Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      enquete séria: filtro de linha, estabilizador, no break? Usei a busca.

      Autor Mensagem
      Calime
      Veterano
      # out/11
      · votar


      Die Kunst der Kleinen Schwanz

      Vc conhece esse produto(MIE G)? Ele é legal?

      Chibatocaster
      Veterano
      # out/11
      · votar


      carlos adolphs

      Tem razão.

      Vale a pena ter os dois? Filtro e estabilizador?

      carlos adolphs
      Veterano
      # out/11
      · votar


      Chibatocaster
      O ultimo link que enviei, o estabilizador tem tudo pronto, não precisa mais nada.Abcs.

      Chibatocaster
      Veterano
      # out/11
      · votar


      carlos adolphs

      Valeu

      Luc Armstrong
      Veterano
      # nov/11
      · votar


      carlos adolphs

      entao, to entrando no mundo dos valvulados agora e pretendo usar um cabeçote em shows nas mais diversas casas aqui da cidade q, acredite, devem ter as piores fiaçoes possiveis...

      se vc pudesse dar uma "palavra final" em questao de proteçao boa e barata para um amplificador valvulado importado, qual seria?
      reparei nos anuncios de estabilizadores q vc postou e eles ja vinham com o novo encaixe de tomada brasileira, forçando assim a usar um adaptador pra plugar eletronicos importados.

      carlos adolphs
      Veterano
      # nov/11
      · votar


      Luc Armstrong
      Os indicados são os dos posts mesmo.Vc não vai encontrar nenhum sem a tomada nova.O governo deu ordem para recolher todos os produtos com as tomadas antigas.A potencia a ser utilizada será o dobro do que vier indicado no aparelho (potencia de entrada de linha, não saída de áudio).Abcs.

      Bonnerfl
      Veterano
      # nov/11
      · votar


      carlos adolphs
      tava pensando em pegar um variac de 0.5kva pra proteger o meu blackstar ht-20, porem achei isso aqui no sitio do meu tio:

      http://imageshack.us/photo/my-images/85/06112011114.jpg/

      http://imageshack.us/photo/my-images/580/06112011115.jpg/

      é esse o tal estabilizador d npucleo saturado?

      vlws

      carlos adolphs
      Veterano
      # nov/11
      · votar


      Bonnerfl
      Que achado arqueológico!Primeiro, Sim, é um estabilizador, segundo, não é de núcleo saturado.Limpe-o, troque o cordão de força, dê spray de limpa contatos na chave seletora.É um regulador manual.Vc liga o aparelho na tomada traseira e com a seletora em desligado, vá trocando para um, dois e assim por diante, de modo a manter o ponteiro do voltímetro um pouco abaixo da marca vermelha.Pode usá-lo se estiver OK, é bom.Abcs.

      wiskeria
      Veterano
      # nov/11
      · votar


      Eu ja vi alguns destes antigos pelos usados da região, mas se eu quiser usar um destes num tremendão por exemplo que especificações ele deveria ter?

      MarcoAPN
      Membro Novato
      # 29/jun/16 22:47
      · votar


      Ressucitando o tópico aqui...

      Minhas guitarros dão muito chiado quando ligadas de frente ou de costas pro amp, e nenhum chiado quando ficam de lado pro amp. Todas blindadas em luthier com cobre e SEM NENHUM single (em nenhuma).

      Ligando a guitarra direto no amp (sem os pedais) acontece a mesma coisa, sendo apenas mais baixo o chiado.

      Pensei em comprar um filtro de linha Upsai. Uso o amp num modulo isolador estabilizado (MIE G3) pois a rede é 220v e o amp é 115v.

      Ai vem a dúvida: compro um Upsai 110v pra ligar ele NO ESTABILIZADOR, ou compro um 220v pra ligar o estabilizador nele?
      Ligo qual na tomada (antes do outro)?

      Ismah
      Veterano
      # 30/jun/16 04:31
      · votar


      Tem algo externo causando esse chiado. Não é comportamento de ruído de rede.

      MarcoAPN
      Membro Novato
      # 30/jun/16 11:01
      · votar


      Tem algo externo causando esse chiado. Não é comportamento de ruído de rede.

      Tem alguma idéia do que possa ser? Não faço absolutamente nenhuma idéia de como resolver. Já li muita coisa, já testei muita coisa e nada :(

      Ismah
      Veterano
      # 30/jun/16 13:15
      · votar


      Uma lâmpada, um cabo prensado/danificado na via elétrica, um motor trifásico ligado com capacitor na vizinhança... Tanta coisa... Começa por inverter o plug na tomada, as vezes ajuda.

      SergioTrindade
      Veterano
      # 30/jun/16 15:23
      · votar


      O filtro de linha xing-ling é apenas uma extensão de tomada com fusível.
      Para "filtrar"as interferências tem apenas um capacitor de 47nf de 10 centavos entre o fase e o terra. O funcionamento dessa bagaça (se o terra estiver realmente aterrado e o fase estiver no lugar certo) é muito limitado.
      Recentemente comprei um filtro indutivo desses:
      http://www.ebay.com/itm/391078458455?_trksid=p2057872.m2749.l2649&ssPa geName=STRK%3AMEBIDX%3AIT
      Em tese é bem mais eficiente, mas não tive tempo de testar.

      Ismah
      Veterano
      # 30/jun/16 15:37
      · votar


      SergioTrindade

      Tem os que são capacitores X nF ligados em série com as vias, atuando como acopladores, e isolando as partes... Meio que uma versão mais barata de um trafo isolador.

      MarcoAPN
      Membro Novato
      # 30/jun/16 23:00 · Editado por: MarcoAPN
      · votar


      Ismah
      Começa por inverter o plug na tomada, as vezes ajuda.


      Fiz isso, não adiantou.
      Quando eu ligo só 1 captador (indepentende de qual seja), se eu ficar de lado pro amp o ruído some.

      Quando eu ligo os 2 o ruído some se eu ficar de frente pro amp (e desse jeito, se os volume dos 2 captadores estiverem iguais mesmo no máximo, o ruído é muito baixo, mas se ficarem diferentes o ruído dá uma aumentada).

      Idéias?

      Ismah
      Veterano
      # 01/jul/16 09:13
      · votar


      Lâmpadas próximas? Testou em outras tomadas? E em tomadas de outros lugares, longe do de costume?

      MarcoAPN
      Membro Novato
      # 01/jul/16 18:33
      · votar


      Ismah

      Várias fluorescentes próximas, mas mesmo de dia com elas desligadas se mantém.

      Em outros locais não há ruídos. Por isso que de início achei que era um amp (não costumo levar ele). Troquei o amp, e tudo se manteve como tava. Por isso suspeitei de energia.

      O filtro de linha profissional resolveria?

      Ismah
      Veterano
      # 01/jul/16 20:59
      · votar


      E está chegando tensão nelas? Se possível, retire-as da rede, sem esquecer do reator.

      blackfarrapo
      Veterano
      # 19/abr/17 17:28
      · votar


      caraca, o pessoal fala fala fala fala fala FALA e NAÕ CHEGA A LUGAR NENHUM! É um negócio que é de ENGENHARIA de SOM e era pra ser muito simples, VALVULADO 110v, Nobreak, estabilizador, filtro? PEssoal fala de todos mas nao chega a conclusao nenhuma, tem muito mito nesse meio e to achando que NINGUEM sabe de nada, vou usar um nobreak entao, que nao sei como teria oscilaçao de energia se ele mesmo tem uma bateria interna se caso acabar a energia.

      acabaramosnicks
      Membro Novato
      # 19/abr/17 17:41
      · votar


      blackfarrapo
      Faz sentido, uma bateria é pra ser tão estável quanto a natureza lhe permite.

      Ismah
      Veterano
      # 20/abr/17 11:18
      · votar


      blackfarrapo

      Primeiramente lhe informo que estou arrependido de ter lhe respondido em outro tópico.
      Deixe de preguiça pedindo resumos e pare de reclamar. A 10 anos, tu precisaria adivinhar cada coisa que hoje pode estar lendo aqui.
      Existem de fato mitos, mas ninguém aqui tem bolas pra pagar um eletricista para dimensionar o set up, e nem tem suporte técnico para viabilizar isso na hora H. Mas estou de bom humor, então segue uma atualização dos meus dizeres...

      É muito difícil se manter estabilidade e linearidade num equipamento analógico, ainda mais quando a carga é variável. Por este motivo que se passa a fazer quase tudo em domínio discreto: se pega uma amostra do sinal e analisa digitalmente, onde uma determinada variação é processada e decisões são tomadas com base nisso.

      Mesmo que tenha a bateria ela não é garantia de nada, pois depende do funcionamento dos no-breaks. Alguns modelos a bateria alimenta a saída, em outros mais baratos, ela só entra na jogada quando acaba a energia.
      Se existir algum surto, o tempo de chaveamento entre dois taps cria um uma rampa de tensão de X volts, que primeiro vai subindo a tensão gradativamente (as vezes é bem abrupto, mas os capacitores/choke filtram geralmente). Quanto menor o tempo de chaveamento, e maior a sensibilidade a variação de entrada, melhor, e mais caro, é o equipamento.

      E os preços são exponenciais. O melhor que se pode ter, fica nos 20mil reais. O que é um investimento absurdamente alto, aqui como lá fora!
      Por isso só se vê uso coletivo em 2 casos: estúdio ou shows de médio porte em diante. Usado individualmente pinta em alguns shows de médio porte, mas o usual é só em shows de grande porte, onde o artista pode deslocar 100mil em equipamento numa volta ao mundo, se necessário.

      Sabendo que as coisas não são estáveis naturalmente, se projeta circuitos onde a variação admissível seja de 20%, 10% a mais ou a menos que o nominal. Em valvulados, ao se retificar a onda completamente, qualquer variação surtiva (pico) de tensão, tende a ficar no banco de capacitores e no choke (quando usado), ou ao menos ser amortecida.

      O ruim é que boa parte dos valvulados usa tensões muitas vezes acima da nominal da rede. Isso implica em usar trafos aumentadores, o que significa que 1V de variação no primário, implica numa variação de vários volts no secundário (depende da razão entre primário e secundário).

      Para compensar isso posso ligar em paralelo (de preferência ANTES do aparelho), qualquer carga não-linear que diminua sua resistência com o aumento da tensão aplicada. Como é o caso do já citado varistor/VDR ou uma lâmpada incandescente (já vi ser usado, e funciona muito bem).
      Serve para que um aumento da tensão, implique no aumento da corrente que é limitada por um fusível ou disjuntor simples, que venha a desarmar. Simples e eficiente, mas não contra picos.

      Porém começamos a ter problemas quando a tensão inicial muda. Então se deve estabilizar ela com um VARIAC, depois cria-se uma " chave " com base em carga não-linear, e depois filtragem de ruído... E...(?)

      O último grito, é retificar e re-modular a alimentação. Nunca abri, mas creio sejam as mais simples com base em fontes chaveadas em tamanho grande, e as mais complexas com base em fontes comuns.
      Alguns aparelhos vem com estes condicionadores já, que fornecem uma tensão estabilizada na saída. É caso de algumas consoles Yamaha e suas cópias feitas pela Behringer, algumas Allen&Heat e as cópias feitas pela Oneal/Ciclotron/Tech Vox...

      Quando se precisa bancar as partes em si, e a logística de tudo isso é que a porca torce o rabo...! Um main power completo, com um bom gerenciador, um bom trafo, e que possa operar em sistema trifásisco, bifásico e monofásico, como suportar um palco completo, não baixa de seus 100 kg, e seus 5~8mil reais novo, e tem um volume de um rack de 50x50x90 cm.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a enquete séria: filtro de linha, estabilizador, no break? Usei a busca.

      303.301 tópicos 7.849.352 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital