Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Masterização nos dias atuais e a "loudness war"

      Autor Mensagem
      makumbator
      Veterano
      # 21/mai/17 19:36 · Editado por: makumbator
      · votar


      PguitarMaxx
      o único empecilho é um erro no final, algo que acontece com qualquer cantor... Eu considero um take perfeito, principalmente se o cara ta pagando por hora.

      Não estou dizendo que não se possa usar um take assim após consertar uma pequena falha, mas não dá pra dizer que ele foi perfeito (se fosse perfeito não haveria uma pequena desafinação).

      Não importa se está pagando por hora ou não, ou mesmo se for de graça. Um take perfeito não tem semitonada.

      Já acompanhei dezenas de gravações pagas com cantores, e em alguns casos que os caras eram realmente bons havia takes realmente perfeitos (com atitude, tecnicamente bons, no tempo, no tom, com a letra correta, sem barulhos indesejáveis, etc...). Tem um cantor em particular com quem trabalhei que não precisava de correção de afinação ou tempo em nada do que ele gravava. Quase tudo ficava bom no primeiro ou segundo take. Esse era um cara que fazia tomada perfeita.

      PguitarMaxx
      Veterano
      # 21/mai/17 20:27 · Editado por: PguitarMaxx
      · votar


      makumbator
      Perfeito é força de expressão, até por que, se fosse o caso eu não estaria criticando as correções excessivas. Se você pega pra ouvir as coisas mais antigas dos Allman Brothers, não é dificil você encontrar alguns probleminhas de afinação, ou mesmo de tempo. No entanto o que os caras fizeram ali é perfeito (de novo). Lynyrd Skynyrd... e por ai vai.


      Warren Haynes mesmo tem gravações onde ele não acertou o tempo com perfeição, ou soou fora em determinado momento. Quero ver quem diz que o cara não é realmente bom hehe

      Eu sou à favor de deixar as pequenas imperfeições, acho que até agrega em determinados casos. Agora se é algo grande, nem corrige. Manda voltar o take ou voltar outro dia que o cara estiver melhor. Vai que o cara não tá em um bom dia...

      makumbator
      Veterano
      # 21/mai/17 21:18
      · votar


      PguitarMaxx
      Perfeito é força de expressão

      Então o problema é só esse. Eu uso o termo apenas pra algo que considero realmente perfeito, e você nesse caso está usando o termo para algo quase perfeito, ou perfeito de acordo com a proposta pedida (e se a proposta pedir pequenos erros o take vai estar perfeito naquele ideal desejado).

      Warren Haynes mesmo tem gravações onde ele não acertou o tempo com perfeição, ou soou fora em determinado momento. Quero ver quem diz que o cara não é realmente bom hehe

      Mas não digo que fulano seja ou não bom por causa disso. Apenas digo que determinado take dele pode não ter sido perfeito se não foi perfeito. Sacou? Se o próprio cara acha que saiu um pouco então não foi perfeito (mas não vou mandar matar ele por conta disso).

      PguitarMaxx
      Veterano
      # 21/mai/17 21:43
      · votar


      makumbator
      Eu uso o termo apenas pra algo que considero realmente perfeito, e você nesse caso está usando o termo para algo quase perfeito

      Sim. Do ponto de vista técnico.

      basstreble
      Veterano
      # 21/mai/17 22:00
      · votar


      Ismah
      É algo não incomum limpar a linha vocal cortando as respirações. É meio estranho, mas fica só a linha melódica, e acabamos caindo no quesito "gosto"... Eu deixo, é parte do instrumento "voz" essa sujeita.

      Com toda certeza, faz parte e uma diferença enorme ao meu ver, Ismah!!Gosto de sentir a respiração do cantor na interpretação musical, como o microfone é condensador voçe percebe cada nuance da voz. Porém tem alguns que dão uma respirada (imagino eu devido ao take) bem rápida entre cada frase isso também é estranho, fica sem aquele "sentimento" !!

      basstreble
      Veterano
      # 21/mai/17 22:09 · Editado por: basstreble
      · votar


      PguitarMaxx
      No caso dos sertanejos, os caras soam igual por que é tendência, né. É o que é comercial. Outro dia vi a Wanessa Camargo cantando em um desses programas de televisão, a mulher que outro dia se inspirava na Mariah Carey mal e porcamente, hoje em dia tá muito mais pro lado dessas cantoras tipo maiara e maraisa (pra mim continua ruim). Até o Leonardo teve que dar uma reciclada.

      Ismah
      Hum não, na verdade isso não é culpa da correção de afinação, é que realmente se tem pencas de cantores com voz igual, e processamento igual. Basta olhar pro nosso dito sertanejo, onde se não estiver escrito o nome da dupla, tu não sabe quem é porque a voz é igual...

      Com toda certeza, caros amigos do fórum!!Sei até que duplas vocês pensaram aí kk!!Gosto de música sertaneja, não a de raiz mas a romântica, mas as duplas de hoje e até as antigas estão extrapolando no linguajar e no excesso de "empurrõezinhos tecnológicos". Querido PguitarMaxxnão ouço Wanessa mas curto o trabalho do pai dela, ele também (igual o Leonardo) deu uma mudada na coisa kk!!Boa noite!!

      Ismah
      Veterano
      # 22/mai/17 00:30
      · votar


      PguitarMaxx

      Geralmente se regrava só o trecho de novo e se compara, geralmente a afinação é corrigida, mas a interpretação/feeling já era.
      Aí realmente se opta pelo desafinado, e uso um recurso digital, aliás é esse o propósito do corretor.

      Se o cara tá pagando, é que não deve passar um errinho mesmo. E se para a maioria das gravações de música comercial, onde a interpretação não conta muito, por bem menos que uma semitonada, não porque ela não aparece, mas porque ela já se tornou irrelevante mediante a baixa capacidade/qualidade do artista...

      Só um exemplo do tamanho da merda que é, principalmente no mundo pop, onde se criam máquinas de fazer dinheiro, sob a alcunha de "artistas"...
      www.youtube.com/watch?v=9878lHKYqT8

      Vão me apedrejar novamente, mas gravar qualquer banda de sucesso da cena rock em geral, deve ter sido algo mais ou menos assim...

      basstreble
      tem alguns que dão uma respirada (imagino eu devido ao take) bem rápida entre cada frase isso também é estranho

      Isso é falta de técnica do cantor. Lembra da Paula Fernandes e do Andrea Boccelli? Então, repare como ele é suave, até pra respirar, e ela até por estar deslocada, é áspera, desafinada, com respiração forte.

      Ser afinado e ter tempo é a parte fácil de cantar, mas não é só isso... Existe muita coisa além do óbvio.

      Sei até que duplas vocês pensaram aí

      Me exclua da lista. Eu não pensei em ninguém em específico, porque a tendência é no gênero, como o country tem tendência a prezar por vozes com tessituras graves, mas sem exageros e heavy metal atual, por vozes de tessitura aguda, quase sempre líricas...

      PguitarMaxx
      Veterano
      # 22/mai/17 13:33
      · votar


      basstreble
      Não sou expert em canto, mas ao que me parece, o pai dela teve um problema muito sério na voz. Acredito que ou ele mudava ou parava de vez.

      Ismah
      Entendo o que você diz e concordo, mas não podemos esquecer que até na cena pop você é capaz de usar interpretação e feeling e ainda ser comercial. Artistas realmente bons no cenário tem feito muito isso. Mariah Carey, Christina Aguilera, Justin Timberlake... Até essa Ariana Grande.


      Vão me apedrejar novamente, mas gravar qualquer banda de sucesso da cena rock em geral, deve ter sido algo mais ou menos assim...

      Olha, eu não sei os outros, mas eu sempre achei exatamente isso. A diferença é que os caras(essas bandas de rock) tinham algo a oferecer, então eu particularmente deixaria passar.

      E não é que estilo A é melhor que B, isso não existe. Mas existem pessoas talentosas e outras não, basta assistir a esse video.

      basstreble
      Veterano
      # 23/mai/17 00:01
      · votar


      PguitarMaxx
      PguitarMaxx
      Não sou expert em canto, mas ao que me parece, o pai dela teve um problema muito sério na voz. Acredito que ou ele mudava ou parava de vez.

      Sim, teve um problema gravíssimo!!Uns dizem que foi fendas nas cordas vocais provocadas por nódulos!!Mas o próprio Zezé disse que foi um cansaço vocal!!Na verdade em todos as performances dele, mesmo no estúdio e antes do problema, percebe-se que ele se esforça muito e já havia uma certa falha que faz parte da interpretação dele. Isso não era problema, mas o bicho começou a pegar em 2004, quando em vez de pequenas falhas a voz dele ficou rouca e sem "querer sair"!!

      basstreble
      Veterano
      # 23/mai/17 00:07
      · votar


      Ismah
      Isso é falta de técnica do cantor. Lembra da Paula Fernandes e do Andrea Boccelli? Então, repare como ele é suave, até pra respirar, e ela até por estar deslocada, é áspera, desafinada, com respiração forte.

      Sim!!É uma "tomada de ar" brusca que acaba atrapalhando!!Tem cantor que você percebe a suavidade da respiração e as vezes até um vibrar do ar entre os lábios e na garganta, acho lindo isso!!Interpretação de ser humano durante uma música, também!!Como já disse não sou contra as correções do estúdio, mas não podemos exagerar kk!!

      basstreble
      Veterano
      # 23/mai/17 00:11
      · votar


      PguitarMaxx
      PguitarMaxx
      Dando continuidade a resposta: alguns dizem que foi falta de técnica, que ele próprio estragou a própria voz!!Eu não diria isso, e além do mais ele canta relativamente bem e antes do problema cantava melhor ainda: a voz era mais nova e não tinha chegado ao ponto que chegou!!

      Ismah
      Veterano
      # 23/mai/17 01:30
      · votar


      PguitarMaxx
      não podemos esquecer que até na cena pop você é capaz de usar interpretação e feeling e ainda ser comercial

      Poder, pode, mas não é primordial como no Jazz. Eu ouvi um som muito legal esse final de semana, onde a música toda a linha vocal é numa nota só, e um vocoder que "transpõe". Vou tentar achar!

      tinham algo a oferecer, então eu particularmente deixaria passar

      Ainda está pensando artisticamente e não tecnicamente. Não importa se é um cantor lírico, ou o cara da pamonha querendo gravar um anúncio novo... Tem gente que sabe gravar, sabe se portar em estúdio, sabe como tocar em estúdio, e como usar um mic... Tem músico velho que não sabe usar um mic, e se der azar ainda culpa nós, técnicos...
      Não é condenável exigir d'alguém que nunca pisou num estúdio, que saiba como. Ninguém nasce sabendo! É condenável desinformação misturada com arrogância... Eu já ouvi muito " eu sei cantar, não preciso de alguém me ensinando ". Como já invadi palco, tomei o mic do canário, e disse que estava encerrado o show. Motivo: canário estava girando o MEU mic (Shure Beta58) pelo cabo, depois de avisado, precisei tomar medidas drásticas. ;)

      Para o Mc do vídeo, como para "roquista" de antes da era da internet, o acesso a informação de como se portar em estúdio, como tocar corretamente etc, não existia.
      Provavelmente os famosos "roquistas" de hoje, foram os caras que ouviram o que o produtor/es tinham a dizer, diferente do Mc no vídeo, que com certeza não vai a lugar nenhum desse jeito. E pode apostar, que boa parte dos músicos da época - ainda mais os com certa fama, tinham o ego tão inflado quanto ele!

      Todavia, se endeusa mui alguns grandes astros da música mundial, quando eles técnicamente são pobres. Eu não curto nenhum som da Amy Winehouse, mas já ouvi várias e várias vezes a discografia dela, porque ela é grandiosíssima técnicamente. Ainda que eu não goste, ela é uma referência excelente de boa cantora.

      basstreble
      PguitarMaxx
      Não sou expert em canto, mas ao que me parece, o pai dela teve um problema muito sério na voz. Acredito que ou ele mudava ou parava de vez.

      Também não sou cantor, mas nasci no meio deles... Algumas coisas:

      - Pessoas são diferentes, tem gente que naturalmente é muito musculosa. Não é exceção para os músculos que articulam a voz. Bruno (do duo Bruno e Marrone) é um dos caras com uma das vozes mais potentes (em volume) que conheço. Até falando parece que está gritando... Zezé não era o caso.

      - Zezé é um artista de um tempo, onde se costumava dar tudo de si no estúdio. Assim como ele, John Francis " Jon Bon Jovi " Bongiovi Jr, Tarja Turunen e William Bruce " Axl " Rose Jr são só 3 exemplos de artistas internacionais da mesma época mais ou menos, que levaram sua voz ao extremo em estúdio. Isso na estrada não funciona, não é viável preservar a saúde vocal por muito tempo, indo "toda noite" ao extremo.

      - Na biografia do Nighwish, a Tarja conta que um trecho de uma música, ela não conseguia cantar nem em estúdio, tanto que é uma das poucas canções da banda que NUNCA foram tocadas ao vivo - ao menos até que a Tarja estava nos vocais, acho que agora a Floor Jensen tem alcance para cantar.
      Todos os demais tem transposto as músicas onde a voz é forçada demais ou até deixado de cantá-las. Zezé nunca pediu arrego, nem baixou tom.

      - Zezé como Axl, usaram muito drive ao longo da carreira. Nenhum dos dois teve estudos profundos para fazer isso da melhor forma. O que levou os dois a perderem a voz. Conseguiram se recuperar um pouco, mas se não maneirar, e se educar, vão perder de novo. Os anos passam, e uma hora a voz não volta mais.

      - Zezé tem uma certa inclinação para a bebida, no contexto da época, não é surpresa que tenha fumado... Axl, Bon Jovi idem. Logo, não cuidou nada da voz...

      - Cantar bem significa ser afinado, no tempo. Cantar com técnica é outro papo. Chrystian e Ralf cantam alto pra burro, bem mais que Zezé, sendo homens eles devem estar com tessitura de uma contralta já! Ensaiam diariamente 4~5 horas segundo eles mesmo, a muitos e muitos anos. Não são de berço pobre, estudaram muito, e fizeram fama depois. Zezé não teve os alicerces do duo, mas quando fez fama, não se interessou.

      A Tarja é uma cantora lírica, teve como base séculos e séculos de pessoas que na tentativa e erro acharam a melhor forma de cantar, não usa drive etc... É alguém que deve cantar como em 1996 daqui a 20 anos, se viva.

      Mesmo caso é o do J D Sumner, talvez a pessoa com a voz mais grave que já existiu. Elvis usava ele como backing vocal, e dublado por ele muitas vezes. O cara cantava igual sempre, independente do ano da gravação...
      Aliás, Elvis é outro que deu tudo de si em estúdio, e isso era reproduzível ao vivo, como não tinha auto-tune, eles deram um jeito. Principalmente com a agravamento de seu câncer.

      PguitarMaxx
      Veterano
      # 23/mai/17 16:41 · Editado por: PguitarMaxx
      · votar


      basstreble
      Ismah
      Não me lembro do zezé usando drive (faz muito tempo que não ouço, mas aquilo me parece próprio da textura da voz dele). Eu não queria dar muito palpite em relação a isso, pois por não ter um estudo de canto provavelmente vou falar merda. Mas também cresci rodeado de instrumentistas e cantores. O que eu já ouvi dizer é que ele não cuidou da voz dele com o passar dos anos, Já ouvi inclusive que cantores com vozes tão altas precisam ter um cuidado extra com a voz, mas não sei até onde isso é verdade.

      NOVAMENTE: Não estou qualificado pra falar sobre o assunto, estou só no achismo. Não me apedrejem

      OBS: Zezé de fato teve problemas nas cordas vocais, teve que inclusive fazer uma cirurgia, mas não sei detalhes. O que eu me lembro é que foi um cisto.

      Ismah
      De fato, afinal é arte hehe. Mas de boa, se portar em frente a um mic não é pra qualquer um, e por mais que você ajude o cara, certas coisas só vão vir com experiência. O problema é porraloquice de músico metido a estrela.

      Mas o mesmo acontece com produtores. O cara pega um Stevie Wonder da vida que é um monstro dentro do estúdio e em cima dos palcos e vai querer ensinar o B A Bá pro cara... Vai acabar ouvindo um bocado e merecidamente. O ideal é que haja harmonia entre todas as partes envolvidas, sem um querer ser maior que o outro, de modo que todos falem e todos ouçam.

      Eu sou fã da Amy hehe

      basstreble
      Veterano
      # 23/mai/17 22:12 · Editado por: basstreble
      · votar


      Ismah
      - Zezé é um artista de um tempo, onde se costumava dar tudo de si no estúdio. Assim como ele, John Francis " Jon Bon Jovi " Bongiovi Jr, Tarja Turunen e William Bruce " Axl " Rose Jr são só 3 exemplos de artistas internacionais da mesma época mais ou menos, que levaram sua voz ao extremo em estúdio. Isso na estrada não funciona, não é viável preservar a saúde vocal por muito tempo, indo "toda noite" ao extremo.

      Todos os demais tem transposto as músicas onde a voz é forçada demais ou até deixado de cantá-las. Zezé nunca pediu arrego, nem baixou tom.

      Não lembro mas acho que com o problema vocal que teve Jon diminuiu meio tom ou um tom do que cantava antes, e não canta mais com o tal gutural(não sei se é esse o termo correto, mas ele cantava com um pequeno arranhado e em alguns trechos ele dava um mais forte, tipo grito). Sei que ele ainda arriscava no estúdio em dar aqueles "gritos", ao vivo ele tentava e tenta evitar!!Aline Barros também teve que cantar "abaixo do tom original" das músicas devido a cistos ou nódulos nas cordas vocais!!Zezé ,apesar disso, ainda canta na tonalidade de antes!!Mesmo gostando do trabalho dele tenho que concordar que mesmo no estúdio da pra perceber que a voz dele ficou rouca!!

      basstreble
      Veterano
      # 23/mai/17 22:23 · Editado por: basstreble
      · votar


      PguitarMaxx
      PguitarMaxx
      Não me lembro do zezé usando drive (faz muito tempo que não ouço, mas aquilo me parece próprio da textura da voz dele). Eu não queria dar muito palpite em relação a isso, pois por não ter um estudo de canto provavelmente vou falar merda. Mas também cresci rodeado de instrumentistas e cantores. O que eu já ouvi dizer é que ele não cuidou da voz dele com o passar dos anos, Já ouvi inclusive que cantores com vozes tão altas precisam ter um cuidado extra com a voz, mas não sei até onde isso é verdade.

      OBS: Zezé de fato teve problemas nas cordas vocais, teve que inclusive fazer uma cirurgia, mas não sei detalhes. O que eu me lembro é que foi um cisto.

      Na época surgiu um boato de que essa cirurgia seria pra colocar umas "cordas vocais extras", quase ri quando ouvi isso kk. Se tivesse sido isso a voz ficaria completamente diferente da natural, e da pra perceber que a voz do Zezé é a mesma só que mais velha e rouca!!Já li uma matéria de um cara que precisou sofrer uma cirurgia em que os médicos colocaram partes da laringe de outra pessoa nele ( essa pessoa tinha morrido, claro kk) portanto a voz de outro cara, resultado: a voz não era de nenhum dos dois, ficou estranha. Não era natural, ele sabia que não era a dele e também ficou diferente "voz do dono". Não sei se a matéria é verdade, mas vale kk!!

      PguitarMaxx
      Veterano
      # 23/mai/17 23:01
      · votar


      basstreble
      Olha, conversando com uns amigos aqui, o que parece que ocorreu é que o cisto que ele tinha se rompeu, forçando um procedimento muito delicado.

      Mas de qualquer forma o cara ta ai né, pelo menos isso não tirou ele dos palcos

      basstreble
      Veterano
      # 23/mai/17 23:10 · Editado por: basstreble
      · votar


      PguitarMaxx
      Mas de qualquer forma o cara ta ai né, pelo menos isso não tirou ele dos palcos

      É verdade!!Deve ser uma barra um cantor passar por uma coisa dessa!!Tem uns que colocam muito sangue, cara!Daniel Dial, ex Calcinha Preta, também passou por isso!!O cisto rompeu e ele achou que não ia mais cantar de forma nenhuma, ele mesmo diz que foi curado por Deus!!Uma vez vi um vídeo do vocalista do Aerosmith,Steven Tyler, realizando um procedimento médico de diminuição dos vasos sanguíneos internos da laringe pois de tanto esforçar estavam aumentando de tamanho!

      Ismah
      Veterano
      # 24/mai/17 00:30
      · votar


      PguitarMaxx
      Não estou qualificado pra falar sobre o assunto, estou só no achismo.

      Eu até tenho uma base, pois a família é ligada ao canto mais erudito, em coral etc... Mas estamos dissertando sobre o pouco que sabemos...

      basstreble

      Sim, o Bon Jovi reduziu os tons, aliás acho que estão até afinando meio ou um tom abaixo, e em uma freq mais baixa que 440Hz. Axl também trocou os tons de algumas músicas, mas não todas, e se não parar com o drive vai também ter problemas de novo. Dizem más línguas que ele andou tomando umas mijadas no ACDC pra se cuidar mais, nada oficial, mas... Zezé não, está no tom original, e o problema vai voltar em alguns anos por isso.

      li uma matéria de um cara que precisou sofrer uma cirurgia em que os médicos colocaram partes da laringe de outra pessoa nele

      http://mundoestranho.abril.com.br/cultura/o-que-e-a-navalha-de-occam/

      basstreble
      Veterano
      # 24/mai/17 00:48
      · votar


      Ismah
      Sim, o Bon Jovi reduziu os tons, aliás acho que estão até afinando meio ou um tom abaixo, e em uma freq mais baixa que 440Hz. Axl também trocou os tons de algumas músicas, mas não todas, e se não parar com o drive vai também ter problemas de novo. Dizem más línguas que ele andou tomando umas mijadas no ACDC pra se cuidar mais, nada oficial, mas... Zezé não, está no tom original, e o problema vai voltar em alguns anos por isso.

      É certo que Zezé continua se esforçando demais, mas umas das características dele é isso mesmo!!Lembro que no dvd ao vivo na estrada ele quase não consegue cantar as músicas!!Vejo alguns vídeos dele cantando ao vivo e acho também que deveria "maneirar" um pouco!No caso de Jon também acho que esse "efeito"que ele faz na voz foi a principal causa, mas ele ainda consegue cantar "Always" no tom original se esforçando muito!!

      basstreble
      Veterano
      # 24/mai/17 01:00 · Editado por: basstreble
      · votar


      Ismah
      Procurando notícias aqui sobre cantores, tem uns sites dizendo que Jon está enfrentando problemas vocais novamente!!Acho a voz de Jon muito bonita, embora em algumas músicas ele tenha usado ela pra falar no S#@5, no bicho ruim e blasfemar contra Deus ( isso é meio irônico, pois os músicos foram feitos por Deus e pra Deus). Lembro que quando ouvi Always e outras menos "doideiras" quis ouvir outros trabalhos dele por causa do timbre dele e da beleza de algumas músicas ( que não falem em capiroto kk).

      Ismah
      Veterano
      # 24/mai/17 02:11
      · votar


      embora em algumas músicas ele tenha usado ela pra falar no S#@5, no bicho ruim e blasfemar contra Deus ( isso é meio irônico, pois os músicos foram feitos por Deus e pra Deus)

      Respeito sua religião e sua pessoa, mas não se respeitam ideias, elas podem ser combatidas livremente. Então favor vamos manter imparcialidade religiosa...
      Deus e diabo, ou ao que deduzo no seu caso Javé e Lúcifer, são concepções de sua fé, talvez não da minha. E aliás, sexo é um tema bem recorrente na Bíblia

      Aqui falamos de música, religião no máximo no OT, e ainda lá terá de respeitar minha decisão de crer em qualquer coisa. Espero ter sido claro.

      No caso de Jon também acho que esse "efeito"que ele faz na voz foi a principal causa, mas ele ainda consegue cantar "Always" no tom original se esforçando muito!

      Always não é a mais alta, Living on a prayer, do primeiro álbum Slippery when wet (1986), já é bastante alta na parte do refrão. E no terceira refrão ela sobe 1 tom e meio ainda. Bed of roses (Keep the faith, 1992), também tem umas subidas tenebrosas...
      Devem haver outras, até mais altas talvez, sei que nos primeiros 10~12 anos depois do boom de Slippery when wet, tinham passagens muito agudas em várias músicas. Dos anteriores não sei falar.
      Mas era a tendência do fim de 80 pra começo de 90, todos os vocais mainstream eram muito agudos, não dá para condenar, mas os caras estão pagando o preço disso. Bem poucos conseguiram fama nessa época com vocais "normais", até no mais extremo como Pantera, o Phil Anselmo já soltava seu gritinhos (vide Cowboys from hell - 1990)...
      Já em meados de 90, isso começou felizmente a cair fora, e brotaram coisas geniais como Rammstein e Disturbed...

      PguitarMaxx
      Veterano
      # 24/mai/17 18:38
      · votar


      Ismah
      Falar de canto por aqui é foda, assunto muito sensível hehe

      basstreble
      É complicado, nesses casos o cara é a voz dele. Faz parte da identidade do cara.


      Mas se não cuida....

      basstreble
      Veterano
      # 24/mai/17 18:41
      · votar


      Ismah
      Exatamente, por isso disse que as mais doideiras eu não ouço kkkk!!

      basstreble
      Veterano
      # 24/mai/17 18:47
      · votar


      PguitarMaxx
      PguitarMaxx
      É complicado, nesses casos o cara é a voz dele. Faz parte da identidade do cara.

      É um músico no qual o instrumento é a voz!Qualquer outra pessoa com outra função na música iria se sentir péssima em ter algum problema de saúde, principalmente um que atrapalhe sua capacidade de tocar ou cantar!!Imagina um guitarrista com algum mal funcionamento no braço, seja ele o esquerdo ou direito( ou nos dedos)!!

      Ismah
      Veterano
      # 25/mai/17 02:43
      · votar


      Talvez sua posição religiosa seja contradita, todavia busque conhecer o Black Sabbath, o Tony Iommi é um grande guitarrista, com 2 dedos parcialmente amputados.

      PguitarMaxx

      Até fiquei preocupado... (sic)
      Eu costumo ferir os sensíveis por aqui. Acho que sou um cara mau por isso.

      Brincadeiras a parte, não entramos no assunto técnico de know how, então falamos sobre canto, se for pra falar de canto eu to bem quietinho na minha.

      PguitarMaxx
      Veterano
      # 26/mai/17 15:50
      · votar


      Ismah
      Aqui você falou a palavra "cantar" nego já vem armado, basta dar uma olhada no forum de canto hehe

      Nesse assunto do Bon Jovi... Bem, eu sempre achei que ele se conteve nos palcos bem mais que no estúdio

      rhoadsvsvai
      Veterano
      # 15/jul/17 17:03
      · votar


      ---------------------------------------
      tenho sentido que as minhas mixagens sem estourar 12 db soam muito baixas, por outro lado se eu aumento o fader do master e deixo as coisas no vermelho (até ums +4db), dependendo de quanto eu faço isso apesar do programa dizer que ta clipando não ouço nenhum som de clipagem, defeito do reaper?

      Ismah
      Veterano
      # 16/jul/17 06:34
      · votar


      Não, é característica. O Reaper determina um headroom de X dB... Literalmente ele abaixa o ponto 0 dB real, para um ponto -Y dB. Isso é configurável, mas tem que catar no manual, eu me adaptei bem a isso.

      Agora, distorção mínima assim, está além da nossa capacidade auditiva. Quero dizer, na prática, essa distorção é um pico / transiente, que deve durar alguns poucos milissegundos, o que é muito pouco para ser notado.

      Equalização é fundamental. Cortar sem medo, principalmente graves (que consomem de brincadeira 70% do VU), e deixar " cada coisa no seu lugar ". Andei gravando umas coisas modernas, e não conseguia conciliar um volume alto principalmente da caixa - queria deixar ela bem espancada como o Roxette usa - com volume alto da mix. Se deixava a mix com volume a caixa se escondia...
      Sem querer eu ativei um notch, e magicamente a caixa veio pra frente do jeito que eu queria! Porque? Distorção de fase criada pelo notch!
      Precisei baixar 8dB do volume da caixa...

      Compressão é o próximo passo, começa com comprimir individualmente cada coisa, principalmente ataque. Nas gravinas cada peça da batera tá em 6:1, e ainda rola um bus com compressor 4:1 dando um cheirinho.

      Comprimir não é fácil, ainda não achei nenhum BR que eu diga que SABE comprimir... Nickelback apesar de pulsar ainda, é alto pra c...
      A dica do Lisciel de usar um expander seguido de compressor, ambos com mesma configuração funciona bem...

      rhoadsvsvai
      Veterano
      # 16/jul/17 17:30
      · votar


      Ismah
      obrigado, esclareceu muita coisa !
      Isso é configurável, mas tem que catar no manual, eu me adaptei bem a isso
      vc saberia me dizer como que eu faço essa configuração pra deixar normal?
      Sem querer eu ativei um notch
      o que é isso?

      Ismah
      Veterano
      # 16/jul/17 21:33
      · votar


      vc saberia me dizer como que eu faço essa configuração pra deixar normal?

      Mas o que é normal?! Cada DAW opera de um jeito, já rolava isso na época do analógico... O pan de uma Neve, é diferente do pan numa Tascam...

      o que é notch?

      É um tipo de filtro, meio que um band-pass ao contrário.

      Geralmente de Q (largura de banda) fixado, bem estreito, e fica com ESSE DESENHO no gráfico Freq x dB.

      Mas com certeza é um dos que mais bagunça a fase do negócio...Saca só o gráfico...

      Ah e sim, na prática, não se pode adiantar o tempo. PORÉM, a referência para 0, seria o atraso criado por um All Pass CREIO EU, mas sempre rola essa discussão, e eu sou partidário de Einstein: relatividade! hehe

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Masterização nos dias atuais e a "loudness war"

      303.734 tópicos 7.859.824 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital