Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Questões intrigantes 1: sobre opção sexual.

      Autor Mensagem
      Bog
      Veterano
      # abr/11 · Editado por: Bog


      Esta é a primeira de 3 questões intrigantes que eu queria colocar aqui para ver o que o pessoal pensa. As 3 são sub-produtos de discussões que vivem surgindo.

      A primeira questão apareceu por conta de todas essas discussões sobre gays e homofobia. Tá, tem gente que acha que não é natural, tem gente que acha que é pecado, tem gente que acha que é normal... Este NÃO É um tópico sobre isso. É sobre a idéia de "opção sexual".

      Confesso que minha experiência sobre o tema é limitada. Mais que isso, é nula. Eu NUNCA tive uma opção sexual. Eu lembro que quando eu era criança as meninas eram aquelas chatas que gostavam de coisas de menininha, e aí de repente eu não conseguia parar de olhar para elas. Digo, é óbvio que eu sempre pude optar entre olhar (às vezes mais do que o recomendável) e tentar evitar (nem sempre conseguindo), entre chegar na menina (e invariavelmente levar um fora) e ficar na minha (e invariavelmente pensar que eu devia ter chegado)... Mas nunca realmente optei por sentir atração por meninas, nem por esta ou aquela menina. Aliás, principalmente na adolescência, as meninas que me atraiam eram exatamente aquelas de quem eu deveria querer distância, enquanto aquelas que eram as que provavelmente seriam as melhores escolhas não despertavam nenhum sentimento em mim.

      Portanto, na minha experiência, eu não tenho opção sexual, porque nunca fiz uma escolha. Mas muita gente defende que sentir ou não atração é sim uma opção. E aí, como foi com vocês? Do mesmo jeito que eu, uma coisa que aconteceu? Ou você precisou fazer uma opção? Fico imaginando a cena, o sujeito um dia para e começa a refletir: "hmmm, vamos ver, gostar de meninas ou de meninos, hmmmm, qual será que eu escolho, hmmm..." O.o

      PS - Favor não transformar este tópico em discussão sobre Bíblia, deputados conservadores, liberdade de expressão, homofobia x patrulha ideológica, etc.

      TG Aoshi
      Veterano
      # abr/11
      · votar


      hehe! Levei um susto quando li o título do tópico e vi que era seu. Mas foi só parar pra pensar que fez todo sentido.

      Enfim, seguindo o seu raciocício eu também não tive opção. Mas algo que me intriga, é que, mesmo bem criança (bem criança mesmo!), já tinha atração pelo sexo oposto, embora fosse inocente demais pra perceber e entender isso.

      Sir.Paulo
      Veterano
      # abr/11 · Editado por: Sir.Paulo
      · votar


       
       

      Bog
      Veterano
      # abr/11 · Editado por: Bog
      · votar


      Sir.Paulo

      Que raios isso tem a ver com a questão do tópico?

      KaTy
      Miss Simpatia 2012
      # abr/11
      · votar


      Fui naturalmente me interessando por rapazes. Nunca parei pra pensar se era uma escolha ou não. Agora que você chamou a minha atenção pra isso, pude perceber que também não posso chamar de "opção sexual".

      Murillo Wendel
      Veterano
      # abr/11
      · votar


      Bog


      Pelo o que eu entendi você se refere a "opção" como forma de escolha?

      Faz sentido. Não tinha pensado dessa forma. Se deixamos nossos instintos nos guiar pelas nossas escolhas e vontades, realmente não temos uma opção, pois já fomos direcionados, no caso com a atração para o sexo feminino e acrdito que isso acontece da mesma forma com o homossexual.

      Lucas Borlini
      Veterano
      # abr/11
      · votar


      Eu sei lá.
      Desde que me entendo por gente eu gosto de mulheres, nunca cogitei o contrário.

      Eu acho que tem a opção pra todo mundo, mas não por olhar e ficar pensando "hmmm, vamos ver, gostar de meninas ou de meninos, hmmmm, qual será que eu escolho, hmmm...", eu acho que acontece de talvez o camarada se frustrar com o sexo oposto (talvez por um relacionamento mal resolvido) e acabar partindo pra outro caminho.
      Fora isso tem aqueles babacas metidos a descolados, modernos e o caramba. Mas ai eu creio que é estupidez, e não opção.

      Murillo Wendel
      Veterano
      # abr/11
      · votar


      Bog


      Ah, velho, eu fico besta e admirado com seus argumentos e com a forma fluida, lúcida e muito inteligente com que você responde cada pergunta, por mais polêmica ou cretina que seja.

      Sério mesmo.

      pedroes
      Veterano
      # abr/11
      · votar


      Eu escolhi ser sujeito hômi e cabra macho.

      Die Kunst der Fuge
      Veterano
      # abr/11 · Editado por: Die Kunst der Fuge
      · votar


      Recomendo a leitura deste texto e se te interessar, buscar o artigo:

      Low-serotonin mice less choosy about sex of partners

      http://blogs.discovermagazine.com/notrocketscience/2011/03/23/low-sero tonin-mice-less-choosy-about-sex-of-partners/?utm_source=feedburner&ut m_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+NotRocketScience+(Not+Exactly+Rocke t+Science)

      Basicamente, o que sabemos é que o comportamento sexual (em ratos e humanos) é controlado pelo nível de serotonina no cérebro. Quando a serotonina está em baixos níveis, o desejo sexual é elevado. Quando a serotonina está em níveis elevados, o desejo sexual é baixo (por isso que anti-depressivos, que funcionam recapturando serotonina, aumentando seus níveis, influenciam no desejo sexual).

      Neste estudo que fizeram, utilizaram ratos com um gene necessário para produção de serotonina nocauteado, ou seja, não expresso, portanto, estes ratos tinham níveis extremamente baixos de serotonina.

      Os resultados foi de que estes ratos perderam a opção entre machos e fêmeas, montando igualmente entre eles, independente do sexo.

      Não é uma explicação completa e definitiva sobre comportamento sexual, mas pelo menos é uma abordagem objetiva do assunto. Tem parte dos dados aí na matéria, mas você pode baixar o paper também.


      RECOMENDO

      A leitura deste comentário de um editor da Scientific American, sobre o estudo, contrapondo algumas das idéias apresentadas, para ajudar a ponderar a informação:

      http://www.scientificamerican.com/blog/post.cfm?id=serotonin-and-sexua l-preference-is-2011-03-28

      Abraço.

      Murillo Wendel
      Veterano
      # abr/11 · Editado por: Murillo Wendel
      · votar


      Die Kunst der Fuge


      O Fluoxetina provoca alguma reação nesse tipo pensamento? Aumenta o desejo sexual?

      Lucas Borlini
      Veterano
      # abr/11
      · votar


      Die Kunst der Fuge

      Então por esse estudo ai (aplicando isso a comuna gay) o cabra vira gay por que ele quer sexo, independente de com quem seja. É isso?

      Lucas Borlini
      Veterano
      # abr/11
      · votar


      Murillo Wendel
      O Fluoxetina provoca alguma reação nesse tipo pensamento? Aumenta o desejo sexual?

      Ixi mano, acho que é por isso que você corta pros dois lados.

      Die Kunst der Fuge
      Veterano
      # abr/11 · Editado por: Die Kunst der Fuge
      · votar


      Murillo Wendel

      Aumenta não, diminui.
      Ele é um Inibidor seletivo de recaptação de serotonina, com isso aumenta os níveis de serotonina disponível na fenda sináptica. Como eu disse ali acima, quanto maior o nível de serotonina, menor o desejo sexual.

      Um dos efeitos adversas dele é a diminuição da função sexual.

      Die Kunst der Fuge
      Veterano
      # abr/11
      · votar


      Lucas Borlini
      Então por esse estudo ai (aplicando isso a comuna gay) o cabra vira gay por que ele quer sexo, independente de com quem seja. É isso?

      Não dá pra fazer este tipo de extrapolação assim tão radical.

      Na verdade, este estudo mostra que com a atividade sexual aumentada, os caras perdem a seleção pelo sexo do parceiro.

      Não significa que seja assim com todos os gays, é apenas uma das possibilidades.

      Murillo Wendel
      Veterano
      # abr/11
      · votar


      Lucas Borlini
      Ixi mano, acho que é por isso que você corta pros dois lados.


      Ai bi... a LoOka...Adoogooo..Leidi GaGaaaa!! Aiiii meu amorrrr!!!

      Murillo Wendel
      Veterano
      # abr/11
      · votar


      Die Kunst der Fuge
      Um dos efeitos adversas dele é a diminuição da função sexual.


      Caramba, então quem faz uso desse medicamento pode sofrer a "falta de apetite sexual"?

      Die Kunst der Fuge
      Veterano
      # abr/11
      · votar


      Murillo Wendel
      Caramba, então quem faz uso desse medicamento pode sofrer a "falta de apetite sexual"?

      Sim!

      Murillo Wendel
      Veterano
      # abr/11
      · votar


      Die Kunst der Fuge

      Eita.

      Murillo Wendel
      Veterano
      # abr/11
      · votar


      Die Kunst der Fuge

      Eu tomo ele, mas é para ansiedade e ajudar a diminuir a pressão arterial. Fiquei assustado agora.

      Tomo um comprimido a noite. Tem uns 10 dias. Não senti diferença nenhuma, tanto na questão da ansiedade, quanto na diminuição do meu desejo sexual.

      Die Kunst der Fuge
      Veterano
      # abr/11 · Editado por: Die Kunst der Fuge
      · votar


      Murillo Wendel

      Fudeu, agora o efeito placebo vai acabar com você.

      :P

      Bem, eu não sei nada sobre as doses necessárias (pode ser que a sua dose seja baixa e então você não note diferença) pra acontecer este efeito e nem sobre o tempo de tratamento necessário, vejamos mais a longo prazo.

      Eu não sei também por quanto tempo ele atua, e você toma e vai dormir, né? Dai não sei se é por isso que você não sente diferença.

      Quem sabe outra pessoa aqui sabe responder.

      Murillo Wendel
      Veterano
      # abr/11
      · votar


      Die Kunst der Fuge
      udeu, agora o efeito placebo vai acabar com você.

      :P


      Fala isso não mano!!! <o>


      Bem, eu não sei nada sobre as doses necessárias pra acontecer este efeito e nem sobre o tempo de tratamento necessário, vejamos mais a longo prazo.


      Bom, o médico me passou por um mês, por enquanto.

      Bog
      Veterano
      # abr/11
      · votar


      Murillo Wendel
      Pelo o que eu entendi você se refere a "opção" como forma de escolha?

      Sim.

      Lucas Borlini
      acho que acontece de talvez o camarada se frustrar com o sexo oposto

      Eu confesso que nunca vi isso acontecendo DE VERDADE. Talvez em novela, em filme... mas nunca vi pessoalmente.

      Fora isso tem aqueles babacas metidos a descolados, modernos e o caramba. Mas ai eu creio que é estupidez, e não opção.

      Bom, neste caso é sim uma opção. É como se eu não gostasse de beber cerveja mas me forçasse a beber porque assim seria mais bem aceito no grupo. Eu não posso optar por gostar ou não de cerveja, mas posso optar por beber ou não beber mesmo assim.

      pedroes
      Eu escolhi ser sujeito hômi e cabra macho.

      Você poderia desenvolver mais isso? Como outros que aqui postaram, eu não me lembro de ter precisado fazer uma escolha.

      Die Kunst der Fuge

      Artigo interessante. :)

      Não significa que seja assim com todos os gays, é apenas uma das possibilidades.

      Concordo plenamente.

      Murillo Wendel
      Veterano
      # abr/11
      · votar


      Die Kunst der Fuge
      Eu não sei também por quanto tempo ele atua, e você toma e vai dormir, né? Dai não sei se é por isso que você não sente diferença.

      Quem sabe outra pessoa aqui sabe responder.


      É. Um comprimido de 20 mg (acredito eu). Eu tomo e já vou dormir. O médico deixou bem claro: "Tome apenas 1 comprimido e tem que ser ANTES de dormir"


      Quando você disse a respeito da serotonina, eu já fiquei assustado pq o Fluoxetina atua diretamente nos níveis de serotonina.

      KaTy
      Miss Simpatia 2012
      # abr/11
      · votar


      Eu escolhi ser sujeito hômi e cabra macho.
      Quer dizer que pintou a dúvida algum dia?

      pedroes pensando:
      *ser sujeito hômi e cabra macho, ou sujeito guëi e cabra fêmea?
      - bem, escolho ser sujeito hômi e cabra macho.

      pedroes
      Veterano
      # abr/11 · Editado por: pedroes
      · votar


      Bog

      Bom... eu não fiz "escolha", mas realmente não sinto a mínima atração por homens. Em contrapartida sinto uma grande atração por mulheres. Logo pode-se dizer que eu faço essa "escolha" todos os dias de forma espontanea.

      Die Kunst der Fuge
      Veterano
      # abr/11
      · votar


      Murillo Wendel

      Fale com o seu médico. Eu falaria.

      Murillo Wendel
      Veterano
      # abr/11
      · votar


      Die Kunst der Fuge

      Verdade. Mas mesmo assim valeu pela informação.

      E tem gente que achava que não poderia encontrar informações úteis no OT!

      =D

      Bog
      Veterano
      # abr/11
      · votar


      Aliás, eu não digo que sempre gostei de meninas. Acho que até uns 9 ou 10 anos, eu não gostava de nada, era assexuado. Eu tinha curiosidade de olhar como era, mas era só curiosidade, não tinha desejo nenhum no meio. Foi lá pelos 10 anos que a coisa mudou. Curiosamente, tudo começou com coisas totalmente bobas, do tipo ficar provocando as meninas para elas correrem atrás de mim, e "sem querer" deixar uma delas me alcançar. Daí para as paixõezinhas de escola foi um pulo. Sem escolher, sem optar, sem pensar se era certo ou errado, se era natural ou não, uma hora eu simplesmente comecei a achar algumas meninas bonitas, ter vontade de olhar, tocar, apertar, etc.

      Enfim, até uns 10 anos eu era bem inocente. Sempre via aqueles meninos de 5, 6 anos com os pais estimulando para serem "pegadores" desde cedo, mas nunca entendia. A minha "namorada" do Jardim III era só uma menina com quem eu brincava de Caverna do Dragão (hahah, sem maldade!).

      Murillo Wendel
      Veterano
      # abr/11
      · votar


      Bog

      Então você acha que de alguma forma poderia ter se tornado homossexual?

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Questões intrigantes 1: sobre opção sexual.

      305.382 tópicos 7.889.167 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital