Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Problemas na hora de compor

      Autor Mensagem
      sofia15musical
      Membro Novato
      # nov/15


      Criei algumas melodias no violão e gravei tudo no pc, o problema é pra colocar a letra... já fiz alguas composições, mas nenhuma presta pra colocar nessas melodias... alguém pode me ajudar??

      Tipo: às vezes estou aprendendo alguma música e toco uma nota errada por exemplo... essa nota errada acaba me dando inspiração e eu vou criando uma melodia dali...
      ou então, to de bobeira fazendo alguma improvisação e sai uma música dali! Mas pra letra, eu me dificulto muito, sempre acho que a letra que eu fiz tá ruim, alguém pode me ajudar?

      Ismah
      Veterano
      # nov/15
      · votar


      Ninguém além de ti mesma pode ajudar. Melodia e letra devem andar juntos, se não não rola. Só palavras no papel é o que se chama de poesia, se escrever pensando numa música, isto é, já imaginando a melodia, fica fácil.

      Aandreep
      Membro Novato
      # nov/15
      · votar


      Metrificar a letra ajuda muito também na hora de encaixar a melodia nos fonemas.

      Lelo Mig
      Membro
      # nov/15 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      Ismah

      "Melodia e letra devem andar juntos,..."

      Nem tanto "mermão"..não crie regras ou armadilhas... já compus muitas canções que vieram de letras sem melodias prévias... e vice e versa também... Possuo até um macete pessoal para compor letras onde descarto a melodia.

      sofia15musical

      Possuo mais de 50 composições querida... não há regras. Existem métodos que você desenvolve para facilitar sua vida, alguns atalhos e ferramentas que você cria para se beneficiar... mas, estas ferramentas são pessoais, cada compositor desenvolve as suas.

      O que posso dizer é para não desperdiçar idéias, anotar/gravar tudo, por mais idiota que seja. Controle a ansiedade, não tenha pressa de fazer nada "bom" rapidamente e não descarte nada que aparente ser "ruim"... porque muitas vezes poderá ser lapidada depois.

      marcelosz
      Membro Novato
      # nov/15
      · votar


      Concordo, não há regras!

      Mas uma dica que lhe dou: siga a métrica e encontre palavras que encaixam na melodia/métrica. A rima também pode ser interessante, mas não imprescindível.

      Outra coisa: na hora do "caça-palavras" pra botar na melodia e encaixar na métrica/rima, não se preocupe em usar palavras quaisquer, ou até balbucios... Diz a lenda que o mestre John Lennon quando escreveu Hey Jude, usou a frase "... the movement you need is on your shoulder..." como um "placeholder" pra mais tarde tentar achar palavras melhores. Dizem que o Paul gostou da frase e falou pra deixar assim mesmo kkkk

      Marcos Jall
      Membro
      # nov/15
      · votar


      - concordo plenamente com Lelo Mig

      - Já no caso de Hey Jude, no comentário de marcelosz, foi o Paul quem compos e foi o Lennon quem gostou da frase e falou pra deixar assim mesmo

      FELIZ NATAL
      Veterano
      # nov/15
      · votar


      O que posso dizer é para não desperdiçar idéias, anotar/gravar tudo, por mais idiota que seja.

      um dos melhores conselhos dados no FCC since 2002

      Ningen
      Veterano
      # nov/15
      · votar


      O que posso dizer é para não desperdiçar idéias, anotar/gravar tudo, por mais idiota que seja.

      Ótima dica realmente...

      Contudo acho que uma tão boa quanto é aproveitar o momento... Não deixar pra depois... (Não pense, "ah, vou deixar gravado aqui, depois eu continuo) A inspiração pode vir de novo mas dificilmente igual à que você teve quando começou a melodia/música/letra... (Talvez nem venha) Claro, se por algum ótimo motivo você não conseguir, você terá o registro, como o Lelo sugeriu, e poderá dar continuidade.

      FELIZ NATAL
      Veterano
      # nov/15
      · votar


      Ningen

      Uma vi o Frusciante dizer que compunha sem se atentar a questoes tecnicas ou algo do tipo, como se quisesse beber o maximo possivel da enxurrada de inspiração.

      Sei la, pessoalmente falando as vezes passo meses a fio em um deserto de criatividade, e as vezes qualquer algo é magico.

      Acho que a observação do Lelo é muito interessante, e estimula a captar detalhes e a essencia do pensamento criativo de um ser. Como na maioria das coisa na vida: na pratica não é tão facil.

      Ningen
      Veterano
      # nov/15
      · votar


      FELIZ NATAL

      Uma vi o Frusciante dizer que compunha sem se atentar a questoes tecnicas ou algo do tipo, como se quisesse beber o maximo possivel da enxurrada de inspiração.

      Legal!.. Eu sempre gostei da maneira como ele toca.. Simples.

      Sei la, pessoalmente falando as vezes passo meses a fio em um deserto de criatividade, e as vezes qualquer algo é magico.

      Sei bem como é isso... rsrs

      Acho que a observação do Lelo é muito interessante, e estimula a captar detalhes e a essencia do pensamento criativo de um ser. Como na maioria das coisa na vida: na pratica não é tão facil.


      Claro cara!... Sem falar que, nada tão frustrante quanto perder algo que você criou por não ter registrado/salvo...

      Lelo Mig
      Membro
      # nov/15
      · votar


      FELIZ NATAL
      Ningen

      Todo mundo têm características semelhantes a uns e totalmente diferentes de outros... Meu método "pessoal" desenvolvi por conta de defeitos/características que possuo que me obrigaram a tomar algumas providencias.

      1- Trechos musicais vêm aos montes em minha cabeça. Seja um ritmo, uma batida, um riff, uma linha melódica, mas sempre pedaços curtos que esqueço muito rápido. Alguns muito bons, alguns muito ruins, mas como esqueço rápido não terei condições de julgar/aproveitar depois se não registrar. Hoje, o celular é uma maravilha.... no gravador de voz, rapidão, na base do batuque no que achar para bater e no tchu tchu tchurú vocal (imitando uma guitarra, um baixo, um teclado e etc), registro rápido e de forma fiel a minha intenção.

      2- Letras as idéias não vem tão fácil... preciso ir buscar. Então, quando surgem começo a escrever sem me preocupar com rimas, palavras difíceis e etc., procuro registrar a ideia, mesmo que o texto fique ingênuo e pobre. Uma vez registrada a ideia, aí sim me preocupo em transformar em canção, fazendo rimas, métrica, procurando palavras melhores e mais ricas e etc.

      Obs: Um macete que uso as vezes e me é muito útil, é o seguinte. As vezes, ouvindo uma canção qualquer me vem a ideia de uma letra. Por exemplo, ao ouvir "Bohemian Rhapsody" começo a inventar uma letra "por cima"... então eu aproveito essa "inspiração" e realmente escrevo uma letra por cima. (obs: sem relação alguma com a letra original, me fixo só na sonoridade, não presto a atenção na letra original, consigo fazer isso inclusive com canções em português). Eu arquivo ela por meses, até que um dia eu leio e não lembro, não faço a miníma ideia de "em cima" de que melodia foi escrita... aí tenho uma letra "pronta" para musicar.

      Ningen
      Veterano
      # nov/15
      · votar


      Lelo Mig

      Obs: Um macete que uso as vezes e me é muito útil, é o seguinte. As vezes, ouvindo uma canção qualquer me vem a ideia de uma letra. Por exemplo, ao ouvir "Bohemian Rhapsody" começo a inventar uma letra "por cima"... então eu aproveito essa "inspiração" e realmente escrevo uma letra por cima. (obs: sem relação alguma com a letra original, me fixo só na sonoridade, não presto a atenção na letra original, consigo fazer isso inclusive com canções em português). Eu arquivo ela por meses, até que um dia eu leio e não lembro, não faço a miníma ideia de "em cima" de que melodia foi escrita... aí tenho uma letra "pronta" para musicar.

      Nunca tinha pensado nisso
      o.O
      Interessante rsrs

      leosoccol
      Membro Novato
      # nov/15
      · votar


      olá tudo bem sofia ? qual estilo de musica você esta fazendo , sertanejo, sertanejo romatico ? me manda uma msg particular para conversarmos.

      FELIZ NATAL
      Veterano
      # nov/15
      · votar


      olá tudo bem sofia ? qual estilo de musica você esta fazendo , sertanejo, sertanejo romatico ? me manda uma msg particular para conversarmos.


      hsuahsuahsuahsuahsaushaushau

      sofia15musical
      Membro Novato
      # nov/15
      · votar


      Rock clássico, indie rock, rock alternativo...

      Ismah
      Veterano
      # nov/15
      · votar


      Lelo Mig
      Nem tanto "mermão"..não crie regras ou armadilhas... já compus muitas canções que vieram de letras sem melodias prévias... e vice e versa também... Possuo até um macete pessoal para compor letras onde descarto a melodia.


      Como não? Salvo metal melódico com solos de 27min, e 3 de canto, a letra vai ser 80% a melodia da música. Não há mui pra onde correr, agora harmonia e melodia não são obrigadas a bater, mas elas vão se complementar.

      Evandro Meneses
      Membro Novato
      # nov/15
      · votar


      Estou muito confuso com este tópico... acho que estão a dificultar algo tão simples...

      A música e a letra são uma coisa que pode funcionar de TODAS as maneiras...
      Fiz uma música, agora quero uma letra: É POSSÍVEL...
      Fiz uma letra, agora quero uma música: É POSSÍVEL...
      Fiz uma música, vou fazer a letra ao mesmo tempo: É POSSIVEL...

      Um poeta deve ser capaz de colocar uma letra numa música, tal como um compositor deve ser capaz de colocar uma música numa letra...

      é tão simples... não sei porque dificultem tudo isso... :s

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Problemas na hora de compor

      305.550 tópicos 7.892.228 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital