Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Qualidade da Gravação Feita em Casa II - Será que dá pro gasto?

      Autor Mensagem
      MauricioBahia
      Moderador
      # jan/10 · Editado por: MauricioBahia


      Putz... Caramba, mixar é uma arte mesmo e nem sei se tá melhor! Será que tá? Acho que gastei umas 6 horas desde que fechei o tópico ontem... UFA!! :-)

      Bem, o aquivos em ordem "cornológica" até o que considero finalizados, será? (Aconselho não ouvir pelo 4shared pq o som fica uma M*!!!)

      *************

      Ontem:

      *************


      >> Inicial: http://www.4shared.com/file/188610546/436989f6/TesteVintageAmpRoomMaur
      >> Melhorado: http://www.4shared.com/file/189179283/d3c3a5d6/TesteVintageAmpRoom3.ht ml

      A galera falou da bateria que tava estranha então troquei o kit padrão do EzDrummer pro Nashville. Dei uma "secada" no som pra não ficar tão ambiente. Sei lá...

      *************

      Hoje:

      *************

      >> Final?: http://www.4shared.com/file/189827587/ded1dec1/TesteVintageAmpRoomFina l2.html


      O que usei:

      Amps Guitarra:
      - Softube Vintage Amp Room (Marshall e Vox)

      Amp Baixo:
      - Amplitube Fender (Bass Man)

      Efeitos:
      - Guitar Rig 4 (Volume, Spring Reverb, Delay Man, Tape Echo e Equalizer Shelving)
      - iZotope Vinyl

      Edição/Masterização:
      - Reaper
      - Tracks3

      Pedais:
      Boss SD-1

      Guitarra:
      - Condor Lemon Drop com caps Seth Lover (ponte)

      Baixo:
      - Maurício Bertola

      Valeu galera que me ajudou e criticou lá o tópico antigo! Comentários são sempre bem-vindos. Lembro apenas que o tema não importa, mas sim a mixagem.

      Abs

      erico.ascencao
      Veterano
      # jan/10 · Editado por: erico.ascencao
      · votar


      MauricioBahia
      Efeitos:
      - Guitar Rig 4 (Volume, Spring Reverb, Delay Man, Tape Echo e Equalizer Shelving)

      Tudo isso de ambiência?!! O que você colocou aonde?

      Bom, sobre a mixagem: está muito boa sim. O negócio é você identificar o estilo que você deseja seguir. O que eu senti é que seria legal um bumbo mais marcante, com maior ataque (o que é conhecido como "kick"). Uma referência do som de bumbo que eu imagino que ficaria legal está neste vídeo (preste atenção no bumbo lá pelos 1:17 e pelos 2:25):



      Acho que dá pra você conseguir este ataque aumentando os médios e agudos do bumbo. E por favor, não coloca reverb no bumbo. Instrumentos graves já "ocupam espaço" na mixagem por natureza. O reverb pode "levar estes instrumentos para longe" na mixagem.

      Uma diac legal é você procurar um livro chamado A Arte da Mixagem. Quando você tiver um tempo, dê uma lida, é muito legal para você pegar a parte teórica da mixagem.

      erico.ascencao
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      MauricioBahia
      Exemplo melhor para o bumbo:


      MauricioBahia
      Moderador
      # jan/10
      · votar


      erico.ascencao: Guitar Rig 4 (Volume, Spring Reverb, Delay Man, Tape Echo e Equalizer Shelving) Tudo isso de ambiência?!! O que você colocou aonde?

      Não estão todos junto sempre!

      - A guita da esquerda tá com Spring Reverb e Delay Man.
      - A guitarra da direita Tape Echo e Spring Reverb.
      - A guita do centro, com Eq, Spring Rever e Delay Man.

      Todos os amps estão turbinado com meu Boss SD1, não que seja meu pedal predileto mas eu usei pq muita gente tem e o pessoal que se interessar, pode testar em casa pra obter uma sonoridade parecida.

      O que eu senti é que seria legal um bumbo mais marcante, com maior ataque (o que é conhecido como "kick")

      Eu tentei isso. Inclusive separei o canal do bumbo pra eu poder ajustar com mais liberdade.

      E por favor, não coloca reverb no bumbo. Instrumentos graves já "ocupam espaço" na mixagem por natureza.

      Hummm... Legal isso. Vou ver aqui o bumbo. Eu tentei deixar a batera mais seca que nas mixagens iniciais.

      Uma diac legal é você procurar um livro chamado A Arte da Mixagem.

      hehe. Já baixei há tempo mas nunca tive saco pra ler não...

      Valeu velhote!!!!

      erico.ascencao
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      MauricioBahia
      Ah, esqueci de dizer que o baixo também não precisa ser reverberado. Só em situações bem especiais - tipo um CD de um baixista instrumentista.

      MauricioBahia
      Moderador
      # jan/10 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      erico.ascencao: Ah, esqueci de dizer que o baixo também não precisa ser reverberado. Só em situações bem especiais - tipo um CD de um baixista instrumentista.

      Sempre uso o baixo quase seco, neste caso no Bassman do Amplitube Fender usei um "tico" de reverb.

      É cara, eu tentei deixar o som com bem menos ambiência. Mais "sequinho". :-)

      Obrigado!

      bluesmanjf
      Veterano
      # jan/10 · Editado por: bluesmanjf
      · votar


      Cara... o negócio é equalizar direitinho, de modo que uma freqûencia nao "coma" a outra.

      eu fiz um curso uns meses atrás q foi bem legal nessa parte.

      Recomendo a vc o livro "A Arte da Mixagem".

      Ele tem muita coisa interessante.

      Sobre tua mix, eu gostei bastante

      ps - agora que vi que o povo inclusive já comentou do livro!

      MauricioBahia
      Moderador
      # jan/10
      · votar


      erico.ascencao

      Putz, ouvi nas caixas de som e achei com muita ambiência na bateria. :-( Ai, ai, ai... Essa caixa da batera não tá legal ainda. Afff...

      bluesmanjf

      hehe. Acho que cou dar uma lida sabe...

      Abs e obrigado.

      Christhian
      Moderador
      Prêmio FCC 2007
      # jan/10
      · votar


      MauricioBahia
      Velho, achei do caraleo mesmo. E olha que eu sou chato até pra microfonar amp.

      Abraços!

      erico.ascencao
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      MauricioBahia
      Diz aí como você colocou reverb na bateria. Não lembro se é o EZ que tem microfones overs pra captar virtualmente os pratos...

      keyson
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      Qual placa de som você usou?
      O som das distorções tá da hora, a bateria tá legal também, eu trocaria a caixa para uma mais grave, com mais ataque.
      Acho que você deveria diferenciar mais os tibres das guitarras entre si. Para mim, a mixagem tá quase lá. O som do baixo devia dar uma melhorada.
      Estou usando um fone de um 1,99. Vou ouvir em casa de novo, nos meus koss porta pro e Sansom CH400 de referencia.
      Parabens.

      MauricioBahia
      Moderador
      # jan/10 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      Christhian: E olha que eu sou chato até pra microfonar amp.

      Para evitar esse "estresse" usei os amps virtuais da Softube.

      Absssssss

      erico.ascencao: Diz aí como você colocou reverb na bateria. Não lembro se é o EZ que tem microfones overs pra captar virtualmente os pratos...

      No Mixer do EzDrummer tem opções de "Room", "Overhead", etc... que te dão ambiência.

      Não lembro se é o EZ que tem microfones overs pra captar virtualmente os pratos...

      Não tem eu acho...

      keyson: Qual placa de som você usou?

      Uso como interface de entrada um Zoom H4, gavador/interface/microfone digital e a placa de som Realtek, do micro, para a saída.

      É cara, estou em busca do "som perfeito" pra mim! :-) Não estou microfonando amps, como disse, usando o VST Vintage Amp Room.

      Abs e obrigado!!!!!!!

      MauricioBahia
      Moderador
      # jan/10 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      Só pra registrar, gosto muito, mas muito mesmo da sonoridade do Red Hot Chilli Peppers, no álbum Stadium Arcadium e da banda The Dead Weather, álbum Horehound!

      Curto muito esse som limpo e imundo! ehhe

      Abs

      erico.ascencao
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      MauricioBahia
      No Mixer do EzDrummer tem opções de "Room", "Overhead", etc... que te dão ambiência.
      Acho que estes aí é que são os microfones condensadores do set. Vamos por um momento abstrair que estamos gravando uma bateria de verdade: numa gravação, usa-se microfones dinâmicos em cada um dos tambores (isso inclui bumbo e caixa), um microfone condensador direcional (formato cilíndrico) no chimbau e dois microfones condensadores (em formato de banana, conhecidos como overs) por cima da bateria para captar os pratos em geral. Além disso, às veses usa-se um microfone condensador no meio da sala de gravação, pra captar a ambiência natural.

      Note que os overs (no caso, overhead) captam também os tambores, podendo-se afirmar de maneira superficial que os overs "captam o reverb" dos tambores. O microfone extra (no caso, o room) capta a ambiência natural, provavelmente de mandeira mais apropriada que os overs, já que os overs estão posicionados estrategicamente para pegar mais os pratos.

      Tem que brincar com estes dois microfones mesmo. Experimenta diminuir o room, filtrar frequências baixas no overhead (se filtrar as frequências altas você mata os pratos!), etc.

      bluesmanjf
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      MauricioBahia,
      costumo usar o addictive drums e achei ele bem melhor q o EZ.
      é bem real (tipo o som de um mic vazar no outro), tem várias configs e tal.

      Na hora de montar, não sei se acontece no EZ, mas gravar o som de cada peça da batera separada, dá melhores resultados q gravar tudo junto.

      MauricioBahia
      Moderador
      # jan/10 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      erico.ascencao

      Poxa, obrigado pelas dicas velho! Vou ficar ficar atento.

      bluesmanjf:
      costumo usar o addictive drums e achei ele bem melhor q o EZ.

      Vou dar uma olhada nele e no Battery 3.

      Na hora de montar, não sei se acontece no EZ, mas gravar o som de cada peça da batera separada, dá melhores resultados q gravar tudo junto.

      Faz sim. Cada peça num canal.

      Vlwwww!

      SikGuitar
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      MauricioBahia

      Oi amigo,

      achei o timbre muito bom... bom trabalho mesmo,

      em relacção à bateria deixo aqui um filme que pode ajudar...

      um abraço



      MauricioBahia
      Moderador
      # jan/10 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      SikGuitar

      Vlw!!!! Tô pra testar o Superior Drummer 2.0. Me parece ser excelente e super versátil.

      Eu tenho um monte de pacotes da Toontrack com Midis e quero aproveitar. A questão é que o SD2.0 é meio pesadinho pra download...

      Obrigado.

      trashit hc
      Veterano
      # jan/10 · Editado por: trashit hc
      · votar


      Como usar o Ez Drummer no Cubase
      Passo a passo, algumas dicas. Suponho que você já tenha instalado o Ez Drummer Pop Rock e o Cubase SX3.

      Para carregar o Ez Drummer dentro de um projeto, aperte F11 e selecione o Ez Drummer como um VST instrument a ser carregado.

      Carregado o Ez Drummer, abra o mixer e selecione canais de saída diferentes para cada peça.

      Nesse exemplo, como sugere a figura, escolhi a seguinte separação:

      Bumbo na track 1,
      Caixa (os dois mics) na track 2,
      Hihat na track 3,
      Tons(todos os três) na track 4,
      Overs na track 5, e
      Room na track 6.

      Os Overhead são microfones que ficam por cima da batera, captando o conjunto, mas principalmente os pratos, e os Room são microfones que ficam afastados da bateria, captando o som como um todo, e são em grande parte responsáveis pelo peso e pelo realismo do som.

      Como os três tons são roteados pra track estéreo no. 4, precisamos fazer os ajustes de pan (se desejamos alterar o default) aqui, no mixer do próprio Ez Drummer. Uma sugestão é colocar o tom 3 no centro (por ser o mais grave), e separar os tons 1 e 2 pra direita e pra esquerda.

      O timbre da caixa é resultado de dois microfones: Snare T (de Top) e Snare B (de Bottom). Assim, o som da esteira vem mais da Snare B, e o som da pele e do aro vem mais da Snare T.

      Vazamento (Bleed) é um fenômeno que ocorre ao se gravar uma bateria real, no qual um microfone capta, além do som da peça para a qual está apontando, o som de todas as outras peças da bateria. Note que é possível obter no Ez Drummer os vazamentos da caixa (em Snare B) e os vazamentos dos overs. Eu costumo cortar o vazamento na caixa e deixar o dos Overs. Uso o vazamento dos Overs pra captar o Hihat e pra substituir em parte os mics de Room.

      Feitos esses ajustes, fechemos o Ez Drummer e voltemos ao Cubase.

      O VST do Ez Drummer possui oito saídas estéreo. Como nós já direcionamos previamente que peças vão pra cada canal de saída, vamos agora nomear essas saídas também no Cubase.

      Agora podemos mixar cada uma desses canais como se fossem tracks gravadas. Isso inclui inserts de efeitos, sends de efeitos, equalização, volumes, etc. Uma dica básica que você deve querer fazer é acrescentar reverb na caixa e nos tons.

      Note na figura acima que inserimos uma track midi, que é quem armazenará a trilha de bateria. A saída out da track midi foi direcionada para o Ez Drummer, como se pode observar.

      Agora a track midi poderá ser editada livremente. Você pode escrever sua trilha de bateria no editor (clicando duas vezes sobre a track), ou pode ainda abrir o menu de Grooves do EzDrummer, escolher o padrão desejado e simplesmente arrastar para a track midi.

      A ferramenta é essa. Vale a pena testar e testar até obter o melhor som possível. Não substitui uma batera real gravada, mas quebra um senhor galho. Boa sorte, e boa música!

      tem umas dicas legais.
      acho que dá pra vc aproveitar alguma coisa.
      fonte

      abç.

      MauricioBahia
      Moderador
      # jan/10 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      trashit hc

      Nossa, Cubase é muito chato... Já tentei usar ums 3 vezes e sempre perco a vontade. Mas é o programa pra PC que os "profissas" usam né?

      Abs

      trashit hc
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      MauricioBahia

      Mas é o programa pra PC que os "profissas" usam né?
      acho que é...
      eu nem uso ele, uso o sonar 6.
      mais tem umas dicas aew no meu post sobre os mic, overhead, room do ezdrummer.

      abç.

      trashit hc
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      MauricioBahia

      brother, me responde uma coisa, como coloca uma guitarra no centro em uma mix?
      porque uma na direita, e outra na esquerda eu já sei. hehehe

      Minow
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      MauricioBahia
      Já tinha comentado no outro, mas só do primeiro arquivo. Como você tá querendo uma coisa mais detalhada da mix, vamos lá!

      Antes de mais nada, eu estou ouvindo várias vezes o som, mas é nas minhas caixas de som, não são flat mas tem uma puta qualidade (Bose). Infelizmente não tou tendo como ouvir no fone (que é flat), tou trocando de pc e tá tudo meio zoneado aqui. Mas vamos lá!



      Eu achei a bateria melhor do que a do primeiro. Mas EU ainda mexeria um pouco nela. Botaria um pouquinho mais de compressão na caixa, pra dar aquela cara meio pop rock. Se o intuito era deixar mais hard, faltou um pouco aquele reverb molhado e médio-agudos. Eu deixaria ela mais sequinha e bem comprimidona, mas talvez desse mais abertura nos over.

      Eu gostei do bumbo. Talvez desse pra tirar um pouquinho da pele dele ainda, deixando ele mais apagado. Não sei se você gosta assim, teria que testar pra ver como ficaria, mas acho que tem bastante agudos já na mix, inclusive no baixo, não precisa muito do som de pele.

      A verdade é que eu achei a bateria comportada demais pra o sonzão porrada. Estou falando do som dela mesmo, uma coisa que eu acho bem legal é jogar um pouco de drive nos OH, pra dar aquela saturação meio típica de prés valvuladões vintage. É muito pouco e muda a mixagem toda da bateria, mas pode dar um clima muito legal, deixando mais room e aquele sonzão mais sujo.
      Esse kit Nashville tem um sonzão, mas acho que sempre pode rolar uma lapidada por fora.

      O baixo tá lindo, mas em poucos momentos eu senti ele apagando um pouco (muito pouco), acho que valia um quêzinho a mais de compressão.

      Uma observação sobre as guitarras. Tá um timbrão, mas talvez fosse legal gravar com o som bem alto pra dar aquele feedback, como se fosse um cabeçote grande mesmo.

      Acho que é isso, mas tudo isso que eu falei são suposições, eu experimentaria pra ver como gosto mais. Pode ser que fique bem melhor como está, mas são só idéias a mais, vai ver você simpatiza com alguma delas!

      É isso, cara. Eu falei só de chato mesmo, porque a mix tá do caralho! Maior sonzão, quero ver isso aí virar uma música completa agora.
      Parabéns!

      Minow
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      trashit hc
      Ué, com a pan no 0 ela está no meio.

      MauricioBahia
      Moderador
      # jan/10 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      trashit hc: brother, me responde uma coisa, como coloca uma guitarra no centro em uma mix?
      porque uma na direita, e outra na esquerda eu já sei. hehehe


      Pan no meio!

      Nesse tema eu coloquei 3 guitarras. A do cento com aquele power chord não está exatamente no centro não. Eu não sei explicar pq fiz isso mas achei que no centro iria ficar muito... centralizada! hehehe. e depois a guitarra da direita some, antão achei por bem deixar a guitarra do "centro" um pouco pra direita. CAra, pelo visto, mixar é que nem pintar um quadro. Vc tem que sacar as nuances da música. É foda...

      Minow

      Velho, tô te ouvindo! hehe. Eu procuro um som com menos brilho, ou melhor, a cozinha (batera e baixo) com menos brilho o resto com mais brilho. Ainda pretendo usar teclados e outros instrumentos pra fazer um CD demo. A questão é "feeling" mais uma vez.

      O que mais me deixa "tenso" é que nos fones é uma coisa e nas caixas é outro. Isso me lembra muito bom a dificuldade que há em criar sites para diferentes resoluções e ainda ficar bonito! hehe.

      Então, eu pretendo realmente fazer algo "bom", que soe bem pros meus ouvidos. Sou amador mas, vamos ver no que dá.

      Pretendo dar uma lida no livro "A Arte da Mixagem" pq sempre há truques importantes que eu só vou saber estudando.

      Maior sonzão, quero ver isso aí virar uma música completa agora.

      Olha, eu pretendia "matar" esse tema, mas acho que vou tirálo da masmorra... hehe

      Abs e muito obrigado.

      Minow
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      MauricioBahia
      Eu procuro um som com menos brilho, ou melhor, a cozinha

      Eu acho esse o maior problema dessas bateras de VST. Elas são maravilhosas, mas fica tudo muito perfeito às vezes (no som mesmo, na dinâmica e tempo nem se fala, mas dá pra fugir disso). Parece que eles mexem muito no som da batera, ela nunca é aquele som cru que você tem que trabalhar.
      Eu sempre dou um jeito de dar uma manchadinha no som, tipo esse esquema de saturação dos OH.

      O que mais me deixa "tenso" é que nos fones é uma coisa e nas caixas é outro.

      É. Isso é foda, eu já conheço os dois e já sei mais ou menos o que esperar... mas é bem mais complicado do que ter uma sala boa e bons monitores... um dia a gente chega lá!

      Eu também baixei esse livro, mas nunca cheguei a ler inteiro. Vou ver se faço isso agora que estou de pseudoférias (tou fazendo meu horário de trampo).

      Então, eu pretendo realmente fazer algo "bom", que soe bem pros meus ouvidos. Sou amador mas, vamos ver no que dá.

      Todos somos, mas é isso aí!
      Domingo chega meu brinquedo novo, um Mac, e vou finalmente estrear minha Mbox 2. Daí a gente troca várias figurinhas! Hehehehe
      Abraços!

      trashit hc
      Veterano
      # jan/10 · Editado por: trashit hc
      · votar


      Minow

      Ué, com a pan no 0 ela está no meio.
      valeu.

      MauricioBahia

      CAra, pelo visto, mixar é que nem pintar um quadro. Vc tem que sacar as nuances da música. É foda...

      eu sei bem como é que é isso!! hehehe
      eu trabalho com pinturas em tela. hehehe

      as vezes em vez de relaxar, só me ''stressa''!!! hehehe

      abç.

      erico.ascencao
      Veterano
      # jan/10 · Editado por: erico.ascencao
      · votar


      MauricioBahia
      Pretendo dar uma lida no livro "A Arte da Mixagem" pq sempre há truques importantes que eu só vou saber estudando.
      De maneira geral, este livro é uma grande coletânea de conselhos para mixagem. Boa parte deles gira em torno do conceito de distribuição dos instrumentos no espaço virtual de mixagem. No livro são citadas mixagens famosas com figuras mostrando o espaço virtual da mixagem - tem vários exemplos do Dark Side of the Moon, lembro claramente do desenho da mixagem de Time.

      MauricioBahia
      Moderador
      # jan/10
      · votar


      erico.ascencao: tem vários exemplos do Dark Side of the Moon, lembro claramente do desenho da mixagem de Time.

      Maravilha, vou ler logo essa parte! ehhe

      Abs

      trashit hc
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      MauricioBahia

      eu ouvi seu tema várias vezes, e me remeteu um pouco ao grunge dos anos 90, as melhores bandas daquela época, alice in chains, soundgarden, pearl jam, etc... (não sei se vc tem influências dessa época...)
      tá muito bom!!

      Olha, eu pretendia "matar" esse tema, mas acho que vou tirálo da masmorra... hehe
      TÁ LOUCO!!!??? faz isso não!!!!

      vc poderia dá uma passada mais uma vez no meu tópico?avaliem esse timbre!

      gostaria que vc me explicasse melhor porque a bateria tá artificial?
      é o bumbo? e tal.

      abç.

      Você não pode enviar mensagens, pois este tópico está fechado.
       

      Tópicos relacionados a Qualidade da Gravação Feita em Casa II - Será que dá pro gasto?

      305.001 tópicos 7.883.348 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital