Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Tensão em Amps Valvulados 127V vs 110V

      Autor Mensagem
      nichendrix
      Veterano
      # jun/12
      · votar


      MauricioBahia
      É verdade que no Brasil não há mais locais que usam redes com tensão de110v? Enfim, só existem 127v ou 220v?

      Ao menos no papel é, porém na prática a variação é bem grande, já vi tomada dando 280V e segurando por pelo menos 30min em rede 220. Como tem lugar que é 127, mas só registra 115V na maior parte do tempo.

      MauricioBahia
      Moderador
      # jun/12 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      nichendrix: Ao menos no papel é,

      Era isso que queria saber. Oficialmente são essas duas tensões. Tô sabendo dessas variações estranhas...

      Valeu!

      ps. acho que vale a pena até ter aquele medidorzinho viu. A gente toca nuns "buracos" que vale a pena fazer um pré-teste ante de plugar o amp.

      Bog
      Veterano
      # jun/12
      · votar


      MauricioBahia
      É verdade que no Brasil não há mais locais que usam redes com tensão de110v? Enfim, só existem 127v ou 220v?

      É, mas existe uma tolerância, em 3 faixas. Para a nossa ligação residencial normal, as faixas são as seguintes:

      Valores adequados: 201 a 231v (220v) ou 116 a 133v (127v)
      Valores precários: 189 a 244v (220v) ou 109 a 140v (127v)
      Valores críticos: qualquer coisa fora disso.

      O problema para quem usa equipamentos americanos direto numa tomada de 127v é que as faixas de tolerância de lá são diferentes das daqui. Aí...

      MauricioBahia
      Moderador
      # jun/12
      · votar


      Bog

      Valeu!!!!

      inExperienced
      Veterano
      # jun/12
      · votar


      Bom algum sentido acho que tem.
      Se vcs derem uma olhada nos amps Jet City 333 (by Soldano), verão que ele trabalha com 4 voltagens diferentes, 100v/120v/220v/240v.
      Vejam a pagina de um amp deles.
      http://www.jetcityamplification.com/2011/02/16/jca2212rc/

      Bog
      Veterano
      # jun/12
      · votar


      inExperienced
      Bom algum sentido acho que tem.

      Sentido no que?

      Se vcs derem uma olhada nos amps Jet City 333 (by Soldano), verão que ele trabalha com 4 voltagens diferentes, 100v/120v/220v/240v.

      Possivelmente isto é feito para que uma única variação de amp possa ser vendida em diferentes países. É a mesma lógica dos fabricantes que usam fontes multi-tensão. Às vezes o custo de fabricar um produto preparado para várias tensões é menor que o custo de fabricar produtos diferentes para vender em cada país.

      mudo.tagarela
      Veterano
      # jun/12
      · votar


      MauricioBahia
      Em teoria, nem nos Eua era pra ter 110, mas aqiui a rede é instavel demais, nunca se sabe como esta vindo a energia da sua tomada, o esquema é usar estab. independente disso. No_break eu acho desnecessario.

      MauricioBahia
      Moderador
      # jun/12 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      mudo.tagarela

      Tô sabendo. Tem um tópico do Carlos Adolphs que explica muito bem no item 5:

      【FIXO】 Dicas para quem vai entrar no mundo dos amplificadores de guitarras.
      http://forum.cifraclub.com.br/forum/10/267113/

      Eu só queria ter certeza quais eram as tensões oficiais no Brasil.

      Valeu!

      Bog
      Veterano
      # jun/12
      · votar


      MauricioBahia
      Eu só queria ter certeza quais eram as tensões oficiais no Brasil.

      Entregando a idade, na época em que eu trabalhei com isso eram estas:

      www.aneel.gov.br/cedoc/res2001505.pdf

      nichendrix
      Veterano
      # jun/12
      · votar


      inExperienced
      Bom algum sentido acho que tem.
      Se vcs derem uma olhada nos amps Jet City 333 (by Soldano), verão que ele trabalha com 4 voltagens diferentes, 100v/120v/220v/240v.
      Vejam a pagina de um amp deles.


      Engraçado eu tenho um Jet CIty e ele é só 120v e 230v

      blackfarrapo
      Veterano
      # 19/abr/17 17:47
      · votar


      na boa alguem pode resumir o que foi dito? É muito confusa as explicações.
      Resumindo, Pode-se usar um transformador caso seja robusto mas tem que ter + Filtro + Nobreak para segurar caso caia a energia, entao usam transformadores com mais sistemas de estaebilização?
      Ta...
      Caso use um NO BREAK tem que ser o senoidal? Alguem pode falar alguma marca ou modelo ? Nao é possivel, deve ter um monte de modelo padrão ai que dá certo para amplificadores, NAO ENTENDO o pessoal mandando fazer transformador etc, sendo que MAIORIA dos amps que usamos usam da mesma energia. Cade a organização dos músicos, q bagunça. rs

      Ismah
      Veterano
      # 20/abr/17 10:24
      · votar


      A questão centra é "proteger do que?"

      - Surtos de tensão se resolve com o Varistor/VDR em paralelo, simples, mas é bem eficiente
      - Sobretensão se resolve com VARIAC's
      - Ruído de rede se resolve com filtros de linha (geralmente HPF e LPF por volta dos 50~60Hz) e aterramento TRABALHANDO EM CONJUNTO
      - Onde tudo isso se encontra junto se pode chamar de main power ou como a Furmann (marca referência no segmento, ao se falar de guitarra) power conditioner.

      marfu
      Membro
      # 22/abr/17 18:16 · Editado por: marfu
      · votar


      na boa alguem pode resumir o que foi dito? É muito confusa as explicações.
      Resumindo, Pode-se usar um transformador caso seja robusto mas tem que ter + Filtro + Nobreak para segurar caso caia a energia, entao usam transformadores com mais sistemas de estaebilização?
      Ta...
      Caso use um NO BREAK tem que ser o senoidal? Alguem pode falar alguma marca ou modelo ? Nao é possivel, deve ter um monte de modelo padrão ai que dá certo para amplificadores, NAO ENTENDO o pessoal mandando fazer transformador etc, sendo que MAIORIA dos amps que usamos usam da mesma energia. Cade a organização dos músicos, q bagunça. rs


      Um resumo voltado ao título do tópico.
      O padrão elétrico de tensão estabelecido no Brasil é 127VAC em grande parte das cidades, ou 220VAC em alguns casos.
      Os amplificadores fabricados no exterior são para tensões de 100, 115, 120, 230 e 240.
      Utilizar um amplificador com tensão de entrada diferente do projetado pode causar danos imediatos ou a longo prazo.
      Um transformador externo simples, de tensão e potência compatível com o equipamento, resolve o problema.
      A substituição do transformador interno por um de boa qualidade com as mesmas especificações de secundário, e compatível com o padrão Brasileiro é o ideal.
      Faço regularmente estes serviços.

      Ismah
      Veterano
      # 22/abr/17 19:26
      · votar


      Isso funciona para quem toca nos mesmos locais, caso de bandas da casa, e de quem não toca fora de casa normalmente...

      Ontem toquei no bairro Cidade Baixa, um dos mais antigos da capital gaúcha. Normalmente lá é bifásico, sendo fase-neutro 110, e fase-fase 220...

      Amanhã, tocamos na serra, em Caxias do Sul, onde normalmente 220 e 127...

      Aqui em casa estou registrando tensões de 238 algumas vezes !

      Matec
      Membro
      # 23/abr/17 11:38
      · votar


      Dizer que no Brasil há um padrão de energia é o mesmo que dizer que nossos políticos são honestos.

      Não existe padrão nenhum, e cada concessionária adota a tensão que bem entender em sua rede. Quem duvidar é só ir no site da ANEEL e procurar pelo tipo de fornecimento em cada cidade. Mesmo nas cidades pequenas há diferenças entre o fornecimento de cada região. A BAGUNÇA é que é OFICIAL!

      Tensões dos municípios Brasileiros

      Veja que esses são os dados oficiais. mas o que você mede na tomada é bem pior.

      Deus nos guarde!

      macaco veio
      Veterano
      # 23/abr/17 12:51
      · votar


      Caraca! tem tensão até de 440V. Que ótimo, pode ligar um valvulado direto, não precisa de transformador não. KKKKK

      Ismah
      Veterano
      # 24/abr/17 02:56 · Editado por: Ismah
      · votar


      Coé macaco veio, isso são tensões industriais que sempre existiram, tanto aqui como na Gringolândia. A resposta é simples: quanto mais alta a tensão, menor o diâmetro/sessão transversal do fio para se usar. E claro, como obviamente nem todos os aparelhos operam com essa tensão, se usa trafos rebaixadores, o que naturalmente reduz também as variações de tensão. Simples e eficaz, de uma época que não existia fonte chaveada. rsrs

      marfu
      Membro
      # 24/abr/17 14:15
      · votar


      Companhia Estadual Encarregada de Escurecer o estado...
      Siiiiiiigão nossas façanhas, de modeloooo a toda terra...

      macaco veio
      Veterano
      # 24/abr/17 23:58
      · votar


      Ismah
      Pois é, eu vi que algumas cidades tem 220V e 440V. Nas tomadas e lâmpadas das casas serão certamente 220V. Já está errado, ta tudo errado mas já começaram errado no passado e agora é tarde demais (ou caro demais) pra corrigir.
      220V é alto demais numa tomada ou para se trocar uma lâmpada, é perigoso. O mais sensato é frequência de 60hz tensão o dobro 120V, frequência de 50hz tensão o dobro 100V. No Brasil é tudo pros coco (é muito atrasado), pra tentar organizar definiram que seria de 127V e 220V (pra que esses 7V eu não tenho a mínima ideia, acho que o Asim andou explicando algo sobre economia nos trafos mas não me convenceu não, porque no restante do mundo não é 127), pioram, deveriam ter deixado como era antes dos anos 70 que era 110V + 110V para se ter 220V. Talvez o porque 110 fosse o dobro de 55hz um meio termo entre 50hz e 60hz assim como 115V (em alguns aparelhos) um meio termo entre 110V e 120V. Assim se tem por ai denominações com 100V 110V 115V 117V 120V 127V 130V 220V 230V 240V e assim enquanto mais miseravel o país mais alta a tensão pra economizar cobre e a cabeça das pessoas começam a acompanhar essa ideia de que tem que se viver miseravel. Não basta apenas estudar música para ser um guitarrista, tem que ter vocação. Não basta apenas estudar fisica e matematica pra ser engenheiro, tem que ter vocação pra coisa. Não é de hoje que eu tenho avisado, "as coisas estão erradas" agora por mim que se danem, vou fazer 61 e não vou ficar aqui muito mais tempo. KKKKK

      Ismah
      Veterano
      # 25/abr/17 00:37
      · votar


      pra que esses 7V eu não tenho a mínima ideia

      Bem, estou supondo apenas ok?

      Houve uma modernização nos sistemas de geração elétrica, que se passou a ter defasagem de 60º. Então tensão, para uma ligação fase-fase, não é mais dada por um cálculo linear das tensões V' + V" de cada fase envolvida, e sim em função do seno do ângulo (α) de defasagem. Ficando o cálculo expresso por:

      Sin α * ( V' + V" )

      Sendo V' e V" os valores das tensões de cada fase envolvida, quando ligadas em fase-terra (também chamado fase-neutro) .

      Sin60 * ( 127 + 127 ) = 219,97045256124741627798568537125 V , praticamente 220.

      macaco veio
      Veterano
      # 25/abr/17 02:45
      · votar


      Ismah
      Pois é, o Brasil já sabe disso desde os anos 70 quando mudou pra 127V e o mundo até hoje não sabe dessa modernização, incrivel! os engenheiros brasileiros são feras. O mundo todo está errado, o Brasil é que esta certo. KKKK, fazer o que né!
      não é mais dada por um cálculo linear das tensões V' + V" de cada fase envolvida So no Brasil. e isso não explica os 7 a mais, explica como conseguir 220 escolhendo 127 + 127. faz a mesma conta escolhendo 120 + 120 enfiando esse seno de 60 no meio que nao vai dar 220.
      Isso ja vem desde o tempo da TV a cores, os engenheiros eletricos do Brasil se acham, tudo eles tem que ser diferentes do resto do mundo. Nada contra ser diferente, mas sempre essa diferença é pra pior. KKKK

      Matec
      Membro
      # 25/abr/17 11:25 · Editado por: Matec
      · votar


      Pra quem se interessa em saber, a transmissão de energia com 3 fios de alta tensão no alto do poste é mais eficiente, já que serve para transmitir energia industrial ou residencial. Os transformadores são mais complicados, mas são mais eficientes também.
      Porém para esse sistema trifásico funcionar corretamente ele tem que ter um defasamento de 120º entre as ondas de cada fio.
      Como há um tipo de padrão para energia trifásica (não brasileiro) as fases costumam ter uma tensão de 220v cada (também existem fases de 380v e 440v). A formação do neutro nesse caso obedece uma configuração interna dentro do transformador trifásico cujo valor pode ser expresso pela função => 220V /( -tan120º) = 127v
      Quanto à praticidade desse padrão em termos residenciais, aí já é outra história.
      O problema aqui no Brasil é que você muda de rua e a tensão da rede muda, se você mora numa casa ou num apartamento, vai ser diferente. E por aqui esse tipo de coisa, não muda.

      miguelspar
      Membro Novato
      # 25/abr/17 12:04
      · votar


      Em um sistema trifásico, a defasagem entre as fases é de 120º.

      Aqui no Brasil, cada fase possui um valor RMS de 127V em relação ao neutro. Essa é a chamada tensão fase-neutro.

      Mas se pegarmos a tensão de uma fase para a outra, o calculo fica 127*(√3), o que dá 220.

      O padrão em alguns locais do brasil é ter nas tomadas das casa a tensão Fase-neutro. Já em outros, o padrão é Fase-fase (não sei o porque dessa confusão)

      Não sei se expliquei muito bem, ou se vcs já sabiam isso tudo... hahaha

      marfu
      Membro
      # 25/abr/17 12:30
      · votar


      Bom...
      No meu entendimento e lembrando das conspirações globais + brasilidade, chego na seguinte teoria:
      Todos sabem que os geradores e demais equipamentos do sistema elétrico utilizados no Brasil vieram de fora. ( guarde essa informação)
      Agora, vcs sabem como foram feitas as ferrovias no Brasil ?
      Foram concessões/negócios feitos entre políticos, empresários e fornecedores de fora.
      Mas vcs sabem que depois de construídas, as ferrovias não tinham larguras de trilhos iguais? e desta forma não poderiam ser integradas ! e desta forma o Brasil gastou muito pra comprar algo que não funcionou integrado no futuro...

      Pergunto aos Srs...
      Qual dificuldade de fazer a mesma coisa quando o Brasil comprou os equipamentos de geração e distribuição nos anos 60 ???
      É pra pensar e pesquisar...

      marfu
      Membro
      # 25/abr/17 12:32
      · votar


      Pior... fui pesquisar...

      e o problema é do tempo do Império...
      Ora Pois !
      "Afinal, por que existem duas tensões elétricas no Brasil? A resposta é simples. Como a 'tecnologia' não existia no país na época da implantação da energia, tudo precisou ser importado, desde a mão de obra inicial até equipamentos. Com isso, a concessão foi dada a várias empresas que vieram de diversos países, entre eles Canadá, Estados Unidos e Inglaterra. Em cada uma destas nações existia uma tensão que foi reproduzida pelas empresas por aqui. Na região sudeste a implantação da energia elétrica foi realizada por empresas de origem canadense, como a "Light & Power", "Rio de Janeiro Tramway" e a "São Paulo Light & Power" que optaram por instalarem a maioria das redes em 110 volts. Já no norte, nordeste e centro-oeste, as empresas de origem europeia implantaram tensões elétricas, predominantemente, em 220v."

      http://ecoviagem.uol.com.br/noticias/curiosidades/ciencia/afinal-por-q ue-o-brasil-possui-duas-tensoes-eletricas--18478.asp

      marfu
      Membro
      # 25/abr/17 12:39
      · votar


      Mas claro, isso é Brasil !
      Na data de ontem, no programa Roda Viva da TV Cultura, foi entrevistado o economista Eduardo Gianetti.
      A entrevista abre bem os olhos do que é Brasil.
      Recomendo à todos, pois mostra bem o que é o país que vivemos, e principalmente mostra muito da cultura que vivemos, aparecem críticas bem pontuais e isentas de partido.
      Aparecem reflexões sobre Brasil, desde as capitanias hereditárias até a constituinte.
      https://www.youtube.com/watch?v=_zq54vhdQBw

      miguelspar
      Membro Novato
      # 25/abr/17 13:05
      · votar


      marfu

      Da pra desvirtuar ainda mais o tópico se fizermos uma reflexão sobre quem foram os imigrantes no brasil e comparar com os imigrantes que foram para os EUA na época da colonização.
      A galera que foi pros EUA tava querendo melhorar de vida. Não estavam satisfeitos com vida na Gra-bretanha. Tavam fugindo da igreja e tals...
      Enquanto que os que vieram pro brasil, só pensavam em extrair riquezas e mandar tudo de volta para Portugal.
      Acho que isso tudo contribuiu para termos uma sociedade tão dependente e acho até que isso explica como o brasileiro de hoje em dia é tão passivo.
      Enfim, melhor voltar às tensões haha

      macaco veio
      Veterano
      # 26/abr/17 00:58
      · votar


      ...Com isso, a concessão foi dada a várias empresas que vieram de diversos países, entre eles Canadá, Estados Unidos e Inglaterra. Em cada uma destas nações existia uma tensão que foi reproduzida pelas empresas por aqui. Na região sudeste a implantação da energia elétrica foi realizada por empresas de origem canadense, como a "Light & Power", "Rio de Janeiro Tramway" e a "São Paulo Light & Power" que optaram por instalarem a maioria das redes em 110 volts. Já no norte, nordeste e centro-oeste, as empresas de origem europeia implantaram tensões elétricas, predominantemente, em 220v."

      Pois é, e no final os culpados são os estrangeiros, os brasileiros não tem culpa não, KKKK. Como se os estrangeiros estivessem controlando a energia elétrica no Brasil até hoje. É uma simples falta de organização e integração entre Faculdades formando engenheiros, empresas produzindo e governo fiscalizando. Nos USA uma simples janelas das casas tem um padrão que deve ser seguido por qualquer um que quer construir uma casa ou quer abrir uma fábrica de janela, se quizer colocar uma diferente feita num serralheiro da esquina sua casa não passa na inspenção feita pelo fiscal do governo e voce não pode morar, se insistir vem a multa e se continuar insistindo lhe tomam a casa. Sei porque trabalhei 10 anos na construção civil americana (pode ver as casas as janelas são tudo igualzinha). Ai dá pra imaginar a eletricidade.

      marfu
      Membro
      # 26/abr/17 13:05
      · votar


      Caro Macaco Veio.
      Minha colocação abaixo, foi impulsiva...
      Qual dificuldade de fazer a mesma coisa quando o Brasil comprou os equipamentos de geração e distribuição nos anos 60 ???
      Mas depois pesquisando percebi que nem é necessário... afinal é bem como o Miguelspar falou...

      A galera que foi pros EUA tava querendo melhorar de vida. Não estavam satisfeitos com vida na Gra-bretanha. Tavam fugindo da igreja e tals...
      Enquanto que os que vieram pro brasil, só pensavam em extrair riquezas e mandar tudo de volta para Portugal.

      A culpa é do Brasileiro mesmo...

      Lelo Mig
      Membro
      # 26/abr/17 14:22
      · votar


      Mesmo sendo uma merda deveriam agradecer ao fato de terem energia elétrica no Brasil.

      Porque o País é digno de tochas e archotes.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Tensão em Amps Valvulados 127V vs 110V

      303.301 tópicos 7.849.352 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital