Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Qual guitarra comprar com R$ 200 reais?

      Autor Mensagem
      The Man Who Sold The World
      Veterano
      # 30/nov/17 01:05
      · votar


      sergioz
      depois de 10 anos, ou o cara ja tem uma gibson ou ele desistiu
      presta atenção na data do tópico amigo

      Lelo Mig
      Membro
      # 30/nov/17 01:46
      · votar


      The Man Who Sold The World

      Sem contar que com a desvalorização da moeda, 200 reais há 10 anos seria uns 500 ou 600 hoje.

      makumbator
      Veterano
      # 30/nov/17 04:25
      · votar


      Lelo Mig
      Sem contar que com a desvalorização da moeda, 200 reais há 10 anos seria uns 500 ou 600 hoje.


      Pois é. saca só essa matéria de 2014 (calculando a desvalorização de 100 reais desde 1994 até aquele ano):

      https://economia.uol.com.br/financas-pessoais/noticias/redacao/2014/02 /18/apos-20-anos-real-perde-poder-de-compra-e-nota-de-r-100-vale-so-r- 2235.htm#comentarios

      Buja
      Veterano
      # 30/nov/17 10:45
      · votar


      makumbator

      Olha que coisa interessante:
      Fazendo os calculos aqui a gente chega umas conclusoes legais.

      Pensemos uma guitarra de R$ 1000,00 reais em 2014.
      O salario minimo viagente em 2014 era de R$ 724,00.

      Entao pra se comprar uma guitarra em 2014, precisariamos de dar
      quase 1 salario e 1 terço.

      Em 1994, julgando pela inflação, essa guitarra de 1000 reais custaria apenas R$ 224,00 reais.
      Porem, o salario minimo era de R$ 70,00.
      Pra compra-la naquela epoca eram necessarios 3 salarios + uma beirada.

      Podemos dizer entao, que a coisa melhorou.

      Estou certo?

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 30/nov/17 10:53
      · votar


      makumbator
      Buja
      Sim, melhorou e muito.
      Vocês talvez não tenham essa perspectiva pois são muito jovens e não viveram o final dos anos 70 e início dos 80.
      Era outra coisa....
      Aliás, é curioso como a geração de 30 anos hoje viveu no "bem bom" e agora, com essa crisezinha econômica, causada em grande medida por questões políticas, vociferam aos 4 ventos e, como está na moda, pregam soluções de direita. Reação típica de gente "mimada" (mal generalizando...).
      Abçs

      Lelo Mig
      Membro
      # 30/nov/17 11:41 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      Buja

      "Podemos dizer então, que a coisa melhorou.?"

      Cara, tudo é muito cíclico... Piorou em algumas coisas. No entanto, financeiramente, como disse o Mauricio Luiz Bertola, melhorou muito sim.

      Prá você ter uma ideia, em minha geração, "antigo classe média", filho de trabalhador, morador de periferia (chamam de subúrbio no Rio)... só via chocolate na Páscoa, Refrigerante no aniversário e no Natal. Brinquedo só no aniversário e no Natal (da promoção), roupas, camas, colchões, material escolar e etc., ia passando do irmão mais velho pro mais novo.

      Fruta, só a da estação + banana e laranja.

      Arroz, Feijão, Ovo Frito, Salada.....carne não todo dia.......macarronada com frango (principalmente os paulistas) ou feijoada aos domingo. Assistindo desenho ou Silvio Santos em Preto e Branco.

      Autorama, Bicleta.......só o irmão caçula acabava ganhando porque os mais velhos já estavam trampando e a casa que o pai financiou em 35 anos finalmente foi paga.

      Pai trampava de busão, filho estudava de busão, ia prá escola de Kichute ou de Bamba, e só ganhava outro quando a sola furava....... Carro e telefone só na casa do tio rico.

      Mano, aposto com você, que muitos de minha geração vão se enxergar nessa "vida".

      Andras
      Veterano
      # 30/nov/17 12:21 · Editado por: Andras
      · votar


      Mauricio Luiz Bertola

      Correndo o risco de desvirtuar o tópico, não acho errado vociferam aos 4 ventos a nossa situação atual.

      Nós mundanos classe media podemos estar numa situação 2 ou 3 vezes melhor, mas a classe alta não está 10 vezes melhor que antes? E não é porque "trabalharam mais então ganharam mais".

      Não é a toa que existem notícias deste e ano passado com título "em crise, Brasil vê número de milionários aumentar".

      Realmente parece estarmos em melhores lençóis, mas podíamos estar ainda melhor se não fosse algumas coisas muito erradas feitas para privilegiar alguns grupos. Isso tem que ser vociferado mesmo.

      acabaramosnicks
      Membro Novato
      # 30/nov/17 12:35
      · votar


      Uma coisa que ajuda a geração atual a querer ter mais dinheiro é que o povo hoje tem mais possibilidade de viajar pra fora, daí vê uma realidade totalmente diferente (e distante) e quer igual. Mas aqui no Brasil, não rola. Nois é o quilombo do mundo, nois é os puxa-carroça!

      Outra coisa é que quando chega a crise, quem tem dinheiro tem meios de se defender da crise: realocação de recursos, mudança de visão de investimento, e outros mil meios de reagir, mesmo que sem garantia nenhuma. O pobre simplesmente se fode e reza. Isso é um dos motivos para a desigualdade aumentar em tempos de crise, e é potencializado pela falta de visão do brasileiro, causada por educação financeira péssima e cultura de ostentação ridícula.
      Não querendo culpar o governo e a elite, até porque eu acho que o governo não tem que ser mãe de ninguém, mas o estado promete ser, finge que tá começando a ser, o povo acredita, e depois todos quebram a cara.

      Não acho que faz muito sentido ficar comparando a realidade de agora com o passado com o intuito de "não reclamar", quer dizer, ficar dando pití não adianta nada, se vitimizar e talz, mas o fato de a fase boa de antes ser pior do que a fase ruim de agora não pode ser motivo pro povo se contentar com o que tem, o comodismo é um mal tão grande quanto o consumismo, ganância etc.

      Melhor eu parar por aqui, acho que to falando muita abobrinha e tudo desconexo rsrsrsrs

      Felipe Stathopoulos
      Membro Novato
      # 30/nov/17 13:18
      · votar


      Buja
      Mauricio Luiz Bertola
      Lelo Mig


      Eu ganhava salário mínimo em 1994, e lhes digo que, sim, melhorou, mas nem tanto, por um motivo muito simples: o custo de vida era bem, mas beeeeeeeeem mais barato do que é hoje.

      A economia era mais fechada (se é que isso pode existir...), e nem tinha onde gastar direito o dinheiro. Mas quem ganhava salário mínimo em 1994, como eu, pagava as contas e sempre sobrava um pouquinho pra guardar. Ainda me dava a luxos como gastar com instrumentos, comprar discos etc.

      Hoje eu ganho muito mais, porém mal pago as contas... Todo mês é aquela sofrência...

      Claro, telefone, computador, instrumento, carros, tudo que era importado, tudo isso era muito caro (e, exceção aos eletrônicos, tudo continua muito caro). Telefone por exemplo valia milhares de reais; graças às privatizações do final dos anos 90 nos livramos dessa bomba...

      Então, sim, as coisas melhoraram bastante. Mas não foi por conta de político nenhum, principalmente dos últimos 14 anos.

      Foi simplesmente a tecnologia criada pelo capitalismo malvadão da CIA Illuminatti reptiliana de Bilderberg que melhorou nossa vida.

      Felipe Stathopoulos
      Membro Novato
      # 30/nov/17 13:21 · Editado por: Felipe Stathopoulos
      · votar


      acabaramosnicks

      Tem que culpar SIM o Estado brasileiro, imoral, antiético, gigante ineficaz, promete dar, não dá, cobra caro por isso, e ainda se permite ser roubado pelos corruptos e beneficiar um monte de ladrões.

      O Estado, em qualquer lugar do mundo, é um mal a ser extirpado. No Brasil ele é um CÂNCER: não faz NADA, absolutamente NADA de útil para ninguém que preste, e nada que ele (não) faça as pessoas voluntariamente organizadas e o livre mercado não conseguiria fazer melhor e mais barato, se o Estado não atrapalhasse.

      O Estado brasileiro é uma gangue criminosa.

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 30/nov/17 13:23
      · votar


      Andras
      Sim, concordo plenamente.
      O problema do "vociferado" a que me referí é que essa geração é incrivelmente ignorante (sim, eu SEI disso, pois TRABALHO com isso) - embora não seja culpa deles, nem percebem isso...
      Assim, "atiram no que viram e acertam no que não viram". É uma geração que foi "educada" pela (e na) Internet, com toda a sua superficialidade e suas mazelas, e seu domínio por parte de gente muito mal intencionada e sem controle - hoje, qualquer idiota fala o que quer, e influencia outros (tão idiotas quanto...), e isso é grave.
      A atual "classe média" ganhou dinheiro mas não tem cultura ou massa crítica, prato cheio para pilantras, e esquecem que NÃO SÃO da Burguesia, não são "Classe alta", mas pensam que são... Pensam que vão viver como se vive nos EUA, e não vão...
      podíamos estar ainda melhor se não fosse algumas coisas muito erradas feitas para privilegiar alguns grupos
      Cara, isso que você está falando é o cerne da História do Brasil (aliás, eu, e outros pesquisadores das UF's daqui do RJ, estudamos precisamente isso), SEMPRE foi assim, e agora apareceu mais porque os meios de comunicação são mais rápidos e acessíveis (o lado bom da coisa...). As pessoas sem tino falam mal do Estado, mas não se questionam QUE Estado é esse? A QUEM ele serve?
      acabaramosnicks
      Nois é o quilombo do mundo, nois é os puxa-carroça!
      Não cara, não somos. Isso é ideologia.
      Você já foi ao Paraguai? À Bolívia? Conheces a África do Shael? Aliás, a MAIOR PARTE dos países do mundo está MUITO atrás do Brasil. O problema é que a classe média daqui pensa que é norteamericana, "vê" o mundo pelas lentes deles e ACHA que basta imitá-los (como se eles não tivessem uma sociedade estruturada à 200 anos!) para se chegar "ao paraíso"... Ridículo!
      Não querendo culpar o governo e a elite, até porque eu acho que o governo não tem que ser mãe de ninguém, mas o estado promete ser, finge que tá começando a ser, o povo acredita, e depois todos quebram a cara.
      Que governo? Que Elite?
      O Estado TEM QUE SER 'mãe" é da maioria e não de minorias de meia-dúzia, como sempre foi... De uma Elite ultra-corrupta, cínica e de mentalidade escravista!
      Outra coisa: O brasileiro NÃO É COMODISTA (isso é outra falácia), o que ele é é ignorante, analfabeto, e isso bota limites, paralisa. Aliás, se você for a qualquer grande cidade brasileira verá milhões nas ruas trabalhando de sol à sol como camelôs ou ganhando miséria, mas trabalhando (pesado)! "Empreendendo" (conceito da moda...) APESAR das Elites e do Estado.
      Comodista é a p....! da Classe Média que só vê o próprio umbigo e a quimera de Nova Iorque ou Miami....
      Abçs

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 30/nov/17 13:33 · Editado por: Mauricio Luiz Bertola
      · votar


      Felipe Stathopoulos
      o custo de vida era bem, mas beeeeeeeeem mais barato do que é hoje.
      Sim e não.
      Ninguém pagava Internet, TV à cabo ou gastava grana com celular ou "lap top" (e outros gadgets), pois isso não existia...
      Mas, talvez você não saiba, mas o preço da gasolina e da carne e até da cerveja era comparativamente bem mais alto que hoje.
      Foi simplesmente a tecnologia criada pelo capitalismo malvadão da CIA Illuminatti reptiliana de Bilderberg que melhorou nossa vida.
      Outro equívoco. Pode ter melhorado em ALGUNS aspectos apenas. Mas criou novas demandas, novos custos e gastos, novas cobranças, novas alienações e etc.
      O Estado, em qualquer lugar do mundo, é um mal a ser extirpado.
      Ideologia anarquista exdrúxula que não se sustenta, nem na Realidade, nem na História.
      Estado não é um "mal à ser extirpado".
      Mas sim uma estrutura que tem que ser reformada, revolucionada, posta à serviço da maioria, do povo e não de minorias e corporações; pois sempre será necessária, mormente em uma sociedade complexa como a nossa, onde outras estruturas (corporações, bancos, grupos de investimentos transnacionais) dominam (ainda não totalmente) a estrutura econômica e social. Isso seria dar à essas estruturas "carta branca", criando um novo tipo de Estado, um Estado Privado, gerido sem controle por suas próprias Elites internas, para seus interesses corporativos de lucro a qualquer preço. Isso seria criar um "paraíso corporativista" no qual até mesmo o "indivíduo" (conceito histórico) que tanto os ultra-liberais (sic!) idolatram (sem perceber que isso é apenas um mero conceito), ficaria subssumido nessas mega-corporações... Ou você acha que "competição" capitalista gera o que? "Socialismo"? Ou concentração?
      "O Estado brasileiro é uma gangue criminosa"
      Sim, é.
      Aliás, sempre foi... Eu estudo isso, eu trabalho (em parte) nele, eu SEI disso....
      Abç

      Felipe Stathopoulos
      Membro Novato
      # 30/nov/17 14:01
      · votar


      Mauricio Luiz Bertola

      Mauricião, te respeito muito como músico e luthier, mas eu sei q vc é esquerdista e eu sou anarquista, vc não vai me convencer e eu não irei te convencer, até porque, como diz o ditado popular, discutir política e economia com esquerdista é que nem jogar xadrez com pombos...

      Só queria mesmo é deixar registrada minha opinião, coisa que já fiz.

      Agora, eu posso passar a tarde numa flamewar contigo ou posso terminar meu horário de almoço, ganhar meu pão, e mais tarde tocar minha guita. Prefiro a segunda meta.

      Grande abraço.

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 30/nov/17 14:04
      · votar


      Aliás, se alguém aqui estudou História, deve saber muito bem o que a competição desenfreada, o individualismo leva: No século XX, que podemos inferir que começa em 1914 e termina em 1989 (essa é a proposta do historiador inglês Eric Hobsbawn), tivemos um continuum de guerras e violências sem paralelo na História da Humanidade...

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 30/nov/17 14:07 · Editado por: Mauricio Luiz Bertola
      · votar


      Felipe Stathopoulos
      Só queria mesmo é deixar registrada minha opinião, coisa que já fiz.
      ótimo.
      mas eu sei q vc é esquerdista
      Não. Eu sou um Cientista Social, Pesquisador, escritor e Professor Universitário. Não sou um "leigo" no assunto, nem um desqualificado nesse aspecto (embora nem de longe me compare à meus mestres). Aliás, você deve me respeitar é por isso, não por eu ser luthier, pois tem milhares melhores que eu; nem por ser músico, pois não sou; sou apenas um cara que toca (mal) baixo.
      Abç

      Delson
      Veterano
      # 30/nov/17 14:30
      · votar


      Eu tentaria achar alguma Dolphin "Assale Era" encostada em algum porão.

      xmarhunterx
      Membro Novato
      # 30/nov/17 16:15
      · votar


      Bateu até o orgulho agora de ver como o pessoal do FCC tem cultura. O assunto era qual guitarra vagabunda de 200 pila dava pra comprar e já estamos discustindo um pouco de sociologia...

      Buja
      Veterano
      # 30/nov/17 16:20
      · votar


      Sempre vai pra outro rumo...mas é melhor assim ne...por que com 200 conto nao da pra comprar "guitarra" nenhuma kkkk

      entamoeba
      Membro Novato
      # 30/nov/17 16:26
      · votar


      Talvez, essa aqui.

      Lelo Mig
      Membro
      # 30/nov/17 16:48
      · votar


      xmarhunterx
      Buja

      "discutindo um pouco de sociologia..."
      "200 conto nao da pra comprar "guitarra" nenhuma "


      Talvez sirva de consolo a opção de gastar 200 conto em livros!

      Luiz_RibeiroSP
      Veterano
      # 30/nov/17 18:39
      · votar


      Brasil ta em crise, relaxa, vai piorar.
      https://sl.empiricus.com.br/pe33-calote/

      Em 2012 comprei uma fender jeff beck por pouco mais de 7.000$. hoje ta o dobro.

      Synth-Men
      Veterano
      # 30/nov/17 18:59
      · votar


      Guitarra de 199,00

      Guitarra de 160,00

      Mas... seguindo o que todos acima já sabem, só com os 200,00, não vai tirar ela do pacote. Nem se auto-espancando igual ao Antony Garotinho.

      A minha que é uma GGX1S que é Chino-Tupiniquim foi 245,00 termes aqui a uns 7 anos. Hoje está o dobro.

      JJJ
      Veterano
      # 30/nov/17 21:45
      · votar


      Lelo Mig
      ia prá escola de Kichute ou de Bamba

      Esqueceu o Conga, que era ainda pior que esses dois aí! kkkkkkkkk

      Mr. Cabral
      Membro Novato
      # 30/nov/17 23:12 · Editado por: Mr. Cabral
      · votar


      Quando comecei a tocar guitarra, me recordo que as mais básicas custavam exatamente esses R$200. Lembro demais das conversas com os amigos falando que iam pedir uma guitarra ao pai e mencionando os famigerados "duzentos reais". O modelo que o pessoal sempre comprava na loja da minha cidade era a Memphis MG-32, uma strato. Depois de ver esse tópico fui olhar, por curiosidade, quanto custa uma hoje: em torno de 300 a 450 reais. Pode parecer pouco pra uma guitarra, mas se você levar em conta que praticamente dobrou de preço...

      Felipe Stathopoulos
      Tem que culpar SIM o Estado brasileiro, imoral, antiético, gigante ineficaz, promete dar, não dá, cobra caro por isso, e ainda se permite ser roubado pelos corruptos e beneficiar um monte de ladrões.

      O Estado, em qualquer lugar do mundo, é um mal a ser extirpado. No Brasil ele é um CÂNCER: não faz NADA, absolutamente NADA de útil para ninguém que preste, e nada que ele (não) faça as pessoas voluntariamente organizadas e o livre mercado não conseguiria fazer melhor e mais barato, se o Estado não atrapalhasse.

      O Estado brasileiro é uma gangue criminosa.


      Cara, esse seu discurso pronto de que o Estado não presta e de que os políticos são corruptos não resolve nada. Cadê a proposta? Tira o Estado e coloca o que no lugar? Quem vai administrar a justiça, aplicar as leis? Quem vai te punir se você cometer um crime? O livre mercado? Faça-me o favor.

      Will Bejar
      Veterano
      # 30/nov/17 23:38
      · votar


      Vai de Phoenix usada. Eu aprovo.

      Felipe Stathopoulos
      Membro Novato
      # 01/dez/17 11:04
      · votar


      Mr. Cabral

      "Tira o Estado e coloca o que no lugar?"

      Nada. Se quiser, pode montar um ou mais grupos de whatsapp. Garanto que vai funcionar melhor e ser bem mais barato que a organização que detém o monopólio do crime (Estado).

      "Quem vai administrar a justiça, aplicar as leis?"

      Ninguém precisa de lei, pois só existem 3 direitos, vida, liberdade e propriedade, e são direitos naturais inalienáveis e indiscutíveis. Todo o resto é coerção estatal derivada de socialismo (agressão).

      A Justiça pode perfeitamente ser aplicada de forma privada, de novo, com concorrência, mais barato e mais eficientemente que o Estado.

      "Quem vai te punir se você cometer um crime? O livre mercado?"

      A comunidade voluntariamente organizada vai julgar e SIM, o livre mercado malvadão é perfeitamente capaz de punir uma pessoa física ou jurídica de forma muitíssimo mais eficiente que a OrCrim.

      Mais dúvidas, leia Murray Rothbarth.

      Felipe Stathopoulos
      Membro Novato
      # 01/dez/17 11:10
      · votar


      Mauricio Luiz Bertola

      "Aliás, se alguém aqui estudou História, deve saber muito bem o que a competição desenfreada, o individualismo leva: No século XX, que podemos inferir que começa em 1914 e termina em 1989 (essa é a proposta do historiador inglês Eric Hobsbawn), tivemos um continuum de guerras e violências sem paralelo na História da Humanidade..."


      Não foi o individualismo que causou a primeira e a segunda guerras mundiais e a guerra fria, mas sim o COLETIVISMO. Só o comunismo matou mais de 100 milhões de pessoas, e se somarmos nazismos, fascismos e outros ismos coletivistas/esquerdistas a conta passa de 200 milhões de mortos, só no séc. XX.

      "Não. Eu sou um Cientista Social, Pesquisador, escritor e Professor Universitário. Não sou um "leigo" no assunto, nem um desqualificado nesse aspecto (embora nem de longe me compare à meus mestres). Aliás, você deve me respeitar é por isso, não por eu ser luthier, pois tem milhares melhores que eu; nem por ser músico, pois não sou; sou apenas um cara que toca (mal) baixo.
      "

      Tsc tsc Mauricio, a primeira regra para um intelectual ser respeitado como tal é não exigir respeito nem apresentar currículo, mas sim idéias. Começou mal...

      Bro, sem argumento de autoridade ok? Vc não está falando com nenhum analfabeto ok?

      Abç

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 01/dez/17 12:35
      · votar


      Felipe Stathopoulos
      Amiguinho, essa sua ideologia é absurda e você nem sequer percebe isso.
      Não usei "argumento de autoridade", rebatí uma aleivosia sua, um insulto encoberto e uma ironia...
      discutir política e economia com esquerdista é que nem jogar xadrez com pombos... Aqui está o que você falou.
      Você não é analfabeto.
      Você é equivocado, doutrinado por uma ideologia ridícula, individualista e completamente pautada por premissas falsas e a-históricas...
      Só no semestre retrasado utilizei todos os autores que seus ideólogos adoram em um curso na UFF para mostrar, à partir dos pressupostos deles a falsidade dos seus argumentos, mostrando claramente o quanto grupos como o seu são equivocados. Muitos de meus alunos passaram a ver essa verdade...
      Agora, se você é um acólito de tais ideologias, é problema seu. Saiba porém, que toda a vez que o Sr. vier fazer propaganda dessa sua doutrina aqui, serás rebatido por mim.
      Se queres fazer proselitismo de sua doutrina, vá procurar a sua turma. Esse modus operandi da direita já é conhecido...
      Porém, ao contrário de gente como você, não lhe desejo mal...

      xmarhunterx
      Membro Novato
      # 01/dez/17 13:17
      · votar


      Mauricio Luiz Bertola
      Felipe Stathopoulos
      Flameware detected.
      Pelo visto hoje alguém leva ban.

      Felipe Stathopoulos
      Membro Novato
      # 01/dez/17 13:37
      · votar


      Mauricio Luiz Bertola

      "Amiguinho, essa sua ideologia é absurda e você nem sequer percebe isso".


      Digo o mesmo de seu socialismo/esquerdismo que aposta na submissão da individualidade a um coletivo que não existe a não ser para roubar o indivíduo, aprisioná-lo, escravizá-lo e, quando necessário ou útil, matá-lo. E você nem percebe isso...

      "Não usei "argumento de autoridade", rebatí uma aleivosia sua, um insulto encoberto e uma ironia... "

      Não apenas usou como continua usando, expondo seus títulos ao invés da suas idéias. Não preciso usar meus títulos (e sim, os tenho...) para rebater seu esquerdismo estapafúrdio...

      "completamente pautada por premissas falsas e a-históricas..."


      Digo o mesmo de seu coletivismo, que ao longo da história humana tudo o que causou foram pilhas de cadáveres e muito sofrimento...

      "Só no semestre retrasado utilizei todos os autores que seus ideólogos adoram em um curso na UFF para mostrar, à partir dos pressupostos deles a falsidade dos seus argumentos, mostrando claramente o quanto grupos como o seu são equivocados. Muitos de meus alunos passaram a ver essa verdade..."


      Ou seja, você doutrinou seu corpo discente. Que vergonha Mestre...

      "vier fazer propaganda dessa sua doutrina aqui, serás rebatido por mim."


      Quem vive fazendo propaganda de coletivismo e (principalmente) socialismo aqui é você, meu caro, aliás é quase impossível ler um tópico que não tenha alguma "soçagem" sua.

      Eu virei expor minhas idéias, com o mesmo direito seu...

      "Se queres fazer proselitismo de sua doutrina, vá procurar a sua turma."


      Até onde me consta vc não é dono do fórum. Se for, me corrija, e sinta-se à vontade para me banir, porque ao contrário de vc eu respeito a propriedade privada alheia. Mas se não for, coloque-se no seu lugar...

      E como você mesmo colocou ali em cima, toda vez que VOCÊ vier fazer propaganda comunista aqui EU vou estar expondo a minha opinião em sentido contrário.

      "ao contrário de gente como você, não lhe desejo mal..."

      Claro, vocês socialistas são sempre todos bons, incorruptíveis e bem-intencionados. Uma pena que historicamente seu rastro é feito de sangue, pobreza, cadáveres e destruição...

      Não, não lhe desejo mal não Mestre. Só tenho pena, apenas...

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Qual guitarra comprar com R$ 200 reais?

      303.879 tópicos 7.863.284 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital