-your-guitar-jack/

      NeoRamza
      Veterano
      # 26/jul/17 09:22
      · votar


      A verdade é que essas empresas não tem mais o que inventar pra ganhar dinheiro.

      Luiz_RibeiroSP
      Veterano
      # 26/jul/17 13:38
      · votar


      NeoRamza
      Sim, pois o objetivo de uma empresa é este, precisa ter lucro. No caso esta fez um protótipo de um produto, cujo o objetivo é atender uma necessidade de mercado, pois pelo visto no tópico ha quem goste de cabo com mais de uma finalidade.

      Drinho
      Veterano
      # 29/jul/17 21:21
      · votar


      super-amado-mestre-ninja Slash

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      ele é bom vai.... não fala mal dele.....

      MMI
      Veterano
      # 30/jul/17 14:42
      · votar


      Drinho

      ele é bom vai.... não fala mal dele.....

      Bom! (melhor que eu, sem dúvida! kkkk). Merece respeito. É ídolo, muita gente ouve rock ou toca guitarra por causa dele, só isso já deveria receber a admiração do mundo da música.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Diferenças de timbre relacionadas aos cabos (Undertone Audio Vari-Cap)

      303.923 tópicos 7.864.128 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital