Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      >>> Jam Weeps <<< Mix Final - Baixe e comente!

      Autor Mensagem
      The Root Of All Evil
      Veterano
      # jun/09 · Editado por: The Root Of All Evil
      · votar


      brunoepronto - 00:48 a 01:55
      Timbre perfeito! Ótimas frases, pegadas e vibratos muito bons. Parabéns, Mico =]

      ogner - 01:55 a 03:02
      Timbre muito bom também! Curti a pegada, mas não tanto o fraseado, achei muito cheio de "licks prontos". Na segunda parte teve mais improvisação mesmo e ai curti mais. Ficou bom mas acho que podia ter sido melhor, vindo de você.

      The Root Of All Evil - 03:02 a 04:10
      Caralho, só agora que vi que ficou alto pra caralho =[
      Maldito fone traidor =/

      ohm777 - 04:10 a 05:18

      uahuahuaa desculpa cara, mas agora ficou agudo demais =/ Mas vi que cê tentou resolver o problema do timbre abafado =] Tá quase lá! Na segunda parte ficou melhor!.

      Então, gostei do teu solo, pegadão from hell e frases bem sacadas e bem boladas, mandou bem cara. A segunda parte teve idéias ainda melhores. Parabéns.

      MauricioBahia - 05:18 a 06:26
      Achei que o solo ficou meio fora em alguns momentos e o timbre ficou meio estranho, acho que foi reverb demais, não sei, ele ficou muito metálico.
      E desta vez não vi as boas idéias do Mauricio. O solo ficou bom, mas quando é de você eu espero sempre mais.

      Guifcunha - 06:26 a 07:32
      Bem cara, pra começar teve notas muito fora, faltou vibratos e firmeza na execução. São dois pontos que você deveria praticar mais. Fora isso, você até teve idéias, mas não conseguiu mostra-las interessantes em virtude da má execução. Pratique mais os pontos que eu falei.

      Headstock invertido - 07:32 a 08:39
      Solo calminho. Insistiu muito em notas de pedal no começo. É uma idéia boa mas não me pareceu bem aplicado. Depois que entrou a distorção ficou bem legal, mas só até a parte do taping, a partir dai ficou parecendo encheção.

      Casper - 08:39 a 09:46
      Muito bom teu solo cara! Caralho, foda demais!!! Frases muito boas e... fodas =] Curti muito cara! Parabéns!

      Nichendrix - 09:46 a 10:54

      É claro que a necessidade de renovação processual acarreta um processo de reformulação e modernização de alternativas às soluções ortodoxas. Todavia, o acompanhamento das preferências de consumo obstaculiza a apreciação da importância das regras de conduta normativas. Desta maneira, a valorização de fatores subjetivos não pode mais se dissociar dos métodos utilizados na avaliação de resultados. Assim mesmo, o novo modelo estrutural aqui preconizado facilita a criação do orçamento setorial. Neste sentido, o desenvolvimento contínuo de distintas formas de atuação aponta para a melhoria dos relacionamentos verticais entre as hierarquias.

      O cuidado em identificar pontos críticos na expansão dos mercados mundiais apresenta tendências no sentido de aprovar a manutenção do sistema de participação geral. Podemos já vislumbrar o modo pelo qual o julgamento imparcial das eventualidades deve passar por modificações independentemente de todos os recursos funcionais envolvidos. É importante questionar o quanto o comprometimento entre as equipes promove a alavancagem dos paradigmas corporativos. Pensando mais a longo prazo, a percepção das dificuldades causa impacto indireto na reavaliação do remanejamento dos quadros funcionais. Ainda assim, existem dúvidas a respeito de como o início da atividade geral de formação de atitudes agrega valor ao estabelecimento das diretrizes de desenvolvimento para o futuro. Do mesmo modo, a consulta aos diversos militantes exige a precisão e a definição dos conhecimentos estratégicos para atingir a excelência. Não obstante, a execução dos pontos do programa estimula a padronização das condições financeiras e administrativas exigidas. O incentivo ao avanço tecnológico, assim como a contínua expansão de nossa atividade maximiza as possibilidades por conta do sistema de formação de quadros que corresponde às necessidades.

      As experiências acumuladas demonstram que a mobilidade dos capitais internacionais possibilita uma melhor visão global das novas proposições. O empenho em analisar o entendimento das metas propostas oferece uma interessante oportunidade para verificação das condições inegavelmente apropriadas.

      Não é um timbre que eu curto, mas ficou agradável. Curti um pouco as frases do começo do solo, a pegada também está boa. Na segunda parte achei que ficou bem fora e bem perdido, principalmente quando faz escalas, nota-se uma falta de firmeza, oq eu deixa elas soando amadoras e tal...


      RichardClayderman - 10:54 a 12:01

      Falta de pegada, de vibratos e notas fora. Teve idéias, mas precisa conseguir coloca-las dentro do tom e executa-las com mais firmeza e limpeza, pra elas soarem interessantes.


      GuitarDark - 12:01 a 13:08
      Cara, muito perdido, sem pegada, sem idéias e fora do tom. Parece que você só saiu mandando umas frases automáticas e pronto. Precisa ver isto, respirar melhor, executar melhor e pensar melhor.

      Ed_Hill - 13:08 a 14:15
      Caralhão! Pegadão e timbres da porra =]
      Vibratão true from hell também. Curti muito algumas frases! A primeira da segunda parte ficou true from hell!
      Ou melhor, toda a segunda parte ficou demais! Muito bom rapaz! Parabéns.


      Manubio - 14:15 a 15:24
      O timbre é meio diferente, mas curti pra caramba! Sua execução é boa, firmeza legal. Belos vibratos, frases legais, só achei alguns bends mal colocados. Boas frases, dude! Mandou benzão, só veja os bends.

      MauricioBahia
      Moderador
      # jun/09
      · votar


      The Root Of All Evil
      Valeu! Acho que não fui feliz nessa vez mesmo! ;-)
      Abs

      The Root Of All Evil
      Veterano
      # jun/09
      · votar


      MauricioBahia

      Parabéns pela organização ae e um forte abraço, amigão ^^

      MauricioBahia
      Moderador
      # jun/09
      · votar


      The Root Of All Evil
      Maldito fone traidor =/
      huauhahu. Exatamente assim que penso do meu fone, mas normalmente não uso palavras tão amenas... hehe
      Vlw!
      Abs

      The Root Of All Evil
      Veterano
      # jun/09
      · votar


      Headstock invertido
      Amanhã, assim que acrodar, baixo e comento em seguida. =)



      Eita moleque dorminhoco hein.

      nichendrix
      Veterano
      # jun/09
      · votar


      Depois de 28h virado, eu vou é dormir, quando acordar e puder enchergar direito, eu posto os comentários.

      The Root Of All Evil
      Veterano
      # jun/09
      · votar


      MauricioBahia
      huauhahu. Exatamente assim que penso do meu fone, mas normalmente não uso palavras tão amenas... hehe
      Vlw!
      Abs


      O meu ainda foi mais filho da puta!
      Arrebentou o fio ontem, na rua, às 8 e pouca da noite, com todas as lojas já fechando e eu longe de casa!

      Fiquei desesperado e ai fui até um camelô que já tava fechando e imporei pra ele me vender um fonezinho vagabundo de 3 reais!
      Ele teve que tirar do baú que já tava guardando.

      Ai consegui chegar em casa =]

      Sem música eu não me movo =P

      Chico Tripa
      Veterano
      # jun/09 · Editado por: Chico Tripa
      · votar


      brunoepronto - 00:48 a 01:55
      Gostei!!! O Timbre tá show, a improvisação "diz" alguma coisa.
      [O MELHOR TIMBRE]

      ogner - 01:55 a 03:02
      Timbre espremido, me agradou o solo tmb, tipo de som que curto ouvir para esse tipo de música

      The Root Of All Evil - 03:02 a 04:10
      Gostei, mais decobri o que me incomodou, vc toca igual ao meu professor. Já enjôei. rsrs Só que tá legal sim. Tecnicamente achei perfeito.

      ohm777 - 04:10 a 05:18
      mais um espremidinho bom.. a mudança do timbre no meio ficou esquisita.
      ...

      MauricioBahia - 05:18 a 06:26
      Não gostei do timbre não! Mais o solo tá bacana heim!

      Guifcunha - 06:26 a 07:32
      Meu!! WTF!!! Mas continue participando, provavelmente se tentar hoje não faço melhor.

      Headstock invertido - 07:32 a 08:39
      Solo tímido no começo depois mandou bem mesmo. O timbre da segunda parte ficou bem razoável.

      Casper - 08:39 a 09:46
      Gravação em estéreo? Ficou bacana, gostoso de ouvir.

      NicHendrix - 09:46 a 10:54
      Algumas digitações ficaram me parecendo "fora" do acorde.

      RichardClayderman - 10:54 a 12:01
      Bacana, o timbre tá bom, mais faltou mais força para valorizar o solo.

      GuitarDark - 12:01 a 13:08
      timbre tímido, solo tímido.

      Ed_Hill - 13:08 a 14:15
      Timbre "du caralho", solo "do kcete". show! Delay na medida!!!
      [O MELHOR SOLO]

      Manubio - 14:15 a 15:24
      Bom.

      opiniões de um praticamente leigo!!

      The Root Of All Evil
      Veterano
      # jun/09
      · votar


      Chico Tripa
      The Root Of All Evil - 03:02 a 04:10
      ...


      Qual foi ae?

      Chico Tripa
      Veterano
      # jun/09
      · votar


      The Root Of All Evil rsrsrs, opa não não só não consegui ouvir novamente, vou editar quando ouvir novamente. Não consegui, na primeira ouvida opinar.

      ohm777
      Veterano
      # jun/09 · Editado por: ohm777
      · votar


      brunoepronto - 00:48 a 01:55
      Solo muito legal, combinou com a música. Você tem um bom ouvido, na hora em que falhou na altura do bend (1:26) corrigiu logo em seguida... Solo criativo, me manteve preso até o final (não é fácil fazer isso em 1 minuto, em apenas um take).
      Reverb ficou legal, poderia abrir mais o tone.

      ogner - 01:55 a 03:02
      Boa técnica e belo timbre de strato! Já vi solos melhores teus, a primeira parte ficou boa, depois tiveram algumas notas meio desafinadas (no finalzinho do solo)...

      The Root Of All Evil - 03:02 a 04:10
      Antes de qualquer coisa, teu solo tá muito alto e teu timbre está com muito ganho, deixando as palhetadas com um som exagerado.
      Como a primeira parte está em Am, e você mesmo falou que usou Em, foi criada uma tensão estranha no teu solo... Não está totalmente fora, mas já ouvi solos seus mais criativos (e mais afinados).

      ohm777 - 04:10 a 05:18
      Solo 1 : Schecter Omen Extreme > Boss Od-20 (Acetone OctaFuzz) > Digitech Rp-80 > Warm Music 108DR > Microfone > PC

      Solo 2 : Schecter Omen Extreme > Boss Od-20 (Fulltone FullDrive) > Digitech Rp-80 > Plugada em linha com simulação de caixa da pedaleira.


      MauricioBahia - 05:18 a 06:26
      Drive interessante (volume um pouco baixo), por curiosidade: quanto pagou no argos?
      Vou ser sincero, sua pegada é boa, teu solo tá muito bom até a metade. Depois achei que a inspiração não era a mesma e rolaram umas notas um pouco desafinadas.

      Guifcunha - 06:26 a 07:32
      Teu timbre está horrível, e vá treinar seus bends desafinados!
      Mas não fique desanimado caso você começou a solar faz pouco tempo na guitarra, ninguém nasce sabendo.

      Headstock invertido - 07:32 a 08:39
      Solo 1: Teu som tá muito baixo em relação a BT cara e pelo visto você não encontrou a tonalidade correta para improvisar...
      Solo 2: Bem mais interessante e no tom correto (exceto algumas notas no final)! Timbre louco e diferente (metal?), só que aconteceu justamente o contrário, o volume ficou alto demais.

      Casper - 08:39 a 09:46
      Gostei da idéia de por o violão para "engordar" a base, criou um efeito interessante. Seu solo está simples mas bonito, prova de que para fazer um solo coerente não é necessário técnica extrema e saber tocar rápido, basta conhecer as escalas!
      Teu timbre tá muito sem sal.

      NicHendrix - 09:46 a 10:54
      Faltaram agudos no seu timbre, embora não esteja ruim...
      Acho que a guitarra estava levemente desafinada, e achei que tá sem sentido o solo, não tá no tom.

      RichardClayderman - 10:54 a 12:01
      Timbre abelhudo, bends desafinados e solo perdido.

      GuitarDark - 12:01 a 13:08
      Timbre abelhudo, guitarra desafinada e solo perdido.
      Não me levem a mal, minhas críticas só tem o objetivo de ajudá-los a melhorar.

      Ed_Hill - 13:08 a 14:15
      Bom solo cara, colocou as notas certas nos lugares certos. Teus bends (13:44 - 13:47) arrasaram, fiquei imaginando se tivesse com um timbre melhor! Participe de mais jams, acho que é a primeira vez que ouço um solo teu.

      Manubio - 14:15 a 15:24
      A grande maioria dos teus bends são afinados e deu pra perceber que você toca legal. Mas em matéria de improvisação, acho que você deveria criar mais espaços entre as frases e tomar cuidado com algumas notas fora, principalmente depois que a música mudou de tom. Teu timbre tá fraco e abafado.


      No geral a jam ficou do carajo, e por favor: quem particpou, comente!

      MauricioBahia
      Moderador
      # jun/09 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      Vou ser sincero, sua pegada é boa, teu solo tá muito bom até a metade. Depois achei que a inspiração não era a mesma e rolaram umas notas um pouco desafinadas.
      ohm777
      É... mandei meio mal mesmo. É a vida! hehe

      por curiosidade: quanto pagou no argos?
      Paguei R$620,00 no Argos no final do ano passado.

      Abs

      Chico Tripa
      Valeu!!!!!!!!!!

      The Root Of All Evil
      Veterano
      # jun/09
      · votar


      MauricioBahia
      É a vida! hehe

      E dizem que ela é bonita duas vezes.

      ohm777
      Veterano
      # jun/09
      · votar


      The Root Of All Evil
      O que estava deixando abafado era o tipo de simulação de amp na digitech. No segundo solo mantive a mesma simulação, mas adicionei agudos no Reaper.
      No primeiro solo usei timbre de OctaFuzz que além de ser um fuzz zumbidão adiciona uma oitava aguda no som, talvez seja isso. Achei do caralho esse pedal, bem vintaaage haha.

      ogner
      Veterano
      # jun/09
      · votar


      The Root Of All Evil
      Curti a pegada, mas não tanto o fraseado, achei muito cheio de "licks prontos".

      Valeu, malvadeza. Mas a intenção era o classico mesmo. Não quis colocar muito meu estilo na musica e entorta-la..hehehe...Gosto as vezes tb de tentar servir a musica no contexto ( a principio ) dela mesmo...

      prog_jam
      Veterano
      # jun/09
      · votar


      brunoepronto - 00:48 a 01:55

      Bom timbre,pegada firme, bom fraseado, poucas pausas, porem em lugares bons. Eh isso. Bom solo. Parabens.

      ogner - 01:55 a 03:02

      Bom timbre tambem, firmeza na pegada... O motivo foi bom tambem e as ideias funcionaram legal. Soh achei com muita nota em alguns pontos quando menos soariam melhor em minha opiniao. Bends afinadinhos. Dado o teu solo anterior que ouvi, minha expectativa era maior, mas esse tambem foi bom. Parabens!

      The Root Of All Evil - 03:02 a 04:10

      Rapaz, ficou meio alto demais isso aih... Bom, vamos ao que interessa: achei meio embolado nas partes que voce utilizou speed pickin. O comeco ficou bacana, o motivo foi legal, mas ainda assim eu nao sei. Ficou tudo certinho, apesar de muita nota. E eu acho que foi isso... Estou ouvindo teu solo pela quarta vez mais ou menos e nao consigo identificar com exatidao o que foi que nao gostei.... Acho que foi a escolha do freaseado ou quica a disposicao dele. Bom, assim que eu descobrir eu falo, mas num contexto geral ele funcionou. Parabens.

      ohm777 - 04:10 a 05:18

      Fora uma comida de nota aqui ou ali que nem fizeram tanta diferenca assim, gostei da pegada, do feeling do solo. Acho que voce deveria ter ficado com o primeiro timbre, mas ficou bem bacana. Parabens.

      MauricioBahia - 05:18 a 06:26

      Funcionou, cara. Mas acho que as ideias ficaram meio soltas; nao consegui pegar o que voce quis passar. Use um pouco mais de pausas pra dar tempo de digerir a tua frase ou use um motivo para conecta-las. No mais ficou bacaninha! Parabens! E parabens pela continuidade nos projetos de jam do FCC.

      Guifcunha - 06:26 a 07:32

      Volume meio alto tambem... Bicho, as ideias sao boas, mas a execucao nao. Falta firmeza, principalmente. Pareceu que estava com medo de errar. Como o iniciante que acho que voce eh, suas ideias estao certinhas e o caminho vai funcionar por aih mesmo, mas falta estudo de tecnica e principalmente familiaridade com seu instrumento. Ouvi teu solo algumas vezes e a pausa que deste pra ouvir a harmona foi bastante interessante. O timbre estah muito fraco. Zoom?? Parece... Bom, nao se preocupe em tocar rapido ou em fazer milhoes de coisas, mas sim em fazer muito bem o pouco que sabe. Eh isso.... Aos estudos e boa sorte!

      Headstock invertido - 07:32 a 08:39

      Pedal point... Boa ideia, mas acho que exagerou. O timbre limpo ficou bem bacana. O timbre da distorcao jah nao gostei. Bom, sei lah, ficou meio esquisito... Gostei desse solo nao, man!

      Casper - 08:39 a 09:46

      Timbre maneiro. Rolou um motivo, mas achei um pouquinho repetitivo. Depois que a harmona abre ficou bem interessante, mas senti falta de pausas. A pegada tah boa e a ideia eh bastante promissora e contextualizada. Parabens!

      Nichendrix - 09:46 a 10:54

      Por que eh que todo guitarrista comeca o solo com um bend?? Bom, essa nao eh a questao...
      Cara, vou ser sincero e dizer que eu esperava mais de voce. A pegada eh segura, as frases fazem sentido e contem pausas possibilitando a digestao da ideia, dah pra cantarolar, o timbre tah bacana e etc. Tudo certo, exceto a seguranca na aplicacao do fraseado e a afinacao, que ouvindo com calma senti alguns comas fora, principalmente em relacao a BT. Ah, e tem hora que me pareceu falta de treino com metronomo. Eh isso, no mais tah belezinha.

      RichardClayderman - 10:54 a 12:01

      As ideias estao ali, mas voce nao conseguiu pega-las do jeito que elas mereciam. O inicio ficou bacana. Acho que voce deveria ter respirado. Um treino com metronomo tambem acho valido e uma humanizacao do fraseado tambem: ligados, vibratos e etc...
      O timbre, na minha opiniao, continua feio. Tah muito digital, cara, como tua execucao...

      GuitarDark - 12:01 a 13:08

      Timbre feio tambem, bom inicio com a pausa longa pra ouvir a harmona e depois descaralha tudo... Falta pegada e tudo o mais que eu citei no comentario anterior.

      Ed_Hill - 13:08 a 14:15

      Que patada, hein?? Maneiro! Timbre muito bom. Boas frases e bom motivo. Sem muito o que dizer, fora que achei muito alto. Parabens.

      Manubio - 14:15 a 15:24

      Maneiro o timbre, pegada firme. Acho que podia ter abusado mais dos vibratos, mas fez a tua parte. Bem bom. Parabens!


      Mauricio, ficou esquisitona essa virada de BT no finalzinho... do nada soa a ultima nota do Manubio em cima de um violao e acaba... heheheh mas maneiro cara. Mais uma vez parabens pelas iniciativas!

      MauricioBahia
      Moderador
      # jun/09
      · votar


      prog_jam
      Valeu cara! Eu fiz tudo muito na correria... Mas é isso! Estou aprendendo a dominar a Telecaster. Lembrei do que vc disse sobre tocá-la. É bem diferente de um LP ou mesmo Strato...
      Abs

      prog_jam
      Veterano
      # jun/09
      · votar


      MauricioBahia
      Podes crer. A ferinha amansa com o tempo... Pra mim eh a melhor guitarra que existe. O lance dela eh a simplicidade. Lembra disso e seja feliz.
      Ah sim, lembra que ela tem um "twang" unico que deve ser explorado...
      abc

      MauricioBahia
      Moderador
      # jun/09 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      Ah sim, lembra que ela tem um "twang" unico que deve ser explorado...
      prog_jam
      Sei qual é o do "twang". Sou macaco velho... Meu ouvidos tem "tele-tímpanos" já... heheh De uns anos pra cá, a Telecaster tem sido meu sonho de consumo.
      Abs

      Guifcunha
      Veterano
      # jun/09
      · votar


      ohm777
      Chico Tripa
      The Root Of All Evil
      prog_jam
      Nem sou tão iniciante, toco guitarra fazem 3 anos, mas sou muito, muito fraco na improvisação. Tenho que tirar um tempo pra estudar essa parte.

      Pra piorar, gravei com medo de errar, segurando a mão direita.

      O timbre tá fodidão porque eu gravei num meteoro nitrous com um mic de pc.

      Equipo:
      Condor CLP 2-S
      Boss SD-1
      Meteoro Nitrous Drive
      Mic de PC.

      Estaguei a jam, shaushauhshaushua.

      Abs!

      Richard Clayderman
      Veterano
      # jun/09
      · votar


      The Root Of All Evil

      O primeiro a comentar!!! AHA! Milagre! =) Brincadeira... mas agradeço o comentário. Construtivo e concordo. Minha pegada é o que mais mata. O todo é ruim, mas a pegada...

      Chico Tripa
      Valeu! Ainda bem q não fiz vc querer arrancar as tripas. hehe.

      ohm777
      guitarra desafinada
      Tá não. Vamos fazer um desafio seu ouvido x meu afinador.
      O timbre tá ruim, mas desafinada a guitarra não tá. Nem as 8as.


      prog_jam
      Véi, hoje tu comentou mais humanamente... assim é legal. E concordo com tudo q disse. E vc pareceu meu professor falando: liga mais! Não palheta tudo. Isso aí.


      Guifcunha
      Estaguei a jam, shaushauhshaushua.
      Qué isso. Quem participa nunca estraga!!! Não desista. Eu só tomo malho e tô sempre aqui. E vou estar sempre que puder.

      Comentários em breve...

      Chico Tripa
      Veterano
      # jun/09
      · votar


      Guifcunha

      Vou entrar na próxima daí tú vê o que é tocar ruim!!!! rsrsrs

      Richard Clayderman
      Veterano
      # jun/09
      · votar


      brunoepronto - 00:48 a 01:55
      Nem precisa falar nada né? Já falaram tudo. Muito bom!!!
      Mas achei q desafinou um pouco na 2a-parte. A 1a gostei mais.

      ogner - 01:55 a 03:02
      Bacanão! Solão! Um pouco agudo, mas achei demais!!!
      Belas partes rápidas.

      The Root Of All Evil - 03:02 a 04:10
      Também achei meio agudo, mas solo muito bacana.
      Preciso afinar meus bends assim!!!

      ohm777 - 04:10 a 05:18
      Véio... Precisei abaixar o volume senão meus tímpanos iam pro saco, bem agudo. Na 2a-parte já ficou mais grave e pude aumentar. Mas gostei mais da 1a parte do solo.


      MauricioBahia - 05:18 a 06:26
      Pô, gostei bastante. Mas mais da 1a-parte. A 2a ficou mais "xôxa".

      Guifcunha - 06:26 a 07:32
      Aquele comecinho parecendo campainha ficou legal. haha. Sério, bem legal. Depois foram poucas notas e deu uma desafinada nos bend´s.

      Headstock invertido - 07:32 a 08:39
      Solo calminho, mas tá bem também. Gostei. Acheio meio baixo na 1a-parte. Na 2a já com um tibre mais matador ficou legal. O palm-mute, etc. Muito bom.

      Casper - 08:39 a 09:46
      Cara, me lembrou música de filmes western. Quando aparecem pra duelar. Muito legal. Gostei!!! Timbre e solo.


      NicHendrix - 09:46 a 10:54

      Instrumentos similares aos que hoje chamamos de guitarras existem ao menos há 5 mil anos. A guitarra parece derivar de outros instrumentos existentes anteriormente na Ásia Central. Instrumentos muito similares à guitarra aparecem em antigos alto-relevos e estátuas descobertas em Susa, na Pérsia (atualmente no Irã).

      A guitarra, em forma muito próxima à guitarra acústica atual, foi introduzida na Espanha no Século IX, mas não se conhece com precisão toda a história deste instrumento. No entanto há duas hipóteses mais prováveis para a introdução da guitarra no ocidente.

      A primeira hipótese é que a guitarra seria derivada da chamada khetara grega, que com o domínio do Império Romano passou a se chamar cítara romana, e era também denominada de fidícula. Teria chegado à Península Ibérica por volta do Século I com os romanos. Esse instrumento se assemelhava à lira e posteriormente foram acontecendo as seguintes transformações: os seus braços dispostos da forma da lira foram se unindo, formando uma caixa acústica, à qual foi acrescentado um braço de três cravelhas e três cordas, e a esse braço foram feitas divisões transversais (trastes).

      A segunda hipótese é de que este instrumento seria derivado do antigo alaúde árabe, nome originado da palavra al ud, (a madeira), e que teria sido levado para a Península Ibérica através das invasões muçulmanas. O alaúde árabe que penetrou na península nessa época foi um instrumento que se adaptou perfeitamente às atividades culturais e, em pouco tempo, fazia parte das atividades da corte.

      Outra hipótese é de que foram aplicadas as técnicas do alaúde (cordas beliscadas, número de cordas, afinação, etc.) a instrumentos de corda friccionada (nessa altura chamadas "violas"). Isso explicaria o fato de em espanhol ter havido a distinção entre vihuela de arco (viola tocada com um arco) e vihuela de mano (viola tocada com a mão).


      [editar] Origem do nome
      A palavra guitarra em português, se origina do espanhol guitarra e é utilizada, com pequenas variações, na maior parte das línguas modernas (guitar em inglês, guitare em francês, Gitarre em alemão, chitarra em italiano, entre outras). Acredita-se que o nome se origine do termo grego khetara ou khitara (que também originou o nome cítara).

      Pesquisas linguísticas levam a crer que guitarra pode derivar-se de duas raízes indo-européias também presentes no nome grego: guit-, similar ao sânscrito sangeet, que significa "música", e -tar, uma raiz presente em várias línguas, que significa "corda" ou "acorde". O alaúde iraniano tradicional chama-se tar em língua persa, o que colabora esta versão. O tar existe há milhares de anos e pode ser encontrado em versões de 2, 3, 5, 6 , 7, , 8, 9 e 12 cordas.

      A palavra guitarra também pode ser derivada do termo persa qitara, que dá nome para vários membros da família dos alaúdes. O nome guitarra teria, assim, sido introduzido pelos mouros durante as invasões muçulmanas no século X.

      Na maior parte dos países de língua portuguesa, o termo guitarra pode se referir a qualquer das variedades do instrumento, seja elétrica ou acústica. No Brasil e em Cabo Verde existe a designação violão para o instrumento acústico com cordas de nylon. É provável que o nome violão tenha surgido devido à semelhança com as violas no formato do corpo. Como a então guitarra era maior, passou a ser chamada popularmente de "violão" (como aumentativo de "viola"). Aos poucos o nome se consagrou no Brasil, e o termo guitarra foi quase totalmente substituído. Apenas no século XX o nome guitarra retornou ao vocabulário corrente dos brasileiros, mas apenas para designar a versão eletrificada.


      [editar] Desenvolvimentos posteriores

      A guitarrista de Jan Vermeer van Delft (antes de 1670)A vihuela espanhola parece ser um instrumento intermediário entre o alaúde e a guitarra moderna, pois possui uma afinação semelhante ao alaúde, mas o corpo já tinha o formato em 8 semelhante, sendo menor, que as guitarras atuais. No entanto não é certo se esta é mesmo uma forma de transição ou apenas um instrumento que combina características dos dois instrumentos. Em favor da segunda hipótese, argumenta-se que a remodelagem da vihuela para se tornar parecida com a guitarra foi uma forma de diferenciar visualmente o instrumento ocidental do alaúde árabe associado aos invasores[carece de fontes?]. Esta variedade sofreu alterações em Portugal e deu origem às violas modernas.

      Durante vários séculos de história a guitarra acústica ganhou diversas variedades. Há grandes variações em todas as características dos instrumentos: o tamanho e o formato da caixa de ressonância, o formato e a quantidade de aberturas frontais, o comprimento do braço, a quantidade das cordas, a extensão e a forma de afinação. Certas variedades se desenvolveram separadamente e se tornaram instrumentos específicos.

      Além disso há algumas variedades que são freqüentemente associadas ao género musical em que são usadas, como as guitarras de blues, folk, jazz e a guitarra clássica. Embora sejam fundamentalmente o mesmo instrumento, a variedade utilizada no flamenco, por exemplo, é diferente daquela utilizada na música clássica.

      Segundo Paco de Lucía, o inventor da guitarra tal como a conhecemos se chama Zyryab. Nascido em Bagdá, ele viveu no fim do século VIII na corte de Córdoba. Ele introduziu uma quinta corda ao 'ud árabe e fundou uma escola de música que exerceu influência considerável sobre a música árabe-andaluz.

      Foi Antonio de Torres, um luthier espanhol do século XIX que deu à guitarra a forma e as dimensões da guitarra clássica atual, a partir do qual, diversas outras variedades surgiram no século XX (como a guitarra de jazz, a guitarra folk e a elétrica).

      A guitarra elétrica surgiu, independentemente, pela mão de diversas pessoas nos anos 30. Inicialmente a eletrificação consistia em usar o próprio instrumento acústico com um microfone de voz dentro de sua caixa de ressonância. Mais tarde esse microfone foi substituído pelo microfone de contato chamado captador ou, em inglês pickup.

      Por nem sempre ser necessária uma caixa de ressonância acústica numa guitarra eléctrica, surgiram as primeiras guitarras maciças (Fender Stratocaster e Gibson Les Paul) nas décadas de 1950 e 60. As cordas passaram a ser metálicas e captadores magnéticos de indução começaram a ser utilizados.

      Ah cara, chorou demais e gostei. Foi simples mas foi legal. Belo solo. Escutei o som da corda solta. haha

      RichardClayderman - 10:54 a 12:01
      Eu(técnica ruim) + Cort X-11 + Guitar Rig 3 = solo precário.

      GuitarDark - 12:01 a 13:08
      Timbre bem Dark hein? Legal, gostei. Só umas partes meio agudas também. Só errou um bend no finalzinho.

      Ed_Hill - 13:08 a 14:15
      Muito bom, muito bom. Timbrão e solo com muita pegada.

      Manubio - 14:15 a 15:24
      Pô cara... assim não vale. Nem sabia direito que escala usar, qdo soube matou a pau. Achei bom mesmo.

      Valeu MauricioBahia por mais uma JAM!!! Não é pra parar, hein? Manda mais! Hehe. Um dia eu tento montar uma. Logo,logo...

      Richard Clayderman
      Veterano
      # jun/09
      · votar


      Chico Tripa
      Vou entrar na próxima daí tú vê o que é tocar ruim!!!! rsrsrs
      Ele já viu. Eu tô nessa. Hehehehe.
      Como diria Bombastik e sua frase-padrão: "Tadinho dele...".

      ohm777
      Veterano
      # jun/09
      · votar


      Richard Clayderman
      Cara desculpa se eu fui meio grosso, mas até tinha colocado uma observação ali em baixo mostrando que não era a intenção.
      Em relação ao solo: você concorda que os bends não estão afinados? Quando falei da guitarra estava falando do som que sai dela...
      E mesmo com uma guitarra bem regulada e afinada eletrônicamente, é possível tocar uma nota (mesmo sem bend) desafinada.
      E me pareceu que foi o caso em algumas notas do solo.

      Enfim, apenas escrevi um comentário que gostaria de ouvir se fosse eu, longe de querer ser desumano , ok?

      Richard Clayderman
      Veterano
      # jun/09
      · votar


      ohm777
      Calma, não fiquei bravo. Eu sei que quem desafina sou eu. Meus bends tão desafinados, concordo plenamente. Só quis dizer que a guitarra em si não está.
      Agora que explicou entendi.
      Esquenta não.

      ohm777
      Veterano
      # jun/09
      · votar


      Chico Tripa
      mais um espremidinho bom.. a mudança do timbre no meio ficou esquisita.

      O que seria um timbre espremido?!?

      prog_jam
      Fora uma comida de nota aqui ou ali que nem fizeram tanta diferenca assim, gostei da pegada, do feeling do solo. Acho que voce deveria ter ficado com o primeiro timbre, mas ficou bem bacana. Parabens.


      Valeu pelo comentário, mesmo sem ter participado da jam!


      Richard Clayderman
      Véio... Precisei abaixar o volume senão meus tímpanos iam pro saco, bem agudo. Na 2a-parte já ficou mais grave e pude aumentar. Mas gostei mais da 1a parte do solo.

      São timbres completamente diferentes, coloquei para testar opiniões mesmo. O prog_jam já preferiu o primeiro, prova que timbre é questão de gosto. Eu mesmo odiava fuzz antigamente!
      Valeu pelo comentário.

      Chico Tripa
      Veterano
      # jun/09
      · votar


      ohm777

      O que seria um timbre espremido?!?

      Não faço a menor idéia de onde tirei esse adjetivo tosco... sem explicar não véio.... rsrsrs

      Entenda como bom. rs

      Tivertimailaif
      Veterano
      # jun/09
      · votar


      num vai rolar ae uma qualidade de audio masomenos boa?? tipo 56 ou 92 kbps?

      Chico Tripa
      Veterano
      # jun/09
      · votar


      192 seria "mais que suficiente", 256 pros audiófilos...

      mesmo porque a corrente tem a força de seu elo mais fraco... as vezes vai coisa em baixa qualidade e é mixada em 512...

      o que acho.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a >>> Jam Weeps <<< Mix Final - Baixe e comente!

      304.170 tópicos 7.868.845 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital