Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Tutorial Fruity Loops (Definitivo!!!)

      Autor Mensagem
      LmA
      Veterano
      # mai/05 · Editado por: LmA


      Bom galera, devido à grande procura por informações sobre como usar este programa da forma mais satisfatória (já recebí mais de 70 e-mails e mais de 100 pessoas já me procuraram no MSN para tratar disso), resolví escrever um breve tutorial, visando a ajudá-los com as noções mais básicas do programa. Claro, dá pra fazer muitas coisas além disto que aquí vou "ensinar", mas creio que os passos que vou colocar aquí podem tirar muitas de suas dúvidas e ajudá-los a timbrar aquela musica que você compôs e não mandou pro Guitar Battle pelo som MIDI que é tão desagradável. ;)

      -O QUE É O FRUITY LOOPS?!

      Fruity Loops (ou FL Studio) é o programa mais usado para a criação de bases (Backing Tracks), por ser um programa leve comparado aos outros desta categoria, fácil de usar (apesar dos inumeros comandos) e bem funcional. Não é o programa perfeito, há vários bugs... mas não deixa de ser um excelente programa, bem pelo fato de ele permitir o uso de Soundfonts em placas on-board.
      Neste tutorial, irei focar o uso da MIDI e dos Soundfonts no programa. O resto se aprende fuçando - eu aprendí fuçando, por que vocês não poderiam também? :)

      -Preparando o Fruity Loops

      1- Procure conseguir a versão 4.1 do FL Studio (Se você não puder comprar o programa - o que, obviamente, ninguém faz - , tente encontrá-lo em programas como Kazaa ou eMule. Certifique-se de que a versão não é Demo, e certifique-se de que o tamanho do arquivo de instalação seja de aproximadamente 28 mb. O resto pode ser furada, então não recomendo...). A mais atual até este momento que vos escrevo é a versão 5.0, mas nela há alguns pequenos problemas de estabilidade (na linguagem formal: trava pra kct em máquina podre). Muitos vão atrás da versão 3.0, mas nela não é possível utilizar os recursos que aquí vamos ver.

      -Comandos básicos

      2- No canto superior direito, há 5 ícones dos quais alguns usaremos muito neste tutorial. Clique em http://clebson.conffrariadaguitarra.com.br/tuto_1.jpg para visualizar estes ícones, dos quais explicarei as funções a seguir:

      1- "PL" = PlayList. Organiza os Patterns... não iremos usar neste tutorial.
      2- "SS" = Channel List. Mostra ou oculta a lista dos canais MIDI. (Quando eu citar "lista de canais", se trata da janela que aparece quando você clica neste botão.)
      3- "PR" = Piano Roll. É o diagrama onde se encontra o gráfico da MIDI, e é a partir deste gráfico que nasce o som.
      4- "SB" = Browser. Mostra ou oculta o menú de funções, incluindo o menú de onde usaremos as Soundfonts (explicadas à seguir).
      5- "FX" = Esta é nossa mesa de som. Daí sairão efeitos diversos em sua música, como Reverb, Delay, Overdrive, Chorus, entre outros.

      -Buscando Soundfonts

      3- Depois de instalar o programa e - de preferência - ter reiniciado sua máquina, o próximo passo é procurar por Soundfonts, que são os arquivos responsáveis por timbrar a sua música ou midi através do FL Studio. Há muitas formas de se conseguir Soundfonts: existem Soundfonts pagos (geralmente, proporcionando um som de melhor qualidade) e Soundfonts gratuitos (que, você tem que ralar muuuito pra conseguir achar aquele que te agrada). Aquí iremos usar soundfonts gratuítos, baixando-os no site http://www.soundfonts.it por enquanto. Citarei mais sites para o download de soundfonts no final deste tutorial.

      4- Como a maior procura em relação ao FL Studio é por sons de bateria, baixe um Soundfont de bateria (drumkit). Recomendo o "Real Acoustic Drums PLUS" para começarmos.

      5- Os Soundfonts possuem a extensão .SF2. Mas, alguns arquivos que você baixar pelo site que aquí citei, estarão com extensões como .sfArk ou .SFPack. São arquivos compactados, assim como o.zip ou o .rar. Os programas para descompactá-los estão no seguinte link: http://www.soundfonts.it/sfark_sfpack.zip . Depois de descompactá-los você pode jogar esses arquivos de extensão .sfArk ou .SFPack na lixeira, pois iremos usar apenas o arquivo descompactado (que deverá estar com extensão .SF2).

      6- Depois de baixar o Soundfont, jogue-o na seguinte pasta: C:/Arquivos De Programas/FL Studio/Data/Patches/Soundfonts. Caso o FL esteja ligado, reinicie-o para que essa mudança tenha efeito.

      -Importando MIDI e timbrando-as no Fruity Loops

      7- Agora sim, vamos começar a trabalhar. Abra o programa, clique em File>Import>MIDI FIle. Selecione a MIDI que você deseja abrir no programa, e clique em Abrir. Aparecerá uma janela com título de "Import MIDI data". na guia "Which tracks to import?", deixe selecionado "All Tracks". Na "Which channels to import?", deixe como está. Deixe selecionadas as três caixas que aparecem abaixo: "Start new project", "Create one channel per track" e "Reallign events". Aparecerá, na janela de canais, todos os canais da sua MIDI.

      8- Você pergunta: "Tio LmA, quando clico em Play para ouvir minha MIDI, o som não sai. O que posso fazer?"... É aí que entram os soundfonts. No menú à esquerda (Browser), clique na guia Soundfonts. Aparecerá apenas um arquivo, que é o Soundfont que você baixou. Arraste ele para o canal de bateria na lista de canais.

      9- "Tio LmA, mesmo assim não saiu som de nada!"... Calma, criança, já vou explicar: Se o Soundfont não está funcionando, é porquê ele não está selecionado corretamente. Para resolver isso, clique com o botão esquerdo no canal no qual o Soundfont está. Abrirá uma janela, de título "Channel Settings - RealAcousticDrumsPlus". Um pouco abaixo de onde está escrito "Fruity soundfont player", estará escrito Real Acoustic Drums Plus. Mais abaixo disso, haverá 3 guias: Patch (escrito, embaixo, "1"), Bank (escrito "0") e Name (escrito "none"). Clique bem aí onde está escrito "none" e clique duas vezes, na janela que vai aparecer, em "RealAcousticDrumsPLUS". (Se você não entendeu o processo, clique em http://clebson.conffrariadaguitarra.com.br/tuto_2.jpg para ver o screenshot). Depois, feche a janela "Channel Settings" e tente dar o Play novamente. Se não sair som dessa vez, ou o Soundfont realmente está bichado, ou o volume de suas caixas de som está muito baixo.

      10- "Tio LmA, já entendí como timbrar a batera! Mas, e se eu quiser também colocar teclados, baixo ou qualquer outro instrumento?!"... larga de ser burro, moleque! Siga o mesmo processo dos itens 8 e 9 deste tutorial, mas agora, ao invéz de usar o Soundfont de batera, use o soundfont de teclado ou de baixo! É exatamente o mesmo processo, com qualquer Soundfont de sua escolha.

      -Adicionando efeitos

      11- Agora que você já deixou sua música bonitinha, com todos os instrumentos rolando, vamos adicionar alguns efeitos para dar uma "maqueada" nestes mesmos instrumentos (Lembrando que isso é algo muito pessoal, use se achar necessário... mas não custa fazer uma experiência!). Aquí vamos exemplificar o uso do Reverb na batera.

      12- Clique com o botão esquerdo em cima do canal da bateria, para abrir a janela "Channel Settings". Se você reparar no lado direito, vai ter um comando vazio, o "FX". Clique neste comando, segure o clique e arraste o mouse para cima, para aparecer o número 1. Não entendeu? Clica em http://clebson.conffrariadaguitarra.com.br/tuto_3.jpg . Depois, feche a janela "Channel Settings".

      13- Agora, no canto superior direito do programa, clique no último ícone que ali aparece, o ícone FX (em caso de dúvida, vide o parágrafo "Comandos básicos", lááá em cima). Vai aparecer uma janela meio maluca, parecida com uma mesa de som, com o título "Mixer". Selecione o canal FX 1, que estará na vertical, ao lado do canal Master. Embaixo das configurações de cada canal da nossa "mesa", haverão 8 linhas, numeradas, e ao lado de cada uma delas, haverá uma seta para baixo. Não entendeu? Poutaquepariu, clica em http://clebson.conffrariadaguitarra.com.br/tuto_4.jpg então.
      14- Na primeira linha, nesta seta para baixo, clique e vá em Select. Aparecerão muitas opções alí, que no caso, são os efeitos que você pode usar para dar uma modificada na sonoridade do seu canal. Dentre estas opções, procure "Fruity Reeverb".

      15- Após isso, aparecerá uma janela com alguns controles, que você vai usar para regular o reverb da bateria de sua música. Mas, se você for um preguiçoso sem-vergonha (como eu), repare ao lado do título da janela (Fruity Reeverb FX 1), duas setas... sendo uma para a direita, e uma para a esquerda. Sempre que você clicar nestes controles, aparecerá uma regulagem diferente, pois você estará navegando pelos presets do programa. Há vários, procure testar todos (deixe a música rolando enquanto você ouve um preset e muda para outro), até que você escolha o que mais lhe agrada. Caso nenhum te agrade totalmente, você pode modificar alí usando a sua criatividade. O significado de cada um dos comandos daí, você vai ter que descobrir fuçando. Depois de escolher o seu preset favorito pra esta música, feche a janelinha de comandos (Essa que você estava usando pra regular o Reverb, a de título "Fruity Reeverb FX 1", seu burrico).

      (CONTINUA ABAIXO)

      Patrick GD
      Veterano
      # mai/05
      · votar


      Muito bom Tio LmA!!

      LmA
      Veterano
      # mai/05 · Editado por: LmA
      · votar


      ...continuando...

      16- "Tio LmA, achei que ficou legal com o Reverb, mas eu gostaria de usar outros efeitos junto com esse Reverb... tem como?"... Claro que tem, criatura! Você usou apenas a primeira linha, ainda restam mais 7 que você pode usar se quiser... Não entendeu?! Minha nossa, clica no http://clebson.conffrariadaguitarra.com.br/tuto_5.jpg e vá se tratar...

      -Finalizando sua música

      17- Calma, tá quase acabando. Agora vamos passar isso tudo pro papel, ou seja, pro arquivo Mp3: Primeiro, clique em File>Save as... , nomeie o arquivo e salve-o na extensão "fruity loops project (*.flp). Se você quiser modificar algo mais tarde, não poderá fazê-lo com a música já em mp3, mas poderá fazê-lo se abrir este pequeno arquivo (que varia entre 15 a 500 kb, mais ou menos) no FL.

      18- Agora chegou o grande momento: Passar para Mp3. Recomendo que você feche todos os programas que estiverem ligados, para um melhor funcionamento. Inclusive o MSN Messenger, porquê justo na hora que você está salvando o arquivo em Mp3, vem aquele seu amiguinho mala que você nem nunca viu a cara e mora na Conchinchina, perguntar "E aí, beleza?", o que causaria, provavelmente, um belo de um travamento na sua máquina. Enfim: Vá em File>Export>MP3 File, e nomeie o arquivo. Aparecerá uma janela com o título "Rendering to <nome de sua música>.mp3". Nessa janela, do lado direito, certifique-se que, na guia "Output", estará selecionado o formato MP3. Embaixo da guia WAV (que é embaixo da guia Output), estará a guia MP3. Selecione o Bitrate (que é a taxa de bits, a qualidade da música) de sua música. Certifique-se de que, na guia Options (abaixo da guia MP3), estará marcada apenas a opção "Save ACIDized™". O resto, deixe como está. Clique em "Go", e espere SEM CLICAR EM NADA (do contrário, pode travar). Esse processo, dependendo do computador e do tamanho da música, demora de 1 a 20 minutos aproximadamente. Quando acabar de transformar em MP3, esta janela de titulo "Rendering to <nome da sua música>.mp3" irá fechar automáticamente. Pronto! Agora você tem sua música, sua backing track, sua trilha de filme pornô ou seja lá o que você queira fazer com esse programa. :P


      Links para Soundfonts:
      http://www.soundfonts.it
      http://www.hammersound.net
      http://www.sf2midi.com (é necessário cadastrar-se)
      ---------


      Bom galera, este é um tutorial apenas básico para o uso do FL. O ensinado aquí é o suficiente para você começar a criar suas backing tracks, seus acompanhamentos. O conhecimento mais avançado do programa, se aprende na prática, fuçando. Aquí citei apenas a base para vocês começarem a fuçar, portanto... mãos à obra! \o/

      (Peço para que algum moderador do Fórum mantenha este tópico no topo da lista, em destaque, para um acesso mais fácil dos usuários daquí.)

      Quero agradecer ao grande amigo Clebson Ribeiro, o "Cleber" aquí do fórum e Clebson R. do GB (http://www.clebsonribeiro.pop.com.br) por ter cedido espaço em seu servidor para a hospedagem das imagens do tutorial. Foi esse cara que me ensinou a mexer no FL, dentre muitas coisas se tratando de gravação. =)

      Abraços a todos, e boa sorte! =)
      Leandro Amorim.

      LmA
      Veterano
      # mai/05 · Editado por: LmA
      · votar


      Patrick GD
      Valeu, sobrinho Patrick! =)

      JLT
      Veterano
      # mai/05
      · votar


      LmALeandro, muito legal o negócio aí....aprendi mais umas coisinhas que não sabia. Me diz uma coisa....a gente pode ficar fazendo algumas perguntas aqui ou você fez esse tópico pra gente não encher mais??? hehe.

      LmA
      Veterano
      # mai/05
      · votar


      JLT
      Opa JL, tranquilo? Legal ter gostado! :)
      Quanto às perguntas, com certeza farão muitas... então eu respondo conforme o possível (meu tempo é muito curto), mas acredito que o tutorial já possa abrir um bom caminho pros interessados, quando lido com atenção. ;)

      [ ]'s

      Doctor Robert
      Veterano
      # mai/05
      · votar


      LmA

      Se tu pudesse dizer o nome das melhores soundfounts que tem nos site aí seria ótimo. Tipo piano, teclado, baixo, bateria(principalmente).

      Mas só pelo tutorial já estou agradecido.

      JLT
      Veterano
      # mai/05
      · votar


      LmA
      É que eu tive um problema ao começar a usar o sonar que eu acho que deve estar relacionado às configurações do Fruity. É o seguinte...quando exporto Wav no fruity e abro no sonar fica estranho (no baixo deu um tipo de delay,...embolou.....um som de teclado ficou mais curto...perdeu a sincronia com o baixo). O mais estranho é que abrindo esses wav no Cool Edit ou no Audacity não dá problema. Estou contornando isso provisoriamente exportando como mp3, porque aí não dá problema. Não imagino o que possa ser.

      LmA
      Veterano
      # mai/05 · Editado por: LmA
      · votar


      Doctor Robert
      Ih, aí fica complicado brother... pq tem muuuitos soundfonts bons, e muitos ruins, e além disso eu mesmo não conheço todos os soundfonts do site... Mas, um que eu acho bacana é o MusicaTheoria2 , do www.sf2midi.com , pra simular timbres diferentes de teclado (piano, harmônica, entre muitos outros). =)

      JLT
      Bom, se o .wav não dá problema no Cool Edit ou no Audacity, o problema não é com o FL... o problema deve ser com alguma configuração do Sonar. Mas aí eu já não posso ajudar, não uso o Sonar... :'(

      Marisco
      Veterano
      # mai/05
      · votar


      Ae! Valew mesmo Leandro!

      Cleber
      Veterano
      # mai/05 · Editado por: Cleber
      · votar


      No
      http://www.hammersound.net

      achei esses q curti :
      040_Florestan_String_Quartet
      048_Florestan_Strings.
      052_Florestan_Ahh_Choir.
      Cadenza Strings.
      RealAcousticDrumsEXTRA.
      SGPn.piano
      Vintage Drums
      Saphyr_2000-Gm
      Zelda - strings
      Fender Jazz Bass

      são bastante usados.... basico rsrs

      JediKnight
      Veterano
      # mai/05
      · votar


      ahhhh rapaz ...
      Que beleza!!!

      LmA
      Veterano
      # mai/05
      · votar


      Cleber
      Boa! =)

      Marisco
      JediKnight
      Espero que o tutorial ajude vocês. =)

      Moderadores, tem jeito de esticar o tópico? Seria interessante... =)

      Sam
      Moderador
      # mai/05
      · votar


      LmA, parabens pela iniciativa!

      Seria legal se vc preparasse esse documento no word para colocarmos ele na próxima versão do Cifra Club. ;)

      LmA
      Veterano
      # mai/05
      · votar


      Sam
      Legal Sam, vou dar um jeito nele aquí sim! Quando precisar, entra em contato. :)

      Freedon
      Veterano
      # mai/05
      · votar


      "Tio LmA, já entendí como timbrar a batera! Mas, e se eu quiser também colocar teclados, baixo ou qualquer outro instrumento?!"... larga de ser burro, moleque!

      aHUEIHAEUIEHAuiahEUIAHIAE

      JLT
      Veterano
      # mai/05
      · votar


      LmA
      Tio LMA, Da maneira como você colocou toda a edição já foi feita no próprio Fruity e exportou para mp3. É assim que faz quando vai fazer uma música? Pergundo porque não edito nada no Fruity...depois de aplicar a soundfont eu exporto as pistas (em wav), uma de cada vez, e faço toda a edição (aplicação de efeitos e equalizações) no Sonar ou Cool Edit.

      LmA
      Veterano
      # mai/05
      · votar


      Freedon
      Hehehe =P

      JLT
      Isso é bem relativo mesmo, fica mais por uma questão de gosto. Os efeitos do Fruity Loops são excelentes, acredito até que são mais versáteis do que os efeitos do próprio Cool Edit, do Sonar eu não sei dizer. Eu, geralmente, faço tudo pelo próprio FL mesmo, exportando em wav. No tutorial eu quis meio que facilitar a vida do pessoal em relação à "maquiagem" da música, acredito que o resultado fica muito bom também. Mas pros mais íntimos do programa, fica como uma questão de gosto. :)

      Doctor Robert
      Veterano
      # mai/05
      · votar


      Ainda não botaram stick nesse tópico???????

      Bota aí, é super útil.

      Doctor Robert
      Veterano
      # mai/05
      · votar


      Cleber

      VALEW...Era disso q eu precisava.

      PVboromir
      Veterano
      # mai/05
      · votar


      vlw kra... por incrivel q parece eu intendi td!!! uhauahua
      um dúvida...
      tem jeito deu gravar... tipo.. plugando minha guita no pc? ou importar um arquivo wav q eu gravei em outro lugar??

      LmA
      Veterano
      # mai/05
      · votar


      PVboromir
      E aí, beleza? Legal o tutorial ter te ajudado em algo. :)
      Quanto a gravar plugando a guitarra no computador, tem sim... mas este processo não se relaciona com o Fruity Loops. Há muitos programas para isso, como Audacity, Cool Edit... o objetivo do Fruity Loops é o de criar a Backing Track para você gravar a guitarra em outro programa. Mais informações sobre isso você consegue usando a busca. Abraço! ;)

      vinsanity
      Veterano
      # mai/05
      · votar


      LmA
      muito bom seu tutorial... eu basicamente ja sabia como funcionava o processo...

      só que dá pra fazer isso tudo na versao 3 sim... eu uso o 3.5.6 pois é o que eu mais gosto, e dá pra deitar e rolar nas funções dele... vc conhece alguma limitação mas especifica dele, em relação ao flstudio?

      LmA
      Veterano
      # mai/05
      · votar


      vinsanity
      O 3.5.6 tem suporte a Soundfonts? Essa versão eu não cheguei a usar, quando disse sobre versão 3 no tutorial eu me referia à versão 3.0, que não oferece esse suporte... aí, pro pessoal que estivesse com a versão 3.0 em mãos, o tutorial seria inútil, hehe. :)

      marcio_zav
      Veterano
      # mai/05
      · votar


      LmA
      Tio, tem como aplicar efeitos diferentes em cada trilha? Ex: baixo -> chorus, bateria -> reverb
      Sempre q eu coloco os efeitos vai pra todas as trilhas...

      LmA
      Veterano
      # mai/05
      · votar


      marcio_zav
      Releia o item 12 do tutorial, e coloque cada canal (ou seja, cada trilha de instrumento) em um diferente canal FX. Por exemplo, sua bateria está no canal FX1. Coloque o baixo no canal FX2, o piano no canal FX3, e assim por diante... :)

      marcio_zav
      Veterano
      # mai/05
      · votar


      LmA
      Valeu cara, isso vai ajudar bastante, pq bateria e chorus nao da mto certo .....hehehe
      Valeu msm =)

      LmA
      Veterano
      # mai/05
      · votar


      marcio_zav
      Tranquilo! Qualquer coisa é só perguntar aí que a gente dá um jeito. =)

      PVboromir
      Veterano
      # mai/05
      · votar


      aeee cara vlw mermo!!!

      outra dúvida... tipo q eu criei um loop aqui d batera... ae ele tah no patern 1.. ae tipo... eu quero criar outro loop no patern 2... pra depois mistura-los em sequencia... soh q td q eu to fazendo no patern 2 tah aplicando ao patern 1 tb... q q eu faço?? vlw ae em kra!!!
      mto legal sua iniciativa!!!

      LmA
      Veterano
      # mai/05
      · votar


      PVboromir
      Tem certeza que vc tá fazendo em paterns diferentes?? Nunca ví isso acontecer... o_O
      Tenta fazer o primeiro pattern, e já colocá-lo na Playlist (botão PL do canto superior direito do programa), depois você faz o segundo patern e coloca ele lá... aí você dá play e vê o que acontece...
      Detalhe: ao lado do Play, há duas caixas de seleção minúsculas... sendo uma escrito "Pat", e outra escrita "Song"... pra ouvir os Patterns diferentes em sequência, selecione "Song" após o processo que eu citei acima. =)
      Se não der certo, eu sinceramente não sei o que pode ter acontecido aí... =\

      [ ]'s

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Tutorial Fruity Loops (Definitivo!!!)

      305.523 tópicos 7.891.841 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital