Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Pesquisa_ O que você acha que é improvisar, como você improvisa? E mais

      Autor Mensagem
      ogner
      Veterano
      # nov/12


      Tópico mimimimi estaile!! Tb tenho direito.

      Depois de ver algumas opiniões jogadas pelo forum. Alguns dando pitacos de como se improvisa, vi que existem diferentes visões sobre o tema. Que implica diretamente em criatividade, expressão ou puramente aplicação de técnicas. Aviso logo que o certo e errado são relativos, logo opiniões divergentes são no minimo respeitadas. Hehe!!
      *Oq é improvisar?
      *Falem ae como vcs improvisam?
      *Qual seria o ideal de se improvisar bem?
      *Só sei improvisar num estilo, pq???
      *Será possível traçar o perfil do guitarrista pelo seu estilo de improvisação?
      *Vc começou imaginando que improvisar era uma coisa e com o passas do tempo mudou completamente o mode de pensar? Foi pela tecnica?
      São alguns topicos que podem ajudar a formatar as opiniões e mandar ver na improvisação do texto...hehe!!

      As opiniões dos iniciantes são as que mais me causam curiosidade! Mas todos os níveis são bem vindos aqui!

      Gianew
      Veterano
      # nov/12
      · votar


      Eu gosto de improvisar tocando Echoes *----*

      Del-Rei
      Veterano
      # nov/12
      · votar


      ogner
      Ih..... Calmae... Muita coisa junta pra pensar... Tenho que organizar tudo.... Hehehe.

      Cara, sei não, mas acho que dificilmente existe um improviso de verdade. Muitas vezes no improviso existem vários licks e passagens que já foram previamente estudadas pelo instrumentistas. Até porque, pra improvisar é preciso muito estudo. Ou sai um monte de nota na trave. E aí, é queimação geral.

      Creio que o improviso seja devido ao músico fazer um solo ou uma passagem diferente, a cada execução. Mas no fundo, o músico sabe quais notas ele pode usar em determinadas harmonias, até porque já improvisou várias vezes na mesma harmonia, e sabe o que melhor casa em cada parte... Sei lá.

      Um aceno de longe!!!

      SODAPOP
      Veterano
      # nov/12
      · votar


      Improvisar eh falar algo usando o instrumento... Alguns são tagarelas, outros falam devagar, alguns só falam o que outros já falaram antes, outros tentam dizer suas próprias idéias. Quanto mai vocabulário e noção do que vx ta falando, mais claramente vc se expressa.

      Delson
      Veterano
      # nov/12
      · votar


      Del-Rei
      Muitas vezes no improviso existem vários licks e passagens que já foram previamente estudadas pelo instrumentistas.

      É a famosa "Biblioteca de Licks". É extremamente válido, desde que não se tornem clichês...

      Toque. Se ficar feio, tire. Se ficar bonito, deixe... rss

      renatocaster
      Moderador
      # nov/12
      · votar


      O que é improvisar - Creio que improvisar seja no sentido literal da palavra mesmo. Quando vc não tem um formato pré-estabelecido de um som ou um conjunto de notas para tocar, vc vai lá e improvisa. Às vezes vc tem ideias prontas para aplicar em cima de uma melodia, outras vezes não. Quando não tem, vc improvisa. Em palavras, seria simples assim, hehehe.

      Como improvisar - É lançar mão das ferramentas que vc tem à sua disposição e saber usá-las no improviso. E isso engloba técnica, conhecimento de escalas, harmonia, etc. Quanto mais vocabulário vc tiver, melhor será o seu improviso.

      Qual o ideal de se improvisar bem - Não se prender única e exclusivamente a desenhos de escalas ou licks prontos. Acho que aqui se o cara tiver um bom conhecimento de harmonia, saber escolher bem as notas independente de se pensar em uma escala específica, é meio caminho andado.

      Metafóricamente comparando: Imagina que vc está andando numa estrada para chegar ao seu destino...Vc não deve pisar fora dessa estrada, mas vc pode ir andando, correndo, engatinhando, rolando rastejando. Vai valer da sua criatividade e da sua intenção, de chegar mais rápido, ou demorar mais tempo no seu percurso...Vc vai andando e vai fazendo uma análise da estrada, e conclui que nesse trecho vc vai andar, no outro vai rolar, noutro rastejar, etc. Entendeu mais ou menos, hehehe?

      Improvisar apenas um estilo - Está precisando ouvir outros estilos, hehehehe.

      Guitarrista pelo estilo de improvisação - Acho que dá pra ir reconhecendo o cara pela intenção (ou intuição) do que ele pode fazer. Geralmente o cara mantém uma linha de raciocínio como base pro seu improviso, e acho que com isso ao longo do tempo o cara vai desenvolvendo um fraseado específico, que ajuda mais a traçar o seu estilo particular de se tocar, ou improvisar. Eu sei que tem, mas é muito difícil ver guitarristas indo de um extremo a outro na hora de improvisar.

      Vc começou imaginando que improvisar era uma coisa e com o passas do tempo mudou completamente o mode de pensar? Foi pela tecnica? - Eu acho que com a vivência que vc vai adquirindo no instrumento a sua maneira de improvisar tende a ir mudando sim. Mas não necessariamente pela técnica.

      Jm7
      Veterano
      # nov/12
      · votar


      Quando se utiliza escalas e tudo mais o som soa melhor, mais enquadrado na canção,mas por outro lado isso traz limitações e a ideia do improviso é o músico fazer o que ele quiser, mostrar sua ideia, expressar seus sentimentos, extravagar pra valer, etc, etc, etc, (...)
      Tudo deve ser equilibrado pois um iniciante também não conseguirá improvisar pois é necessário um pouco de técnica, mas não precisa ser um psicótico por ela, fissurado.
      Também é legal destacar que improviso é diferente de solo por poder ser feito em qualquer parte da música e não apenas sozinho ( o que é solar), além dele não ser exaustivamente treinado, caracterizando bem cada músico.

      Lelo Mig
      Membro
      # nov/12
      · votar


      Já que você deixou claro que pretende uma visão pessoal... prá mim improvisação têm um conceito muito particular, porque simplesmente subir e descer escalas (na certeza de que não se dará notas foras), está muito longe de meu conceito de improviso.

      Vamos lá...

      *Oq é improvisar?

      Criar melodias, harmônias e mesmo ritmos no "ato" sob a influência emocional do momento e do que deseja exprimir.

      *Falem ae como vcs improvisam?

      Crio linhas melódicas e harmônicas mentalmente, conforme meus sentimentos na hora e corro atrás de toca-los, muitas vezes cometendo erros na execução e propósito.

      *Qual seria o ideal de se improvisar bem?

      Chegar o mais próximo possível de executar com precisão o que sente no momento e deseja expressar.

      *Só sei improvisar num estilo, pq???

      Quem toca só um estilo não improvisa em mais de um. Quem sabe meia dúzia de acordes naturais de rock ou blues, jamais vai improvisar decentemente um Jazz ou uma MPB. Harmonicamente então, piorou.

      *Será possível traçar o perfil do guitarrista pelo seu estilo de improvisação?

      Os que enfiam um monte de notas e acham que estão improvisando, simplesmente porque as notas estão dentro do campo harmônico (a maioria) e os que criam frases e linhas melódicas belas, na hora.

      *Vc começou imaginando que improvisar era uma coisa e com o passas do tempo mudou completamente o mode de pensar? Foi pela tecnica?

      Meu conceito de improvisação não mudou. Mudou minha forma de faze-lo, conhecendo melhor a geografia da escala do instrumento. A técnica ajuda a conseguir executar, mas não penso em técnica nem em escalas para improvisar. Se quero improvisar de verdade, nem o tom da música eu quero saber de antemão.

      v1marqu3s
      Veterano
      # nov/12 · Editado por: v1marqu3s
      · votar


      ogner
      Lelo Mig
      Criar melodias, harmônias e mesmo ritmos no "ato" sob a influência emocional do momento e do que deseja exprimir.
      ISSO é exatamente o que eu entendo por improvisação, não poderia ter expressado melhor.


      Se quero improvisar de verdade, nem o tom da música eu quero saber de antemão.
      ISSO pra mm é improviso de MACHO! ahauahauahua

      Pra mim, improviso tem muito a ver com se ouvir enquanto toca pra saber se está melodica e harmonicamente agradável, e muito POUCO a ver com shapes de escalas, modos gregos, licks decorados etc. Ou seja, 80% do tempo em que eu digo que estou improvisando, estou mentindo hauahaauaua

      Pepe Le P
      Veterano
      # nov/12 · Editado por: Pepe Le P
      · votar


      *Oq é improvisar?
      Na minha concepção o improviso está caracterizado quando o instrumentista toca algo que não esteja previamente determinado. Não considero que a utilização de licks e padrões descaracterize completamente um improviso, desde que sejam utilizados de forma não-premeditada e não "exagerada". Guitarristas consagrados, tipo o Paul Gilbert, me parecem sinceros ao improvisar, mesmo disparando uma metralhadora de licks entre suas frases.

      *Falem ae como vcs improvisam?
      Mal pra caramba! Possivelmente devido a minha falta de vocabulário musical, pouco treino de "tradução cérebro-dedos" e técnica enferrujada.

      *Qual seria o ideal de se improvisar bem?
      O ideal seria ter uma boa técnica no instrumento em questão (embora eu já tenha visto bons improvisos vindo de técnicas "limitadas", isso certamente reduz a sua palheta de possibilidades). Ter um bom domínio do instrumento fornece segurança e salva processamento cerebral pra focar na parte das ideias do improviso mesmo.
      Talvez ainda mais essencial é ter uma boa fluência de tradução entre as ideias que surgem na mente para o som que vai sair do instrumento e isso vem com o aperfeiçoamento ao longo do tempo...
      Já vi muitas pessoas (dentro as quais me incluo) que são capazes de assoviar ou cantarolar (ou mesmo imaginar) uma melodia ótima de improviso, mas muitas vezes não são capazes de reproduzir algo da mesma qualidade improvisando com o instrumento.
      Em resumo, um bom improviso começa pelo domínio do instrumento, nos seus mais diversos aspectos. Existem outros aspectos que tendem a ajudar bastante o resultado final de um improviso, como estar ciente do que rola harmonicamente e estar bem conectado com o som da banda.

      *Só sei improvisar num estilo, por pq???
      A princípio poderia te dar uma resposta simples como: "provavelmente esse é o estilo que você mais escuta/ouve/toca", mas acho que da pra destrinchar um pouco mais. Pra não me estender muito (e sem pretensão de escrever verdades absolutas, apenas um pitaco) eu diria que talvez este é o estilo que seu cérebro está mais habituado: possui o "groove" mais interiorizado, está acostumado as variações harmônicas mais comuns, o que sua técnica e pegada se "adaptam" melhor (quem nunca viu um shreder from hell se apertar pra mandar uma blusera roots ou já imaginou o SRV mandando um Angra pra galera?).

      *Será possível traçar o perfil do guitarrista pelo seu estilo de improvisação? Ao que exatamente você se refere como sendo o "perfil" de um guitarrista?

      Eu não sou exatamente um iniciante, mas ainda passo longe de um veterano das seis cordas, mas deixo aí algumas reflexões que "improvisei" ao me deparar com seu tópico, caso tenhas paciência de ler!

      EDITADO: também faltou mencionar que é bacana um certo grau de imprevisibilidade no improviso, pois ideias excelentes muitas vezes surgem daí! As vezes arriscar meter o dedão em um lugar "nunca antes explorado" (me poupem das piadas...) pode render excelentes ideias!

      Buja
      Veterano
      # nov/12
      · votar


      *Oq é improvisar?
      Pra mim é a arte ou efeito de fazer música na hora.
      *Falem ae como vcs improvisam?
      Eu nao improviso. Ainda me falta muito pra aventurar nesta area.
      *Qual seria o ideal de se improvisar bem?
      Acho que é respeitar a musica, o andamento, o estilo e mais importante, ser criativo.
      *Só sei improvisar num estilo, pq???
      Porque so tem escutado este estilo, por eras e eras.
      *Será possível traçar o perfil do guitarrista pelo seu estilo de improvisação?
      Totalmente.
      *Vc começou imaginando que improvisar era uma coisa e com o passas do tempo mudou completamente o mode de pensar? Foi pela tecnica?
      Achava que improvisar era tocar outra coisa quando voce esquecia do solo. Descobri que improvisar é tocar outra coisa quando voce ja ta cansado de tocar o solo que outrora foi copiado, rsrs.

      ferbarper
      Veterano
      # nov/12
      · votar


      ogner
      Eu me retratei melhor no tópico que você falou da minha concepção por improviso hehe, dê uma olhada lá acho que me expressei mal.
      abrçs.

      stroudcastle
      Veterano
      # nov/12
      · votar


      *Oq é improvisar?
      É por em prática tudo que vc sabe, e como realmente vc sabe tocar.

      *Falem ae como vcs improvisam?
      Eu tento seguir os acordes (nunca consigo). Às vezes saem frases clichês, outras vezes descubro frases bem originais acho... Mas tô aprendendo ainda. rsrs

      *Qual seria o ideal de se improvisar bem?
      O momento em que vc meio que consegue imaginar um som e conseguir repassar pra guitarra.

      *Só sei improvisar num estilo, pq???
      Porque não consigo tirar o drive pra tocar blues e o rock é mais true /m/ hahuahua

      *Será possível traçar o perfil do guitarrista pelo seu estilo de improvisação?
      Sim!

      *Vc começou imaginando que improvisar era uma coisa e com o passas do tempo mudou completamente o mode de pensar? Foi pela tecnica?
      Na verdade achei que improvisar era mais fácil, e não foi pela técnica, mais vou aprender ainda hehe.

      victorg3
      Veterano
      # nov/12
      · votar


      Cara muitas perguntas subjetivas pra se responder, que envolvem muitos outros conceitos subjetivos. Pra resumir de uma maneira mais vaga (que acho que seja melhor) e com um bom exemplo: improvisar é o que o Marty Friedman faz



      O cara sabe praticamente cada nota que está tocando, ele sabe que nota ele gosta em determinado acorde e que nota não, ele sabe fazer várias notas fora do campo harmônico soarem bem (propositalmente) e tudo isso com emoção e do jeito inconfundível dele.... acho que já treinou tanto isso que agora é natural pra ele, mas no começo deve ter sido difícil pra caralho pensar em tudo.

      Só pra finalizar acho que não da pra traçar um perfil de verdade (novamente algo muito subjetivo... o que seria o perfil de um guitarrista?) do guitarrista. Primeiro porque você teria de ver vários improvisos do cara para dizer algo sobre isso, segundo que mesmo que se observasse algum tipo de padrão ou ideia seguida pelo guitarrista, é impossível dizer que o caro como guitarrista se resume a algo... enfim você, se quiser, pode colocar uma definição genéria e imprecisa, mas acho desnecessário e chato; pra quê ficar classificando tudo?

      ogner
      Veterano
      # nov/12 · Editado por: ogner
      · votar


      victorg3
      Claro que é subjetivo, velho. É bem claro isso! SUA opinião, como VC ve o tema?? Vc ta é com preguiça de escrever!!
      hehehe!!

      Galera nao vou responder nem comentar todos, é um topico aberto pra todos postarem suas opiniões bem como comentar postagens de terceiros, ok!?

      Mas to lendo tudo e realmente as ideias sobre improvisação são muitas e divergentes!!! As analogias estao muito bacanas tb! hehe!! Vou dar meus cents tb depois!!

      o/

      O topico do mimimimimi ta bacana!! hehe

      EDIT: Acho bacana o pessoal ler (de verdade) os posts de todos!!

      Jube
      Veterano
      # nov/12
      · votar


      Ao longo de uma música, para mim improvisar é uma resposta ao que a música pede, quase que de forma automática, como um reflexo que temos para desviar de alguma coisa. Não da tempo de imaginar o que fazer, se alguem lhe atira uma pedra, você não para e pensa: vou defender com a esquerda, não não, vou desviar, melhor me abaixar. Nada disso, você faz. Para mim isso se aplica na música, você faz seguindo a escala, modos, sua biblioteca de vicios e licks que vieram com a experiência.

      mateusstarling
      Veterano
      # nov/12
      · votar


      Legal irmão o topico, vou tentar acompanhar.
      Ja escrevi bastante sobre isso e a minha opnião esta nos links abaixo para quem se interessar.
      abs e paz.

      O que não fazer em um improviso.
      1) http://www.mateusstarling.com.br/pt/blog/156-o-que-nao-fazer-em-um-imp roviso
      2) http://www.mateusstarling.com.br/pt/blog/159-o-que-nao-fazer-em-um-imp roviso-parte-02
      Solo ou improviso:
      http://www.mateusstarling.com.br/pt/blog/97-solo-ou-improviso
      Improviso na guitarra:
      http://www.mateusstarling.com.br/pt/blog/97-solo-ou-improviso

      victorg3
      Veterano
      # nov/12
      · votar


      Claro que é subjetivo, velho. É bem claro isso! SUA opinião, como VC ve o tema?? Vc ta é com preguiça de escrever!!
      hehehe!!

      Haha to não, eu gosto de escrever, mas é que é subjetivo demais pra responder corretamente e completamente do jeito que eu gostaria, então só deixei claro que tenho noção disso e que por isso minha resposta não é tão completa quanto deveria...

      MauricioBahia
      Moderador
      # nov/12 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      ogner

      *Oq é improvisar?

      Tocar sem um roteiro.

      *Falem ae como vcs improvisam?

      Eu tento sacar a harmonia e visualizar as tônicas. Depois é seguir em frente.

      *Qual seria o ideal de se improvisar bem?

      Respondo acima, com uma dose de feeling.

      *Só sei improvisar num estilo, pq???

      Vício/gosto. Falta de cultura musical talvez;

      *Será possível traçar o perfil do guitarrista pelo seu estilo de improvisação?

      Talvez. Não sei se entendi bem a questão...

      *Vc começou imaginando que improvisar era uma coisa e com o passas do tempo mudou completamente o mode de pensar? Foi pela tecnica?

      Sempre achei muito difícil improvisar pois é um exercício mental e isso demanda prática, que exige tempo e dedicação.

      Abs

      rhoadsvsvai
      Veterano
      # nov/12 · Editado por: rhoadsvsvai
      · votar


      ogner
      cara adoro esse assunto , é a unica coisa que eu quero com a guitarra é meu objetivo eu só quero conseguir improvisar como um desses caras tocando no crossroads , o dia que eu chegar naquele nivel de improvisação eu paro de estudar .

      sobre oque é improvisar ... acho que depende do musico.

      e se tratando de guitarra , a meu ver existem 4 tipos principais de guitarristas. e cada tipo pensa de forma diferente quanto ao improviso.

      os guitarrista que se criaram ouvindo (r e b , blues , rockabilly,jazz) mesmo tocando outros estilos (bb king , clapton , page , hendrix , chuckberry ,j winter , e basicamente todo mundo da invasão britanica)

      os jazzistas puros

      o guitarristas do lado mais tecnico (geralmente tocam ,fusion ,metal ,rock a partir dos anos 80 , rock instrumental)

      e os que não gostam de guitarra (heheh) , seria o pessoal do new wave (desculpa lelo mig hahah) ,punk,hardcore ,grunge etc, guitarristas que gostam de ver a guitarra como toque na musica e não como a coisa mais importante de todas.


      ------------------------------

      falando do primeiro grupo:
      os musicos das gerações que eu mais gosto (70 pra baixo , e claro que isso não é a regra) não tinham a disposição muito material teorico , até porque se hoje em dia a guitarra ainda é um instrumento novo , na decada de quarenta era novissimo.

      eles aprenderam a tocar ,compor e improvisar ouvindo radio ,muitos nem sabem o nome das notas ,de tanto treinar isso me parece que eles conseguem imaginar o som do fraseado ums 4 compassos antes da hora , e passaram tanto tempo tentando tirar soms de ouvidos no instrumento que sabem exatamente onde esta aquela nota do fraseado que eles tem na cabeça,por mais que a imensa maioria deles não tenha ouvido absoluto eles conseguem achar a nota na hora.agora tem que se ter em mente que esses caras pra adquirir isso ,até cagavam tocando guitarra (inclusive existe quem diga que no caso do hendrix ,isso pode ser levado no sentido literal).

      esse é meu tipo preferido ,mas existem outros tipos de musicos:


      para os alunos de jazz de nivel intermediario (tive por algums meses um excelente professor que era jazzista (mas o metodo era puxado demais e eu sou muito preguiçoso ai larguei),geralmente se ensina muito sobre harmonia , e depois como atingir a melodia dentro da harmonia (e no futuro até mesmo fora dela) atraves do estudo de triades ,tetrades ,arpegios , a ideia é usar uma especie de matematica da musica ,mas sem jogar fora a criatividade ,pois pra chegar no mesmo numero ,na mesma nota existem ,mil maneiras diferentes e por isso os professores de jazz ensinam tantos recursos ,a criatividade vem de como usar de maneira interessante os recursos , acredito que quando os jazzistas improvisam eles pensam algo tipo "vou partir da triade menor da terça do acorde x ,ir cromaticamente até a tonica do acorde y , dai eu dou um bend de meio tom na setima da escala , e subo em mixolidio até o acorde x finalizando na tonica" meu cerebro processa informação de forma lenta demais ,pra pensar como um jazzista.hahah ,mas são grandes guitarristas , e a meu ver ,eles conseguem tocar literalmente qualquer coisa.

      o proximo grupo , o pessoal do cabelo comprido hahah;

      tendo EVH e Randy rhoads na mesma epoca , a guitarra evoluiu na decada de 80 oque a humanidade evoluiu des de toda sua existencia . surgiu tambem surfing with the alien , o primeiro cd de guitarra instrumental bem sucedido , e quando todo mundo queria uma strato com humbucker e amplis modernos , veio o gordo sueco mandando arpegios do mau em uma strato sss com um plexi,sem falar em steve vai ,mais tarde dimebag .

      enfim , as pessoas começaram a explorar os limites dos limites da tecnica , no quesito de improvisação esses guitarristas gostam muito de pensar em modos ou escalas e ir montando o solo com licks ja aprendidos e dominados ,existem tambem guitarritas desse tipo que pensam mais parecido com os jazzistas ,só que aplicado de forma super tecnica e ao seu estilo ( o proprio randy rhoads , o steve vai) e os que tocam com oque aprenderam ouvindo assim como os guitarras de 70 pra baixo ( o proprio van hallen ) .

      , o ultimo grupo , não costuma solar ou improvisar , gosta mais de trabalhar lentamente com composições ( acho que li aqui no forum uma vez , que o the edge declarou que se sentiu desconfortavel quando tocou com o bb king ) o que ao meu ver não é demerito, afinal é questão de gosto (mas é CHATO PRA CARALHO)

      -----------------------------


      sobre o ensino do improvisçãoa , eu fico um pouco insatisfeito com a internet , boa parte dos videos ,até dos melhores professores , é tipo , o cara passa todos os desenhos da pentatonica e diz que vc tem que conectar eles , isso quando o video não é simplesmente o cara ensinando um lick qualquer , e diz que ta ensinando a improvisar... me deixa puto isso.

      mas no fim das contas ,improvisar é algo pessoa . não existe ensinar a improvisar certo , pq cada um aparenta aprender de um jeito diferente , mas uma coisa é certa.

      toda vez que vejo um bom guitarrista improvisar , me passa a sensação que ele sabe um pequeno segredo que eu não sei ,e que se soubesse improvisaria tão bem quanto ou melhor q ele :(

      kiki
      Moderador
      # nov/12
      · votar


      ogner
      *Oq é improvisar?
      é tocar algo que não estava decorado, não estava previsto de antemão.

      *Falem ae como vcs improvisam?
      eu tento criar alguma melodia, ou ao menos ter uma cara pro negócio, que pode ser um tema, alguma ideia que se repete. tento tambem criar os climas que a base pode pedir, ou seguir (quando é com banda viva).
      além de tentar me ater ao tons e tal, mas isso eu faço apenas o básico por que nao domino muito.

      *Qual seria o ideal de se improvisar bem?
      pra mim é quando sai um solo que se sente um feeling.

      *Só sei improvisar num estilo, pq???
      porque a gente acaba pegando uns tiques daquilo que toca mais.
      quanto mais estilos voce tocar, mais consegue improvisar, eu acho.

      *Será possível traçar o perfil do guitarrista pelo seu estilo de improvisação?
      eu acho que sim.

      eu nunca consegui descobrir se eu toco de maneira tosca e com pegada pesada porque comecei tocando nirvana e redhot, ou se acabei gostando de ouvir esses caras porque é o que eu conseguia tocar!

      mas tenho certeza que o estilo que se ouve e o que se gosta de tocar diz muito sobre a personalidade do musico.

      *Vc começou imaginando que improvisar era uma coisa e com o passas do tempo mudou completamente o mode de pensar? Foi pela tecnica?
      eu acho que nunca tive uma expectativa de improvisar ou do que seria isso pois nao sou guitarrero, muito menos solista. sempre fui mais de tirar as musicas e ficar tocando elas como eram mesmo.

      depois que comecei a tocar redhot vi que eles nunca tocam a musica igual, entao me abriu essa perspectiva. depois veio o doors, e dai o jazz, ai ferrou-se.
      desde entao tenho tentado improvisos, e confesso que o que menos me prendo é na tecnica.
      sendo apreciador de slowhands, acho que com pouca tecnica da pra por muito feeling, mas com pouco feeling nao adianta tecnica.

      MauricioBahia
      Moderador
      # nov/12 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      O que penso sobre improviso:

      O fato é que existe uma coisa chamada fluência. Como em nosso discurso diário, proferimos palavras finitas (do vocabulário) que formam frases. Essas frases podem ser ditas de diversas maneiras, com inúmeras variação, até mesmo podendo soar de forma diferente. Além disso, uma virgula, pode mudar todo seu sentido. Aí entram o estilo e motivo.

      Na guitarra é a mesma coisa. Proferir frases na guitarra é feito por notas. Dependendo do contexto elas soam bem ou mal. Dependendo de como toca pode parecer querer dizer outra coisa. É por isso que bend e vibratos são tão importantes. Talvez sejam ele o "sotaque/estilo" característico de um guitarrista.

      Enfim, o cara que tem vocabulário e o "dom da palavra", tem grandes chances de ser ouvido e apreciado. ;)

      É por aí.

      kiki
      Moderador
      # nov/12
      · votar


      MauricioBahia
      nao à toa chama isso de "frases"!
      eu acho um nome mais que correto.

      MauricioBahia
      Moderador
      # nov/12
      · votar


      kiki

      "Fraseado". Tá falado!

      :)

      ogner
      Veterano
      # nov/12 · Editado por: ogner
      · votar


      MauricioBahia
      Também acho que acabo correlacionando, HOJE, o improviso, as frases, o fraseado ao ato de se expressar falando mesmo. Bem desse modo que vc expôs, pausas, virgulas, vocabulário e etc.

      Tenho uma "preocupação" principalmente por conta da globalização, massificação, todo mondo ve a mesma coisa agora, tendenciando a uma pausteriazação muito grande. Claro que com toda essa info disponível acabamos tendo MUITO mais opções também, o detalhe é que é preciso IR ATRAS da info, e oq acaba acontecendo é aceitarmos oq NOS É INDICADO, hehehe!!

      A improvisação na minha opinião é a cereja, o must, o cerne, o ápice do guitarrista. A parte mais natural, mais espontânea que deve ser muito bem cuidado por todos que gostam de guitarra e musica... E isso vem desde seu primeiro contato, oq vc ouve, quem vc se espelha e etc, pois se vc segue um rumo que lá na frente vc se arrepende, recomeçar é MUITO complicado!!

      Mimimimi total stayle!!

      o/

      MauricioBahia
      Moderador
      # nov/12 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      ogner: o fraseado ao ato de se expressar falando mesmo. Bem desse modo que vc expôs, pausas, virgulas, vocabulário e etc.

      Quantas vezes a gente vê os caras solando e a boca mexendo? Não tô falando de caretas mas, no caso por exemplo do Robin Trower (do próprio Hendrix) é óbvio que ele tá proferindo frases da mente dele através guitarra. Incorporou! Esse é o lance do poeta das notas que tem conteúdo, contexto, dinâmica, rima e o tal do "filin". hehe

      Abs

      v1marqu3s
      Veterano
      # nov/12
      · votar


      poeta das notas
      Essa eu gostei. Sério!

      Led Zé
      Veterano
      # nov/12
      · votar


      MauricioBahia
      Quantas vezes a gente vê os caras solando e a boca mexendo? Não tô falando de caretas mas, no caso por exemplo do Robin Trower (do próprio Hendrix) é óbvio que ele tá proferindo frases da mente dele através guitarra. Incorporou! Esse é o lance do poeta das notas que tem conteúdo, contexto, dinâmica, rima e o tal do "filin". hehe
      Os caras fazem tipo de um scat mental. Cantam as notas dentro da cabeça e acabam por cantar as notas sem querer. Um antigo professor uma vez me disse que esse é o caminho . Aprender a cantar as notas , frases e licks dentro da sua cabeça e saber tocar exatamente essas notas na guitarra quando elas vierem na sua cabeça. Assim você acaba por "cantar" as notas em cima de uma melodia, assim como um cantor faria um improviso vocal . O meu aproach é parecido . Só me falta a coordenação motora. A mão não consegue acompanhar o cerébro.

      Jinkxs
      Veterano
      # nov/12
      · votar


      ogner

      Vou tentar resumir:

      Improvisar pra mim é o mesmo que criar. É uma criação em cima de uma melodia.

      Eu improviso de uma forma bastante peculiar:

      Vejo os acordes da progressão e defino uma escala pensando em cada acorde. Uma vez definida a escala deixo os dedos passearem por ela de forma autônoma. Meus dedos já tem uma memória de movimentos e licks que executo sem precisar pensar.

      O meu raciocínio não está na execução da escala em sí (isso é automático), mas em definir a próxima escala que vou usar para acompanhar a progressão, e também no andamento da música (ritmo, compassos, quebras, etc...).

      Por isso, é muito fácil o ouvinte reconhecer alguns licks que uso, pois eventualmente eles acabam se repetindo. A idéia é ir aos poucos aumentando a coleção de licks e frases dentro de cada escala, de forma que possa executar um vocabulário maior no inproviso.

      O treino o qual estou me dedicando agora, visa, além de ampliar meu vocabulário de licks e frases, o aperfeiçoamento da execução de cada nota, a fim de conseguir transmitir maior carga expressiva nos solos.

      mateusstarling
      Veterano
      # nov/12
      · votar


      Acredito que exista improvisação em vários níveis.
      Em 2008 gravei meu cd solo com um saxofonista americano e no cartão dele estava escrito: "Jesse Scheinin Improvisador"
      Normalmente vemos cartão de musicos escritos: Professor de guitarra, produtor, side man e etc, mas quantos vc ja viu escrito improvisador?
      O que eu quero dizer é que improvisar é uma arte que vai requerer estudo continuo.
      Vc tem um projeto instrumental é bem provavel que vc queira estar ao lado de grandes improvisadores.
      O idéal que vc quer buscar como improvisador é, dentro da sua proposta de estilo, ser capaz de improvisar sobre qualquer musica que colocarem na sua frente de primeira, apenas olhando ou escutando a musica 1 ou 2 vezes.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Pesquisa_ O que você acha que é improvisar, como você improvisa? E mais

      305.938 tópicos 7.899.352 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital