Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      .ıllı Review Eminence FDM Reignmaker: falante/atenuador .ıllı

      Autor Mensagem
      MauricioBahia
      Moderador
      # jul/11 · Editado por: MauricioBahia


      Oi pessoal!

      Site: http://www.eminence.com/2010/09/eminence-puts-a-new-twist-on-guitar-to ne/

      Especificações completas (ou PDF): http://img9.imageshack.us/img9/1928/fdmspecs.jpg

      São dois modelos FDM: o Reignmaker (vermelho) e o Patriot (azul) com sonoridades "britsh" e "american", respectivamente. FDM (Flux Density Modulation) é uma nova tecnologia patenteada pela Eminence, na qual girando um knob no próprio falante, você ajusta o volume final.
      Teoricamente eu deveria ter comprado o azul pro Blues Jr., mas como não "usei a busca" com eficiência negligenciei esse ponto. A questão é que o som é do vermelho é bom e ponto final. hehe O preço foi U$188,99 + 60% de impostos (Ebay). Nada barato, porém mais em conta que comprar um THD Hotplate, por exemplo.

      Como funciona: Pra atenuar mais ou menos é muito simples. Basta girar a rodinha! Uiii... Nos vídeos é possível ver bem como isso funciona.

      Cuidado: ele pode não caber no seu amp, que foi o meu caso e tive que quebrar a cabeça pra arrumar espaço pra encaixá-lo dentro do Blues Jr. pois o falante acabava encostando nas válvulas! O.o Como era um produto recém lançado, não havia informações desse tipo no Google, além do que eu nem imaginaria isso. Enfim, a Eminence já sabe e inclusive o Bill M. também, que postou em seu Blog! Dessa vez eu fui a cobaia... hehe

      Foto do problema (escrevi em inglês nas fotos pra mandar pra loja que me vendeu e pra Eminence): http://img209.imageshack.us/img209/295/problemfdmsepakerfender.jpg

      Depois de muito custo, consegui uma folguinha: http://img222.imageshack.us/img222/3040/bingolm.jpg

      Bom, aqui estão dois reviews bacanas:



      ______________________________________________________________________ ________________






      Em breve tentarei fazer o meu review em vídeo. :)

      Abs

      MMI
      Veterano
      # jul/11
      · votar


      MauricioBahia

      Ah... Agora sim! Só falta o seu mesmo! hehehehe
      Capricha no seu review! Parabéns pelos seus últimos tópicos.

      Abç

      carlos adolphs
      Veterano
      # jul/11 · Editado por: carlos adolphs
      · votar


      MauricioBahia
      MMI
      Muito interessante Maurício, e uma sacada muito simples da Eminence.A força do magneto(imã), é levada para o entreferro(ranhura da bobina) pela peça polar(cilindro de metal, preso embaixo, no imã e estabelece o entreferro em cima, dentro do qual a bobina se move).Ora, se eu colocar entre essa peça e o imã, algum material que blinde esse fluxo, eu posso variá-lo e com isso a eficiencia do conjunto magnetico.Isso é facilmente comprovado na tabela no final das especificações, onde se lê a indutância da bobinal móvel.Como a bobina não tem variação de espiras, as únicas duas coisas que poderíamos fazer para variar dessa maneira a sua indutância, seria introduzir e retirar núcleo ou blindar o fluxo com material isolante magnético.Como vc gira aquele enorme botão no fundo do imã, acredito que fizeram um mecanismo de rosca que permite vc "rosquear" a peça polar, como se fosse uma antena telescópica de rádio a pilha, introduzindo até a posição de máximo fluxo ou retirando desta posição até o fluxo mínimo.A variação de alguns mm é suficiente para isso, dentro da área do entreferro.Very Smart!Um abraço!

      marcosshrp
      Veterano
      # jul/11
      · votar


      MauricioBahia
      Como vc os importou?

      MauricioBahia
      Moderador
      # jul/11 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      MMI
      carlos adolphs

      :) Valeu meus jovens!

      marcosshrp

      Ebay, escrevi lá no post, inclusive o valor.

      Abs

      Btardelli
      Veterano
      # jul/11 · Editado por: Btardelli
      · votar


      MauricioBahia
      bem legal, ja tinha ouvido falar desses falantes,mas não tinha entendido direito como funcionavam....
      você trocou o falante para poder saturar as valvulas ou porque queria outro som do amp?
      ps.: do blues jr ai só sobrou o logo da fender,hehehe
      abç

      MauricioBahia
      Moderador
      # jul/11 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      Btardelli

      O objetivo do falante é somente pra eu poder saturar o power em situações como em casa, estúdio ou locais pequenos. Mas ainda não testei "de verdade", ouvindo, atenuando; ouvindo, atenuando; ouvindo, atenuando... pra avaliar perdas de timbre e coisas desse tipo. Na boa, isso é coisa de maluco e é um saco! hehe! Cara, de uns tempos pra cá eu tenho parado de fazer testes com equipos pois no final das contas o que conta é quando a banda toca junta e o local influi muito.

      ps.: do blues jr ai só sobrou o logo da fender,hehehe

      Não pô! Todo o restante é Fender ué!


      Abs

      Btardelli
      Veterano
      # jul/11 · Editado por: Btardelli
      · votar


      MauricioBahia
      O objetivo do falante é somente pra eu poder saturar o power em situações como em casa, estúdio ou locais pequenos
      entendi, mas o blues jr só tem um canal certo? ai como você usaria o som clean? no pot de volume?
      Mas ainda não testei "de verdade", ouvindo, atenuando; ouvindo, atenuando; ouvindo, atenuando... pra avaliar perdas de timbre e coisas desse tipo. Na boa, isso é coisa de maluco e é um saco! hehe! Cara, de uns tempos pra cá eu tenho parado de fazer testes com equipos pois no final das contas o que conta é quando a banda toca junta e o local influi muito
      Somos 2!
      ja tem um bom tempo que eu não passo horas testando as coisas, conparando, vendo se o clone é melhor que o original, se o som de fender do meu GDI é melhor que do meu SimulAmp, se fosse alguns meses atraz estava feito loco testando, hoje uso os 2 em situações diferentes!
      agora, meu amp pode ter vindo "bixado" mais eu saturei facilmente o power dele, isso que ele tem 50w! o blues jr tem 15, certo? você mora em apartamento?
      abç

      MauricioBahia
      Moderador
      # jul/11
      · votar


      Btardelli: entendi, mas o blues jr só tem um canal certo? ai como você usaria o som clean? no pot de volume?

      Pode ser. O objetivo é um leve crunch do power e usar pedais como booster o ou outros pra colorir. Enfim, exercitar as válvulas um pouco mais. :)

      agora, meu amp pode ter vindo "bixado" mais eu saturei facilmente o power dele, isso que ele tem 50w!

      Minha nossa! Mas você saturou o power?

      blues jr tem 15, certo? você mora em apartamento?

      Isso, mesmo com banda em estúdio, 15w pode ser muito.

      Abs

      Btardelli
      Veterano
      # jul/11 · Editado por: Btardelli
      · votar


      MauricioBahia
      Minha nossa! Mas você saturou o power?
      Sim, no dia que eu comprei ele, levei para o quintal e coloquei o master e o gain no talo, HEHE
      ficou BEM alto, mas nada ensurdecedor!
      só que se fosse no meu quarto, seria inpossivel, no quintal não tem vizinhos embaixo, nem do lado, então o unico em "situação de risco" seria eu, fui sem medo!
      E que som LINDO, ainda não levei no estudio para testar quanto eu posso usar, no meu quarto uso o master no 3~4 e o "clan", que é o volume do pré no 2~3.
      abç

      MauricioBahia
      Moderador
      # jul/11
      · votar


      Btardelli

      Que amp é?

      Abs

      Btardelli
      Veterano
      # jul/11
      · votar


      MauricioBahia
      Tagima tube 50r
      abç

      carlos adolphs
      Veterano
      # jul/11
      · votar


      MauricioBahia
      Btardelli
      Gurizada, bom dia!Tava de fora só olhando o papo de vcs, mas verifiquei uma coisa que vcs comentam e muitos outros também, que é o tal de "saturar o power".Vamos só pensar juntos um pouco.Quando ocorre a saturação?Quando vc chega ao máximo sinal de entrada sem que haja"ceifamento" no sinal de saida, vc teria o que comumente chamamos de clean máximo.No momento que começar a ceifar o sinal de saída, significa que apesar de aumentarmos o sinal de entrada, o de saida não aumenta mais de intensidade, dizemos então que saturou.Isso é que quero que entendam, após a saturação, vc aumenta apenas a distorção, mas não o sinal de saída.Se isso já ocorreu no pré, jamais ocorrerá no power, pois o pré não tem condição de aumentar mais a voltagem do sinal, condição necessária para saturar o power.Para efetivamente conseguir saturar um power, vc terá que construir um pré que permaneça clean até que vc consiga atingir o máximo de voltagem de entrada das válvulas do power, que varia conforme a válvula, mais fácil de atingir nas EL84 do que nas 6L6 ou EL34.Então não raras vezes o pessoal acha que está saturando o power quando na realidade é só o pré mesmo.O processo de chegar a isso é só quando vc tem o master gain, que vc leva ao máximo e o ganho do pré não passe de 2 ou 3 e consegue um bom nível de distorção.Mesmo assim não é garantido que vc esteja saturando o power.A adequada construção do estágio de inversor de fase do power é que irá garantir isso, aliado ao maior ganho das válvulas de saida(eu disse ganho, não potencia).Os inversores de fase da Fender por exemplo, não foram feitos para saturar, por isso a característica mais clean deles.Abcs!

      ogner
      Veterano
      # jul/11 · Editado por: ogner
      · votar


      carlos adolphs

      É isso mesmo mestre, mas acho que isso de saturar o power se tornou mais uma expressão guitarristica ( pra variar não muito correta) pra traduzir essa situação: O processo de chegar a isso é só quando vc tem o master gain, que vc leva ao máximo e o ganho do pré não passe de 2 ou 3 e consegue um bom nível de distorção
      Que normalmente pra se chegar na distorção fazendo esse esquema tem que colocar muito master, logo MUITO alto, hehe!!

      Pq é notório em amps que tem controloe de Gain e master a diferença do drive gerado.
      Se colocar muito gain e pouco master EU acho o drive bem xoxo, caido, já colocando muito Master e ajustando o Gain de ele, ai sim o drive e todo o timbre vem que vem...

      EDIT:
      Pra ilustrar
      http://www.youtube.com/watch?v=b871FRjDWAs

      ogner
      Veterano
      # jul/11
      · votar


      Pq é notório em amps que tem controle de Gain e master a diferença do drive gerado.
      Se colocar muito gain e pouco master EU acho o drive bem xoxo, caido, já colocando muito Master e ajustando o Gain de ele, ai sim o drive e todo o timbre vem que vem...


      Só ajustando aqui, isso (acima) tb varia do tipo de circuito do amp.

      MMI
      Veterano
      # jul/11
      · votar


      De fato, também acho que varia conforme o circuito e construção do amplificador. De modo geral é verdade sim, especialmente num amp sem master, complica bastante isso de "saturar o power". Talvez muita gente goste quando se soma a saturação do pré e do power (?). Já em alguns prés para guitarra (racks) fica fácil saturar o pré, o power e mesmo aumentar a saída do pré depois de saturado para empurrar o power. Depende...
      De qualquer forma, acredito que, de forma geral, a forma como satura uma 12AX7, uma EL34 e um transistor são diferentes.

      Binohendrix
      Veterano
      # jul/11
      · votar


      Olha, vou falar uma coisa pra vcs...Eu acho que eu nado contra a maré, se tratando de distorção de válvulas. Eu prefiro uma distorção , mesmo que bem suave, de um bom pré valvulado do que um Vox no talo "saturando o power". Sério mesmo. A distorção de power tem um som característico, que ficou imortalizada por grandes músicos, mas não acho que seja melhor ou como alguns juram por aqui, a distorção de verdade. . E ainda existem músicos famosos que preferm a combinação canal limpo ( sem saturação) + stomp box, mesmo usando valvulados. No amp que vou comprar (Blackstar ht 40), o som da distorção do pré, com as devidas regulagens, soou incrivelmente superior e encorpada do que a saturação do power, mesmo a baixos volumes. Não tinha nada de xoxo. E olha que eu coloquei o bicho no talo, sem dó...Sei lá, acho que muita gente fica uma falsa impressão de som xoxo porque geralmente quando testam só a distorção do pré, usam baixos volumes e quando testam a saturação de power são obrigados a colocar no talo e isso causa aquele impacto na audição, causando uma falsa sensação de som mais encorpado.Acho que no fundo , é uma questão de gosto. Eu só escuto som antigo, com amps clássicos e muita saturuação de power mas , na hora de fazer o MEU som, eu prefiro algo mais moderno, com um bom pré hi gain. Tanto que durante uma bateria de testes, eu acabei optando pelo Blackstar , que é um amp hi gain moderno, em vez do Orange Tiny Terror, que é um amp no estilo "old school" e que não chega a ser um low gain, mas para alcançar a metade da distorção do Blackstar precisa " empilhar" as distorções, de pre e power. No caso do Orange, realmente, a distorção da saturação de power é bem mais bonita do que a do pré. Tudo isso, NMHO.

      MauricioBahia
      Moderador
      # jul/11 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      carlos adolphs

      No Blues Jr., Eu abro Master no talo (ou perto disso) e ajusto o volume no Gain até saturar um pouco. Como gosto da distorção de pedais, acho que a mistura fica bonita deste modo.

      Abs

      ogner
      Veterano
      # jul/11
      · votar


      Binohendrix
      Olha, vou falar uma coisa pra vcs...Eu acho que eu nado contra a maré, se tratando de distorção de válvulas. Eu prefiro uma distorção , mesmo que bem suave, de um bom pré valvulado do que um Vox no talo "saturando o power". Sério mesmo. A distorção de power tem um som característico, que ficou imortalizada por grandes músicos, mas não acho que seja melhor ou como alguns juram por aqui, a distorção de verdade

      Olha, vou falar uma coisa pra vc...hehehe..Parei de ler nesse ponto, pois ate esse ponto vc toco no assunto GOSTO, SUBJETIVIDADE, então.não conta!! O ponto aqui é tecnico, suturar power e pre e ponto....Digo isso pq se nao pra variar, vai descambar DE VEZ o topico!!

      Abço..

      MauricioBahia
      Moderador
      # jul/11 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      Binohendrix: Olha, vou falar uma coisa pra vcs...Eu acho que eu nado contra a maré, se tratando de distorção de válvulas. Eu prefiro uma distorção , mesmo que bem suave, de um bom pré valvulado do que um Vox no talo "saturando o power". Sério mesmo.

      Também é uma ótima ideia e já toquei bastante assim, mas o objetivo é a outra distorção oferecida, digamos assim, que é a do power, já que pré e power tem diferentes características sonoras. Daí a minha busca por um atenuador para diversos casos. ;)

      Abs

      Binohendrix
      Veterano
      # jul/11
      · votar


      ogner
      Ok. Não queria desvirtuar. Só achei que seria interessante uma opinião contrária , já que a saturação de power é unanimidade por aqui e esse seria um tópico adequado, pois o pessoal que tá por aqui , nesse tópico, é mais adulto e o que eu dissesse não se transformaria numa discussão pré vs power. Além do que não iria criar um topico só pra falar isso. Blz. Continuarei acompanhando o tópico , on mute now...

      MauricioBahia
      Parabéns pelo brinquedo. Gostaria de ter essa opção de saturar o power a vontade. Os únicos powers que tenho saturado ultimamente são do guitar rig, que apesar de ser bacana, is not the same...Um amp que toquei na America e qui tinha um puta som do power saturado foi o Egnater Rebel 20. Ele tinha uma chave de seleção de watts, que quando alternada para 1w, fazia o power saturar mais cedo. Bem legal. Com esse seu atenuador vc pode saturar a volumes bem baixinhos ( volume que dê pra tocar de madrugada com a mulher dormindo por exemplo )ou tem que ter um certo volume pra isso acontecer.?

      ogner
      Veterano
      # jul/11
      · votar


      Binohendrix

      Tranquilo..Mas velho( deu uma olhada na cara do Blackstar ht 40) e sinceramente eu nao sei oq cada controle de Volume, ganho faz ali, nem sei se ele é o esquema de Master controlar o power..tem varios knobs..hehehe, como vc soube qual seção estava saturando??

      Ta liberado o disvirtuamento!!

      ahuehuahue!! caraca que audácia, num topico do moderador...
      Mas acho que é pertinente, é sobre power e pre...de um amp especifico
      http://www.blackstaramps.co.uk/products/ht-amps/ht-40-settings.html

      MauricioBahia
      Moderador
      # jul/11
      · votar


      Binohendrix: volume que dê pra tocar de madrugada com a mulher dormindo por exemplo

      A ideia NUNCA foi tocar baixo, apenas não ter que tocar tão alto a pontos das paredes tremerem, sacou? Até pq, tocar baixo não tem graça! hehe A ideia é obter uma distorção do power de modo que eu possa ensaiar com banda sem fica neurótico se estou encobrindo a outra guitarra, por exemplo. Essa tema "volume" parece simples, mas pra mim é complicadíssimo, já que faço base e se eu vacilar, o som como um todo pode ficar um lixo, encobrindo o volume da voz e eu canto na banda! hehe Mas isso tudo é questão de treino e entrosamento.

      Pra ser sincero, eu ainda não usei muito o Blues Jr. com banda pq não tenho saco de levar o amp toda vez pros ensaios em estúdio. Seria o ideal, mas a preguiça reina!

      Atualmente, pra tocar no quarto, até rola, mas na prática eu plugo um fone e um Amplitube da vida...

      Abs

      Binohendrix
      Veterano
      # jul/11
      · votar


      MauricioBahia
      Saquei. Achava que era pra tocar em casa ou em ambientes intimistas, tipo bar pequeno e tals. E outra, achava que o Blues jr iria saturar fácil num ensaio com banda. Pelo visto, acho que estou meio surdo e tocando alto demais.

      ogner
      Canal limpo, volume e master no talo. Não sei o que controlou o power, se foi o master ou volume. Acredito que foi o master, pois coloquei o volume primeiro no talo e depois fui aumentando o master até rachar o som. Mas não fiz o contrário.

      MauricioBahia
      Moderador
      # jul/11
      · votar


      Binohendrix: E outra, achava que o Blues jr iria saturar fácil num ensaio com banda. Pelo visto, acho que estou meio surdo e tocando alto demais.

      No seu Blues Jr. não é assim tão alto?

      Achava que era pra tocar em casa ou em ambientes intimistas, tipo bar pequeno e tals. E outra, achava que o Blues jr iria saturar fácil num ensaio com banda.

      Sendo bem claro: esse falante-atenuador é pra qq situação, dependendo do ambiente. Enfim, eu comprei pela versatilidade. Simples assim. ;)

      Abs

      ogner
      Veterano
      # jul/11
      · votar


      Binohendrix

      E parece que quem ta contra maré não é vc, o povo te apoia, hehehe!! Tudo com +1..Olha ae!!

      Canal limpo, volume e master no talo. Não sei o que controlou o power, se foi o master ou volume. Acredito que foi o master, pois coloquei o volume primeiro no talo e depois fui aumentando o master até rachar o som. Mas não fiz o contrário.

      É realemente não sei, velho..Alias nem saco muito de amp não, sei o basico e quantos menos canal mais facil, hehehe..

      1 canal, volume, treble, mid, bass, master e um reverbzinho de mola..uns par de6l6 ou EL84 umas 2 12ax7, crunchado....umas latinhas na frente, um TS um fuzz e um delay...pronto, sai tudo quanto é rock n roll dae, hehehe...

      Jinkxs
      Veterano
      # jul/11
      · votar


      MauricioBahia

      Parabéns pela aquisição. Deve ficar muito bom.

      Tô curioso pra ver o seu review.... deixa de preguiça e grava alguma coisa aí pra gente!!! Usa singles falou???

      Só mais uma coisinha: Como fazer essa parada no título do tópico (as barrinhas)??? Tem truque (tipo alt + ??) ou é coisa só pra moderas (rs)???

      Abs.

      MauricioBahia
      Moderador
      # jul/11 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      Jinkxs

      O review ali do Guitar Wold tá ótimo, full HD e tudo! hehe

      Como fazer essa parada no título do tópico (as barrinhas)??? Tem truque (tipo alt + ??) ou é coisa só pra moderas (rs)???

      O truque foi que eu vi isso num tópico uma vez e gostei. Copiei e colei pro bloco de notas do Windows pra um dia usar! ehhe. Mas esses caracteres diferentes você encontra no Mapa de Caracteres do Windows. (charmap.exe)

      æßs ۞

      Btardelli
      Veterano
      # jul/11 · Editado por: Btardelli
      · votar


      MauricioBahia
      Depois de ver esse tópico liguei para ex o dono e perguntei em relação ao headroom do amp, e ele me disse que "esqueçeu" do "detalhe" de que ele desligou 2 das 4 el84 do amp, ou seja ele estaria com 25w!
      Eu mandei para um tecnico amigo meu para ele dar uma olhada, se nao for reversivel eu devolvo o amp e compro um menor, ja até tinha batido um arrependimento de leve de nao ter pego um menor!
      carlos adolphs
      cara, eu não conheço NADA de amps valvulados, valvulas, modelos, etc!
      o pouco que conheço foi o que li neste e em outros fóruns!
      obrigado pela "aula", hehe
      abç

      MauricioBahia
      Moderador
      # jul/11
      · votar


      Btardelli: Depois de ver esse tópico liguei para ex o dono e perguntei em relação ao headroom do amp, e ele me disse que "esqueçeu" do "detalhe" de que ele desligou 2 das 4 el84

      Tá explicado... Pelo menos você não está surdo! hehehe

      Abs

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a .ıllı Review Eminence FDM Reignmaker: falante/atenuador .ıllı

      305.937 tópicos 7.899.326 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital