Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Da régua moralizadora Trumpiana

      Autor Mensagem
      landlord
      Veterano
      # 01/jun/17 16:57
      · votar


      sallqantay

      Nunca fez...

      E prefiro o régua moral do Musk... Trump saiu do acordo de Paris.
      É pq Aquecimento global não existe, e com certeza sair do acordo ira ajudar muito a economia americana.

      Snakepit
      Veterano
      # 01/jun/17 17:10
      · votar


      Musk meteo o loco.

      Snakepit
      Veterano
      # 01/jun/17 18:23 · Editado por: Snakepit
      · votar


      Falo isso aqui há um bom tempo, o Trump está agindo diretamente para que os EUA não seja mais o "líder" do ocidente, o país mais influente, etc. Isso não é teoria da conspiração, é literalmente o "America First" dele.

      Os Estados Unidos batalharam e torraram muita grana desde a década de 40 pra serem o líder financeiro, militar, cultural do ocidente e do mundo.

      Trump abandonou todas essas metas. Estamos presenciando a maior guinada na política internacional em décadas, o cara está jogando fora o trabalho de quase um século feito pelos seus antecessores. Esse vácuo certamente será ocupado pela Alemanha, Russia e principalmente a China.

      Russia está quebrada mas tem know how. Alemanha embananada carregando a UE. China vai deitar, principalmente se fechar acordos importantes no vácuo do TPP, que justamente foi obra do Obama pra segurar a China mas o Trump implodiu.

      EUA rumo à insignificancia. Em largos passos.

      Snakepit
      Veterano
      # 01/jun/17 20:17 · Editado por: Snakepit
      · votar


      A única forma do Trump manter os EUA em evidencia com essa atitude de isolamento é entrando em uma guerra de tamanho no mínimo razoável. Tem que ser pelo menos maior que a do Iraque.

      Dar um teco na Coreia do Norte pode ser a salvação do seu mandato.

      Alguma guerra ocorrerá ou o Trump será certamente um dos piores presidentes da história recente americana.

      Viciado em Guarana
      Veterano
      # 01/jun/17 21:00
      · votar


      Alguma guerra ocorrerá ou o Trump será certamente um dos piores presidentes da história recente americana.

      Se uma guerra acontecer vai ser pior ainda porque o EUA iria perder.

      makumbator
      Veterano
      # 01/jun/17 21:03
      · votar


      Snakepit
      Alguma guerra ocorrerá ou o Trump será certamente um dos piores presidentes da história recente americana.

      Outra opção é levar ele para uma carreata em veículo aberto em Dallas, na famosa Dealey plaza. Aí é pá pum!

      Snakepit
      Veterano
      # 02/jun/17 02:48
      · votar


      And watching... for pigs on the wing.

      sallqantay
      Veterano
      # 02/jun/17 07:13 · Editado por: sallqantay
      · votar


      Snakepit
      Os Estados Unidos batalharam e torraram muita grana desde a década de 40 pra serem o líder financeiro, militar, cultural do ocidente e do mundo.

      Trump abandonou todas essas metas. Estamos presenciando a maior guinada na política internacional em décadas, o cara está jogando fora o trabalho de quase um século feito pelos seus antecessores.


      Mas a estratégia é exatamente essa. Esse custo é grande demais, um projeto maluco de supremacia mundial.

      Ao se isolar e voltar para dentro, os EUA podem se fortalecer.

      Dar um teco na Coreia do Norte pode ser a salvação do seu mandato.

      botar para fuder com esses china é obrigação, japão e coreia do sul estão a perigo

      Joseph Conrad
      Membro Novato
      # 02/jun/17 07:35
      · votar


      Saíram de uma acordo que era extremamente oneroso para eles em termos financeiros e políticos e que foi assinado por muita gente que não teria que mexer uma palha para aderir.

      Acho que o Trump trucou o resto do mundo e talvez vá conseguir a better deal.

      Bizarramente interessante essa presidência.

      sallqantay
      Veterano
      # 02/jun/17 07:36 · Editado por: sallqantay
      · votar


      Joseph Conrad

      e ele cobrando a conta da OTAN? Botou geral na parede! Paga essa porra ou os russos vão dominar essa bagaça!

      Trump é mito

      Joseph Conrad
      Membro Novato
      # 02/jun/17 07:43
      · votar


      sallqantay

      Pay the 2%.

      Ainda cutucou os alemães no twitter. São tempos bem divertidos.

      sallqantay
      Veterano
      # 02/jun/17 08:17 · Editado por: sallqantay
      · votar


      Joseph Conrad
      extremamente oneroso para eles em termos financeiros e políticos

      que isso, a bancada ambientalista ganha muito politicamente com esse tipo de acordo baseado em evidências científicas controversas enfiadas goela abaixo pelos globalistas nojentos do IPCC

      Eu tive aula com esse pessoal que lambe o saco do IPCC, eles tinham um chilique cada vez que alguém apontava para alguma incoerência/inconsistência que poderia enfraquecer a hipótese do aquecimento global antropogênico.

      Na boa, gente de verdade não se comporta assim, só idiota inseguro que tá escondendo alguma coisa.

      Coincidentemente ou não, quem me deu aula eram todos recém doutores, cheirando a leite com pera. Pareciam querer se afirmar na academia, e entraram nessa jihad para poder pegar um cargo e mamar nas tetas do leviatan com a nova modinha acadêmica do momento (verbas abundam para quem lambe saco de globalista)

      Academia é politicagem nojenta

      O bagulho fede muito, mas como não é minha área, nem tenho como saber ao certo

      fake news on fake climate, GO TRUMP!

      Joseph Conrad
      Membro Novato
      # 02/jun/17 08:54
      · votar


      sallqantay

      Estava falando em termos de PIB Industrial potencial e jobs, jobs, jobs.

      A canalha académica vai espernear mesmo. É um filão gordo demais.

      sallqantay
      Veterano
      # 02/jun/17 09:16 · Editado por: sallqantay
      · votar


      Joseph Conrad
      PIB Industrial potencial e jobs, jobs, jobs.

      até aí as energias limpas também são um novo filão, que dependem de um cenário regulatório favorável (teta mamada exaustivamente pelo fossil fuel team)

      canalha académica

      minha amiga tá fazendo mestrado sobre isso. E pior de tudo: na área de educação. Imagina o nível de canalhice quando se junta educação + global warming

      mas ela é honesta intelectualmente, comete o erro de só afirmar o que sabe, em meio a todo tipo de profeta dos novos tempos afirmando sobre a terra, o céu e o ar. Tá fudida, nadando entre tubarões

      brunohardrocker
      Veterano
      # 02/jun/17 10:58
      · votar


      https://media.giphy.com/media/xUPGctokCZb0gWWQEM/giphy.gif

      landlord
      Veterano
      # 02/jun/17 12:59
      · votar


      Joseph Conrad

      Discorra mais sobre os trabalhadores que atuam com carvão e como oneroso isso vai ser.

      Incrivelmente os outros 193 países não tem esse custo? Deve ser um gênio em ação mesmo... impressionante.

      sallqantay
      Veterano
      # 02/jun/17 13:07
      · votar


      *aguardando a moralizada de konrad sobre o McDakins*

      landlord
      Veterano
      # 02/jun/17 13:17
      · votar


      Eu tbm, e caso ocorra ele precisa sair urgentemente do OT e prover sua capacidade intelectual para o Mundo.

      Joseph Conrad
      Membro Novato
      # 02/jun/17 19:23
      · votar


      landlord

      Em uma análise fria, sob o ponto de vista do político com visão de curto prazo, com a obrigação e interesse de sustentar um mandato popular:

      a) a saída foi um dos pilares da campanha;

      b) está ligada a uma questão maior, de geração de empregos no ambiente interno, em um setor que seria drasticamente atingido pela plena implementação do acordo, uma vez que estima-se que até 60% da "indústria" do carvão seria atingida no médio prazo;

      c) em uma análise conservadora, significa, por baixo, uns 600k empregos;

      d) em termos de voto, muitos desses 600k hipotéticos votaram no Trump justamente pela promessa - agora cumprida. Lembrando que lá o voto é voluntário.

      e) obviamente, a não implementação do acordo não significa o abandono da pesquisa e desenvolvimento em fontes alternativas de energia, embora signifique um golpe sensível no curto prazo; dito de outra forma, a busca por formas de geração de energia mais "limpas" continua, e há bastantes agentes econômicos racionais dispostos a financiar a ideia; o chororô é político mais do que financeiro;

      f) mais uma vez, a medida está em conformidade com o que o eleitor médio trumpista espera daquele que elegeu;

      g) como bônus, o americano médio se livra de uma perspectiva de aumento de 15% a 20% nas contas de energia no médio prazo; esse seria um dos custos de estar em compliance com um acordo desenhado basicamente por burocratas não eleitos;

      h) sobre os outros 193 países não terem esse custo? A pergunta não segue: obviamente o custo relativo para os EUA é muito maior, dada a preeminência do país no PIB global e à heterogeneidade da matriz energética do grupo de signatários. A China, por exemplo, em função de suas características internas e estágio de "maturidade energética" pode fazer a transição entre uma matriz suja e ineficiente - carvão - e uma matriz limpa - whatever - sem que incorra em grandes custos internos em termos de mão de obra, por exemplo. Sem contar que tem uma população sob controle estatal muito mais cerrado.

      i) de quebra, mantém a postura de America First que é basicamente o que o elegeu;

      j) o aspecto simbólico do ato político de abandonar o acordo é o maior em décadas, e está também ligado à visão da América Grande que o elegeu;

      Trump continua sendo um ser intelectualmente limitado, com vocabulário limitado, ideias curtas e provavelmente comprometido pela história com os russos, mas tem atuado exatamente como se esperaria, fiel às promessas de campanha, e tem utilizado a mídia negativa que ganha como trampolim político.

      No plano político, é um anti-político que governa como um mad man, mas com método. Derrubou o Obamacare (voltando de uma derrota que parecia irrecorrível) tem forçado a questão dos 2% na cara dos aliados e agora trucou 193 países de uma vez só, de quebra gerando empregos em casa e agradando a base.

      É, no mínimo, interessante.

      General Patton
      Membro Novato
      # 02/jun/17 20:07
      · votar


      Admiro a paciência do Konrad para com os plebeus.

      Snakepit
      Veterano
      # 02/jun/17 22:27 · Editado por: Snakepit
      · votar


      sallqantay
      Trump abandonou todas essas metas. Estamos presenciando a maior guinada na política internacional em décadas, o cara está jogando fora o trabalho de quase um século feito pelos seus antecessores.

      Mas a estratégia é exatamente essa. Esse custo é grande demais, um projeto maluco de supremacia mundial.


      Sim, e é exatamente a promessa dele "America first". Mas por um tempo eu acreditava que ele tinha um plano elaborado, que isso tudo fazia parte de uma estratégia. Mas já estou largando de mão, Trump é isso e já era.

      Vejo ele com uma incapacidade absurda de enxergar depois da curva. Existem diversos motivos para os EUA contribuirem forte para a OTAN. Existem motivos para uma política de boa vizinhança com a Alemanha e outros aliados. Existe motivo pra ainda ter mais de 30 bases militares enfiadas dentro da Alemanha. Isso não é custo, é investimento.

      Os EUA sempre fizeram isso pois enxergavam além do imediato, numa política de longo prazo que contribuiu diretamente para eles se tornarem não apenas a maior economia do mundo, mas também o país mais influente.

      Curioso que tudo que ele faz ajuda diretamente a Rússia. A OTAN foi dos maiores acertos militares da história, conseguindo estabilizar aquela porra toda enquanto deixava a Alemanha de joelhos e a Rússia de mãos atadas.

      As consequências disso são imprevisíveis, é uma guinada forte na política internacional onde o ocidente flertou e trouxe para seu lado países do leste europeu. A balança virou, e muito rápido.

      Mas o Trump é um saudosista que sonha em fazer a "America Great Again", mas esquece que os anos 40 a 70 foi a época em que os EUA mais investiu, com dinheiro e principalmente com vidas, para ser o xerife do mundo e exportar seu "americanismo".

      O que ele está fazendo não tem nada de "again" (nos EUA pelo menos), é algo sem precedentes que vai levar sabe-se lá pra onde.

      landlord
      Veterano
      # 02/jun/17 22:53
      · votar


      Joseph Conrad

      Bacana, mas esses argumentos todo mundo sabe.

      Queria ver sustentar mesmo essa afirmação:
      Saíram de uma acordo que era extremamente oneroso para eles em termos financeiros e políticos e que foi assinado por muita gente que não teria que mexer uma palha para aderir.

      landlord
      Veterano
      # 02/jun/17 22:57
      · votar


      b) está ligada a uma questão maior, de geração de empregos no ambiente interno, em um setor que seria drasticamente atingido pela plena implementação do acordo, uma vez que estima-se que até 60% da "indústria" do carvão seria atingida no médio prazo;

      Você tem pelo menos o dado da importância em volume e geração de empregos da matriz do carvão? O quer que eu passe?

      Snakepit
      Veterano
      # 03/jun/17 00:05 · Editado por: Snakepit
      · votar


      landlord
      https://www.nytimes.com/interactive/2017/04/25/climate/todays-energy-j obs-are-in-solar-not-coal.html?_r=0

      Mas é no NYT fake news, não vale.

      MrYuriSilva
      Veterano
      # 03/jun/17 02:58
      · votar


      Fico pensando o que se passa na cabeça de um rockeiro ou de um metaleiro não ter vergonha de assumir que é de direita e que apoia Trump ou Bolsonaro em todas as direitices deles. Quero realmente entender, bicho. A democracia está aí pro povo apoiar quem quiser, mesmo que seja sem coerência aparente.

      Paul Young
      Veterano
      # 03/jun/17 03:16
      · votar



      4:10

      Snakepit
      Veterano
      # 03/jun/17 03:33 · Editado por: Snakepit
      · votar


      Paul Young
      "Coal... and I happen to love coal miners."

      sallqantay
      Veterano
      # 03/jun/17 06:35 · Editado por: sallqantay
      · votar


      Snakepit

      Vejo ele com uma incapacidade absurda de enxergar depois da curva.

      Isso é retórica, não é crítica. Ninguém é capaz de prever o futuro. O Trump é imediatista e pensa no curto prazo (mad man), ele tem que entregar resultados.

      Longo prazo é utopia, aí no campo da utopia tudo vale.

      Cobrar a conta da OTAN não é ser contra ela, é justamente ser a favor. Exigir que os outros paguem a conta é exigir compromisso com a bagaça, coisa que a UE tá evadindo a favor de um sistema de defesa próprio (integração dos exércitos continentais).

      Os EUA relutaram em entrar na 2a guerra, em uma postura isolacionista. Aí quando entraram, viram a possibilidade de criar um império em escala global para substituir o império francês/britânico.

      A URSS do outro lado fez o mesmo, e iniciou uma disputa pela supremacia mundial.

      Só que isso é um delírio, um projeto muito caro. Sem falar que é teoricamente impossível atingir a supremacia, os estados podem ser soberanos, mas nunca supremos (Hobbes).

      A OTAN criou uma certa estabilidade, mas ao mesmo tempo tinha os russos e os chineses correndo por fora, e eles tomaram posições atrás de posições. Uma ordem global multipolar impede o projeto de supremacia mundial.

      Trump não é o presidente do mundo, ele renunciou a esse cargo. Trump preside os EUA

      Fidel Castro
      Veterano
      # 03/jun/17 08:43
      · votar


      Independentemente de acordos, se os EUA não saírem da base carvão, vão tomar no cu nos próximos 20 anos.

      Se o Trump sair do acordo mas não barrar inovação interna, justo. Se for isso de forma a inviabilizar energia solar, financeiramente, no curto prazo, vai depender de Elon Musk torrando caixa pagando pra ver a brisa que só vai começar a dar fruto financeiro em 2040.

      Não tem muito nego com disposição e capital pra ficar operando 20 anos com burn-rate de 80%

      Black Fire
      Gato OT 2011
      # 03/jun/17 20:55
      · votar


      Esse landlord so volta pra passar vergonha.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Da régua moralizadora Trumpiana

      302.606 tópicos 7.833.363 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital