Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      O que é um bom baixo?

      Autor Mensagem
      conehc
      Veterano
      # mar/07


      Ou esse tópico vai fazer sucesso ou vai ser um fracasso... principalmente porque é uma questao mais filosófica...

      bem... o que diabos é um baixo bom? qual criterios dizem que um sx turbinado com hardware top é pior que um fender americano original?

      é uma pergunta dificil de se fazer, mas como é que eu posso avaliar as diferenças entre um baixo e outro sendo que sao minimas? até um certo ponto tudo bem - os baixos considerados mais pra iniciantes nem entram - mas coloco em jogo aqui os intermediários (pra citar exemplos: sx sjb75, rockbass corvette, cort nb4 ou 5, alguns ltd, alguns ibanez sr, etc, enfim, baixos que custam em média menos de 1500 reais) contra os considerados top (fender's, MM's Ww's, ibanez prestige, dentre muitos outros)...

      como classificar uma coisa que é tao subjetiva quanto o som? fico vendo ai muita gente falando que tal baixo é bem melhor que outro baixo mas ninguem coloca o criterio de avaliação....


      bem, pelo menos eu nao tenho nenhuma resposta pra isso... o que vcs acham?

      PAGEWATERSRAUL999
      Veterano
      # mar/07
      · votar


      conehc

      Com certeza é questão complexa, mas que vale muito comentar.
      Acredito que o estilo de tocar e o gosto musical influenciam na opinião. No entanto, há uma série de outros fatores, como: o fabricante, o modelo, a madeira, o captador, a corda ideal etc.

      Eu tenho preferência pelos da Fender e Rickenbacker...

      bruno_bru
      Veterano
      # mar/07
      · votar


      Eu acho q a diferença nao é a marca em si, mas a qualidade do acabamento, tipo de construção, peças, captadores (q os bons sao caros mesmo). E um outro fator importante tb é a escolha das madeiras , q em intrumentos de serie, fabricados sem muito critério, acho q nao é dada muita enfase nesse aspecto.

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # mar/07
      · votar


      conehc
      Cara, é simples:
      Boa madeira, bons captadores, boas peças. O resto quem faz são seu amp e seus dedos. Nada mais.
      Abç

      mulambo-
      Veterano
      # mar/07
      · votar


      sao varias coisas conehc.
      baixos genericos hoje em dia sao muito bons, encaram qq gig e mesmo uma gravacao, agora ao comparah-los com um baixo top, feito a mao, soh com material de primeira, a estoria eh outra. falo pela minha experiencia, sao quase 25 anos tocando, em varios baixos.
      primeiro eh a questao de som. muitos baixos tem um som, poucos tem O som... Tenho varios baixos, agora quando vou gravar ou levar um som com a galera e levo o Precision 57 RI, ou o Musicman Stingray 5, nao adianta, sai de baixo....todo mundo nota...sao baixos que mesmo na embolacao de um ensaio em garagem consegue se impor em meio a tanta frequencia embolada....o Precision entao eh foda, conforme vc toca mais forte, mais fraco, mas perto da ponte, mais perto do braco, de palheta, slap ou dedo ele assume um timbre diferente...o Precision e o Musicman, alem do grave profunda, que pega no estomoago, tem aqueles medios e agudos que se destacam...
      baixos genericos tem um som legal, mas ficam naquilo, como um preset, e nas condicoes acusticas muito menos que perfeitas que sempre tocamos, embolam...
      outra coisa eh a construcao, como sao feitos com madeiras sensacionais, secas e hardware de primeira qualidade e controle de qualidade impecavel, aceitam uma regulagem profissioanl e ficam macios, gostosos de tocar, sem trastejamentos indesejaveis nem cordas duras, por mais pesado que seja o encordoamento...
      alguns baixos genericos tem um limite, nao adiante dar aquela regulagem Stanley Clarke, Geedy Lee, Flea ou Mark King, que o bicho nao aceita.
      Por fim, mas nao por ultimo, o feeling. Um baixo pro tem uma solidez, um uma firmeza no braco que baixo generico nao tem....
      um test simples eh o neck bend...faca um neck bend num baixo de 500 pratas que vc pode arrumar um problema...
      um baixo foda aceita sem problemas...
      Tenho um Kramer Striker 700 st, que comprei em 1987, nem eh um baso de primiera linhas, mas sempre fiz neck bends neles, deixei uma vez o baixo uns 3 anos sem cordas num armario, e o braco dele nunca deu problema....pelo contrario, ateh pela idadade e o baixo mais macio que tenho, so oh Musicman consegue rivalizar com ele...
      na decada de 90, toquei uns meses com um Jazz Bass 74 que nossa senhora.....como queira ter tido condicoe$$$$ na ehpoca de ficar com ele...tenho hoje em dia um ensaio gravado naquela ehpoca, com um microfone de overal, num quarto. Tudo soa uma bosta, voz, bateria e violao...agora o baixo... hehehehe
      bom, essa eh minha opiniao..
      abraco!

      THE BASSMAN
      Veterano
      # mar/07
      · votar


      hehehe eu sei de onde veio essa ideia do topico.
      Mas eu naum vejo tao simples, ash, alder, mogno, cedro, marfim, jacarandá, pau ferro etc, são boas madeiras? sim são mas se naum tiverem o tratamento adequado e usadas no tempo certo e bem trabalhadas, de pouco adiantam. emendando nisso, já digo tb do tensor, q tem q ser bom e efetivo, braços mexem mesmo, principalmente com essas variacoes de temperatura, estudio, ambiente externo, inclusive no inverno, um baixo meu tive q regular ( sjb 75) ficou perfeito, tensor super atuante e de facil ajuste.
      O hardware é certo q qto melhor a qualidade tb o será.
      Cuidados na eletrica tb sao pontos relevantes.
      Ergonomia, é muito relativo, eu naum acho nada confortavei baixos de 6 cordas ate de 5 pela largura do braço.
      o Peso dele tb, ter um sonzao e tudo mais, mas ser pesado, é muito ruim,desconfortável e cansativo inclusive a longo prazo, para a saude no que tange a ortodedia. já emendo tb o balanceamento dele.
      Estou deixando de lado o gosto pessoal..pq ai, naum tem jeto, naum existe unanimidade.
      Enfim, acho uma otima questão, e até serve p uma reflexão, na hora de comprar um instrumento, e as respostas devem ser interessantes, no final podemos fazer um apanhado geral e chegar a muitas conclusoes.
      o que eu vejo é q muitos se preocupam apenas com o som, ah o som é assim...ah o som é assado, entao pega esse pq o som é assim, e o resto?
      Acho q tem muito que se saber sobre um instrumento.
      Eu conversava hj com meu irmao, q está fazendo um curso de luthieria com o Henry Ho, na B&H luthieria, e lá estavam discutindo sobre o Marupá..... é muito promissor, tem conseguido timbres maravilhoso em stratos feitas dessa madeira, e muitos o condenam veementemente....essa história é longa ainda...vamos ver
      abraxxx

      THE BASSMAN
      Veterano
      # mar/07
      · votar


      Escrevia qdo o Mulambo postou, muito bom o texto tb..

      conehc
      Veterano
      # mar/07
      · votar


      muito interessante a resposta de todos... era mais ou menos isso que eu gostaria de ouvir... vejo muita gente falando de que tal baixo é ruim porque tem o som assim, o outro tem um som daquele jeito... som é subjetivo e como o bertola disse, entra tambem o ampli e os dedos de quem toca... mas vamos esperar pra ver quem mais posta... esse é um assunto muito interessante, mas pouco discutido...

      AnDerSon_BoLLo
      Veterano
      # mar/07
      · votar


      hehehe eu sei de onde veio essa ideia do topico

      eu também... hehhehe


      nem vejo mais o que falar aki... =S

      samuelbreder
      Veterano
      # mar/07
      · votar


      conehc
      se fosse possível ser imparcial nessa questão de gosto pessoal a gente poderia fazer uma tabela atribuindo notas de 0 a 10 por exemplo aos modelos em varios quesitos como hardware, captação, parte elétrica, madeiras, construção, acabamento, design, ergonomia, timbre(esse é o mais polêmico hehhehe) etc. Mas a questão eh q tem fatores q são muito pessoais mesmo, e se por exemplo nós tirassemos o q eh pessoal da lista, a avaliação iria ficar muito incompleta, a menos que façamos uma média geral de varios avaliadores hehhehe.

      ah... muito bom o texto do mulambo, e ele comprou um baixo no ano q nasci hehehe (daki uns 20 anos o meu baixo vai ta com um som massa tbm ó)

      ;)

      CasToR_666
      Veterano
      # mar/07
      · votar


      Tem tantas coisas que definem um baixo bom...

      Não existe melhor ou pior (na verdade existe mas nao vamos falar disso hehehe), existe diferentes gostos...

      Tem tantos fatores, visual, sonoridade, tocabilidade, conforto... depende do que voce procura e prefere.

      Se voce for pegar um Music Man de 8mil por exemplo, a variedade de timbres que ele pode te dar é grande, mas pode ser que um baixo bom para voce seja um que nao tenha variedade de timbres, entao o Music Man é ruim.

      Que nem citaram em um topico antigo: Se voce esta satisfeito com um Jennifer, manda bala nele!

      O baixo bom é o que te agrade, idependente do valor.

      Valeu

      limanegative
      Veterano
      # mar/07
      · votar


      eu creio que baixo bom independe de gosto pessoal !!por exemplo: nao é por que voce acha lindo e maravilhoso o som do seu tonante que ele vai ser um baixo bom.o baixo ou qualquer coisa considerada boa no mercado, sao confeccionados com bons componentes e boa mao de obra.isso é fato !!gosto é gosto, mas uma coisa nao tem nada a ver com a outra. no meu caso por exemplo eu nao gosto de fenders mas nem por isso deixa de ser um instrumento excelente, é apenas o meu gosto e nao é por q eu nao gosto que vai deixar de ser bom....resumindo: voce pode gostar e comprar uma coisa que nao seja boa ,do contrario, a FIAT nao seria a montadora que mais vende carros no pais.

      PAGEWATERSRAUL999
      Veterano
      # mar/07
      · votar


      THE BASSMAN
      o Peso dele tb, ter um sonzao e tudo mais, mas ser pesado, é muito ruim,desconfortável e cansativo inclusive a longo prazo, para a saude no que tange a ortodedia.

      Isso é sério. Já tive problemas seríssimos na coluna devido a peso.

      CasToR_666
      Veterano
      # mar/07 · Editado por: CasToR_666
      · votar


      Citando uma frase do Victor Wooten...

      "The music comes from you, not from the bass. Find an instrument that's going to allow you to get your sound."

      Ou seja: "A musica vem de voce, nao do baixo. Encontre um instrumento que vai te ajudar a encontrar o seu som."

      Valeu

      THE BASSMAN
      Veterano
      # mar/07
      · votar


      PAGEWATERSRAUL999

      caraca...eus ei q dá problemas sim, vc naum é o unico, nem o primeiro e nem o ultimo,............. infelizmente!
      ABRAXX

      eltonbass
      Veterano
      # mar/07
      · votar


      para mim é a construção, as madeiras, ferragens, captadores e "opcionais" como um eq de 3 bandas, mais no caso de um Fender jazz ele original ta massa.

      TugaBass
      Veterano
      # mar/07 · Editado por: TugaBass
      · votar


      Qualquer baixo poderá ser um bom baixo desde que te sintas bem quando tocas com ele...

      Todas as marcas mais ou menos conceituadas têm modelos topo, média e baixa gama e de vários formatos.

      Primeiro que tudo é uma questão de experimentares e ouvires o máximo de baixos que poderes para te aperceberes do tipo de baixo que tem mais a ver contigo, desde tocabilidade, som, flexibilidade de timbres, formato do corpo e do braço, etc.

      As particularidades que eu mais valorizo num baixo é a sua tocabilidade e a sua flexibilidade e facilidade no que toca a variedade de timbres que se possa tirar dele, que no fim vais acabar por usar sempre o mesmo timbre, pelo menos cerca de 95% das vezes que tocares, mas podes sempre mudá-lo.

      Atenção ao peso do baixo... terá influência no som mas cuidado com as costas. Escolhe uma boa correia, larga de perferência.

      É tudo uma questão de gôsto e de escolha. É muito pessoal.

      Abraços.

      DaNaDo
      Veterano
      # mar/07
      · votar


      Assim como a verdade é relativa, o bom baixo também é relativo. Procuro pensar dessa maneira. Porém é hipocrisia dizer ( por mais que você goste ) que um Tonante ou um Jennifer é um bom instrumento, pois a construção é péssima, o aspecto estético é horrível sem contar a captação e as feragens...

      Dessa forma, eu procuro acreditar que um instrumento só é bom quando ele realmente é tocável ( dá afinação, não mente na escala etc )... Sendo tocável, é questão meramente de gosto. Se você gosta do seu Golden à um Fender bom pra você, que pode comprar um Golden ( que você gosta ) por um preço bem mais barato!

      gabeiraz
      Veterano
      # mar/07
      · votar


      (no quesito sonoridade...
      eu creio que a quesito bom baixo, vem pela referência que nós temos... a Fender é considerada boa, pq foi referência para nossos "ídolos" e tais "ídolos" tbm usaram fenders (por exemplo)... quando vc cresce musicalmente ouvindo o roncado do musicman do jota quest (só por exemplo) e gosta, vc irá procurar aquele som, aquele é um bom baixo pra vc...
      no quesito construção...
      existe um violino chamado stradvarius (acho q é assim que escreve) que custa 1 milhão de dólares... ninguem consegue explicar o som de tal violino... uns dizem que na construção, o cara que os fazia (que ja morreu e não deixou nenhum discipulo) colocava cinza de vulcão junto do verniz do acabamento, outros que o violino era feito de casco de navio afundado... o violino ja foi estudado cientificamente e ãté agora só suposições... é claro que uma SX, mesmo usando as mesmas madeiras e mesmas medidas dos Fender nunca será um fender... uma marca como a Fender está no mercado a muito tempo... se o segredo do som é a quantidade de cola, a montagem, a tinta, o verniz ou se o dono da fender fez algum pacto com alguma entidade espiritual (esse ultimo é brincadeira, rs)... ninguem sabe... o que eu sei é que com certeza, a fender ja passou por muita coisa, e tem muito mais bagagem de experimentações com montagem e o que q da certo e o que q da errado para trazer esse som que é referencia pra muita gente... vc pode fazer um teste de como ouvido se acostuma com qq som... pegue seu baixo tonante (conehc) e coloque o som bem agudo e sem grave nenhum... toque por 20 minutos + ou menos... depois tire todo o agudo e coloque o grave (como o baio é passivo, faça isso no equalizador) vc vai ver que o seu tonante vai ficar com um peso nunca experimentado... isso quer dizer, que para mim, baixo de qualidade é questão de referência...
      qualidade de acabamento é visível... tem muito baixo que é lindo, com ótimas madeiras, ferragens e captação e não tem som...
      Eu sei que ficou meio embolado mas vai ai uma salada de frutas de pensamentos!!!
      Um grande abraço a todos!

      conehc
      Veterano
      # mar/07
      · votar


      eh isso ai mesmo... legal ver tópicos produtivos assim... prefiro ler discussoes como essa do que discutir se o basswood do condor bx-12 é melhor que o basswood do shelter tb610... ótima ideia do the bassman heheh

      legal ver a opiniao de todo mundo...


      gabeiraz
      15 minutos já é suficiente pra acomodação auditiva.... e bem verdade o tonante nao é meu... foi por muito tempo, hoje é de uma ex namorada, mas eu passei um tempo com ele aqui eu casa... agora só estou com o sx mesmo...

      e sobre o stradivarius... acho que nessa entra a questao do pacto com o capeta mesmo... e o mais interessante é que ele foi sacana o suficiente pra nao deixar ninguem que sabia do segredo....


      ah, outra coisa, sobre buscar timbres classicos que vejo que muitos estao citando... um sx tem um timbre que lembra os fender 70... mas nao tem O timbre dos fenders 70... chegar num som parecido é facil, é so seguir a receita de bolo, mas fazer um som identico ja é outra historia....

      NESCAU
      Veterano
      # mar/07
      · votar


      baixo ideal é aquele q vc tira o som q gosta, nao importa se é um tonante ou um fodera.

      limanegative
      Veterano
      # mar/07
      · votar


      na verdade,o que vou falar vcs ja sabem e nao tem nada a ver massss mesmo instrumentos da mesma marca e mesmo modelo com pouca diferença de idade,(falo isso por q o som dos instrumentos antigos nao sao iguais aos novos mesmo !) nao tem sons identicos. o som muda muito de instrumento para instrumento. eu tenho 2 baixos do mesmo modelo, QUASE identicos um fabricado em 97 e o outro atual de 2006 e ja toquei com outros baixos da mesma marca diverças vezes.se voce tocar com um, desplugar e imediatamente ligar o outro , essa diferença é percebida facilmente.apesar de até ter uma explicaçao , é muito gozado, sendo que sao instrumentos fabricados com a mesma madeira mesmos moldes,mesmo captador mesmo tudo.

      Gui
      Veterano
      # mar/07
      · votar


      bom baixo pra mim..é aquele que me agrada..mesmo que não seja de marca...top de linha...

      e se possivel..que entre no meu orçamento!=DDDD

      zegotinha
      Veterano
      # mar/07 · Editado por: zegotinha
      · votar


      Sim bom baixo é aquele que agrada como disse a maioria aí em cima e tal, concordo tbm que tem o lance que o gabeiraz de que acabamos por imotalizar baixos pelo fato de serem usados por idolos e etc. em contra partida o mulambo- disse aí que um baixo é aquele que se consegue se caracterizar por peculiaridades proprias e tal.
      Pra mim rola muito lance de marketing em cima, ( a venda de instrumentos não é amor à música, mas VENDA), não quero desmerecer nenhum baixo dos modelos mais caros e tal ( de maneira nenhuma).O que rola é o seguinte até hoje só toquei em baixos de faixa de preço mediana(até r$ 2.500) o que eu considero um grande problema são esteriótipos criados pelas pessoas que as vezes nein sabem o que dizem e assinam embaixo de um instrumento apenas porque ele é caros sem saber exatamente qual é o diferencial desse baixo como o mulambo- disse por exemplo tem gente que vai pagar caro no music man simplesmente porque o PJ usa e as vezes não sabem o real diferencial desse baixo.

      maquiro
      Veterano
      # mar/07
      · votar


      conehc

      Muito bom o tópico. Parabéns pela iniciativa.

      Abraço

      NixonMarques
      Veterano
      # mar/07
      · votar


      Bom... O q eu considero um bom baixo é akele me satisfaz no quesito tocabilidade e som...

      gabeiraz
      Veterano
      # mar/07 · Editado por: gabeiraz
      · votar


      é isso aí, a conclusão, é que o que é bom fala por si só..., a busca de tentar achar critérios de um bom baixo é em vão... alguem ja precisou ensinar a vc que ter um milhão de reais na conta é bom... e mulher (para os que gostam), alguem precisou te ensinar, musica... existem coisas que fazem parte do nosso gosto pela personalidade, outras vem pelas experiencias... o certo é que: assim como existem médicos, bombeiros, músicos, cafetões, night boys, e muitas outras profissões... existe um tipo de contrabaixo para cada ouvido, ouvido esse que muda muito ao longo da vida musical... uma época é para médios... outra pra graves profundos... outra pra sons brilhantes, sons de plástico, vintage, moderno...
      Cada um escolhe o seu e todo mundo em busca do fender jazz bass 75 ou do fodera emperor....
      grande abraço a todos...

      Jfactor
      Veterano
      # mar/07
      · votar


      é isso aí, a conclusão, é que o que é bom fala por si só..., a busca de tentar achar critérios de um bom baixo é em vão... alguem ja precisou ensinar a vc que ter um milhão de reais na conta é bom... e mulher (para os que gostam), alguem precisou te ensinar, musica... existem coisas que fazem parte do nosso gosto pela personalidade, outras vem pelas experiencias... o certo é que: assim como existem médicos, bombeiros, músicos, cafetões, night boys, e muitas outras profissões... existe um tipo de contrabaixo para cada ouvido, ouvido esse que muda muito ao longo da vida musical... uma época é para médios... outra pra graves profundos... outra pra sons brilhantes, sons de plástico, vintage, moderno...
      Cada um escolhe o seu e todo mundo em busca do fender jazz bass 75 ou do fodera emperor....
      grande abraço a todos...



      concordo!!!!!!!!!!!!!!

      abçs

      marcioazzarini
      Veterano
      # mar/07
      · votar


      conehc

      Relativo meu caro...

      O que é bom pra mim, nem sempre é bom pra vc, e vice-versa... hehehe

      Abraço!

      lussvmsbass
      Membro Novato
      # 11/abr/18 18:13 · Editado por: lussvmsbass
      · votar


      Ótimo tópico! Toco contrabaixo à 25 anos. Nesse tempo aprendi que quando achamos que sabemos tudo paramos imediatamente de aprender e evoluir. Vai aí um pouco da minha experiencia. Já tive inúmeros baixos caros muitos com som maravilhoso. Porém quando o som era bom o baixo era pesado demais ou desconfortáveis. Até que desencanei e resolvi testa baixos mais simples e foi ai que encontrei o perfeito para me super leve para tocar por horas, com som bem definido e grave potente, muito confortável, poucos botões, som pronto de maneira que toco no grave e posso fazer um slap sem mexer em nada. Galera não vá por marcas, baixo bom é aquele que tem o som que esta em sua mente e que permita você desempenhar suas atividades de forma eficiente. Hoje tenho um baixo que custa 5 vezes menos que os top de linha e nunca encontrei um que o superasse. Ainda bem que acordei ha tempo na minha carreira e parei de gastar tanto dinheiro com equipamentos por influencia de marcas. É passei a fazer meu pé de meia e hoje aos 40 já me estabilizei. Pensem nisso! Abç

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a O que é um bom baixo?

      305.397 tópicos 7.889.458 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital