Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Gibson acaba com a Cakewalk

      Autor Mensagem
      Lelo Mig
      Membro
      # 22/nov/17 11:48
      · votar


      Adler3x3

      "modelo de aluguel de software"

      Não sabia disso.

      Quando comprei o Cakewalk (até tenho guardado), era aquele esquema romântico.... caixa de isopor, midia fisica, manual de 400 paginas, folhetos, brindes... Isso encarecia, devastava a floresta amazônica... Mas era legal pracaraio....rs.

      Como foi este esquema de aluguel?

      Adler3x3
      Veterano
      # 22/nov/17 12:24 · Editado por: Adler3x3
      · votar


      Lelo MIg

      Difícil de explicar, muito confuso, acho que a falta de clareza prejudicou.

      A princípio é um aluguel, enquanto você paga o plano, mensal, trimestral, semestral, anual etc.., você usa o software e tem direito aos upgrades na medida que vão saindo.
      Tem algumas variações, conforme o plano, aí que complica o entendimento, em que você depois que deixa de pagar o aluguel, conforme as condições pode continuar usando o software mas sem direito a upgrades.
      Ficou meio parecido com estes planos de ofertas das operadoras de telefonia, muito confuso para o meu gosto, o que gerou insatisfação.

      Não entrei nesta pois não consegui entender direito o que estava acontecendo, e achei que era uma furada, outras empresas também fizeram isto.
      E isto me afastou fiquei meio que parado no Sonar, até apareceu boas ofertas de upgrade, mas fiquei na defensiva, deixando o tempo passar para ver o que acontecia.

      A Adobe é um bom exemplo, só que ela tem um portfólio muito mais amplo, e entrou nesta de aluguel e de software nas nuvens.

      Se você usa um software e gosta quer garantias de continuidade, num preço que você pode prever, e isto ficou muito obscuro.

      acabaramosnicks
      Membro Novato
      # 22/nov/17 14:48
      · votar


      Parece o esquema de Microsoft Office 365, já ouviram falar? Bom, eu acho que todo tipo de SW deveria ser assim: ou vc compra uma versão vitalícia a um preço X e pode pagar menor que X nas versões mais novas, ou compra a licensa de uso da versão mais moderna por um tempo determinado, ou então compra uma licença vitalícia de toda versão que lançar por um preço maior. Qualquer coisa que fuja disso começa a ficar confuso demais.

      makumbator
      Veterano
      # 22/nov/17 15:14 · Editado por: makumbator
      · votar


      Lelo Mig
      acabaramosnicks

      Vários fabricantes de software na área de música tem esquema de aluguel há um certo tempo:

      Pro tools, Sibelius, Media composer, Slate Digital, e muitos outros. Eles tem esquemas tanto de licença "permanente" quanto provisória e mista (no caso do Media composer, Pro Tools e Sibelius que mesmo a permanente só pode sofrer update após um ano da compra se o usuário continuar pagando uma taxa anual).

      JJJ
      Veterano
      # 22/nov/17 17:27
      · votar


      No início eu fiquei meio bolado com esse esquema. Mas sempre existiu o modo normal de compra. Não foi isso que deu problema...

      Acho que tem mais a ver com uma empresa proprietária que não entende ou não quer entender do assunto.

      Quanto ao FL... Sempre imaginei que ele fosse mais adequado a... loops... rs

      Adler3x3
      Veterano
      # 22/nov/17 17:55 · Editado por: Adler3x3
      · votar


      JJJ

      O Fl Studio é muito complexo, tem recursos que muita DAW grande não tem.

      O problema é que quando você tem recursos demais a sua disposição, alguns até que você nem imagina que tem, fica difícil.
      E quem olha de fora pensa que o FL Studio é mais simples e banal, mas não é.
      Tem muitos recursos e formas diferentes de fazer a mesma coisa.
      Uma DAW muito poderosa, o ponto fraco seria não ter uma editor de partituras interno, e olha que devem existir outros softwares agregados que talvez façam isto.
      Tem uma janela só de plugins, que você abre e fica maravilhado com tantos recursos, é coisa demais para um simples mortal de uma vez só, que conforme a versão que se tem dá para aproveitar grande parte.
      Tem muitas configurações também, diria até demais, mas são úteis e boas.
      Tem rewire e muitos instrumentos podem ser abertos em outra DAW como Plugin.

      Talvez por ter umas bonequinhas que dançam durante a música o pessoal confundiu com brinquedo, mas é puro preconceito.

      Esta fase de loops já ficou a muito tempo lá atrás.
      Talvez por que a gui se manteve de certa forma parecida na linha do tempo por causa da chanel rack.
      Tem "n" formas de fazer automação, dá para criar novos sintetizadores, tem recursos visuais incríveis e muito mais, tem recursos semelhantes ao Melodyne, que tem uma boa precisão, e em midi tem uma infinidade de práticas, e muito mais que não sei dizer.
      Então tem que estudar e todo o dia ler um pouco os manuais.
      Por isto que comprei o produto, uso por enquanto como auxiliar e estou sempre aprendendo e me surpreendendo, de repente meio sem querer acho algo, e penso puxa tem isto também, na última atualização até ressuscitaram alguns plugins mais antigos para 64 bits, e muitas vezes tem mais de uma ferramenta para a mesma tarefa, e a riqueza de opções.
      Melhor ter mais opções do que não ter opções, mas não tem jeito tem que estudar para saber usar.

      JJJ
      Veterano
      # 22/nov/17 20:29 · Editado por: JJJ
      · votar


      Sair do Sonar vai me dar muito trabalho...

      Um pequeno exemplo:

      Eu tenho uma meia dúzia de plugins antigos, ainda em DirectX, que não queria perder. O Sonar sempre trabalhou na boa com eles, mas sei que várias DAWs saíram desse padrão.

      Alguma DAW ainda "enxerga" os DirectX?

      Adler3x3
      Veterano
      # 22/nov/17 20:53 · Editado por: Adler3x3
      · votar


      JJJ

      A Real Tracks enxerga, tenho ela as vez em quando uso.
      E olha a Real é muito boa,mas no estilo antigo e tem milhares e milhares de usuários.
      É uma DAW que vem junto com o Band in a Box, ainda em vigor que vem daquele tempo inicial lá dos velhos twelve clock, ou coisa parecida.
      Assim como o Band in a Box ainda usa este formato dos tempos que nem existia o Sonar.
      Tenho a versão 2015 mas existe a versão 2.017, só não deu para atualizar por causa da crise, mas quero ver se pego a versão 2.018.
      O Band in a Box e a Real Track aceitam VSTs mas tem o desempenho melhor com o DX.
      Olha por incrível que pareça eu fiz anos atrás um dos upgrades mais antigos do mundo, uma versão do windows 3.0 que rodava dentro do dos, para o windows xp, e depois fui atualizando todos os anos e até hoje tenho a versão original, que jogo num sistema virtual e roda, posso até exportar midi.
      rs....
      Me deu uma saudade danada daqueles tempos, coisas do século passado.
      E tem uma outra DAW da PG Music, que não lembro o nome aceita bem o Direct X.
      Volta e meia mexo com eles.

      sério, rsss
      kkk que nada.
      Existe ainda e em novas versões.

      edit: aqui esta a outra DAW que aceita DXI

      http://www.pgmusic.com/powertracks.features.htm

      e olha que esta DAW tem usuários fiéis, quando a empresa dá um bom tratamento consegue arregimentar fãs.

      Lelo Mig
      Membro
      # 22/nov/17 20:53 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      JJJ

      "Alguma DAW ainda "enxerga" os DirectX?"

      MS DOS

      Kkkk.....zoando.

      Sei que o FL tem um lance de "salvar o presset como".... Se abrir um pluggin directx numa versão antiga e fizer isso vc consegue abrir nas versões mais novas, pq ele salva como um plugin FL. Mas não tenho certeza. Deve haver algum "conversor" na Net.

      Já viu se tem versões novas destes plugins?

      makumbator
      Veterano
      # 22/nov/17 20:56
      · votar


      JJJ
      Alguma DAW ainda "enxerga" os DirectX?

      Vegas ainda deve enxergar DirectX (pois o Sound forge mais atual com certeza ainda é compatível com esse padrão). Provavelmente o SF que a Magix está fazendo para lançar deve abandoná-lo, é muito, muito antigo.

      entamoeba
      Membro Novato
      # 22/nov/17 21:40
      · votar


      Ismah
      Audition (pela interação com Premier e After Effects)

      AKA "porque veio no pacote da Adobe".

      entamoeba
      Membro Novato
      # 22/nov/17 21:53 · Editado por: entamoeba
      · votar


      Ainda estou no Sonar X1, rodando num I7 de 7 anos. Para mim, não fará muita diferença. Mas uso o Cakewalk desde... 1998?

      Meu Studio One veio com a Firestudio, nem instalei. Deve ser uma versão muito limitada.

      makumbator
      Veterano
      # 23/nov/17 18:40
      · votar


      Pra quem tem licença Sonar Platinum:

      A Steinberg decidiu hoje oferecer um crossgrade (por tempo limitado) para o Cubase 9.5 Pro por 50% de desconto. Válido direto com a Steinberg e em revendedores autorizados online e físicos.

      Já saiu o link na loja online da Steinberg para os clientes europeus, na segunda sai para os EUA e restante do mundo.

      Essa informação foi dada por um funcionário da Steinberg que participa do fórum oficial da marca.

      JJJ
      Veterano
      # 23/nov/17 18:55
      · votar


      makumbator

      Urubuzada em cima da carniça...

      Ismah
      Veterano
      # 23/nov/17 19:08
      · votar


      entamoeba
      AKA "porque veio no pacote da Adobe".

      Longe disso, eu sempre gostei de trabalhar com os softwares multimídia da Adobe. Uso quase todos no que toca ao assunto, principalmente o Lightroom e Photoshop.
      É menos propenso a erros exportar uma manipulação de áudio no Au e importar no Pr ou Ae ...

      makumbator
      Vegas ainda deve enxergar DirectX (pois o Sound forge mais atual com certeza ainda é compatível com esse padrão). Provavelmente o SF que a Magix está fazendo para lançar deve abandoná-lo, é muito, muito antigo.

      E isso me preocupa... Minha máquina já tem problemas com os softwares Sony assim. Agora a nova versão, pode me obrigar a precisar de uma máquina nova... :(

      makumbator
      Veterano
      # 23/nov/17 19:09
      · votar


      JJJ
      Urubuzada em cima da carniça...

      Hahaha! Pois é, a Presonus também vai liberar um crossgrade em breve.

      Ismah
      E isso me preocupa... Minha máquina já tem problemas com os softwares Sony assim. Agora a nova versão, pode me obrigar a precisar de uma máquina nova... :(

      A solução é simples, não atualize mais a máquina (congele ela no estado atual). Muita gente faz isso.

      Ismah
      Veterano
      # 23/nov/17 19:15
      · votar


      O problema é que é a única que eu tenho... rs

      Synth-Men
      Veterano
      # 23/nov/17 21:51
      · votar


      Bom...

      É o fim de mais uma era. Alguma outra DAW irá já começar a ocupar esta lacuna com esta notícia. Não arrisco candidatos.

      As DAWS de minha vida foram: Audacity, Mu Lab, Energy XT, Reaper e agora o MixCraft.

      Caso fosse um usuário do CakeWalk enviaria perguntas ao suporte. Pois imagino que até poucos dias, pessoas devem ter comprado pacotes. E lojas ainda vendem também.

      makumbator
      Veterano
      # 23/nov/17 22:07
      · votar


      Synth-Men
      Pois imagino que até poucos dias, pessoas devem ter comprado pacotes. E lojas ainda vendem também.

      O pior é vender a tal licença que garante updates por toda a vida...só que não tem mais nenhum update em vista!

      Eles dizem que vão manter os servidores de autenticação, os downloads ficarão disponíveis e tal, mas nada além disso.

      Synth-Men
      Veterano
      # 24/nov/17 07:23
      · votar


      makumbator

      Rola um desapontamento, por toda a história que este software representa. As primeiras vezes que o vi foi de 1995 a 1997. Mas o meu negócio era arranjadores e workstation e pouco dei atenção. Mas cheguei a cutucar um bocado.

      O que quero dizer é que foi a primeira DAW a se popularizar nas mãos de amadores, outras nem rodavam em windows 3.1, 95 ou 98, sequer apareciam, e o que tinha gratuito ou acessível era hiper-experimental. O CakeWalk já realizava trabalhos profissionais. O único requisito era as placas de som MPU401. Aquele kit sem vergonha da antiga Creative/Soundblast que era o top dos tops. Tinha um kit que já vinha até com um controlador MIDI.

      Pela história, quem acompanhou ou ao menos viu, sabe que o CakeWalk popularizou e trouxe ao conhecimento geral as outras DAWS. Sofreu um bocado de preconceitos, por ser muito utilizada por iniciante, mas resistiu firme e evoluiu muito.

      São muitos usuários fiéis antes mesmo de Roland/Edirol e Gibson. O fim foi dia 17/11. Ao menos deveriam anunciar com antecedência e não de uma hora para outra.

      Fazer o quê...

      Adler3x3
      Veterano
      # 24/nov/17 08:51 · Editado por: Adler3x3
      · votar


      O que eu não entendo é como uma DAW que esta entre as tops de um momento para outro é descontinuada.
      E o pior que ainda estão vendendo.
      Esta notícia do fim das atualizações foi desastrosa.
      Uma condução e gerenciamento de produtos ruinosa, com uma incrível falta de consideração com os usuários.

      A Cakewalk nos dias de hoje era uma linha de produtos bons, com hardware e acessórios, se esta(va) com problemas a condução deveria ser mais cuidadosa.

      Fazendo listas e observando links e comentários sobre diversas Daws observa-se que o Sonar tinha o seu espaço próprio consolidado, e acima de tudo uma tradição de mais de 30 anos e estava entre as melhores,como podem desvalorizar um produto assim de uma hora para outra?
      Numa DAW top quando um usuário sai ou migra para outra nunca mais volta.
      Aqui no fórum pelo depoimento de muitos membros nota-se a importância do Sonar.

      Em qualquer relação das melhores DAWS o Sonar aparecia com destaque.
      Era uma DAW única, e o espaço que vai deixar não vai ser preenchido tão facilmente.
      O dano já foi feito, acredito que ainda se possa mudar a situação, mas exige uma atitude e resposta rápida.

      Esta Gibson deve estar com mais problemas e a continuar assim ...outras notícias desagradáveis vão aparecer.

      JJJ
      Veterano
      # 24/nov/17 09:43
      · votar


      Synth-Men
      Pela história, quem acompanhou ou ao menos viu, sabe que o CakeWalk popularizou e trouxe ao conhecimento geral as outras DAWS. Sofreu um bocado de preconceitos, por ser muito utilizada por iniciante, mas resistiu firme e evoluiu muito. São muitos usuários fiéis antes mesmo de Roland/Edirol e Gibson.

      O meu caso. Uso desde que me entendo por gente...

      Adler3x3
      a condução deveria ser mais cuidadosa.

      E a Gibson vai demonstrar algum cuidado especial com algo que não tem nada a ver?... Ao meu ver, o grande erro foi deixar um produto nas mãos de quem não tem entende picas da coisa.

      makumbator

      O VEGAS é mais pra vídeo, né? Acho que a "DAW" da Sony (agora nas mãos da MAGIX) é o ACID, né? Esse de vez em quando aparece baratinho na Steam...

      Alguém usa ACID por aí? Alguma semelhança com o Sonar???

      Adler3x3
      Veterano
      # 24/nov/17 11:52 · Editado por: Adler3x3
      · votar


      JJJ

      O ACID é uma DAW antiga também, mas não tem semelhança nenhuma com o Sonar, já fiz algumas experiências.
      É uma DAW mais simples e introdutória, que tem o seu valor.
      Saiu das mãos da Sony e agora esta lá na Magix.

      Para você que esta no nível do Sonar não resolve, fique tranquilo que ainda vai dar para usar o Sonar por uns 4 ou 5 anos, então pode ir com muita tranquilidade e estudar e pesquisar para onde vai migrar.

      Por isto que eu afirmo e reafirmo não existe nenhuma DAW parecida como o Sonar, é única, vai deixar um vazio no mercado.

      Lelo Mig
      Membro
      # 24/nov/17 11:55
      · votar


      JJJ

      "O VEGAS é mais pra vídeo, né? "

      Sim!

      Os produtos da Sony; Sound Forge, Vegas, e etc. são excelentes mas assim como os produtos da Adobe tem engines que exigem muita máquina.

      Quem não tem máquina top, ou usa versão antiga em máquina nova, ou vai passar raiva.

      MauricioBahia
      Moderador
      # 24/nov/17 13:00 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      O mundo é digital. Tá tudo codificado. Nossas latinhas, cheias de "coisinhas" soldadas dentro, serão peças de museu! As guitarras, como conhecemos hoje, também! #nostradamusCurtiu

      JJJ
      Veterano
      # 24/nov/17 15:40
      · votar


      Adler3x3

      Qual é a DAW top da MAGIX? (se é que existe)

      Adler3x3
      Veterano
      # 24/nov/17 15:49 · Editado por: Adler3x3
      · votar


      JJJ

      Olha até isto é difícil responder, mas até um tempo atrás acho que era Sequoia.

      http://www.magix.com/us/sequoia/

      Mas não tenho certeza, a Magix tem uma linha muito extensa de produtos na área da música, muito confusa.

      Eu entrei na Magix e comprei alguns produtos, mas depois sai fora, pois não tinha updates, tive e tenho algumas versões do Magix Music Maker, do Magix Studio, Magix não sei o que, do Samplitude alguma coisa, e sou sincero me perdi lá e perdi dinheiro.
      Pois todo o ano é uma nova versão (e isto prejudica a qualidade), e as últimas que tinha estavam tão cheias de bugs, que fui obrigado na marra a sair mesmo.
      Não recomendo nenhum produto da Magix.
      Não sai patch de correção o que sai é versão nova para pagar preço full.
      Eles tem até instrumentos virtuais muito bons, mas a integração e escada de subida das Daws deles é uma merda.
      O Suporte de lá é o pior possível.
      E li num outro fórum internacional já faz um bom tempo, que os direitos de uso sobre loops e alguns sons, depois tem que pagar a parte, se você usar comercialmente, isto é não são free royalties.

      Coitados do Soundforge e Acid e derivativos que estão lá.
      Agora para ferrar de vez o Sonar só falta a Magix comprar.

      Ouvi pessoas dizendo na linha Acid e Soudforge que o suporte melhorou depois da compra pela Magix, então é porque não existia suporte nenhum. A Sony também deixava muito a desejar no atendimento dos seus produtos.
      Cacilda!

      Synth-Men
      Veterano
      # 24/nov/17 16:10
      · votar


      JJJ

      Alguns que abrem plugins DirectX ou DirectXi

      ACID Pro (versão 3.0 ou posterior)
      Adobe Audition (Anteriormente Cool Edit 2000 e Cool Edit Pro 1.0, 2.0)
      FL Studio
      MAGIX Samplitude
      REAPER
      Sony Vegas [2]
      Forja sonora
      Steinberg Wavelab
      Steinberg Nuendo
      Steinberg Cubase
      OpenMPT


      O Reaper eu sei que é completão, relativamente leve. A licença é baratinha e tem cursos e cursos gratuitos ou pagos bem baratinhos também. O restante não conheço.

      JJJ
      Veterano
      # 24/nov/17 16:15 · Editado por: JJJ
      · votar


      Synth-Men

      Essa lista deve estar meio velha, cara... Que eu saiba, o Cubase não abre directX há muuuuuito tempo...

      Adler3x3

      É, cara, sou obrigado a concordar. Tenho uns dois ou três troços Magix aqui e a coisa é meio confusa (inclusive vem software "embeeded" junto que você nem sabe que tem... rs) e meio bugada mesmo... Desde que tenho, nada de updates (mas versão nova e sem desconto pra anterior, já pintou...).

      makumbator
      Veterano
      # 24/nov/17 16:20 · Editado por: makumbator
      · votar


      Synth-Men
      Cubase não abre directx desde o 4 ou o 5 (não lembro exatamente). Mesma coisa o Nuendo. Deve fazer“só”uns 10 anos que a Steinberg cortou o suporte a esse formato.

      JJJ

      Eu fui jogado na Magix com a venda do SF e Vegas pela Sony. Não tenho o que reclamar do suporte deles. No Vegas já houve alguns updates e um upgrade 13 para 14. Eu tive desconto no upgrade. No Sound Forge eles estão demorando pois vão fazer ele em 64 bits (coisa que a Sony prometeu e nunca fez). A Sony também não fazia muito update não.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Gibson acaba com a Cakewalk

      303.879 tópicos 7.863.283 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital