Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Quando você começa a ouvir estilos diferentes

      Autor Mensagem
      daimon blackfire
      Membro Novato
      # fev/15


      E fica maravilhado com tanta guitarrisse interessante que não necessariamente inclue fritação a 700 bpm. Dissertem

      Alex guitar man
      Veterano
      # fev/15
      · votar


      Jogando lenha...

      JJJ
      Veterano
      # fev/15
      · votar


      Velocidade vs "fílin" em 3, 2, 1...

      cafe_com_leite
      Veterano
      # fev/15 · Editado por: cafe_com_leite
      · votar


      daimon blackfire


      Ouve Animals as Leaders e se maravilhe com a técnica a favor da música.

      krixzy
      Veterano
      # fev/15
      · votar


      daimon blackfire
      Fritação é o que há!

      https://www.youtube.com/watch?v=XG4GDIqSf14

      daimon blackfire
      Membro Novato
      # fev/15
      · votar


      krixzy Isso não tem melodia. É só um bocado de barulho.

      Will Bejar
      Veterano
      # fev/15
      · votar


      Não sei bem... Mas quando descobri isso, percebi que estava envelhecendo... Hehehe

      Lelo Mig
      Membro
      # fev/15
      · votar


      krixzy

      Onde vende desse robozinho? A bateria dura bastante?

      krixzy
      Veterano
      # fev/15
      · votar


      Lelo Mig
      kkkkkkkkk

      Alex guitar man
      Veterano
      # fev/15
      · votar


      Bem amigos da rede globo, hoje teremos um dia cheio de discussão, podemos ver que o fogo não apaga e as pessoas continuam jogando lenha!

      Luisfelp FR1
      Membro
      # fev/15
      · votar


      daimon blackfire

      Cara eu não vejo problema nisso, pelo contrário acho que é até que normal.
      Já passei por uma fase que eu só tava afim de ouvir as músicas do dvd Steve Vai Where the Wild Things Are, pois nunca tinha dado muita bola pra coisas do gênero antes, mas depois de um tempo eu enjoei. Isso ai é fase, pode durar pouco ou pro resto da vida, como por exemplo minha admiração pelo som do The Edge, em que desde a primeira vez que ouvi achei algo incrível (isso já faz 7 anos!) e até hoje acho. Mas pode ser que isso também passe.

      Luisfelp FR1
      Membro
      # fev/15
      · votar


      Alex guitar man

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Alex guitar man
      Veterano
      # fev/15
      · votar


      Vou aproveitar que a pipoca tá na promoção. ..

      RafaelBernatto
      Veterano
      # fev/15
      · votar


      Velocidade + feeling:


      nichendrix
      Veterano
      # fev/15 · Editado por: nichendrix
      · votar


      RafaelBernatto

      Cara, eu viajei legal aqui, veio boa parte da minha infância na minha cabeça jogando phantom system e master system na casa da minha avó com meus primos e primas nas férias.

      daimon blackfire

      Cara, tentando voltar pro tópico, eu passei a vida inteira ouvindo rock and roll nas mais diversas formas, desde os rockabilly e jovem guarda dos irmãos mais velhos do meu pai, passando por Beatles, Stones, Cream, Led e Pink Floyd dos meus pais, até Iro Maidenn, Black Sabbath, Metallica, Rush e afins dos irmãos mais novos da minha mãe até Legião Urbana, Paralamas, Capital e Inicial, Totãs e afins das irmãs mais novas da minha mãe. Quase todas as minhas lembranças do começo da vida tem alguma música dessas no meio.

      Lá pelos 6 anos, como eu tinha asma, o médico me recomendou fazer natação pra melhorar minha asma, mas perto dos 8 anos eu quase me afoguei uma vez tentando me aventurar na piscina de adultos da AABB, então não queria mais continuar nadando e o médico recomendou tentar fazer um instrumento de sopro.

      Aí chegando na aula, não se tocava virtualmente nada do que eu conhecia, tudo era jazz, e tive que me adaptar e começar a ouvir pra tocar, no começo achava ruim e estranho, depois comecei a curtir pra caramba, lá pelos 12 anos quando comecei a tocar guitarra comecei a ouvir muita Bossa Nova e muito violão erudito, que era o que inicialmente meu professor me passava pra aprender na aula, e que consequentemente me levaram ao Samba, ao Choro e a musica erudita no geral. Depois tive um momento estranho que cai de cabeça novamente no metal e no punk ao mesmo tempo que me viciava no From The Cradle do Clapton, o que fez eu desenterrar todos os discos de blues e blues-rock dos anos 60 dos meus velhos, lá pelo fim dos anos 90 eu entrei numa onda meio indie e meio rock alternativo inglês comecei a viajar muito com efeitos e texturas, nesse tempo todo a única coisa constante foi o blues, de 2001-2002 em diante eu praticamente fiquei tocando só blues, sempre intercalando aqui e acolá com alguma outra coisa, lá por 2011, comecei a me interessar muito por ritmos brasileiros tradicionais, em especial do norte e do nordeste, mas os ritmos do sul tem menção honrosa nisso, já do ano passado pra cá to meio numa fase de tentar ouvir tudo que já passou pela vida de novo.

      Como venho do Saxofone, ouvir guitarra nunca foi a prioridade numero 1, penso mais em termos de música mesmo, mas cada época teve instrumentos que foram meus preferidos de ouvir, então agora ando ouvindo muita viola caipira, cavaquinho, rabeca, sanfona, bandolim, banjo, etc. Teve época que eram sintetizadores, outras piano, outras violino e viola, outras contrabaixo acústico outras contrabaixo elétrico, outras violão de nylon, outras de aço, guitarra elétrica e saxofone sempre foram constantes nisso.

      Então no fim o que sempre achei interessante foi a música, raramente o instrumento ou o lado técnico foram o fator motivacional na escolha do que ouvir.

      krixzy

      Tinha uma mamangava no jardim da minha mãe que fazia isso com mais estilo... kkkkkk

      O cara que faz isso tá precisando é arrumar uma mulher.

      QueenFairy
      Membro Novato
      # fev/15
      · votar


      é massa isso
      eu por exemplo,do black metal ao glam rock haha

      krixzy
      Veterano
      # fev/15
      · votar


      nichendrix
      huehueheheuhue

      Realmente, parece mais uma abelha

      Lelo Mig
      Membro
      # fev/15 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      daimon blackfire

      Seguindo o exemplo de nosso amigo nichendrix e dissertando sério também.

      Eu sempre ouvi de tudo e ouço até hoje. Não é esforço pessoal não, música caiu na minha cabeça de graça.

      Nasci ouvindo música erudita por um ouvido e velha guarda da MPB pelo outro. Lembro de brincar com carrinhos no tapete da sala ao som de Bach, Beethoven, Mozart e tudo mais de erudito que existir (herdei de meu falecido pai mais de 300 Vinis de música clássica). Ou, jogando bola no quintal, ao som de minha mãe cantando Nelson Gonçalves, Ataulfo Alves, Dolores Duran, Francisco Alves e etc.

      Minhas irmãs mais velhas trouxeram os Beatles e todo o british pop dos 60´s.

      Meu vizinho da frente tocava num grupo de chorinho famoso na época, ele aparecia na TV e eu ficava "me achando", porque conhecia alguém "dentro da TV".

      Meu vizinho do lado (já falei aqui sobre ele), escutei ele estudando violino sagradamente todos os dias por mais de 10 anos......o resultado de seu esforço é que hoje ele é spalla numa orquestra nos EUA.

      Entrei em contato com o rock, ainda no início dos 70, no auge da mudança. E um pouco mais tarde com o Jazz.

      Toquei 15 anos profissionalmente, sendo 70% como guitarrista de MPB.

      Não fiz nada... foram colocando os pratos na frente e fui degustando.

      Eu "judio" dos shreds, só prá sacanear.....no fundo deve ser inveja pela minha indisciplina em estudar para ter estes índices... e também prá zuar o krixzy. Mas eu gosto de alguns deles... só não gosto dos que a guitarra fica igual metralhadora na mão de macaco. Infelizmente tem uns que quanto mais BPM menos QI... deve ser o preço a pagar..kkk

      Gosto de tudo........de Tião Carreiro a Ritchie Blackmore, de Luiz Gonzaga a Gentle Giant.

      O que eu não gosto, eu não gosto... sem motivos além de gosto pessoal.

      Ahhh, mas eu separo arte de "produto para entretenimento com a bunda"....isso, confesso que eu faço!

      Deve ser porque danço pior que o Robocop.....ou seja, mais uma inveja enrustida.

      nichendrix
      Veterano
      # fev/15 · Editado por: nichendrix
      · votar


      Lelo Mig
      só não gosto dos que a guitarra fica igual metralhadora na mão de macaco

      Só lembrei desse video aqui:



      krixzy
      Realmente, parece mais uma abelha

      Esse cara, é como o doido lá dos EUA que todo ano bate o recorde de enfiar o maior numero de filhote de cascavel na boca, é um recorde que só ele bate porque só ele está disposto a fazer isso. Ele faz isso ano após ano, ainda lembro quando ele estava a 360BPM, nunca vi ninguém desafiar o recorde dele.

      Como nesse ponto aí pra cada BPM a mais o esforço é absurdo, a única coisa que explica é ou falta de mulher ou falta do que fazer ou então alguma perturbação mental obsessiva. Tipo porque ele não toca música nesses vídeos só fica fazendo zuuuuuuuuuuuuummmmmmmmmmm pelo braço todo.... kkkkkk

      RafaelBernatto
      Veterano
      # fev/15
      · votar


      nichendrix

      Pra mim... sem zoeira velocidade + feeling é aquilo lá.. Porque me faz lembrar da infância... Não dou a mínima pra velocidade.. Muito pelo contrário...

      Luisfelp FR1
      Membro
      # fev/15
      · votar


      krixzy
      nichendrix

      O indivíduo que figura nesse vídeo já foi assunto e centro de muito polêmica aqui no fórum no passado, principalmente na e´poca que ele "foi" pro Guiness (coisa que eu nunca soube ao certo se realmente aconteceu). Reza a lenda que ele chegou a frequentar o FCC por um tempo, mas alguma coisa aconteceu por aqui e sumiu de vez... Mas como disse isso é uma lenda e os tópicos sobre ele no passado foram altamente editados, o que não tem como saber o que realmente aconteceu.

      krixzy
      Veterano
      # fev/15
      · votar


      nichendrix
      Luisfelp FR1
      O guiness deve da alguma grana, porque não vejo outro motivo pra alcançar essa velocidade, nunca vi um vídeo dele tocando uma música, depois vou dar uma procurada.

      krixzy
      Veterano
      # fev/15
      · votar


      nichendrix
      Só agora vi o vídeo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk....

      nichendrix
      Veterano
      # fev/15
      · votar


      Luisfelp FR1
      krixzy

      O Guiness que eu saiba não dá nada não. Pra mim é falta de mulher... kkkkk

      Wuju Wu Yi
      Membro Novato
      # fev/15 · Editado por: Wuju Wu Yi
      · votar


      o cara faz por ego ué. saber que é o mais rápido do mundo.

      se isso for um absurdo, o que dizer dos outros recordes Muito mais bizarros que esse?


      agora acho muito daora ouvir estilos diferentes, não só de guitarra, mas de todos os instrumentos. partilho a idéia do colega de que a música está acima de um instrumento ou outro.

      e sobre velocidade. tem quem faça um belo trabalho musical e com bastante velocidade. e também quem faça por pura exibição técnica. é só diferenciar.

      um exemplo de guitarrice veloz bonita, melodica e bem feita.


      krixzy
      Veterano
      # fev/15
      · votar


      Gosto de ouvir umas músicas asiáticas, na verdade gosto de parte da cultura asiática, ainda vou viajar pro japão conhecer de perto.



      https://www.youtube.com/watch?v=r-MEKwXFF-s



      https://www.youtube.com/watch?v=25zq7z_VRGk



      https://www.youtube.com/watch?v=1Z50OXEplf0

      Lelo Mig
      Membro
      # fev/15 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      krixzy

      Igual, que somos ligados à cultura asiática, ao Japão e as japinhas.

      Diferente, que prefiro as japinhas que fazem som de "gente grande"....kkkk



      nichendrix
      Veterano
      # fev/15 · Editado por: nichendrix
      · votar


      Lelo Mig
      Gostei do som, nem sei dizer o que é isso, horas parece progressivo, horas parece qualquer outra coisa de música de circo à música barroca.

      Em geral eu gosto bastante de musica Japonesa e Coreana, começou com jazz e metal, mas hoje em dia ando curtindo até Girl Bands poplescas.... kkkkkkkk

      krixzy
      Veterano
      # fev/15
      · votar


      Lelo Mig
      Cara essas musicas ai me lembra a época que eu assistia uns animes japoneses, muito bons tempos, deve ser um dos motivos que gosto dessas músicas.

      Teve uma época que apareceu uma garota chinesa aqui no forum, até postou um vídeo tocando scandal, depois sumiu.

      entamoeba
      Membro Novato
      # fev/15
      · votar


      krixzy
      Fritação é o que há!

      https://www.youtube.com/watch?v=XG4GDIqSf14


      Dá pra chegar a um efeito parecido com um slide, já que as notas "sumiram" lá pelos 570 bpm.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Quando você começa a ouvir estilos diferentes

      304.524 tópicos 7.875.024 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital