Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      O caso Zé Mayer: A culpa é da sociedade

      Autor Mensagem
      Paul Young
      Veterano
      # 06/abr/17 14:42
      · votar


      CindyFerrari
      valha, e foi o que? tipo uma bacteria que surgiu na sociedade devido ao ambiente propício pra isso?

      As sociedades vieram depois do ser humano selvagem, e não antes.

      DoisUm
      Membro Novato
      # 06/abr/17 15:10
      · votar


      CindyFerrari
      brunohardrocker

      Sugiro que cada um ponha um bikini e se engalfinhem nessa lama social que é o OT.

      Fottógraffo Ceggo
      Veterano
      # 06/abr/17 15:15
      · votar


      As atrizes da Globo fizeram a campanha "Mexeu com uma, mexeu com todas"

      Porque essas todas não se mobilizaram dessa maneira quando um professor mandou estuprar a Rachel Charizard? Ou é só pedir desculpas que tá tudo certo?

      Em caso positivo, porque tanta mobilização se Zé Mayer também pediu desculpas?

      No caso desse professor, porque não colocaram a culpa em toda a sociedade como fazem agora com Zé Mayer?

      acabaramosnicks
      Membro Novato
      # 06/abr/17 15:25
      · votar


      Fottógraffo Ceggo
      Primeiro porque não envolveu ninguém da globo, logo, tem menos notoriedade.
      Segundo porque não tem tanta gente assim que gosta dessa mulher.

      makumbator
      Veterano
      # 06/abr/17 15:36 · Editado por: makumbator
      · votar


      Fottógraffo Ceggo
      As atrizes da Globo fizeram a campanha "Mexeu com uma, mexeu com todas"

      Porque essas todas não se mobilizaram dessa maneira quando um professor mandou estuprar a Rachel Charizard? Ou é só pedir desculpas que tá tudo certo?


      Vou fazer o advogado do diabo:

      1. Cada um se envolve com as questões que achar melhor. As atrizes não são obrigadas a participar de qualquer movimento contra ou a favor de quem quer que seja. Elas podem se envolver em um determinado evento e esquecerem totalmente outros. Parece-me muito mais provável que elas se envolveriam em uma questão relativa a uma colega de empresa, pois é algo próximo a elas.

      Exigir que elas façam campanhas pra toda e qualquer alegação ou crime reportado nessa área é absurdo. O interesse e o tempo das pessoas é escasso, e os casos, numerosos.

      2. Há uma diferença entre falar (ou escrever) que deseja que fulana seja estuprada com um assédio físico consumado (coloco ele como consumado, uma vez que o próprio Mayer confessou genericamente o caso e não negou ter tocado na genitália da moça). O caso do Mayer toca (trocadilho!) mais no âmago das pessoas do que uma afirmação de um cara na internet desejando retoricamente que a jornalista seja estuprada.

      brunohardrocker
      Veterano
      # 06/abr/17 15:37
      · votar


      Fottógraffo Ceggo

      O professor era de esquerda? Então ele tem salvo conduto.

      acabaramosnicks
      Primeiro porque não envolveu ninguém da globo, logo, tem menos notoriedade.
      Segundo porque não tem tanta gente assim que gosta dessa mulher.


      Olha até onde vai a E M P A T I A da esquerda.

      brunohardrocker
      Veterano
      # 06/abr/17 15:40
      · votar


      makumbator
      Há uma diferença entre falar (ou escrever) que deseja que fulana seja estuprada com um assédio físico consumado (coloco ele como consumado, uma vez que o próprio Mayer confessou genericamente o caso e não negou ter tocado na genitália da moça).

      Está diferenciando o que é falado de ato consumado?
      Você precisa ser desconstruído, moço!
      Melhore!

      makumbator
      Veterano
      # 06/abr/17 15:43
      · votar


      brunohardrocker
      Está diferenciando o que é falado de ato consumado?

      Estou diferenciando o ato de tocar indevidamente com a retórica barata de se desejar estupros.

      Você precisa ser desconstruído, moço!

      Na minha casa ou na sua? Hihi!

      Fottógraffo Ceggo
      Veterano
      # 06/abr/17 16:14
      · votar


      makumbator
      Há uma diferença entre falar (ou escrever) que deseja que fulana seja estuprada com um assédio físico consumado

      Concordo plenamente.
      Então vamos fazer diferente.

      Um professor DISSE (no caso, escreveu) uma declaração infeliz sobre o estupro de uma mulher. Ninguém dá uma foda.
      Um parlamentar DISSE (no caso, disse mesmo) uma declaração infeliz sobre o estupro de uma mulher. Até hoje pedem a cassação e prisão dele por incitação ao crime e o acusam de estuprador, sem que ele tenha de fato estuprado a moça.

      Sendo assim, o professor merecia perder seu emprego e ser chamado de estuprador por ter pedido que uma mulher fosse estuprada?
      Ou o parlamentar que deveria ter seu caso esquecido?

      O que muda entre o parlamentar e o professor?

      Ao meu ver, a profissão de cada um não deve ser levada em conta para julgamento de tal atitude.

      sandroguiraldo
      Veterano
      # 06/abr/17 16:16
      · votar


      Na minha casa ou na sua? Hihi!
      Só cuidado com a conexão... pode ter alguém observando e ouvindo os sons da descarga...

      makumbator
      Veterano
      # 06/abr/17 16:21 · Editado por: makumbator
      · votar


      Fottógraffo Ceggo
      Um parlamentar DISSE (no caso, disse mesmo) uma declaração infeliz sobre o estupro de uma mulher. Até hoje pedem a cassação e prisão dele por incitação ao crime e o acusam de estuprador, sem que ele tenha de fato estuprado a moça.

      Bem, eu não concordo com a cassação dele, e na verdade entendo que o contexto do que ele disse era oposto ao que a pretensa ofendida entendeu.

      Sendo assim, o professor merecia perder seu emprego

      A princípio não, mas como acredito no livre mercado, se uma empresa privada que o emprega resolver demitir por conta da opinião pública eu não veria problema. Caberia a ele procurar seus direitos e até processar a empresa se não concordasse ou acontecesse algo irregular na demissão.

      Eu defendo a liberdade de expressão (sou até contrário a supressão de discursos vistos como de ódio). Mas também entendo a liberdade de uma empresa em demitir um empregado que se torna inconveniente para a imagem da mesma.

      O que muda entre o parlamentar e o professor?

      Se o professor trabalha na inciativa privada muda bastante (uma vez que o parlamentar é membro do estado).

      Ao meu ver, a profissão de cada um não deve ser levada em conta para julgamento de tal atitude.

      Mas são levadas. E é até natural que sejam.

      Fottógraffo Ceggo
      Veterano
      # 06/abr/17 16:29
      · votar


      makumbator
      Bem, eu não concordo com a cassação dele, e na verdade entendo que o contexto do que ele disse era oposto ao que a pretensa ofendida entendeu.
      Bolsominion detected.

      acabaramosnicks
      Membro Novato
      # 06/abr/17 16:31
      · votar


      Vcs não estão entendendo, muitas vezes tem a ver com a notoriedade, porque isso é o que vai levar o povo a pressionar, e vcs sabem muito bem que muitas vezes a justiça no Brasil só funciona à base de pressão.

      makumbator
      Veterano
      # 06/abr/17 16:38
      · votar


      Fottógraffo Ceggo
      Bolsominion detected.

      Eu não respondi o que você queira né? Desculpe.

      DoisUm
      Membro Novato
      # 06/abr/17 16:39
      · votar


      acabaramosnicks
      Correção:

      a justiça no Brasil só funciona à base de pre$$ão.

      makumbator
      Veterano
      # 06/abr/17 16:40
      · votar


      DoisUm
      Correção:

      a justiça no Brasil só funciona à base de pre$$ão.


      Correção 2:

      a justiça no Brasil (e em muitos lugares) não funciona. Nem com pressão.

      Fottógraffo Ceggo
      Veterano
      # 06/abr/17 16:45
      · votar


      makumbator
      Eu não respondi o que você queira né? Desculpe.

      Talvez nem eu saiba o que eu queria que você respondesse.
      Ou talvez eu queria que você respondesse exatamente isso.

      Viciado em Guarana
      Veterano
      # 06/abr/17 16:46
      · votar


      Fidel Castro
      Mas é isso aí mesmo! Dá trabalho demonstrar a lei provando por a + b que tem culpa c.

      makumbator
      Veterano
      # 06/abr/17 16:47
      · votar


      Fottógraffo Ceggo
      Talvez nem eu saiba o que eu queria que você respondesse.
      Ou talvez eu queria que você respondesse exatamente isso.


      Talvez.

      sandroguiraldo
      Veterano
      # 06/abr/17 16:57
      · votar


      Talvez
      Teoricamente é possível, salpicão

      CindyFerrari
      Veterano
      # 06/abr/17 17:37
      · votar


      Talvez nem eu saiba o que eu queria que você respondesse.
      Ou talvez eu queria que você respondesse exatamente isso.


      de repente só queria esgotar os argumentos e ver até onde a outra pessoa vai... tem muito disso

      st.efferding
      Membro
      # 06/abr/17 17:52
      · votar


      laje.exe

      Black Fire
      Gato OT 2011
      # 06/abr/17 18:31
      · votar


      O meio artístico é todo composto de gente promíscua e drogada, todo mundo sabe disso.

      DoisUm
      Membro Novato
      # 06/abr/17 18:35
      · votar


      makumbator
      Correção 2:

      a justiça no Brasil (e em muitos lugares) não funciona. Nem com pressão.


      Desculpe discordar mas acho que você está subestimando o poder da pre$$são.

      (tem virgula essa frase??)

      CindyFerrari
      Veterano
      # 06/abr/17 18:38
      · votar


      DoisUm
      tem sim, depois de "discordar" ;)

      Viciado em Guarana
      Veterano
      # 06/abr/17 18:39
      · votar


      Onde se ganha o pão não se come a carne.

      Snakepit
      Veterano
      # 06/abr/17 18:41
      · votar


      Segundo a interpretação de Luiza, a denúncia da figurinista pode ser enquadrada como um caso de estupro. “Do ponto de vista criminal, o que ela sofreu não foi assédio sexual, mas sim estupro.""

      A advogada criminalista e integrante da Comissão da Mulher Advogada da OAB-SP relembra que o estupro é considerado um crime hediondo e tem pena mínima de seis anos de reclusão.


      https://estilo.uol.com.br/comportamento/noticias/redacao/2017/04/06/jo se-mayer-pode-ser-preso-apos-caso-de-assedio-sexual.htm

      De onde a UOL tira esses doidos pra dar entrevista?

      makumbator
      Veterano
      # 06/abr/17 19:07
      · votar


      DoisUm
      Desculpe discordar mas acho que você está subestimando o poder da pre$$são.

      E você está superestimando! Hahah! Touché!

      (tem virgula essa frase??)

      Não sei.

      Viciado em Guarana
      Veterano
      # 06/abr/17 19:53
      · votar


      De onde a UOL tira esses doidos pra dar entrevista?

      Do setor de humanas de qualquer universidade federal.

      Black Fire
      Gato OT 2011
      # 06/abr/17 21:01
      · votar



      Porque essas todas não se mobilizaram dessa maneira quando um professor mandou estuprar a Rachel Charizard? Ou é só pedir desculpas que tá tudo certo?


      Claro, como alguém pode se solidarizar com a situação de uma colega de trabalho atacada por um taradão se não se solidarizar primeiro com uma discussão de maluco entre a Rachel Sheherazade e o demente do Ghiraldelli.
      Se a minha mulher for atacada no ônibus amanhã na minha frente eu não vou poder fazer nada, afinal não coloquei a #somostodosSheherazade no facebook.
      Parem de ser ideológicos e ridículos, sério, isso é coisa de doente.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a O caso Zé Mayer: A culpa é da sociedade

      303.010 tópicos 7.842.123 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital