Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Hardware robusto para aumentar sustain - verdade ou MITO?

      Autor Mensagem
      The Red Special
      Veterano
      # ago/12


      Então galera, estava hoje no shopping, e peguei uma Guitar Player americana que tinha por lá.

      Achei um dispositivozinho chamado "Killer Brass Claw":

      http://www.lonephantom.com/wp-content/uploads/2012/06/20120604-200110. jpg

      O que é isso? Um "Claw" daqueles que seguram as molas, só que bem mais massudo e mais robusto. Segundo estes camaradas, estes são mais duráveis, e acima de tudo, ajudam no sustain.

      Além disso, consigo me lembrar também dos "Brass Blocks" vendidos pela GFS:

      http://pages.uoregon.edu/jlund/guitar%20pics/Guitar%20build/brass%20bl ock.JPG

      (Na foto um bloco comum, e depois um bloco de cobre "reforçado).

      Que também tem a mesma promessa quanto ao sustain.


      Agora me vem a pergunta:

      ESTES BRINQUEDOS AI, REALMENTE CUMPREM O QUE PROMETEM?

      ogner
      Veterano
      # ago/12
      · votar


      se vc tiver uma guitarra xexelenta e ainda desregulada...esquece.
      É preciso um bom conjunto...Nut..saddles..guitarra regulada..se tiver stringtree tem q estar lubrificado e etc etc etc.. Cada mm da guitarra faz diferença, mas sozinho não.
      O/

      Cristhyano
      Veterano
      # ago/12 · Editado por: Cristhyano
      · votar


      Tocar ninguém quer, só ficar caçando sarna pra se coçar.
      Fico me perguntando por quanto tempo nego quer segurar uma nota pra ficar caçando sustain assim igual doido. Ta todo mundo formando banda estilo Sunn O))) ?

      Will Bejar
      Veterano
      # ago/12
      · votar


      The Red Special
      ESTES BRINQUEDOS AI, REALMENTE CUMPREM O QUE PROMETEM?
      Esse segurador de molas, não sei... mas o blocão na minha Fender fez MUITA diferença!!! Mas, tem que levar em consideração o que o ogner falou!!!

      The Red Special
      Veterano
      # ago/12
      · votar


      Cristhyano
      Tocar ninguém quer, só ficar caçando sarna pra se coçar.
      Fico me perguntando por quanto tempo nego quer segurar uma nota pra ficar caçando sustain assim igual doido. Ta todo mundo formando banda estilo Sunn O))) ?


      Faz silencio cara. Se não tem nada interessante pra falar, o silencio é a melhor opção!

      ogner

      Então, a guitarra no caso é uma frankenstrat. Corpo de uma LTD, braço de uma Kramer americana todo em maple, 3 seymours duncans, Floyd Rose, etc. Excelente guitarra.

      Will Bejar

      Quer dizer então que até esse Brass Block faz diferença? Mas não faz muito sentido cara. Porque iria interferir no sustain e na ressonância das notas? E pelo bloco ser mais grosso, ele não atrapalha o movimento da ponte nas alavancadas? "Travando" a ponte, não sei.

      Abçs!

      Will Bejar
      Veterano
      # ago/12
      · votar


      The Red Special
      Quer dizer então que até esse Brass Block faz diferença?
      Faz sim.

      Mas não faz muito sentido cara. Porque iria interferir no sustain e na ressonância das notas?
      Pq essas pontes furrecas são feitas de material xulé, que é "mais mole" (digamos), então, ele não tem a "firmeza" pra vibrar mais uniformemente.

      E pelo bloco ser mais grosso, ele não atrapalha o movimento da ponte nas alavancadas? "Travando" a ponte, não sei.
      Não, a cavidade tem espaço pra isso.

      Saca só:
      http://forum.cifraclub.com.br/forum/3/245261/

      The Red Special
      Veterano
      # ago/12
      · votar


      Will Bejar
      Mesmo com Floyd Rose cara?

      Porque não é nada muito caro, e se tiver um resultado considerável, talvez valha o gasto.

      Will Bejar
      Veterano
      # ago/12
      · votar


      The Red Special
      Mesmo com Floyd Rose cara?
      Eu acho que sim... não sou de floyd rose... mas acho que o princípio é o mesmo!!!

      Lelo Mig
      Membro
      # ago/12
      · votar


      The Red Special

      O que segura o sustain é a vibração da corda.

      Quanto mais sólido e espesso o bloco, mais sustain, porque o bloco vibra menos (O bloco vibra, porque absorve a vibração das cordas).

      No entanto dois detalhes:

      1- Tem que considerar o que o ogner disse.

      2- Não é nenhum número estratosférico tipo 50% de melhoria... mas é perceptível numa boa guita.

      MauricioBahia
      Moderador
      # ago/12 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      Não existe milagre. Existe talento, estudo, trabalho, etc.

      The Red Special
      Veterano
      # ago/12
      · votar


      MauricioBahia
      Não existe milagre. Existe talento, estudo, trabalho, etc.

      Beleza Bahia, mas o que isso tem haver? Eu tiro um timbre legal, toco bem (Já são mais de 10 anos de "estrada"), estou satisfeito.

      Mas como você e os outros discutem sobre pedais novos, e outros aprimoramentos, outros desejos de consumo e dúvidas relacionadas ao instrumento e seus "gadgets" eu também não posso esclarecer minha dúvida sobre esse assunto? Para caso eu me interesse por isso um dia, eu possa saber se isso realmente é funcional ou apenas um gasto supérfluo?

      condor guitar
      Veterano
      Esse post foi marcado como inapropriado mostrar
      O autor recebeu uma advertência por publicar conteúdo contra as regras do fórum.

      ago/12

      Tem uma solução mais barata para a melhora do ' 'Sustain''

      De Ros
      Veterano
      # ago/12
      · votar


      The Red Special

      Esses "Brass Blocks" fazem sim uma bela diferença.
      Me impressionei com a mudança!

      The Red Special
      Veterano
      # ago/12
      · votar


      De Ros
      Eita! Po cara, a GAS foi atiçada agora. Eu vi um da Floyd Rose, 30 dolares com frete incluso, bom preço!

      Já o Brass Claw, eu pelo menos não entendo como pode haver alguma diferença numa peça tão "irrelevante". Mas, quem sabe não tem? As vezes a gente se precipita nas conclusões!

      MauricioBahia
      Moderador
      # ago/12
      · votar


      The Red Special

      :) Eu falei de um modo geral.

      O pessoal tá falando bem desse Brass Block, mas será que se não fosse de bronze faria o mesmo efeito? É essa a questão que eu fico cabreiro ao comprar.

      Abs

      ps. brass é bronze em inglês né?

      Lelo Mig
      Membro
      # ago/12
      · votar


      MauricioBahia

      Mauricio, creio que pelo fato de ser uma peça ligada a mecânica da guitarra e não da elétrica, o metal, faz toda diferença sim.

      A função dele, seria em teoria, absorver o minimo possível a vibração das cordas, o bronze é um metal denso, de liga (fisicamente falando) maleável, o que dá uma resposta a vibração recebida, com características bastante peculiares.

      Lembre-se que o Bronze é o material PREFERIDO em vários instrumentos de percussão e de sopro, acho que não é por acaso.

      (Trecho abaixo retirado de um livro sobre construção de instrumentos musicais)

      "O bronze possui características acústicas e de geração de ondas sinusoidais bastante puras e apresentando um timbre bem distinto, tornando-se assim um metal excelente para a fabricação de instrumentos musicais de percussão como é o caso dos sinos e sinetas ou secções de instrumentos de sopro, onde o som é originado, como são os bocais para saxofones, trompetes e trombones, entre outros."

      Bem, posso estar só falando um monte de M..., mas acho que existe alguma relação do material e comportamento "ressonante", neste caso específico.

      Duds McCready
      Veterano
      # ago/12 · Editado por: Duds McCready
      · votar


      Há cerca de um mês fui a um luthier conceituado aqui de Curitiba e ele foi bem enfático em me dizer que se trocasse a ponte da minha Epiphone LP Std haveria uma melhora considerável no sustain. (mesma explicação do Lelo Mig, citada logo acima)

      Desde então, tenho pesquisado sobre pontes Tune O'matic e há relatos que o sustain melhora mesmo.

      Abraços!

      ogner
      Veterano
      # ago/12
      · votar


      Lelo Mig
      acho que não é por acaso.
      Nada é por acaso, velho!! JeffBeck, Eric Jonhson, Jonh Mayer, SRV, Jimi não são eram chatos com alguns detalhes de gear atoa. Os Mestres da CS da Fender não ficam inventando moda atoa tb! Tenho certeza disso!

      Agora o ponto fundamental é, colocar um detalhe top numa guitarra que nao respeita nem a distancia entre ponte e nut adequada, que o nut é de plastico, que a fiação é pior q coco de bandido e etc etc etc, e dai achar que a coisa vai salvar o timbre..Esquece!! Repito, TUDO faz diferença, existem ótimos luthier desde sempre que não são méros marketeiros, mas é importante que TUDO esteja em harmonia.

      Talvez a GFS anunciar tipo:

      Compre esse bloco de bronze e tenha o sustain infinito!

      Não seja o mais adequado, mas daí vai da sapiêcia de quem compra querer ser enganado ou não. Ou ainda não ter o knowhow bastante pra saber que apenas um bloco de brass ou seja oq for vai transformas a guiarra dele xexelenta numa CShop!! Não estou falando que seja o seu caso The Red Special, joia!! hehe!! Sua guita parece ser bem legal!

      Pra nao fugir do topico e virar mimimimimimimi.
      E aqui nesse topico mesmo 2 ótimos users que não são de ficar jogando palavras ao vento ja expuseram suas experiencias ( empíricas ).

      ogner
      Veterano
      # ago/12
      · votar


      É que me da muita, mas muita raiva aqueles doidos de engenharia fazendo aqueles experimentos sobre as madeiras com um robozinho palhetando, outro, tocando e etc, medindo as paradas num "espectometro" dizendo que madeira é tudo igual!!

      Ja falei que igual á pra metaleiro que sóca drive e compressão, até uma vassoura com caps saida de 200k serve!!!

      ahuheuhauheua!!

      Não me levem a mal!! AHuhuehuahuehua!!

      Led Zé
      Veterano
      # ago/12
      · votar


      ogner
      É que me da muita, mas muita raiva aqueles doidos de engenharia fazendo aqueles experimentos sobre as madeiras com um robozinho palhetando, outro, tocando e etc, medindo as paradas num "espectometro" dizendo que madeira é tudo igual!!
      Concordo...Mas você há de convir que não há nada mais chato do que aqueles puristas mimimi que torcem o nariz pra qualquer coisa fora do padrão e que atribuem à madeira um monte de qualidade extraterrenas e que não podem ser comprovadas. Faça um teste com uma fake um dia hehehehe. Você não tem idéia do "som maravilhoso" de uma réplica hehehehehehe. Já vi marmanjo entendido passando vergonha quando soube que era Chibson ...

      ogner
      Veterano
      # ago/12
      · votar


      Led Zé

      Claro. Além de ouvir, tocamos tb guitarra. existe alem do som que produz existe a sensação de tocar ( de fato estar empunhando uma guitarra).

      Se me colocar pra ouvir uma Fender fake com bons caps e num bom amplificador e dizer que é uma CS de U$ 4k, é provável que eu caia. Agora eu pegar pra tocar, sentir a guitarra, é provável a coisa nao seja tao linda assim. E com 5 meses se torna um pesadelo!! hehe

      Exemplo:

      Usar simuladores é fod@, eu ( modéstia parte ) tiro timbres ótimos, me amarro mesmo, mas tocar no meu valvulado alto nem se compara a tocar com simuladores. Sacou!

      É o todo, sempre o todo!!

      MMI
      Veterano
      # ago/12
      · votar


      Bom, pessoal, eu não sou strateiro apesar de já ter tido várias stratos, mas tem gente que entende mais desse tipo que guitarra que eu aqui. A discussão aqui é sobre ponte de strato pelas fotos, mas posso falar algumas coisas...

      Acreditem, eu mesmo juro de pé junto, faz toda diferença o material da ponte. Óbvio, vou ser mais um a repetir que o que o ogner falou tem plena razão:

      se vc tiver uma guitarra xexelenta e ainda desregulada...esquece.
      É preciso um bom conjunto...Nut..saddles..guitarra regulada..se tiver stringtree tem q estar lubrificado e etc etc etc.. Cada mm da guitarra faz diferença, mas sozinho não.


      Tem um fabricante que produz pontes onde cada carrinho de cordas é de um material diferente (aço, alumínio, bronze...) para cada corda soar de acordo. Vi uma guitarra assim no antes e depois e vou dizer, é muito legal sem querer ser "ouvidos de ouro" como falam aqui. Mesmo porque isso é outra coisa que irrita, além do que (mais uma vez) o ogner também falou:

      É que me da muita, mas muita raiva aqueles doidos de engenharia fazendo aqueles experimentos sobre as madeiras com um robozinho palhetando, outro, tocando e etc, medindo as paradas num "espectometro" dizendo que madeira é tudo igual!!

      Mas vamos lá... Vou explicar algo que falei por cima no meu tópico sobre a Gibson Custom Shop Reissue 56, mas foi de forma desencontrada. Vale falar de Gibson num tópico de strato se o assunto for pontes e seus materiais...

      A Les Paul foi lançada em 52 com captadores P-90 e" ‘trapeze’-style bridge and tailpiece". Essa ponte deixou Les Paul puto da vida, erraram segundo ele, pois as cordas passavam por baixo como ele não queria, não foi legal. Ted McCarty desenhou para os modelos 54 e 55 então a "wraparound bridge/tailpiece" que permitia ajuste na altura melhor e melhor fixação das cordas, passando por cima como o mestre Les Paul queria, além de melhorar muito o timbre e sustain, mas não permitia o ajuste de oitavas. Em 56 passou colocaram para trás essa stoptail e criaram a famosa ponte Tune-O-Matic. Detalhe que até hoje, alguns guitarristas como Billy Gibbons dizem que o som melhora muito nesse tipo de ponte se for usado como foi originalmente projetada, passando as cordas por cima do stoptail como era no modelo 54/55. O detalhe é que todo esse tempo, a ponte era feita de alumínio. Em 57 chegaram no modelo definitivo na liga ABR-1 da Gibson, tornando padrão, apesar da ponte liga ABR-1 (liga com zinco para baratear) já existia desde 54. Queira ou não, faz bastante diferença o material que a ponte é feita nas Les Paul.



      Will Bejar
      Veterano
      # ago/12
      · votar


      MMI
      Ótima aula... hehehehe... na verdade a ideia do criador não é nem ponte tremolo, e sim floydrose!!! Mas o foco principal tem tudo a ver com o que vc falou que é sobre os materiais e proporções, e no que isso muda a questão do som na guitarra!!!

      Belo post. +1

      renatocaster
      Moderador
      # ago/12
      · votar


      ogner

      Ja falei que igual á pra metaleiro que sóca drive e compressão, até uma vassoura com caps saida de 200k serve!!!

      Cuidado pra tu não tomar umas vassouradas, hein? hueuheuhe o/

      Eu sempre imaginei que essas tranqueiras serviam para manter o instrumento mais estável (afinação, oitavas, etc.), mas nunca pensei no sustain. A ideia do TUDO MUDA realmente faz sentido, nesse caso.

      MauricioBahia
      Moderador
      # ago/12 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      Lelo Mig
      The Red Special

      Sinceramente, sou meio "grosso" com relação à guitarras. Eu só quero que ela afine, seja confortável pra tocar e tenha som agradável. Eu não fico me ligando em trocar nut de micarta por osso, esses blocos por mais grossos, de bronze; cordas de material x, y ou z com espessuras diferenciadas do padrão, etc. . Esse detalhes que muitos podem achar fundamentais serem revisados, talvez se eu fosse um profissional do ramo musical pensaria de forma diferente.

      Quando eu falei que não existe milagre é pq aqui no FCC muita gente acha que trocando um detalhe vai ter um ganho imenso. É o caso do nut de micarta pra osso, sendo que o cara mal sabe afinar uma guitarra. Ou ainda, trocar as tarraxas quando não sabe sequer como amarrá-las propriamente e aí, gastam grana à toa. Enfim, tem gente que não sabe sequer diferenciar uma guitarra afinada e foca em detalhes pra melhorar a guitarra antes de prestar atenção em si mesmo.

      Abs

      MMI
      Veterano
      # ago/12
      · votar


      MauricioBahia

      Xará, concordo com você, é a mais pura verdade.

      Eu nunca comprei um negócio desses para trocar. Eu posso até ver que muda o som, timbra diferente por conta de algum detalhe, experimento guitarras de amigos e de uns luthiers. Mas minhas guitarras costumam ser originais, a não ser que dê alguma zica ou de fato não goste de algum detalhe, depois de eu ter esgotado todas possibilidades eu posso trocar eventualmente a peça (raramente) ou a guitarra (normalmente).

      De todas as guitarras que tenho e tive, pela segunda vez agora troquei um captador (a strato tem 2 escudos montados que troco ás vezes, mas essa nem conta). O captador da ponte da ESP 12 cordas não havia como me agradar, mas o do braço achava magnífico e comprei a guitarra por causa dele. Agora coloquei um Lindy Fralin na ponte e ficou perfeita para meu gosto, não sei mais qual dos dois sons eu gosto mais.

      Eu sou da opinião que guitarra é um conjunto, madeiras, ferragens, detalhes etc. que interagem com o amplificador e precisa atingir um gosto muito pessoal de quem toca. Por isso não vejo muito sentido, pessoalmente, em comprar guitarrinha e ficar comprando bloco, nut, strig tree, tarrachas e ficar trocando peças assim. Pode ser barata, mas acho que o conjunto tem que funcionar, essa é a minha verdade com guitarra.

      redmojoblues
      Veterano
      # ago/12
      · votar


      o mano ogner já disse tudo.

      independente se é frescura ou não,o conjunto da obra é que vai fazer a diferença.

      Will Bejar
      Veterano
      # ago/12
      · votar


      O negócio é ir numa loja, testar as guitarras e comprar aquela que melhor te atender (pelo menos naquele momento... hehehehe). Comprar já pensando em gastar com isso e aquilo é besteira.
      Entretanto...

      MMI
      Por isso não vejo muito sentido, pessoalmente, em comprar guitarrinha e ficar comprando bloco, nut, strig tree, tarrachas e ficar trocando peças assim.
      Às vezes, essas trocas que levam a...
      atingir um gosto muito pessoal de quem toca

      E concordo com o MauricioBahia
      Quando eu falei que não existe milagre é pq aqui no FCC muita gente acha que trocando um detalhe vai ter um ganho imenso. É o caso do nut de micarta pra osso, sendo que o cara mal sabe afinar uma guitarra. Ou ainda, trocar as tarraxas quando não sabe sequer como amarrá-las propriamente e aí, gastam grana à toa. Enfim, tem gente que não sabe sequer diferenciar uma guitarra afinada e foca em detalhes pra melhorar a guitarra antes de prestar atenção em si mesmo.


      Lembro de já ter dito há alguns usuários daqui do fórum para que, antes de trocar os captadores, fiquem um bom tempo tocando com esses pra entender o que cada um faz e onde vc pode usá-lo... depois, se achar necessário, troque... normal!!!

      De Ros
      Veterano
      # ago/12
      · votar


      Na minha experiência, essa trocas de peças em guitarras baratas fazem uma grande diferença. A troca dessa barra da alavanca por uma com mais massa, a troca de nuts e carrinhos pelos de teflon, os óbvios captadores, tudo isso ajuda muito no som das guitarras mais baratas.

      Agora, quem pensa economicamente, aí já não sei se a guitarra se valoriza proporcionalmente na hora de vender, mas, se o cara comprar pra vender, então que aplique na bolsa, né? Aqui, a gente compra para tocar, hehehehe!!!

      MauricioBahia
      Moderador
      # ago/12 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      MMI
      De Ros
      Will Bejar
      geral

      Tem gente aqui que comprou a 1ª guitarra há 2 semanas e já quer "tunar"! É pra esses que eu postei aqui preocupado (talvez não tenha sido claro), pois os "macacos velhos" eu não quero nem saber, que se tunem!!! hauhuha

      ;)

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Hardware robusto para aumentar sustain - verdade ou MITO?

      303.711 tópicos 7.859.299 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital