Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Cordas de nylon para guitarra! Misturei Malmsteen, Adagio de Albinoni e jazz

      Autor Mensagem
      MMI
      Veterano
      # ago/11
      · votar


      Bigtransa

      Opa! Valeu pela presença por essas bandas abrilhantando o tópico aqui! Que bom que apareceu e gostou.

      Olha penso que não foi exatamente marketing... É bem o lance de levar o samba para uma roupagem diferente, como você disse, a questão é que foi muito diferente. O pessoal botou uma harmonia muito complexa indo de encontro ao jazz e especialmente o João Gilberto criou uma concepção de "cantar mal" que dá certo. E caiu no gosto dos gringos, por conta dessa mistura de jazz e harmonia e são quem valoriza mais. Assim como os americanos nunca deram muita bola para o blues e por eles deixariam morrer o estilo, não fossem os estrangeiros especialmente ingleses. Só que aqui no Brasil tem um "espírito de vira-latas" que dificulta mais. Curioso isso.

      Jim Marshall
      Veterano
      # ago/11
      · votar


      MMI


      Ficou muito bom tanto o arranjo quanto o timbre. Não conhecia esse encordoamento. Valeu pela dica!

      Ótimo timbre para o estilo.


      Abraço,
      See ya!

      Bigtransa
      Veterano
      # ago/11 · Editado por: Bigtransa
      · votar


      MMI
      Acho que a sofisticação harmônica tem mais de samba que de jazz. A harmonia da mpb já era sofisticadíssima antes da bossa, o que o Noel Rosa (outro morto aos 27) fazia na década de 30 harmonicamente era muito parecido com o que o pessoal fez depois... Mesmo hoje qualquer grupinho de pagode destes mais fuleiros faz sons harmonicamente encrencados.... Se trocar o vocalista do pixote por um saxofonista mais estiloso fazendo as linhas dele e botando uns improvisos no meio vira o novo weather report...

      MMI
      Veterano
      # ago/11
      · votar


      Jim Marshall

      Essas cordas são o que há! Obrigado.


      Bigtransa

      De fato harmonias não são exclusividade da bossa nova. Mas caiu no gosto dos gringos pela aproximação ao jazz, isso que eu quis dizer. Por isso que desde Barney Kessel até Pizzarelli, os caras passam pela bossa. E caiu no gosto dos caras.

      Abç

      nichendrix
      Veterano
      # ago/11
      · votar


      Bigtransa
      MMI

      Eu não concordo que as harmonizações mais complexas de bossa já existiam não, o Choro tinha harmonias complexas e alguns sambistas que tinham uma influência muito grande do choro, como o Noel Rosa, desenvolviam essas harmonizações mais complexas, mas isso não era um atributo "padrão" da MPB.

      Mesmo o choro tinha harmonias complexas por motivos muito parecidos com o Jazz, que é a aproximação de alguns estilos populares com a música erudita, o que levou os músicos a desenvolver idéias harmonicas mais complexas.

      No caso da bossa, a aproximação com o Jazz é até intencional, Tom Jobim, João Gilberto, Johnny Alf, Victor Assis Brasil e todo o pessoal da primeira geração da Bossa, todos tocavam em clubes de jazz no e em São Paulo, eles vez por outra falam que passaram quase uma década tentando traduzir a linguagem do Jazz para a música brasileira e que esse Samba mais sofisticado foi um dos pontos de partida, mas o processo foi relativamente longo até eles acharem o tom certo da coisa, o ponto "ideal" da mistura.

      MMI
      Veterano
      # ago/11
      · votar


      nichendrix

      Sim, acho que o que era discutido é que harmonia complexa não é exclusividade da bossa ou do jazz. Teve Noel Rosa sim, mas antes dele nascer o Canhoto já tinha feito Abismo de Rosas, uma valsa que para mim é um hino do violão brasileiro (caraca, lembrei dessa versão do Raphael Rabello... PQP!).

      Mas não tenho dúvidas que a bossa teve muita influência de jazz sim.

      Abç

      makumbator
      Veterano
      # ago/11
      · votar


      MMI

      Oi! Adorei sua versão! Eu sou meio suspeito para comentar, pois adoro essa música em sua versão original e nas adaptações mil que existem por aí.

      O arranjo ficou "chique". Dê os parabéns ao seu amigo também.

      No contrabaixo acústico eu uso encordoamento com alma de perlon(um "parente" do nylon...hehehe) e revestimento de metal(obviamente que também é flat, como toda corda de contrabaixo acústico). Acho o som mais encorpado e aveludado. Adoro esse tipo de corda e o som que proporciona.

      Quem sabe, alguém como o makumbator resolve botar para crescer e ajudar num som desses.

      Isso é um convite para uma parceria musical de algum tipo? Pois se for, eu adoraria! :)

      MMI
      Veterano
      # ago/11
      · votar


      makumbator

      Isso é um convite para uma parceria musical de algum tipo? Pois se for, eu adoraria! :)

      O dia que você quiser e tiver tempo, inventa algo que a gente arremata. Por mim, podia ser algo como a Aria da 4a corda de Bach, a Serenata ao Luar ou a parte final da 9a (Ode à Alegria) de Beethoven, ou uma a sua escolha.

      Obrigado por aparecer. Fiquei contente que gostou, achei meio arriscado ouvir um "herege" de você! kkkkkkk

      Die Kunst der Fuge
      Veterano
      # ago/11
      · votar


      MMI
      makumbator
      nichendrix

      Já viram ou pensaram em compor uma Fuga com sonoridade de Jazz?
      Deve ficar algo bem interessante.

      makumbator
      Veterano
      # ago/11
      · votar


      MMI

      Obrigado por aparecer. Fiquei contente que gostou, achei meio arriscado ouvir um "herege" de você!

      Hhashsa! Pô eu toco música barroca na guitarra elétrica, nunca acharia sua versão uma heresia!


      O dia que você quiser e tiver tempo, inventa algo que a gente arremata

      Eu tenho seu e-mail ou vc o meu? Precisamos combinar alguma coisa nessa linha.

      clebergf
      Veterano
      # ago/11
      · votar


      MMI

      Belos vídeos mesmo.
      A família Pizzarelli é fod@, o irmão toca com o John e toca muito também!!!

      MMI
      Veterano
      # ago/11
      · votar


      Die Kunst der Fuge

      Caramba, juro que antes de vir olhar o fórum estava pensando na famosa Tocata e Fuga em Dm de Bach. Alguma sugestão em especial? Eu acho que as mais famosas ou "populares" são mais indicadas para levar para um lado popular da música como essas ideias.

      Quem sabe o makumbator invente algo. Vamos ver se sai um lance assim com ele. Escrevi para ele para ver se ele se anima.




      clebergf

      Pizzarelli são muito bons. Deve estar no sangue!

      nichendrix
      Veterano
      # ago/11 · Editado por: nichendrix
      · votar


      Die Kunst der Fuge

      Cara, uma fuga não, mas uma coisa que sempre me atraiu foi uma série sobre música para crianças para crianças para a BBC que o Seiji Ozawa e o Winton Marsallis criaram um tempão atrás (não lembro se era anos 90 ou 80), tipo juntava uma orquestra filarmônica e uma big band de jazz e os dois iam explicando vários aspectos da música, inclusive tem uma análise de ritmo e resposta emocional que dura um programa inteiro que é feita em cima do Quebra Nozes do Tchaikovisky que usa o original e da adaptação pra big band de jazz feita pelo Duke Ellington.

      Desde então eu tenho um certo interesse por misturar as coisas, embora não tenha capacidade pra tocar essas idéias sozinho, tanto que um dos compositores que mais me atrai é o Jim Hall, que tem toda a formação erudita e um extenso trabalho inter relacionando os dois estilos, especialmente as composições (é dos raros membros da velha guarda que é formado em música, sendo inclusive doutor em música e se não me engano em história da música também).

      buddy guy
      Veterano
      # ago/11
      · votar


      MMI

      Alto nível,meu nobre,alto nível !!! Abração e parabéns !!!

      MMI
      Veterano
      # ago/11
      · votar


      buddy guy

      Ilustres visitas aqui. Obrigado! :-)

      buddy guy
      Veterano
      # ago/11
      · votar


      MMI

      buddy guy

      Ilustres visitas aqui. Obrigado! :-)



      Opa,Dr.,a recíproca é verdadeira(obrigado pela consideração) !! Barbaridade,que coisa fina que vc aprontou desta vez,heim? Muito bom,mesmo !! Ficou uma coisa de extremo bom gosto!!! Parabéns,MMI,continue gravando por aí !! Coisas deste nipe é sempre gratificante de se ouvir !!!!

      Forte abraço !!!

      Die Kunst der Fuge
      Veterano
      # ago/11
      · votar


      MMI
      Caramba, juro que antes de vir olhar o fórum estava pensando na famosa Tocata e Fuga em Dm de Bach. Alguma sugestão em especial? Eu acho que as mais famosas ou "populares" são mais indicadas para levar para um lado popular da música como essas ideias.

      Que coincidência ehehehe
      Eu acho que essa é a fuga mais famosa que tem mesmo.
      Também acho legal fazer versões com as músicas mais "populares", afinal não teria graça fazer uma versão e a pessoa não reconhecer de onde veio :P

      nichendrix

      Também curto muito o pessoal que mistura as coisas!
      Por exemplo o Piazzolla, que mistura o Tango com o Erudito de maneira bem legal.

      Mas falando na mistura em questão (erudito x Jazz) você já ouviu as Suítes para orquestra Jazz do Shostakovich? São bem legais, acho que foi a coisa parecida com Jazz que eu mais gostei até hoje (não sou fã do estilo). Você que é apreciador dessa mistura deve curtir ainda mais.

      Abração.

      MMI
      Veterano
      # ago/11 · Editado por: MMI
      · votar


      Die Kunst der Fuge

      Paulinho Nogueira, sua Aria de Bach e a Bachianinha sempre me impressionaram também. Acho muito legal.



      makumbator
      Veterano
      # ago/11
      · votar


      MMI

      Opa! Agora que vi seu e-mail(estava no anti-spam).

      A Bachianinha é bem legal de se fazer, o que vc acha?

      Outra opção é fazer alguma peça do Piazzolla, misturando Tango com música brasileira. Nesse caso boas escolhas são: Café 1930, Adios Nonino, ou alguma estação portenha.

      Die Kunst der Fuge
      Veterano
      # ago/11 · Editado por: Die Kunst der Fuge
      · votar


      MMI
      Paulinho Nogueira, sua Aria de Bach e a Bachianinha sempre me impressionaram também. Acho muito legal.


      Muito bom!
      A Bachianinha No. 1 é a única música que eu sei tocar no violão! ehehehe
      :D

      makumbator
      A Bachianinha é bem legal de se fazer, o que vc acha?

      Outra opção é fazer alguma peça do Piazzolla, misturando Tango com música brasileira. Nesse caso boas escolhas são: Café 1930, Adios Nonino, ou alguma estação portenha.



      Uhul!
      Muito bom, misturem as duas :P

      Inverno, inverno, inverno!

      MMI
      Veterano
      # ago/11
      · votar


      makumbator
      Die Kunst der Fuge

      Adios Nonino é linda e acho que poderia rolar, imaginei uma conversa de baixo com arco e guitarra com solos dos dois, numa base meio "entortada" para bossa (ou não). Legal que daria menos trabalho, talvez não precisasse de bateria.

      Bachianinha para mim é uma obra prima, maravilhosa. Essa eu já imaginei bem jazzística, bateria, baixo acústico e guitarra. Era mais o que eu tinha imaginado de início, para dizer bem a verdade.

      Fica ao seu critério, makumbator! Você imaginou como? Confesso que as duas me empolgam. Só achei que Adios Nonino exploraria mais seu baixo e seu som, que acho duca. mas isso do que eu imaginei aqui de bate-pronto, aceito ideias. Se bem que Bachianinha no meio tem um solo que poderia jogar para o baixo ou intercalar as vozes mesmo.

      MMI
      Veterano
      # ago/11
      · votar


      Die Kunst der Fuge

      Carai! Agora que me dei conta! Misturar as duas? Tipo ir em uma, cair na outra, voltar na uma e acabar na outra? Que doido... E ambas estão em mi...

      Konrad
      Veterano
      # ago/11
      · votar


      MMI

      Sensacional, mano. Uma das coisas mais bonitas que escutei nos últimos tempos. De deixar qualquer um que gosta de boa música feliz da vida.

      MMI
      Veterano
      # ago/11
      · votar


      Konrad

      Que honra em tê-lo aqui e curtindo esse som! Como tem passado? Anda sumido, vê se aparece por aqui para visitar os amigos que não são do OT! kkkkk

      Grande abraço!

      Die Kunst der Fuge
      Veterano
      # ago/11
      · votar


      MMI
      Se bem que Bachianinha no meio tem um solo que poderia jogar para o baixo ou intercalar as vozes mesmo.

      Como na Bachianinha ele repete a mesma coisa na segunda parte, poderia ser uma vez a guitarra fazendo e a outra a guitarra.

      Mas como você falou de conversa entre o baixo e a guitarra, se me permite uma sugestão, uma coisa me veio na cabeça na hora:

      Uma versão de "Samba em Prelúdio" do Baden Powel.
      Tem a voz do homem e a voz da mulher, o Paulinho Nogueira fez uma versão com as duas vozes juntas no violão até:



      Carai! Agora que me dei conta! Misturar as duas? Tipo ir em uma, cair na outra, voltar na uma e acabar na outra? Que doido... E ambas estão em mi...


      Isso, eheheh, se fizessem ia ficar legal, hein, ainda mais que a gente tá falando de misturas aqui, misturaria as misturas :P

      Falou, abração!

      MMI
      Veterano
      # ago/11
      · votar


      Die Kunst der Fuge

      Samba em Prelúdio, a mim agrada e muito. Tinha que ver se é consenso, mas essa fica bem mais fácil. Será que o makumbator curte?

      Cara, tenho que te agradecer por esse video do Paulinho Nogueira. Passei mais de uma hora curtindo os videos dele que fazia tempo que não via. Para mim é um grande gênio, brilhante. Não é a toa que foi o mestre do Toquinho e fonte de inspiração para muita gente. Esse video, da primeira vez que vi, me deu a impressão que não sei nada e nem vou saber...



      rafael_cpu
      Veterano
      # ago/11 · Editado por: rafael_cpu
      · votar


      ...

      Die Kunst der Fuge
      Veterano
      # ago/11
      · votar


      MMI
      Samba em Prelúdio, a mim agrada e muito. Tinha que ver se é consenso, mas essa fica bem mais fácil. Será que o makumbator curte?

      Do jeito que o makumba é eclético, aposto que sim!

      Cara, tenho que te agradecer por esse video do Paulinho Nogueira. Passei mais de uma hora curtindo os videos dele que fazia tempo que não via.

      Eu que tinha que te agradecer, pois tu que postou o vídeo da Air On the G string lá primeiro ehehehe

      Para mim é um grande gênio, brilhante. Não é a toa que foi o
      mestre do Toquinho e fonte de inspiração para muita gente. Esse video, da primeira vez que vi, me deu a impressão que não sei nada e nem vou saber...


      Concordo!
      Muito irado isso que ele fez nesse vídeo aí...
      Aplicando o jeitinho brasileiro ao violão, e com muita musicalidade :D

      Enfim, estou ansioso pra ver o que vocês vão tocar e aguardando o resultado! \o\

      nichendrix
      Veterano
      # ago/11
      · votar


      MMI

      Desvirtuando total...

      Ainda bem que o Paulinho Nogueira era violonista, porque se fosse urologista ou proctologista, acho que ia morrer sem cliente hehehehheheheh

      MMI
      Veterano
      # ago/11
      · votar


      Die Kunst der Fuge

      Vamos ver... Se ele mergulhar na ideia, vai rolar em breve! Ideias você ja deu.

      Valeu!


      nichendrix

      Assustador o cara! kkkkkk

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Cordas de nylon para guitarra! Misturei Malmsteen, Adagio de Albinoni e jazz

      303.880 tópicos 7.863.324 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital