Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      gravação vintage, mundo analógico e fitas K7

      Autor Mensagem
      Slash_1989
      Veterano
      # abr/13 · Editado por: Slash_1989


      Bom, resolvi experimentar e queria finalizar uma musica gravando a midia final em K7!
      A ideia eh usar uma mesa pra mandar o LR pro aparelho de som via RCA e dar o rec!

      O problema é que (como todos os gravadores de fita k7 de hoje em dia), o meu esta quebrado!

      Alguem sabe de assistência técnica que arruma isso?
      Lugar onde posso comprar fitas?
      Ou qualquer informação importante/interessante sobre gravar em fita k7?

      p.s.: sou de São Paulo

      Alfa polar
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      Slash_1989

      Cara procura naquela feira de usados e antigos que tem perto da Theodoro Sampaio, não sei exatamente onde não sou de SP, mas lembro que passei por lá e vi coisas interessantes, com ctz você vai encontrar algum maluco fanático por fitas que faz esse tipo de manutenção, ou pelo menos descobrir algum que faz.
      Tem que ser algum amante de equipamentos antigos, ainda mais pq vc quer gravar com ele, fazer todos os ajustes finos precisamente.

      OldBlues
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      Mas não esquece de postar os resultados...

      Adler3x3
      Veterano
      # abr/13 · Editado por: Adler3x3
      · votar


      Slash_1989

      Eu já fiz isto no passado.
      No tempo do velho DOS, tocava arquivos no formato mod, originários dos computadores "Amiga", que tinha um som muito bom para a época.

      E conectava a saída da placa de som (uma soundblaster, umas das primeiras) nas entradas do cassete.
      E ficava bom, o pessoal que escutava até pedia para gravar mais, pois o estilo era do início da música eletrônica e fazia o maior sucesso.
      Tinha uma música chamada Guitarrous que tinha um som muito bom.
      Fazia isto pois ainda não existia cd para gravar.
      E assim gravava e escutava as músicas no som do carro.
      Naquela época não existiam muitos efeitos, mas tinha alguns que nem me lembro mais.
      Mas fica bom.
      Só tem cuidar dos volumes tanto da saída como da entrada para não distorcer.
      É mais recomendável usar fitas de cromo.

      Qualquer dia deste vou tentar fazer de novo.

      Slash_1989
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      Alfa polar
      achei lugares assim na santa ifigênia, parece legal! Comprei uma caixa com 10 fitas. Me espanta ainda existirem fitas K7 lacradas! Segundo a tiazinha da loja, ainda fabricam isso! Impressionante!

      Adler3x3
      é bem isso ai! soa lindo o procedimento! hehe. tem alguma dica pra acertar o volume? OU o jeito eh ir gravando até parar de distorcer?

      MetalJames
      Membro
      # abr/13
      · votar


      gostei da ideia

      Adler3x3
      Veterano
      # abr/13 · Editado por: Adler3x3
      · votar


      Slash_1989

      Tem que ir testando.
      E usar todos os recursos que o tape deck tiver.
      Mas como você vai usar uma nova tecnologia a dos efeitos das Daws ou editores de áudio, tem que tomar cuidado para não exagerar.
      Na época deu certo mas a música não tinha tantos efeitos assim.
      E era música puramente eletrônica, que normalmente se dá bem com a aplicação de efeitos.
      Já o tipo de música que você vai gravar pode ser diferente, não uma música puramente eletrônica, mas sim com instrumentos reais e sintetizadores e instrumentos virtuais de instrumentos que imitam instrumentos reais.
      Mas de qualquer forma vai ser uma experiência nova e pessoal de poder escutar um som diferente, mas não vai ir muito além disto, pois a partir do momento que você transportar esta gravação de volta para o mundo digital já vai ter um outro som.
      Não sei se o termo certo seria mesmo gravação vintage.
      Faz tempo que eu não vejo nas prateleiras das lojas fita k7 para vender.
      Num outro tópico acho que aqui no Cifra Club mesmo tinha um relato de fazer um teste de gravar em Videocassete (analógico com tecnologia mais recente, que pode ficar melhor), mas não sei qual foi o resultado.
      E também não imagino qual seria o resultado de fazer uma gambiarra tecnológica e gravar uma guitarra utilizando certo hardware mas plugando na entrada de gravação do aparelho cassete.
      De repente pode sair um som mais encorpado, que aí sim se realmente fica-se bom, num passo seguinte retornar ao digital para ver como fica no final. (e acabar usando o cassete com um tipo de filtro)

      Casper
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      Caro Slash_1989:

      Fico feliz em saber que não sou eu somente a fazer esse tipo de
      experiências. No mercado livre e no ebay encontra-se ainda lotes
      fechados. Mas se encontra ainda, também em algumas lojas.
      Eu já consegui comprar fita de rolo virgem de 1/4" por preço
      de banana, mas esse tipo ficou bem raro agora.

      Gravador K7 é muito menosprezado, é fácil encontrar aquele
      seu parente que possa doar um, funcionando, sem custo.
      Ou apelar para o mercado livre de novo...

      Boa sorte com suas gravações.

      MMI
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      Slash_1989

      Minha primeira reação ao ver isso é falar que não vale a pena. O que se fala (bem) daqueles gravadores de rolo antigos, do mito de "gravador analógico" tão bom, é o som quente deles que dá uma certa saturação. Mesmo assim a maioria dos estúdios que conheço aposentou os Studer sem dó, estão ali juntando pó como peça decorativa.

      Eu cheguei a gravar nesses aparelhos, ainda hoje você encontra alguns em bom estado... Já te adianto que você não terá ganho em qualidade nenhum, qualquer interface ridiculariza esses aparelhos. Aliás, recentemente joguei tudo fora, um monte de fitas K7, algumas sem uso e lacradas, inclusive uns aparelhos. Ainda tenho 2 em casa que funcionam para gravar e reproduzir, mas não tenho mais cassetes, uso a parte do CD. Como brincadeira, vá lá, mas mesmo assim é inútil.

      Luiz_RibeiroSP
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      A primeira gravação que minha galera fez foi assim, em 1996. um gravador Akai com compressor, uma mesa mackie de 16 canais e 4 microfones. Para a época ficou bom e lançamos fitas demo. Aprendi muito nessa época por causa de problemas de gravação, se gravar uma musica em dias diferentes o som muda, pegamos interferência da tela da televisão próxima a guitarra... mas hoje não vejo vantagem e usar isso. muito trabalho e sem qualidade.
      Respondendo a pergunta, na Rua dos Andradas você consegue informação a respeito de manutenção pois as varias lojas de usados de la ja tem seus técnicos.

      trendset
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      A má fama dos K7 decks, se deve pela baixissima qualidade dos aparelhos vendidos aqui, tipo CCE e Gradientes de sons modulares, mais um bom Sony, Akay, Kenwoond, Nakamichi e Techinics cumprirá bem o seu papel, nao será um som Limpo pois é midia magnética, logo temos a distorçao e o artrito com as cabeças magnéticas, mais o range de frequencias do K7, do Vinil é maior do que a do Cd e maior ainda do que a do MP3. Caso voce nao consiga um bom tape deck uma alternativa usada até pela galera do RPM nos anos 80 no album Radio Pirata é usar um Video Cassete para gravar, usando o Audio IN para captar o som. é melhor que o Audio K7, tanto que os Famosos ADAT usam fitas VHS e SVHS para gravar som. as midias de armazenamento mais seguras até hoje sao as magnéticas, os bancos usam fitas dat para gravar dados, e filme fotografico para Microfilmagens.

      Slash_1989
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      Adler3x3
      Acho que não entendi muito bem o que você quis dizer sobre o cuidado com os efeitos... Tendo um LR ja devidamente mixado e equilibrado, mandar pro tape iria alterar drasticamente?
      A princípio essa gravação nem tem tanta coisa: só voz e violão mesmo. adicionarei reverbs e basicamente só!

      Adler3x3
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      Slash_1989

      Acho me expressei mal.
      Simplesmente quis dizer que não devemos exagerar nos efeitos, mas isto vale para qualquer tipo de gravação.
      O importante é soar bem.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a gravação vintage, mundo analógico e fitas K7

      304.176 tópicos 7.869.032 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital