Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      É todo valvulado ou não é, pô!? Definição correta de "All Tube".

      Autor Mensagem
      MauricioBahia
      Moderador
      # out/10 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      EStou sem ondiões deler zuzo!...

      Só sei que o assunto tá fluindo bem, sem "degladiações"... Quem faz o som é o guitarrista porra!

      Abx!

      [edit] ih... virou a página! :)

      makumbator
      Veterano
      # out/10
      · votar


      MauricioBahia

      EStou sem ondiões deler zuzo!...

      Estás mamado?

      MauricioBahia
      Moderador
      # out/10 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      makumbator

      Médio... Os post do Nichendrix são muito extensos. Preciso focar para ler!

      uhuhhauha!

      Abs

      makumbator
      Veterano
      # out/10
      · votar


      MauricioBahia

      Hhsahsaash!

      MauricioBahia
      Moderador
      # out/10
      · votar


      makumbator

      :)

      Essa questão "All Tubes" eu levantei pra saber se o pessoal concorda com o termo e se ele representa a realidade. No final das contas, pouco importa, né? Pois, o que vale é o som, o guitarrista e sua criatividade! Ahhhhhh, a criatividade, como ela soa bem em qualquer estágio!!!!

      Ela não vê válvulas, DSPs, diodos... Ela enxerga a música e isso é o que importa.

      E que se fodam todos os diodos, DSPs e válvulas, pois eu quero é ouvir boa música, o talento na verve do artista!

      Abs

      nichendrix
      Veterano
      # out/10
      · votar


      Vinícius Iron

      É mais ou menos o ponto de discordância aqui, os que não ligam pro clipping de diodo e os que ligam, obvio na hora de definir o que é all tube... hehehe

      Eu não ligo... mas sou minoria... heheheh

      MMI
      Rapaz, musica ta virando informatica, pq dessa nem tava sabendo ainda.

      nichendrix
      Veterano
      # out/10 · Editado por: nichendrix
      · votar


      MauricioBahia

      Talento na cerva do artista... hehehehhe... fio a cerva vai é pro bucho, né pra veia não... hehehehehhehehe

      MauricioBahia
      Moderador
      # out/10
      · votar


      nichendrix

      hic hic hic!

      Velho, adoro seus posts e sua postura. O que já aprendi contigo e com muitos users do FCC mereceria um grande encontro! Alías, seria uma coisa SENSACIONAL um encontro dos user do FCC! Imagina uma gig com a galera. De Ros, Allan e cia? Diliça!

      SAAAAAAAAAAAMMMMMMMM! Patrocina aí velho.

      :)

      Abs

      makumbator
      Veterano
      # out/10
      · votar


      MauricioBahia

      Vc está numa fase recente desse tipo de questionamento não é? Já vi alguns tópicos recentes seus com esse tipo de discussão.

      E que se fodam todos os diodos, DSPs e válvulas, pois eu quero é ouvir boa música, o talento na verve do artista!

      Acho que vc sabe que uma das coisas que eu menos gosto de discutir em música é sobre equipamento, acho que já contei de um conhecido meu que conseguia ficar falando mais de 1h no telefone sobre qual modificação ele iria fazer em um wha. O pior é que eu tinha que escutar...

      O cara ama falar de equipamento, mas o pior é que ao contrário das suas questões pertinentes e interessantes na área, ele discorre horas sobre bobagens(coisas como: qual o mellhor fornecedor de potenciômetro de 250K no Brasil e no mundo? Quais as diferenças audíveis entre as diferentes procedências de pot disponíveis no mercado...).

      Uma das coisas que me afasta do estereótipo de guitarrista é essa paixão geek desenfreada! hsahashahs!


      Acho que essa questão de ser ou não all tube serve muito mais ao marketing dos fabricantes do que qualquer coisa. Realmente os fabricantes há muito identificaram esse frisson dos usuários por ter um amp all tube(apenas tube não basta).

      makumbator
      Veterano
      # out/10
      · votar


      MauricioBahia

      SAAAAAAAAAAAMMMMMMMM! Patrocina aí velho.

      Hahahahs! Vai sonhando!!!

      nichendrix
      Eu não ligo... mas sou minoria... heheheh


      Eu não ligo nem de ser semi tube ou "zero" tube, quanto mais reclamar de diodo!hashshasa!

      MauricioBahia
      Moderador
      # out/10 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      makumbator

      "All Tube" de C* é rola. Assim vale pros solid state e digitais. Eu penso assim. Há uma "hype" sobre equipos que eu fico preocupado. Pra mim, isso atrasa o aprendizado. Liga a porra da guitarra num Amplitube da vida e tá bom pra caramba! Nem precisa de amp! Basta o cara, sua guitarra e criatividade!

      Eu fico puto com essa coisa de colocar o equipo a frente do guitarrista.

      nichendrix

      huhahaua!

      Abs

      Vinícius Iron
      Veterano
      # out/10 · Editado por: Vinícius Iron
      · votar


      MauricioBahia

      Eu acho que depende da pessoa, cara. Tem pivete que não toca nada, conhece pouca teoria, mas tem uma lista gigante de tudo quanto é parafernalha de equipamentos pra comprar, achando que, assim, vai tocar melhor. Já tem guitarristas de verdade, que, depois de um tempo tocando em várias equipos, segue em busca de todos os equipamentos que, juntos, façam com que ele encontre 'o seu som'. E, conforme vai conhecendo alguns tipos de som, vai se entusiasmando para buscar mais e mais possibilidades para que seja concretizado os anseios como músico.

      Pelo menos é o que eu penso a respeito (desculpa estar me metendo, hehehe).

      nichendrix
      Veterano
      # out/10
      · votar


      MauricioBahia

      Rapaz, a idéia do encontro é boa... não sei quando rola de eu ir no Rio, mas meu ingresso pro show do Paul McCartney eu acabei de garantir o meu, da mãe e da minha irmã (sacanagem a mãe é a segunda vez que vê Sir Paul)... já pensou uma conversa dessas depois do show?

      makumbator
      Veterano
      # out/10
      · votar


      MauricioBahia
      "All Tube" de cu é rola

      Hhsahsahsa!

      Eu fico puto com essa coisa de colocar o equipo a frente do guitarrista.


      Claro que instrumento é importante(e o amp é uma extensão da guitarra, então considero como uma unidade), quanto melhor o equipamento mais legal a brincadeira e bla bla bla, mas realmente muita gente pensa em equipo!

      Esse amigo de quem falei, daqui da minha cidade, é um desses fanáticos. Não toca praticamente nada(e é guitarrista há muitos e muitos anos), mas só pensa em equipamento. O engraçado é que ele parece que nem gosta tanto de música, o lance dele são as minúcias técnicas e as luzinhas piscando!

      MauricioBahia
      Moderador
      # out/10
      · votar


      Vinícius Iron: desculpa estar me metendo, hehehe

      Denunciado!

      hehe!

      Sem dúvida, a gente vai crescendo e entendendo que o som vem da música e não o contrário. Eu penso assim! A música/criatividade acabam pedindo por sonoridades e se vc não as conhecer, acaba ficando "por fora" das possibildades. É por isso que conhecer os efeitos é importante, mas vc não precisa gastar aos tubos! Uma G2 ou uma RP-70, por exemplo, já te apresentam 90% do que rola de verdade em termos de efeitos e distorções. O que falta é aplicar esse conhecimento na prática, ou seja na música.

      nichendrix

      Daqui a pouco o FCC faz 10 anos!

      Abs

      Vinícius Iron
      Veterano
      # out/10
      · votar


      MauricioBahia

      Uma G2 ou uma RP-70, por exemplo, já te apresentam 90% do que rola de verdade em termos de efeitos e distorções.

      É, cara, mais ou menos... concordo com tudo que tu disse antes, mas eu acho que o tipo de efeito e amplificador vai do estilo que cada um toca e do tipo de efeito que quer. Por exemplo, o cara pode comprar um Boss GT-10 e ter todos os efeitos, mas será que eles terão a qualidade e atenderão o tipo de som que o cara quer? O mesmo se aplica aos dois exemplos que tu citaste. O cara pode testar vários tipos de marcas de efeitos com a mesma finalidade (ex: delay, chorus, reverb, harmonizer, phaser etc), mas gostar mais desses efeitos proporcionados por uma TC Electronic ou uma Eventide. O mesmo eu diria dos amps: Fender são brilhantes, mas será que eles valem para aqueles que querem algo de alto ganho? O cara também pode ter preferência por algo mais britânico ou californiano, ou os dois!

      O que eu digo, mais ou menos sinteticamente, é que, se o cara é um músico que abrange vários estilos de composições, a busca dele por equipamentos pode ser bastante longa. Num estilo ele vai usar uma coisa, no outro vai usar outra. Ou, até mesmo dentro do mesmo estilo, usar equipos diferentes a fim de dar uma contrastada no resultado final. Claro que esses são os músicos mais exigentes e, com certeza, tem um lado profissional (ou semi-profissional) em jogo. Não tem nada a ver com aquele cara que toca em casa e com os amigos só para se divertirem. Estaríamos falando de uma outra realidade, é claro...


      Putz, me estendi! Hehehehe.

      makumbator
      Veterano
      # out/10
      · votar


      MauricioBahia
      O que falta é aplicar esse conhecimento na prática, ou seja na música.

      Aí é que está! Pois a música vem do verdadeiro e único instrumento musical: o cérebro humano, e não do equipamento A ou B(a música apenas passa por eles).

      Quem sabe daqui alguns milênios, se a humanindade ainda estiver por aqui,consigamos eliminar a necessidade dos suportes físicos para a música. A partir de então poderíamos ter a comunicação da música do cérebro criador direto para os cérebros "ouvintes"!!! Hhsahsah! Deveras ousada e futurista essa idéia! heheh!

      MMI
      Veterano
      # out/10 · Editado por: MMI
      · votar


      MauricioBahia

      Essa questão "All Tubes" eu levantei pra saber se o pessoal concorda com o termo e se ele representa a realidade. No final das contas, pouco importa, né? Pois, o que vale é o som, o guitarrista e sua criatividade! Ahhhhhh, a criatividade, como ela soa bem em qualquer estágio!!!!
      Ela não vê válvulas, DSPs, diodos... Ela enxerga a música e isso é o que importa.
      E que se fodam todos os diodos, DSPs e válvulas, pois eu quero é ouvir boa música, o talento na verve do artista!


      Nada como a "marvada" para clarear a mente do cidadão! hahahahaha


      nichendrix

      Rapaz, musica ta virando informatica, pq dessa nem tava sabendo ainda.

      Eu não tenho dúvidas disso e inclusive, penso que o futuro da música vai ser por esse lado, acabando com as válvulas...
      Só que nos dias atuais, nessa questão tecnológica, existem as porcarias, as meia-bocas, as razoáveis e as realmente boas. Por isso que para a maioria desse fórum, falar que SS é bom, o cara vai pensar num Warm Music dos mais vagabundos e falar que você disse bobagem. Agora quero ver meter o pau num Lab5, Polytone (nas suas praias), numa Gibson Dusk Tiger/Dark Fire (nem são tão SS assim), nesse Martin, nos simuladores hi-end de estúdio. E penso que tende a evoluir muito, está só no começo...


      makumbator

      Uma das coisas que me afasta do estereótipo de guitarrista é essa paixão geek desenfreada! hsahashahs

      Você é baixista que eu sei! Denunciado!!! hahahahahaha

      carlos adolphs
      Veterano
      # out/10
      · votar


      MauricioBahia
      E que se fodam todos os diodos, DSPs e válvulas, pois eu quero é ouvir boa música, o talento na verve do artista!
      Aleluia!A essência perdida do Rock and Roll ainda existe!

      carlos adolphs
      Veterano
      # out/10
      · votar


      MauricioBahia
      Cara!Vc vai concordar comigo, com certeza!Quando um cara insiste que tal amplificador não timbra bem e outro discute e não concorda, algo tem!
      Então como se fosse um filme estrangeiro com legenda embaixo, leríamos:
      "- Não sei timbrar um ampli..."
      Já vi caras com Les Paul e Fenders Legítimas, acompanhadas de Marshalls e Mesa-Boogies, tirarem um som de bo..., assim como em um festival em que fui jurado, um pequeno afrodescendente, com uma Jennifer plugada em um ampli nacional vindo do espaço, fez chover no palco!O cara parecia possuido pelo Hendrix!
      A peça mais importante do ampli e que geralmente tem defeito de fábrica é aquela que põe a mão na guitarra...
      Um abraço!

      MauricioBahia
      Moderador
      # out/10 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      nichendrix: Dos SS, o Roland JC-120 e o Polytone Mini-Brute fazem minha cabeça voar até hoje,

      Esse Polytone, pelo visto é um belezura hein. MMI também falou dele.

      Obrigado pelo post, super legal saber da história e como adquiriu todo esse conhecimento. \o/

      Mas eu sei lá, afinal, quem sabe de alguma coisa num universo em que até a relatividade é relativa?

      Tô com tigo! Com diz a Furação 2000, "Eu só quero é ser feliz
      Andar tranqüilamente..."

      shoyoninja: Do ponto de vista técnico, todo amplificador de guitarra, valvulado ou não, é uma bela porcaria.

      hihihi!

      O que entendo por amplificador All-Tube é: um amplificador projetado para trazer uma certa sonoridade ao invés de eficiência, e que tenha suas partes CRÍTICAS projetadas e baseadas em válvulas, só isso.

      E esquenta pra caramba! hehe

      makumbator: Acho que vc sabe que uma das coisas que eu menos gosto de discutir em música é sobre equipamento, acho que já contei de um conhecido meu que conseguia ficar falando mais de 1h no telefone sobre qual modificação ele iria fazer em um wha. O pior é que eu tinha que escutar...

      Eu também não gosto não muito não, mas acho que o FCC precisa de questionamentos, discussões e menos "como faço isso?". Acho que a discussão sadia só acrescenta e a gente aprende muito!

      Vc está numa fase recente desse tipo de questionamento não é? Já vi alguns tópicos recentes seus com esse tipo de discussão.

      Na verdade, eu sempre gostei de questionar as coisas, desde pequeno. Aprender é algo que me instiga.

      MMI

      Marvada!!!!!!

      carlos adolphs: Cara!Vc vai concordar comigo, com certeza!Quando um cara insiste que tal amplificador não timbra bem e outro discute e não concorda, algo tem!

      Cara, muita gente culpa o equipo, mas o "peopleware" é o responsável pelo "erro"! heheh

      Abs e obrigado a todos. Desculpe se não respondi com detalhe aos posts... Tô de ressaca... ai, ai..

      MMI
      Veterano
      # out/10
      · votar


      MauricioBahia

      Na verdade, eu sempre gostei de questionar as coisas, desde pequeno. Aprender é algo que me instiga.

      Prepara um tópico desses sobre detalhes técnicos de guitarras...

      MauricioBahia
      Moderador
      # out/10
      · votar


      MMI: Prepara um tópico desses sobre detalhes técnicos de guitarras...

      Só que aprender demooooora! :)

      Abs

      nichendrix
      Veterano
      # out/10 · Editado por: nichendrix
      · votar


      makumbator
      Eu não ligo nem de ser semi tube ou "zero" tube, quanto mais reclamar de diodo!hashshasa!

      São dois... eu não ando ligando nem se for um Marmitube do Edalko... hehehehhe... o que importa é ter o som agradável, o que vem dentro, o meio do caminho, interessa pra técnico em eletrônica. Até hoje só teve um amplificador que eu tive dificuldade pra tira o timbre que queria, que foi o Carvin Legacy II, porque o canal de drive do bicho foi totalmente projetado pra tirar o som do Steve Vai, então penei uns 20min pra fazer ele soar menos Stevevaiesco.

      MauricioBahia
      Pra mim, isso atrasa o aprendizado. Liga a porra da guitarra num Amplitube da vida e tá bom pra caramba! Nem precisa de amp! Basta o cara, sua guitarra e criatividade!

      Eu fico puto com essa coisa de colocar o equipo a frente do guitarrista.


      Cara, e como atrasa o aprendizado.

      Todavia eu acho que a gente também não pode tirar a importância do meio na hora do aprendizado e na realização da arte.

      É como eu sempre discuto com um amigo meu que é artista plástico e professor de desenho de observação e pintura. Por acaso ele também é representante comercial de várias marcas de materiais de desenho, pintura e escultura, em geral marcas de média à top.

      Nas classes dele sempre tem umas velhinhas que chegam com o melhor que existe em material de desenho e pintura, com conjunto de lápis alemão que a unidade custa r$25 reais. Mas não desenham nada, ficam lá trocando figurinhas sobre material de desenho com outras velhinhas e algum viadinho fresco, e desdenhando quem não tem os mesmos materiais.

      Uma vez discutindo eu, ele e o outro professor, o outro professor falou que por ele não tinha essa, todo mundo tinha que usar lápis nº 1 e nº 2 do mais vagabundo pra aprender, ele já acha que é preciso o melhor material de desenho, pois facilita o aprendizado das técnicas, já que você poderia se concentrar apenas em aprender e não à superar as deficiências do material.

      Eu não nego que sempre que tenho que aprender uma nova habilidade, tento pegar a melhor ferramenta que eu tiver acesso, justamente para não ter que me bater com a dificuldade de domar essas deficiências do meio.

      Mas no fim o que eu aprendo com uma PRS, eu aprendo numa Tonante, a diferença no máximo vai ser o tempo que eu vou levar pra aprender em cada uma.

      Vinícius Iron
      Claro que esses são os músicos mais exigentes e, com certeza, tem um lado profissional (ou semi-profissional) em jogo. Não tem nada a ver com aquele cara que toca em casa e com os amigos só para se divertirem. Estaríamos falando de uma outra realidade, é claro...

      Cara, sempre que vejo os meus colegas e amigos que são músicos profissionais, a maioria prefere equipamentos bem simples e resistentes para a vinda na estrada, e via de regra deixam os equipamentos melhores em casa.

      Não é todo dia que tu vê eles levando valvulado, set de analógico e coisas do tipo pra palco não, em geral são ocasiões mais "restritas", um show realmente muito grande, gravação de DVD, coisa do tipo. São equipamentos que eles levam pra estúdio e não pra sair em turnê.

      Quem eu vejo sempre usar equipamentos melhores em turnê é o pessoal de main stream, banda autoral grande, Paralamas, Capital Inicial, Angra, NX Zero e por aí vai. Mas esses levam porque em geral tem um set só pra palco, então, se quebrar não vai fazer falta depois. O próprio Herbert Viana passou anos usando um par de Hot Rod Deluxe em shows, mas admitia que em casa e no estúdio usava os outros equipamentos, que ele não tinha coragem de levar pra estrada, sob a pena de estragarem.

      Sobre efeitos, eu realmente acho que todo mundo deveria começar por uma pedaleirazinha dessas baratas (obvio que as com um minimo de qualidade). Querendo ou não elas tem mais efeitos que tu vai usar na vida inteira, e uma vez que o funcionamento do efeito vai variar muito pouco de uma marca pra outra, se tu sabe o que quer nela, vai saber o que quer numa Eventide ou T.C. Electronics, pois elas podem até fazer versões melhores do phaser ou do chorus ou do overdrive ou do delay da Zoom G2, mas chorus é chorus, phaser é phaser, overdrive é overdrive, delay é delay.

      Existem parametros nesses efeitos que nunca mudam, se não vira outra coisa. Por exemplo um phaser sempre vai ser um efeito baseado em delay onde o sinal modulado é atrasado é entre X e Y milisegundos, acima disso vira um flanger, acima disso um chorus e por aí vai. Então qualquer chorus do mundo vai seguir os mesmos padrões basicos, obvio uns vão soar bem, outro não, mas o carinha da G2, vai saber o que é um chorus quando ouvir um, não importa a marca.

      MMI
      Eu não tenho dúvidas disso e inclusive, penso que o futuro da música vai ser por esse lado, acabando com as válvulas...

      É, eu sei que quando eu penso que estou atualizado, descubro que já saiu 1001 novidades, não tem como acompanhar mais, antes tu comprava uma GP ou GW e sabia tudo que acontecia. Hoje se tu comprar todas, só tem a ponta do iceberg.

      Só que nos dias atuais, nessa questão tecnológica, existem as porcarias, as meia-bocas, as razoáveis e as realmente boas. Por isso que para a maioria desse fórum, falar que SS é bom, o cara vai pensar num Warm Music dos mais vagabundos e falar que você disse bobagem. Agora quero ver meter o pau num Lab5, Polytone (nas suas praias), numa Gibson Dusk Tiger/Dark Fire (nem são tão SS assim), nesse Martin, nos simuladores hi-end de estúdio. E penso que tende a evoluir muito, está só no começo...

      É isso que eu sempre falo. Mesmo para outros contextos, existem soluções fodas que passam longe das válvulas. Tu pega um Lab5 e vê o B.B. King tocando no talo, usando distorção e jura que é valvulado, que é um Twin Reverb, mas nada, é SS. O mesmo vale para os Randall, tu ouve pantera e imagina uma parede de Boogies e Marshalls e é um monte de SS.

      Quando vc entra nessa faixa top de linha, todas as tecnologias são boas, não tem uma que seja ruim, cada uma supre uma necessidade e tu escolhe a medida que precisa sem se preocupar com rotulos.

      O cd lá do Lee Ritenour, o novo, tem musica com gente de tudo que é estilo, em algumas o amp é uma Boss GT-8 (como tu havia me falado), e o timbre dos caras é animal, tu jura que é valvulado hehehhe

      carlos adolphs

      Ih! eu já viu isso muitas vezes... hehehehe

      Konrad
      Veterano
      # out/10
      · votar


      MauricioBahia
      Tô de ressaca... ai, ai..

      hahahah. Eu também.

      Exagerei na canjibrina ontem. Mas eu bebo mais devagar que você. Hauhahuhauhua

      nichendrix
      eu já viu

      Regionalismo, meu caro? ;)

      nichendrix
      Veterano
      # out/10
      · votar


      MauricioBahia
      Esse Polytone, pelo visto é um belezura hein. MMI também falou dele.

      Cara, Polytone Mini Brute, ROland JC-120 Jazz Chorus, Lab5, são todos amplificadores SS que não devem 1mm que seja à valvulados, para quem procura o som limpo "perfeito" são até mais eficazes que os valvulados e quem diz que não é, é porque nunca testou. Putz, o B.B. King distorce o Lab5 dele e tu jura que é válvula.

      Obrigado pelo post, super legal saber da história e como adquiriu todo esse conhecimento. \o/

      Conhecimento tem que passar pra frente, se tu quiser um livro muito legal procura naquele site de livro usados que esqueci o nome agora por um livro chamado Toque do Ralph Denier, bicho é literalmente uma enciclopédia de guitarra, é um dos livros que eu nunca vou vender, porque hoje em dia, com o mesmo nível de detalhes em um guia geral, só existe a edição americana no mercado.

      Tô com tigo! Com diz a Furação 2000, "Eu só quero é ser feliz
      Andar tranqüilamente..."


      É esse o espirito da coisa... hehehehe

      MauricioBahia
      Moderador
      # out/10
      · votar


      Konrad

      hehehehihihih

      nichendrix

      Esse? http://www.amazon.com/Guitar-Handbook-Ralph-Denyer/dp/0679742751

      Abs

      MMI
      Veterano
      # out/10
      · votar


      nichendrix

      Que livro é esse aí?

      Konrad
      Veterano
      # out/10
      · votar


      MMI
      MauricioBahia

      Na verdade foi ele que escreveu, o cara que assina não passa de uma farsa.

      Tudo de memória. hehhe

      MauricioBahia
      Moderador
      # out/10 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      MMI
      nichendrix

      Livros não tem impostos e na Amazon é bem mais em conta que aqui. Além da qualidade ser superior. O Konrad sabe disso.

      Tô pedindo aqui pela Amazon e gostaria de sugestões... (off)

      Se puderem me passar por MP, agradeço!

      Abs

      ps. to pedindo esses já:

      The Beatles Anthology
      Led Zeppelin Classics (Authentic Guitar-Tab)
      The Beatles Complete Chord Songbook (Guitar Chord Songbook)
      Beatles Gear: All the Fab Four's Instruments from Stage to Studio (Book)
      The Guitar Handbook

      Abs

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a É todo valvulado ou não é, pô!? Definição correta de "All Tube".

      304.990 tópicos 7.883.102 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital