Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

Gravando em 16 ou 24 bits, 44.1, 48 ou 96khz

Autor Mensagem
Roberto Maluco
Veterano
# fev/06


Técnicos coloquem suas opiniões, apesar do arquivo de áudio ficar muito grande em 24/96khz compensa a qualidade sonora no final? Principalmente nos Harmônicos?

Eder Muchiutti
Veterano
# fev/06
· votar


Roberto Maluco
pelas experiências que tive com gravação e mixagem, posso afirmar que há muita diferença entre gravar em 16/44 e 24/96.
Na minha opinião faz bem mais diferença gravar em 24 bits do que em 96Khz. A questão do sample rate alto vai ajudar bastante no trabalho com plug-ins especialmente porque dá a eles uma margem maior de processamento (mais samples por segundo). É claro que no final vai dar um resampling pra 44.1, mas ainda sim é legal trabalhar com um sample rate alto. Porém, isso exige muito do computador. Eu mesmo não consigo trabalhar com muitas faixas em 96Khz. Então no caso acho muito mais vantajoso prezar pelos 24bits do que pelos 96Khz. Sendo assim, trabalho no padrão 24/48.
Sem contar, como você bem disse, com o tamanho enorme dos arquivos em 96Khz. Pros mais preciosistas, existem placas que trabalham até em 192Khz. Acho exagero puro, e muito marketing. Na realidade, ao meu ver, valeria muito mais a pena que as fabricantes investissem em interfaces com capacidade de gravar em 32bits (ponto flutuante). Estou meio sem tempo agora, mas assim que achar mais explicações técnicas sobre a diferença entre os diferentes sample rates e bitrates, posto aqui.

Abraços.

nyurig3
Veterano
# jun/07
· votar


pessoal ressussitei esse topico para sanar uma duvida aqui:

tenho uma placa maudio 2496 e uso o sonar 6, porem na hora de configurar para 24 bits na opçao "audio" aparece uma mensagem que nao e compativel
mas a placa grava em 24 bits correto? entao o que pode ser?

SylvioLima
Prêmio FCC 2007
# jun/07
· votar


Eder Muchiutti
Concordo com tudo que vc disse. Eu, depois que adquiri minha mesa, tenho gravado em 48KHz / 24bits.

nyurig3
Veterano
# jun/07
· votar


SylvioLima
cara meu sonar ta recusando gravar em 24 bits e to com a placa maudio 2496 o que pode ser?

Eder Muchiutti
Veterano
# jun/07
· votar


SylvioLima
só uma correção que vi agora... trabalho em 24/44... se for algo mto intimista, 24/88
Não sei se vale a pena usar 48 pra depois reduzir pra 44... os cáculos matemáticos pra isso são mto mais complexos do que reduzir pela metade, como de 88 pra 44...
Seria mais ou menos como reduzir de 96 pra 44... não é múltiplo, entende?

I.Nosferatu
Veterano
# jun/07 · Editado por: I.Nosferatu
· votar


Pessoal, o negócio é o seguinte, esse lance de ter uma placa com 24 bits e gravar a 24 bits não é absolutamente necessário quando se trata de audio pra cd ou multimidia

1° 24/96 é a capacidade do conversor e não da placa, normalmente os chips de audio das delta tem 32 bit, isso é para o processamento interno do audio

2° Quando voce ta gravando com a placa o conversor vai trabalhar a 24 bit, mesmo que voce esteja gravando em 16, o que vai mudar é o samplerate, 44.1/ 48/88.2/96, outra vez pra audio pra cd e multimidia, gravando em 88.2 ou 96k se o som a ser captado é rico em harmonicos já ta bom, porque captura a faixa dos harmonicos de 50k pois é necessário ter o dobro disso para ter uma resposta plana, senão em 48k se pretende dar algum processamento no audio.

3° Na verdade, se seu software permitir que voce grave audio (para cd e multimidia) a 18 bits já ta de bom tamanho porque cada bit a mais gera uma diferença enorme de possibilidades no arquivo, pra ser mais exato 18 bits já tem uma resoluçao 4 vezes maior que 16, previnindo contra falha nos dados que serão convertidos para 16 bit.

Então não fiquem presos nessa de gravar a 24/96 porque na realidade se voce tiver gravando em 16 e 18/88.2 pra audio vai dar um excelente resultado também!

Mais então porque a placa faz até 24/96??? Simples, ela também oferece a capacidade de produzir midia para dvd, que há um tempo atrás tinha qualidade de 24/48 e agora 24/96 e atualmente voce encontra interfaces de 24/192 com processamento interno de até 48 bits porque? Justamente pra isso, pra produzir audio para dvd. Tudo isso é baseado no teorema de Nyquist que fala sobre samplerate e não em bit depth, onde seriam necessario uma resolução duas vezes maior da taxa de amostragem para ser possivel a reprodução exata, sem erros e distorções do sinal.

Por ultimo, não vale a pena ter tudo isso num equipamento se o restante dos periféricos do seu modesto home studio não permitem que voce tire proveito de toda essa qualidade, e pior ainda, se voce não consegue perceber a diferença entre 44.1/48/88.2 e 96khz, ou até mesmo de 16 e 24 bits, voce apenas diz que soa melhor porque alguem te disse isso...

Outra que equipamentos profissionais de um estudio ou home estudio profissional, estão muito além de uma simples delta e uma mesa behringer, plugins de audio, equipamentos semi profissionais e monitores chinfrim, sé é que usamos um...

I.Nosferatu
Veterano
# jun/07
· votar


nyurig3

Cara, somente agora é que eu vi que ninguém ainda respondeu apropriadamente a sua pergunta, desculpe ai, mais leve em conta também o que postei anteriormente....

Quanto a sua pergunta, esses dias eu estava pesquisando sobre as delta 1010 e 1010lt e me parece que utilizam os mesmos drivers, então conforme consta no manual da 1010, tem uma opção no Painel de controle da deltas que força o uso da configuração que está ali, verifique se voce desmarcar a opção em "Asio Options" - "Disable audio app use of Monitor Mixer and Patchbay/Router" na guia "Hardware Settings" não permitirá que voce mude pra 24bits no sonar como voce quer... obs. Quando eu usava o sonar tive um problema semelhante, mais foi por causa do samplerate, mais a placa que eu usava não permitia mesmo a configuração!

Baruck
Veterano
# jun/07
· votar


tenho uma placa maudio 2496 e uso o sonar 6, porem na hora de configurar para 24 bits na opçao "audio" aparece uma mensagem que nao e compativel
mas a placa grava em 24 bits correto? entao o que pode ser?


Eu tive o mesmo problema com a 2496, só q com o Cake 9. Mudei para o Sonar 6 justamente por isso - e não me arrependo nada. O 9 não trabalha o tipo de driver q o xp usa em 24 bits, só funciona no Windows 98. Mas qdo instalei o Sonar 6, td funcionou normalmente. Seu caso é estranho. Vc tá usando o XP SP2?

Tenta baixar uma versão mais nova do driver no site da Maudio. Busca em Delta Series, o primeiro item.

http://www.m-audio.com/index.php?do=support&tab=driver

Baruck
Veterano
# jun/07
· votar


Pessoal, o negócio é o seguinte, esse lance de ter uma placa com 24 bits e gravar a 24 bits não é absolutamente necessário quando se trata de audio pra cd ou multimidia

1° 24/96 é a capacidade do conversor e não da placa, normalmente os chips de audio das delta tem 32 bit, isso é para o processamento interno do audio

2° Quando voce ta gravando com a placa o conversor vai trabalhar a 24 bit, mesmo que voce esteja gravando em 16, o que vai mudar é o samplerate, 44.1/ 48/88.2/96, outra vez pra audio pra cd e multimidia, gravando em 88.2 ou 96k se o som a ser captado é rico em harmonicos já ta bom, porque captura a faixa dos harmonicos de 50k pois é necessário ter o dobro disso para ter uma resposta plana, senão em 48k se pretende dar algum processamento no audio.


Mas será q gravar o áudio dos canais em 16 bits não gera arquivos wave com menos definição? Mesmo q o processamento da placa for em 32 bits, ela não estaria trabalhando com uma amostra menos definida e, portanto, geraria um resultado final com menos detalhes harmônicos?

I.Nosferatu
Veterano
# jun/07
· votar


Baruk

"Mas será q gravar o áudio dos canais em 16 bits não gera arquivos wave com menos definição? Mesmo q o processamento da placa for em 32 bits, ela não estaria trabalhando com uma amostra menos definida e, portanto, geraria um resultado final com menos detalhes harmônicos?"

De jeito nenhum, quando voce captura o audio, ele passa pelo conversor, esse é o responsável pela qualidade do audio, no caso das delta por exemplo, voce tem conversores com 24 bits, eles sempre vão converter o audio nesse bit depth porque são projetados para isso, o que voce muda neles é o samplerate, que gera sincronismo entre os componentes da placa e que vai até 96khz...

Então ao passar por ele um excelente sinal de audio já esta garantido, a seguir ele é enviado para o DSP da placa que tem 32 bits ou mais (acho que na delta é 36 se não me engano) ai ele é processado para ser enviado ao programa (inclusive efeitos em tempo real fazem seu trabalho ai), na resolução que voce deseja, não existe perda de qualidade ai, pois o chip já é otimizado para essas funçoes, então se voce grava em 16 bits com uma delta a qualidade é boa do mesmo jeito, principalmente se voce não tem um micro muito bom pra processar todas as faixas a 24 bits.

Como as deltas oferecem samplerate até 96k voce pode garantir mais detalhes do audio capturado e trabalhar com uma faixa onde os plugins funcionam melhor, outra coisa que conta é que ao usar um programa de processamento em 32 bits seu audio esta mais que preservado, porque ele trabalha com seu arquivo carregado na memoria como se fosse um arquivo de 32 bits, gravar a 24 bits não é tão necessario. A unica coisa que voce estará fazendo é aumentar o tamanho do arquivo...

Principalmente se seu arquivo tiver uma excelente captura, sendo desnecessário ajustes posteriormente, o processo de gravar a 24 bits, processar no programa, e depois fazer um mixdown para 16/44.1 para finalizar num cd, na verdade é uma alternativa a deixar a tarefa para o DSP da placa, deixando o programa encarregado de tudo, mais ter um arquivo gravado em 16 bits não quer dizer que ele seja ruim, pois ele já contem todos os detalhes de uma conversão de qualidade, quer prova, existem varios instrumentos virtuais, que todos aplaudem sua excelente qualidade, pois observe seus arquivos wave e verá que em maioria são todos de 16 bits, com altos samplerate.

Nesse caso o que existe é um mau uso do arquivo, mais isso não quer dizer que o wave de 16 bits seja pior, afinal é isso ai que esta no seu produto final...

Eder Muchiutti
Veterano
# jun/07
· votar


O fato é que a qualidade de um arquivo gravado em 16 bits é sim inferior ao gravado em 24 bits pela mesma placa. É preciso o uso de filtros (anti-aliasing) pra descer a palavra digital de 24 pra 16. Esses filtros fazem um arredondamento, já que as possibilidades dinâmicas em 16 bits são MUITO menores que em 24.

Agora, EU nunca ouvi falar que as placas 24 bits capturam em 24 bits, processam internamente e depois baixam pra 16 bits se for escolhido pelo usuário, justamente pela questão do aliasing. Não estou falando que não seja, apenas não sei..

I.Nosferatu
Veterano
# jun/07
· votar


Eder Muchiutti

Inferior que voce diz é ter menos dados em sua constituição, se for isso, voce esta certo, porque existe ai uma diferença enorme entre os dados de um arquivo com 16 bits e outro com 24, isso eu nem preciso dizer a voce, mais não é por isso que ele passa a ter menas qualidade, pois mesmo tendo menas possibilidades dinamicas, ele terá todas as nuances que foram capturadas pelos conversores e processadas pelo DSP da placa numa escala amplamente maior, sim meu amigo é para isso e outras coisas que o DSP serve, quanto ao aliasing, estão incorporadas funções em seu microcodigo que otimizam o processo, porém, todo hardware é sujeito a falhas e talvez por isso se criou a cultura de fazer o processamento todo dentro de uma DAW.

Porém, existem vantagens de gravar em 24 bits e não estou pondo isso em duvida, inclusive uma delas é que por oferecer mais possibilidades dinamicas, fica mais dificil ter distorções no audio e o SNR aumenta, porém o mesmo beneficio que ele proporciona, pode se tornar um problema quando na conversão para 16 bits e voce pode vir a ter uma masterização cheia de distorções e clips. Sempre existe o lado bom e o ruim da coisa...

Logico que se voce gravar um arquivo com mesmo samplerate numa amostra de 16 e outra de 24 bits voce vai ter uma diferença enorme na definição de cada um, porém qualquer que sejam os casos eles passarão pelo mesmo processamento quer seja anteriormente ou posteriormente se voce tiver trabalhando com audio pra cd ou multimidia.

O problema das DAWs no mercado é que elas oferecem em sua maior parte captura do audio a 16 ou 24 bits (CD/ DVD), senão voce mesmo poderia fazer o teste e ver que se capturasse o audio em 18 bits ou 20 além de te oferecer uma maior faixa dinamica, daria praticamente o mesmo resultado em seu produto de uma captura feita em 24 bits, com uma grande economia de espaço e processamento em sua maquina. Mais por outro lado, vamos pensar nos desenvolvedores dos software que provavelmente por terem incluido um processamento interno a 32 bits ou mais julgaram desnecessario incluir os demais bit depth visto que em termos de processamento a qualidade já estaria garantida. Eu faria o mesmo se fosse programador nesta area

Bom, pra finalizar não quero convencer ninguém para que deixem de gravar da maneira que estão acostumados e voltem a gravar em 16 bits, o que eu quero deixar bem claro é que se voce não tem capacidade pra trabalhar a 24 bits em sua maquina, grave a 16 bits mesmo porque é o que voce pode fazer e vai conseguir um resultado final de boa qualidade também, desde que faça um bom uso dos seus arquivos de 16 bits.

Espero ter sido claro!

Eder Muchiutti
Veterano
# jun/07
· votar


I.Nosferatu
foi "cristal clear". Eu continuo gravando em 24 bits não pela sonoridade crua, mas sim porque inevitavelmente farei processamentos posteriores que se utilizarão muito bem desses bits a mais (os reverbs em especial que o digam. rs). A mesma coisa vale pra taxas de amostragem mais altas: o processamento dos plug-ins é bem mais preciso e a clareza do material final é maior.

É claro que no caso dos CDs, tudo vai cair pra 16/44, mas não há dúvidas de que o mesmo material gravado e mixado em 24/96 (por exemplo) ficará melhor no CD do que um material todo trabalhado em 16/44.

Mas definitivamente não é a taxa de amostragem ou o bit depth que vai determinar se um trabalho foi bem produzido ou não. No que vejo por aí, o gargalo está em outros pontos. Principalmente humanos.

SylvioLima
Prêmio FCC 2007
# jun/07
· votar


Eder Muchiutti
não é múltiplo, entende?
Ué...mas não é 44.. e sim 44.1. Isso não implica em nada? Eu acho esses detalhes muito 'detalhes' pra alguém se preocupar.

SylvioLima
Prêmio FCC 2007
# jun/07
· votar


I.Nosferatu
ter menas qualidade, pois mesmo tendo menas possibilidades
Desculpa, mas vc não escreve assim, não é?

Christhian
Moderador
Prêmio FCC 2007
# jun/07
· votar


SylvioLima
Desculpa, mas vc não escreve assim, não é?

É a idade! Vamos mudar o nick dele para I.Matusalém

ahuahuahauhauhauha
=P

SylvioLima
Prêmio FCC 2007
# jun/07
· votar


Christhian
rs... Não entendi. Vc disse q antigamente falava assim, ou que ele tah 'caduco'? hauahauah :)

Christhian
Moderador
Prêmio FCC 2007
# jun/07
· votar


SylvioLima
rs... Não entendi. Vc disse q antigamente falava assim, ou que ele tah 'caduco'? hauahauah :)
ahuahua ele vai entender rapidinho!!!

Aposte no caduco! ahuahuaha

I.Nosferatu
Veterano
# jun/07
· votar


SylvioLima

Aff.. Foi mal :P Hehehehehehe...

Christhian

"É a idade! Vamos mudar o nick dele para I.Matusalém"

Deve ser companheiro, voce me compreende né? :) Hehehehehehehe...

I.Nosferatu
Veterano
# jun/07 · Editado por: I.Nosferatu
· votar


SylvioLima

"Ué...mas não é 44.. e sim 44.1. Isso não implica em nada? Eu acho esses detalhes muito 'detalhes' pra alguém se preocupar."

Na verdade, conforme o tal de Nyquist é preciso ter duas vezes a taxa de amostragem pra ter uma captura excelente, então na faixa audivel dos 20 à 20K isso ja estaria assegurado, mais não quer dizer que não haja a captura dos 20K à 48K por ex. ficaria como numa fotografia onde o amarelo e o vermelho correspondessem a essa faixa analogamente, e voce escaneasse a foto, o vermelho e o amarelo não estariam nitidos, mais voce o notaria, ao gravar em 88.2/96K, se o vermelho/amarelo esta na foto vai ser bem realçado, conforme as outras cores...

Por outro lado gravando em 24 bits em 44.1/48, como com esse bit depth voce captura mais detalhes, voce já consegue uma definição maior na faixa dos 20-48k e mais ainda se usar até 96k, embora os 16 bits ofereçam menor possibilidades, gravando em até 96k eles podem sim armazenar em grande parte esses "detalhes" principalmente com conversores bem superiores a essa capacidade, porém numa resolução menor, mais aceitavel em sua aplicação... mesmo que depois sejam resampleados para 44.1 a nitidez já foi assegurada anteriormente.

Realmente, são detalhes minimos, porque como o Eder Muchiutti citou acima: "...definitivamente não é a taxa de amostragem ou o bit depth que vai determinar se um trabalho foi bem produzido ou não. No que vejo por aí, o gargalo está em outros pontos. Principalmente humanos." e neste ponto acho que todos concordamos!

Christhian
Moderador
Prêmio FCC 2007
# jun/07
· votar


I.Nosferatu
Deve ser companheiro, voce me compreende né? :) Hehehehehehehe...
ahuahuaha perfeitamente! Tem horas que eu chamo Jesus de Genésio tb! ahuahuaha

Abraços meu velho!

Eder Muchiutti
Veterano
# jul/07
· votar


SylvioLima
desculpe se não fui claro. É 44.1 e 88.2. É que pra facilitar a gente diz só o 44 e o 88, já que é padrão que seja 44.1 e 88.2, entende? Apenas 44.000Hz é uma amostragem inacessível às placas convencionais e o mesmo vale pra 88.000... ao menos não conheço placa que grave nesses padrões.

I.Nosferatu
Veterano
# jul/07
· votar


"...esse lance de ter uma placa com 24 bits e gravar a 24 bits não é absolutamente necessário..."

Lembrando que estamos falando de placas de 24/96 como as delta que permitem 16/96 por exemplo, placas de 16 bits são restritas à no maximo 48k e isso não foi discutido aqui.

Marcelo França
Veterano
# nov/07
· votar


É pessoal!!!

Gostei da afirmação do Eder Muchiutti que fala da gravação a 88 KHz, por ser um múltiplo de 44KHz. Ainda não tinha pensado nisso.

A minha opinião sobre a taxa de amostragem é a mesma de todos aqui nesse debate interessantíssimo: quanto mais melhor. Recentemente comprei uma delta 44, e estava na dúvida em qual taxa gravar. Vou experimentar gravar em 88KHz/24bit e ver no que dá... depois eu posto o resultado!

Agora me fala um negócio: a série delta de placas de som é para gravação profissional e não deixa nada a desejar pros estúdios profissionais por aí! A delta 44 tem entrada balanceada, coisa que a 1010 não tem...

miramezjr
Veterano
# jun/10
· votar


Pessoal, desculpe a ignorancia. Mas como faço para configurar para gravar em 24bit/44khz ou 24/88 no sonar?

Minha placa de audio é uma ESI Maya44 PCI de 24/96khz.

Abraço

Arno Holetz
Veterano
# jul/12
· votar


Ressuscitando o Tópico!

É o seguinte: Eu gravo no meu sonar 8.5 em 24bit e 44.1khz, só que li mto e axo que se eu gravar em 24bit´s / 96Khz eu vou ter mais qualidade em vst´s, no caso instrumentos Virtuais. Estou certo?
Só que o problema é que quando eu mudo o sample rate para 96, eu abro o Sonar e tento abrir uma musica no media player e a musica fica super acelerada, com muito pitch entende?
Como faço para o resto do pc tmbem ficar em 96khz?
Vlw!!!!

MMI
Veterano
# jul/12
· votar


Arno Holetz

Olha, se você não tem um equipamento dedicado e continua com sua Audiophile (nada contra, tive já), diria para você pegar mais leve. Mais ou menos assim:

Quando for gravar em casa, evite gravar com níveis altos, a "luzinha" do seu DAW não pode bater em 0 ou acender o clip em hipótese nenhuma para uma boa gravação. Clipping digital (distorção) é horrível. Na sua interface, tem um parâmetro de sample rate, seria quantas "fotos" seu computador tira da onda sonora por segundo. O sample rate de 44.1 kHz está de bom tamanho, são poucos aparelhos (DVD ou Blu-Ray) que suportam mais que isso, mas o ouvido humano, teoricamente, consegue perceber no máximo algo menor que a metade disso. Gravar com maior taxa para depois reduzir não é uma boa ideia, pode estragar seu som, além de ocupar mais espaço de memória e mais processamento de seu computador. A quantidade de bits já faz diferença, isso dá a margem de quantos passos de volumes diferentes seu DAW vai gravar, por isso é legal que se grave com um parâmetro alto aqui, se der, vai de 24 bits. Isso significa que terão 224 volumes diferentes, uma dinâmica bem alta (mais de 16 milhões de níveis de volume). Lembrem que um CD tem 16 bits de "dynamic range". Com o parâmetro acertado em 24 bits, dá para gravar com o VU (a "luzinha") batendo em -12 dB que ainda teremos 22 bits sobrando para faixa dinâmica, ou seja, 4.194.304 volumes diferentes, que já está muito bom e bem longe da possibilidade de clipar. Depois de gravado sem nenhum clip, você pode juntar suas faixas, mixar, botar um compressor e um limiter fazendo até bater no 0 dB do seu "VU meter" sem problemas se quiser, aproveitando toda faixa dinâmica. Não haverá problemas em passar para um CD ou MP3 com faixa dinâmica menor. E sempre fuja de clipar seu som, preste atenção ao adicionar plugins de efeitos, sempre podem dar um aumento no volume e clipar, até mesmo jogar para um dos lados do pan.

MauricioBahia
Moderador
# jul/12 · Editado por: MauricioBahia
· votar


Arno Holetz

Cara, você ouve som por fones ou caixas de som? Dependendo da marca/modelo, não adianta nada melhorar a qualidade do áudio no computador pois a resposta vem dos fones/caixas de som, óbvio.

Enfim, é o conjunto de fatores (provavelmente você está à par disso) e por isso não adianta alta qualidade de áudio se usa caixinhas de PC/fones que não dão conta do recado. Aliado à isso, chega uma hora que, pelo menos EU, não noto diferença. Pra minha realidade, 24bits 44khz tá ótimo. Todas as minhas gravações aqui no FCC e no meu Palco MP3 foram geradas a partir desses parâmetros ou mesmo 16 bits.

Abs

estudior
Veterano
# 27/out/12 13:26
· votar


Eu tenho uma digi03 de 8 canais que grava em 96k mas porém o meu ada que muitiplica os canais para 16 so grava em 48k.
Eu queria saber c têm um aparelho que eu possa ligar junto com a digi que grave em 96k para mim ter os 16 canais em 96k.
Queria saber também qual pre amp que funciona em 96k (marca modelo etc...)

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
 

Tópicos relacionados a Gravando em 16 ou 24 bits, 44.1, 48 ou 96khz

289.605 tópicos 7.555.232 posts
Fórum Cifra Club © 2001-2014 Studio Sol Comunicação Digital