Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      mixando bateria VST

      Autor Mensagem
      Slash_1989
      Veterano
      # mar/12


      ola galera...

      tentei caprichar numa mix de uma bateria VST. Usei o superior drummer, com o pack metal foundry, os midis foram tirados do proprio programa, e a mix fiz no sonar.

      enfim, avaliem o uso de compressores, reverb e etc.... se esta bom, se parece real, ou ta muito digital. enfim!!

      http://www.4shared.com/mp3/MxpT4dWR/batera_nova_nova_3.html


      abraceira!

      Adler3x3
      Veterano
      # mar/12
      · votar


      Sinceramente não consigo gostar do som do superior drummer e derivados.
      Não tá legal.
      Fica com um som de plástico bem tipico de uma bateria digital.
      Por favor não se ofenda.
      Em um outro post aqui no fórum, usei a mesma expressão, e o cara ficou maluco, achando que eu estava depreciando o trabalho dele, quando na verdade só estava me referindo a bateria.
      Assim com você também procuro o som ideal de bateria.

      Uso o Drumcore 2 Free, e sem nenhuma configuração de compressores, reverb etc., se consegue um som bem melhor, com mais punch e claridade, que o Ezdrummer e outros.

      Slash_1989
      Veterano
      # mar/12
      · votar


      Adler3x3
      que isso cara! qualquer comentario eh construtivo!!
      quanto ao som de plastico, nao sei te dizer se eh bem do SD, pois usei equalizadores bem violentos em cada track, aumentei muito os agudos, e creio que isso tenha dado essa tal "plastificada" no som....

      vc teria algum sample desse programa que vc citou? gostaria de ouvir os timbres dele!

      abraços!

      salton
      Veterano
      # mar/12
      · votar


      Slash_1989
      Eu gostei do som da batera, acho que foi a caixa que "entregou o jogo", o segredo das bateras VST é prestar atenção nos velocity's das notas, tornando as transições mais naturais, ou seja, na hora do "flam" no tambor, a pegada do "baterista" vai aumentando progressivamente. Outro segredo é usar plugins de reverb e stereo "na moita", hehehe, e caprichar no panning das peças.
      Forte abraço!

      Adler3x3
      Gostei da dica, agora que meu Addictive não quer mais funcionar... não se assuste se você começar a ouvir timbres familiares aqui no FCC :D

      Adler3x3
      Veterano
      # mar/12
      · votar


      Slash_1989

      É difícil explicar esta tal plastificada, pois aprendi esta expressão aqui no fórum mesmo.
      O sentido é de artificialidade.

      Vou ver se coloco algo na internet para você ouvir.

      gege_correa
      Veterano
      # mar/12
      · votar


      Adler3x3
      Uso o Drumcore 2 Free

      Esse VSTI é muito legal, dá pra baixar a versão 3 free em http://www.sonomawireworks.com/drumcore/, é aproximadamente 1 GB. É um dos melhores VSTI de bateria FREE (free de verdade) que já testei.

      erico_barros
      Veterano
      # mar/12
      · votar


      Bixo, tambem to me aventurando nessa praia de tentar achar o som mais orgânico possível desses VST's. Num geral eu curti a mix, só não gostei nenhum pouco do caixa mesmo. Acho que você deve separar um bom tempo só pra tentar melhorar o som do caixa. Num geral, acho que tá faltando um pouco mais de grave, que pode ser resolvido com um equalizador.
      Eu aproveito aqui e deixo minha mix de uma batera que fiz no Addictive Drums versão 1.0, já que não consegui baixar os pacotes de expansões.
      Aqui o link da minha mix: http://www.4shared.com/mp3/Sm8c1R7Q/Batera_1_original_.html
      Ainda tô trabalhando, não consegui chegar ainda no ideal. Lembrando que to com a versão 1.0 que é bem limitada nos kits.

      Slash_1989
      Veterano
      # mar/12
      · votar


      salton
      Outro segredo é usar plugins de reverb e stereo "na moita"
      nao entendi isso ae nao cara, poderia explicar de novo por favor?

      gege_correa
      cara, na verdade acho esse lance de VST um saco! ha infinitos softs, e infitas opinioes diferentes! dessa forma acabamos pulando de programa em programa, e esquecemos de tirar o melhor do que nós temos!!

      erico_barros
      entao cara... qualquer pessoa que eh pedida pra avaliar um VST ja vai olhar com o olho torto, e ficar caçando motivos pra dizer que ta digital nisso, artificial naquilo. é logico que ta digital, é logico que ta artificial, não é uma bateria de verdade!!!
      quanto a sua mix, achei que faltou dar uma secada nos graves do bumbo. parece que vc usou um reverb stereo ali né? um mono daria mais agressividade. achei o chimbau bem fraco e sem presença (talvez a coisa mais artificial da mix inteira), e o pan ta muito centralizado...

      enfim! vamos compartilhar experiencias de mixs nesse topico, tentando tirar o melhor resultado que conseguirmos!! vlww

      strinbergshredder
      Veterano
      # mar/12
      · votar


      Slash_1989
      aí cara, gostei da tua mix..

      pra mim, tá bem real isso aí; apenas o hi-hat que tá bem estranho, e a caixa tá meio aguda demais, na minha opinião...

      mas tá muito boa sim cara!!

      enfim! vamos compartilhar experiencias de mixs nesse topico, tentando tirar o melhor resultado que conseguirmos!! vlww

      podes crer cara; essa é a idéia!!
      a propósito, não sei se vcs conhecem a banda Slayer; mais precisamente a musica Threshold...

      estou gravando um cover collab dessa musica com uns amigos daqui do FCC e fiz a drumtrack no Addictive Drums Versão 1.5.2, com o ADPak Metal...

      vejam o que acham: http://soundcloud.com/strinbergshredder/threshold-drumtrack

      Slash_1989
      Veterano
      # mar/12
      · votar


      strinbergshredder
      pra mim isso ai ta ruim, cara!!! acho que vc usou tudo com o mesmo velocty neh? pegou o midi do guitar pro e correu pra mim??? edita no piano roll, peça por peça, nota por nota, aumentando e reduzindo as dinamicas: quando vc bate uma vez na caixa, vc bate forte, mas a segunda batida eh mais fraca, e isso vc tem que ajeitar na mao. (exatao, da todo esse trabalho que vc ta imaginando), mas se nao for assim, vai ficar essa coisa absurdamente mecanica!

      quanto ao timbre, nao me parece ruim, mas ta dificil avaliar por causa dos velocity mesmo!

      ---------------------------------------------------------------------- --------------------------------

      tava fazendo uma outra mixagem aqui e percebi que todo o grave que tirei deixou a bateria com um carater muito mais artificial. o segredo entao estaria em saber dosar a quantidade certa de graves. ainda to tentando fazer isso track por track, quando tiver um resultado melhor, posto aqui!

      Homem Cueca
      Veterano
      # mar/12
      · votar


      O grande lance não é o VST em si e sim os Velocitys e timming de cada nota. O que deixa essa sensação de artificial é justamente os timmings e velocitys todos "quadrados". Tudo muito certinho...

      Ver um batera tocando com bateria eletronica legal em um Superior Drummer ou Addictive Drums é do caralho. Fica muito próximo de uma batera de verdade em uma mix...pra pré-produções e até mesmo algumas produções finais (dependendo do nível da coisa, claro) é legal gravar com uma batera eletronica e jogar um VSTi.

      strinbergshredder
      Veterano
      # mar/12
      · votar


      Slash_1989
      kkkkk
      valeu pela sinceridade cara; a parada é que eu nunca tinha mexido com VSTIs de batera e tal; foi como vc disse: simplesmente peguei o MIDI do guitar pro e apliquei o AD em cima....

      sobre o editar nota por nota, imagino a trabalheira que deve dar mesmo...
      a parada é que eu nunca fiz isso, logo, não faço a minima ideia de como ajustar dinâmica e tal....

      vou ver se dou uma fuçada nesse lance aí...

      Hard_Guitar
      Veterano
      # mar/12
      · votar


      Ficou soando um pouco artificial sim, mas porque faltou dinâmica na pegada. Como já disseram aqui, com o velocity das notas na pista MIDI você consegue dar mais realismo, mas não esqueça de reduzir a compressão, senão vai continuar soando tudo sem dinâmica.
      Aliás, aqui no fórum já vi bastante gente a favor do "compressor em tudo", principalmente em pista de bateria. Mas sinceramente eu acho que isso mata a dinâmica.

      Estou gravando o CD da Sirk (banda que sou vocal e guitarra) usando VST de bateria em tudo, e o resultado está ficando muito melhor do que quanto tentamos gravar em estúdio. Quem quiser ouvir, as músicas estão aqui: http://palcomp3.com/sirk/

      strinbergshredder
      Veterano
      # mar/12
      · votar


      Hard_Guitar
      entendi cara....

      já dei uma fuçada aqui, e vi que dá pra mexer bastante...

      agora é ir mexendo bastante aos poucos e ver se melhora...

      erico_barros
      Veterano
      # mar/12
      · votar


      Fala galera, to voltando aqui pq acredito que eu melhorei muito a mix da minha bateria. Gostaria que vocês avaliassem a mix: http://www.4shared.com/mp3/U05od6bo/BATERIA_MIXADA.html

      Lembrando galera que não tô usando nenhum pack adicional no Addictive Drums, só a versão 1.0 que é bem limitada.

      far
      Veterano
      # mar/12
      · votar


      C sabe q num ficou ruim não! Posso pitacar ? Talvez vc tenha pecado no panorama.... nas frequências e o compress, tb concordo com todos sobre o velocity ! Agora não concordo que o Ezdrummer é tão inferior assim... Uma coisa sou eu usar um loop do vst , outra coisa é construir um loop, usando um controlador mid, usando o vst, mas.....? Caramba pitaquei demais.. he he he ! Quer ver uma coisa, normalmente a caixa, fica no centro, então PAN no meio e a esteira, onde será? Lembre-se, a esteira está embaixo; o mic q capta a mesma está em fase oposta ao de cima da pele, então deve-se inverter a fase? Nos tons tem-se uma ressonância danada e por aí vai.... Reveja a parte das frequências em toda a batera. Se vc tá começando assim como eu, busque se apoiar num Analisador de Espectro das frequências de cada instrumento, daí então vc não irá comprimir frequências indesejadas. Use os filtros Low/high e td mais. Agora, na minha Grotesca opinião, compressor não tira a dinâmica coisa nenhuma, por exemplo um T-racks da vida, onde vc pode usar uma compressão paralela fudida, será que perde dinâmica? Até os da Waves e Isotope Ozone. Tem gente q grava as coisas num quartim de nada e surpreende muitos produtores. Já ouvi muito produtor famoso dizer isso! Descurpa a minha grotesca ignorância! Enfim só mais uma opinião ! Um abraço !

      erico_barros
      Veterano
      # mar/12
      · votar


      Muito bom o comentário. Sobre o uso de compressores, eu ultimamente tenho usado em tudo que eu gravo e acho que o uso deles não muito exageradamente é que dá o efeito desejado. Minhas mixagens tem melhorado muito com o uso de compressores, a questão é saber usar e dosar na quantidade correta. Nessa mix da bateria aí eu coloquei compressor em todas as peças, alem de um reverb de leve no caixa pra dar aquele brilho. O que me têm dado bastante trabalho é justamente esse caixa que ainda não cheguei no ideal, mas já estou gostando bastante do resultado. Até regravei uma música da minha antiga banda aqui e curti muito o resultado da bateria numa mix completa, ficou bem melhor que a gravação original que foi feita num estúdio bom e caro.

      OverZakk
      Veterano
      # out/12
      · votar


      Aproveitar o tópico do amigo e postar aqui como esta atualmente a mixagem da bateria da musica que estou gravando:

      Enter Sandman

      http://soundcloud.com/fernando-miranda-costa/enter-sadman-bateriamix

      Avaliem ai por favor!

      Adler3x3
      Veterano
      # out/12
      · votar


      OverZakk

      Até imagino o software que você esta usando.
      É muito difícil mixar e gravar bateria em VST.
      O som tá razoável, e você esta conseguindo tirar leite de pedra.
      Dá para melhorar.

      OverZakk
      Veterano
      # out/12
      · votar


      Adler3x3

      Eu tava escutando aqui e senti um pouco de falta de graves, eu devo refazer a bateria do inicio ou adicionar graves na mix?

      .omni
      Veterano
      # out/12
      · votar


      É muito difícil mixar e gravar bateria em VST.

      Difícil é mixar bateria de verdade.
      No VSTi já vem tudo bonitinho em fase e com o som totalmente processado.
      Minha dica é: use a MENOR quantidade de plugins possível. Pense 6 vezes antes de comprimir alguma coisa.
      Se você nao gostar do som de alguma coisa, mude a peça no VSTi.

      Agora, o reverb é algo a parte, muito difícil de usar e escolher o reverb certo. Mas mixar só a bateria não adianta muita coisa sem ouvir os outros instrumentos, senão a bateria vai ficar do tamanho da mix e nao vai caber mais nada.
      Abraço

      OverZakk
      Veterano
      # out/12
      · votar


      Cara com a bateria eu fiz o seguinte timbrei como queria no vst e renderizei para mixar, acho melhor trabalhar assim, dai uso plugins externos ao invés dos efeitos do vst!

      .omni
      Veterano
      # out/12
      · votar


      OverZakk
      Sim, mas o que isso tem a ver com o que eu disse?

      Adler3x3
      Veterano
      # out/12
      · votar


      OverZakk

      Senti falta de peso.
      Quais os softwares que você usa?
      Escutar a bateria sozinha faz parte do processo.
      Mas depois tem que escutar junto com outros instrumentos, a começar com o baixo para analisar se existem problemas de ocupação do espaço sonoro.
      Na montagem e mixagem de bateria estou passando uma fase de reaprendizado.

      Adler3x3
      Veterano
      # out/12
      · votar


      .omni

      Na verdade me expressei mal.
      Faltou incluir na frase a edição midi.

      OverZakk
      Veterano
      # out/12
      · votar


      Adler3x3

      Estou usando o Addictive Drums no reaper, e a série de mixagem Modern da Antress dentre outros plugins.

      .omni
      A edição midi ta ok, o problema e a mixagem mesmo, é melhor fazer com o arquivo renderizado ou ainda em midi?

      .omni
      Veterano
      # out/12
      · votar


      OverZakk

      Tanto faz.
      Acho que é melhor sempre trabalhar com áudio, mas como eu disse, você não precisa muito de plugins pra mixar o que já vem totalmente processado dos samples dos VSTis.
      Vai por mim, quanto mais plugin você pendura, menos som vem.
      O negócio é achar os reverbs, só. Não equalize, não comprima. Ache as peças certas no Addictive e só. O som vai ficar melhor.

      Adler3x3
      Veterano
      # out/12
      · votar


      .omni

      Tenho uma dúvida?
      O que você comentou:
      senão a bateria vai ficar do tamanho da mix e nao vai caber mais nada.

      Então neste caso mixando a bateria isoladamente estamos neste processo ocupando um espaço sonoro maior do que a bateria deveria ter.
      E depois com a inclusão de outros instrumentos vai ocorrer o choque de frequências em que um instrumento ocupa o espaço do outro?

      OverZakk
      Veterano
      # out/12
      · votar


      .omni
      OK hoje a noite vou fazer isso e postar aqui, eu particularmente gostaria que a bateria ficasse com mais punch, e tipo, os ton tons e surdos sempre ficam com muita ressonância, faz BUUUUUUUMMMMMmMMMmmmmMMMmmmmm que eu não gosto, como tirar isso?

      OverZakk
      Veterano
      # out/12
      · votar


      Tenho outra duvida, quando estou trabalhando com o midi, vamos dizer que eu prefira fazer tudo com o midi e não renderizar, eu crio uma pista para cada peça do kit ou uso uma unica pista?

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a mixando bateria VST

      304.171 tópicos 7.868.858 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital