Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Ligando valvulado em PA sem usar falantes!

      Autor Mensagem
      Bog
      Veterano
      # abr/10


      Curiosidade rápida: alguém agui já ligou um head ou combo valvuado com saída para caixa em um atenuador estilo THD Hot Plate, *com dummy load total* (não, não quero amp frito), a saída de linha do atenuador em um DI box com simulador de gabinete e a saída do DI box num PA? Como ficou?

      MMI
      Veterano
      # abr/10
      · votar


      Bog

      Eu tenho um THD Hot Plate, mas nunca liguei num simulador de gabinete como você sugeriu. O que fiz foi mandar a saída para uma mesa. Ficou legal sim, é uma coisa interessante a se fazer. Aliás, você me deu uma boa idéia, fiz isso só uma vez e bem rápido, preciso fazer mais testes desse jeito.
      A questão é que o som do THD "no talo", ou seja, *com dummy load total*, não é tão legal, acaba modificando bastante o som e eu não gosto muito. Te digo que o THD não faz mágica não. É bacana dentro de uma faixa, mas todo atenuador muda o timbre. Por essa razão que eu tenho o THD, porque se é para mudar o timbre, que mude de forma um pouco controlada, já que ele tem alguns controles e botões para algum acerto no som. Nele, quanto maior a atenuação, maior a alteração, mas é utilizável sim.
      Abç

      Rodrigo Ribeiro Branas
      Veterano
      # abr/10 · Editado por: Rodrigo Ribeiro Branas
      · votar


      Queria fazer um esquema assim!

      kosmiktubes
      Veterano
      # abr/10
      · votar


      Tire as válvulas de potência e pode jogar tudo no máximo sem falante.

      Se é pra transformar o amp num pedal de pré é melhor assim...

      Bog
      Veterano
      # abr/10
      · votar


      MMI

      Hmmmmmmmmm.... Sem mágicas... :(

      É fogo, porque o ÚNICO jeito de eu ter (bom, ter e usar) um Vox Night Train seria esse.

      izzychili
      Tire as válvulas de potência e pode jogar tudo no máximo sem falante.

      Mas aí perderia o propósito de se usar o amp completo, que seria ter a saturação e dinâmica do power. Considerando só o preamp, seria mais prático e portátil algo como um Mesa V-Twin ou H&K Tubeman. Ontem passei algumas horas brincando com esses carinhas ligados num PA, e apesar de terem o som beeeem legal, não tiram a sensação estranha de se estar tocando em algo que não é bem um amp de guitarra (o que não é surpresa, já que não é mesmo). Neste ponto, preamps valvulados não fazem muito melhor do que um Sanamp ou mesmo uma pedaleira digital. =/

      Aí eu achei isso aqui na web:

      http://www.ishibashi-webshop.jp/shop/g/g591169500/

      Um valvuladinho minúsculo com dummy load e simulação de gabinetes embutidos. Agora só falta ouvir um de verdade...

      kosmiktubes
      Veterano
      # abr/10
      · votar


      Bog, tinha entendido que você ia tirar a saída de linha do amp, não do atenuador. Nesse caso terá mesmo a característica das válvulas de saída, vale a experiência.

      MMI
      Veterano
      # abr/10
      · votar


      Bog

      Eu posso dizer que tenho alguma experiência nisso. Como tenho equipamento de rack, um Mesa Triaxis e um Rectifier (são prés), mais um pré em rack para gravação Presonus e um pedal Mesa V1 Bottle Rocket, todos pré-amps e valvulados. Diga-se de passagem, o H&K Tubeman que você citou é maravilhoso... A maneira mais legal que já tentei nesse esquema de tirar um som em volumes menores foi com o Triaxis ligado num Zvex Nano head. Nnca testei, mas ouvi dizer que o Electro-Harmonix 22 Caliber pelo tamanho dele é até legal. São opções interessantes para esse esquema de pré valvulado mais um power fraco, se bem que o Zvex é um ampli com pré e power.
      Neste fim de semana se der tempo vou fazer uns testes com o THD para ver melhor, mas não tenho DI box com simulador de gabinete. Se conseguir, te conto no que deu.
      Quanto ao seu VOX Night Train, talvez a solução seria um atenuador e caixas, sem tantas ligações, dummy load e PA.
      Já o seu link, não rola de ler aquilo não! rsrsrsrs. Só a figurinha do amp.
      Abç

      Bog
      Veterano
      # abr/10
      · votar


      izzychili

      Vamos ver, vamos ver... :)

      MMI

      Então, a minha questão não é apenas o volume, mas também a portabilidade. Como não posso tocar em casa, preciso sempre descer 3 andares de escada, colocar tudo na bicicleta (!), ir até um outro lugar onde posso fazer um pouco mais de barulho, e lá eu posso usar um pequeno PA. Ou seja, o único jeito de eu ter um valvulado "de gente grande" seria se eu pudesse NÃO ter o gabinete, que eu não posso ficar carregando e nem tenho onde colocar (!).

      Por conta disso, eu me acostumei a ter amps bem pequenos e/ou coisas para ligar direto em linha. Acabei gostando da brincadeira. Só que eu fico assim: combos pequenos e simples com falante de 6 a 8 polegadas, com dinâmica e maciez, mas com poucos recursos e som encaixotadinho OU simuladores/preamps com muitos recursos ligados no PA, com flexibilidade e boa resposta nos graves, mas sem ter aquela resposta característica do valvulado.

      Nessa brincadeira, já fui atrás de Blackstar HT-Dual, H&K Tubeman, Mesa V-Twin, SansAmps diversos e um monte de coisas digitais. Tudo soou legal em algum grau, mas nada deu a resposta suave dos valvulados de verdade - nem os preamps valvulados. Fica faltando algo - talvez seja o power, talvez seja o gabinete+falantes, talvez sejam ambos. Por isso que eu perguntei. Queria saber o que exatamente fica faltando para algo como um Tubeman não apenas soar, mas também RESPONDER como um amp.

      Agora, na verdade, eu não PRECISO de (mais) um amp, mas para mim explorar equipamentos é uma diversão em si, hehe. E o legal é que depois eu posso voltar para o Brasil, vender por metade do preço que custa lá, e ainda ter lucro, hahaahahahah.

      MMI
      Veterano
      # abr/10
      · votar


      Bog

      Agora entendi...
      Realmente é dificil sua situação. Acho que falantes (bons) de 12 fazem muita diferença. Assim como umas válvulas no power também. Difícil...
      Abç

      Bog
      Veterano
      # abr/10
      · votar


      Upgrade para a posteridade: testei hoje a idéia e... acho que finalmente consegui encontrar o limite máximo entre o 'valvulado completo' e o resto!!! :)

      Testei a idéia com uns 4 simuladores de gabinetes diferentes. Eles podem fazer uma diferença monstruosa. Alguns soaram bem melhores que outros.

      Me parece que a conversão para o sinal em linha é feita antes do load. E que boa parte da mudança sonora não é só por causa do atenuador em si, mas também dos falantes, que respondem melhor a partir de um certo volume.

      Comparei com simulador digital, simulador analógico, preamp valvulado... apesar de todos soarem bem de alguma forma, nenhuma das opções tinha a dinâmica do valvulado. Mas esta de ter o valvulado quase completo, faltando apenas os falantes, mantém a dinâmica, mesmo que ao preço de uma mudança de timbre (menos brilho e uma bela puxada para os médios).

      Na verdade, eu acho que encontrei mais do que uma solução para o meu problema de limite de peso. Eu sinceramente achei que em baixos volumes, plugando assim num mini-PA com um falante de 8" ficou MELHOR do que o amp sem atenuador e com o volume no 2. O.o E soou também melhor do que o meu Champzinho, coitado. Enfim, é uma solução meio cara e meio complicada, mas que parece funcionar bem.

      MMI
      Veterano
      # abr/10
      · votar


      Bog

      Legal que você achou uma solução razoável. Mas dê nomes aos bois, conta aí quais são esses simuladores

      Bog
      Veterano
      # abr/10 · Editado por: Bog
      · votar


      MMI
      conta aí quais são esses simuladores

      O simulador de falantes do Blackstar HT-Dual (que achei muito anasalado), dois de pedais da AMT Electronics (F-1 e R-1, um mais cristalino, o outro mais gordo, ambos com o pedal bypassado) e as duas simulações do Hughes & Kettner Red Box, sem contar a simulação embutida naquele amp do link (apenas um filtro passa-baixa, muito mal implementado). Gostei do H&K por ser mais transparente.

      O legal dessa solução mirabolante é que levar um headzinho como o Night Train para o Brasil é muito mais fácil do que levar um AC15. Fora que dá até para fazer gravações sem ser expulso do prédio!

      Quem sabe eu me dê um amp de Natal, hehehe.

      Edit: testei hoje de novo a brincadeira. Ficou MUITO legal. A única coisa que falta é o puch de um falante de guitarra maior, já que o lugar tem mini-PAs com falantes de 8" ou 6.5". Mas o som ficou melhor do que o desses combinhos estilo Fender Champ!

      MMI
      Veterano
      # abr/10
      · votar


      Bog

      Olha, não conheço esse, mas os produtos da H&K sõa excelentes, de uma maneira geral.
      Vou pesquisar esse simulador.
      Abç

      MMI
      Veterano
      # mai/10
      · votar


      Bog

      Achei algumas coisas que podem lhe interessar.
      Este artigo fala sobre "load boxes" e "speaker simulators". Na verdade, tem pouca coisa para te acrescentar.
      Este outro fala sobre Falantes Flux-Tone, que prometem controlar o volume de um valvulado sem alterar o timbre. É interessante essa tecnologia VMT, vale a pena olhar.
      Abç

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Ligando valvulado em PA sem usar falantes!

      304.166 tópicos 7.868.714 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital