Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Problemas com respiração diafragmática

      Autor Mensagem
      Chiasaru
      Membro Novato
      # 21/nov/17 23:56


      Boa tarde, galera. Esses dias, após alguns meses que aprendi a respirar expandindo a barriga para frente, percebi algo que me deixa em dúvidas se estou respirando corretamente ou não. Durante esse tempo, achei que estava correto, mas notei que, ao expandir a barriga, minhas costelas praticamente não saem do lugar. Eu só consigo expandir as costelas com uma respiração mais alta (não a ponto de mexer os ombros) na qual meu peito infla e minha barriga fica quase parada. Creio que o correto seja expandir a barriga ao mesmo tempo que as costas e as costelas, mas estou achando extremamente difícil executar isso, principalmente fazer as costas mexerem. Alguém bem entendido do assunto poderia me ajudar com isso? Desde já muito obrigada.

      zlo zebry
      Membro Novato
      # 22/nov/17 13:27
      · votar


      Vou te falar o que funciona bem para mim. Não sei se isso segue o manual.
      A barriga começa a inflar e depois as costelas abrem acompanhadas de um leve movimento dos ombros.

      zlo zebry
      Membro Novato
      # 22/nov/17 13:49
      · votar


      Esse leve movimento dos ombros eu to falando me parece perceptível só para você mesmo. Se eu filmo, não dá para perceber quase nunca.

      Chiasaru
      Membro Novato
      # 22/nov/17 18:02
      · votar


      zlo zebry
      Mas o correto não é a expansão apenas da parte baixa? Eu consigo expandir as costelas somente crescendo o pulmão. Ele não sobe, mas enche de ar, creio que fica perceptível.

      zlo zebry
      Membro Novato
      # 22/nov/17 19:40
      · votar


      O ar vai encher o pulmão com certeza. As costelas sobem quando você está puxando o ar.
      Deixa alguém que tem alguma prática com isso te responder com mais certeza sobre como deve realmente acontecer (porque eu só sei da minha experiência, talvez alguém que tenha mais contato com outras pessoas cantando saiba te descrever melhor qual a sensação que você deve sentir).
      Mas já te adianto, explicar isso sem ser pessoalmente deve ser um tanto difícil.

      Gansinho
      Veterano
      # 23/nov/17 00:45
      · votar


      Procura sobre respiração intercostal no canto.
      O ideal é ter um professor pra te ensinar, claro.

      Leandro Rigon
      Veterano
      # 21/dez/17 00:16 · Editado por: Leandro Rigon
      · votar


      Olá. Quanto a técnica e respiração cada professor pode te explicar isso de uma forma diferente. Eu vou explicar a forma que uso e aprendi (estudo canto lírico desde 2004 em Curitiba como Hobbie, atualmente faço aula com uma professora da Unespar - Embap).

      Assita um bebê dormindo. Ele não mexe as costelas praticamente. Mexe apenas a barriga. Ao inspirar, a barriga cresce. Ao expirar, diminui. É isso. Copie isso (Obs.: Um atleta usa muita respiração alta, expandido muito as costelas, respirando ofegante, o que só gasta energia a toa - não use isso).

      Portanto, inspire. A barriga vai naturalmente ser protetada pro fora. Ao cantar, ela naturalmente vai retrair. Explicada a respiração, deve-se pensar em apoio. Nesse ponto, a imagem mental que ajuda é um sargento mandando você ficar em sentido: você "encolhe a barriga". O ato de "encolher a barriga" ajuda a pensar em 3 coisas: 1) você abre as costelas naturalmente (bem a parte baixa que você falou), que irá manter abertas enquanto canta. 2) Você colocará um pouco de tensão somente na parte mais baixa do abdómem, próximo do umbigo. Fazendo isso o apoio está feito. Obs.: Pouco. Não se deve criar tensão em toda a musculatura do abdómem (não é abdominal). Somente uma leve contração abaixo do umbigo, como se o estivesse puxando pra dentro ("encolhendo a barriga"). Você estará realmente encolhendo a barriga, afinal ao expirar a musculatura estará retraindo, e você, ao manter o apoio, "puxará" o umbigo pra dentro. 3) O "encolher a barriga"/posição de sentido ajuda a pensar em postura. Você vai pensar em alinhar bem a coluna, o que também é muito importante. Você não irá expandir as costelas na parte de cima, porém pode ter movimento, pois você estará arrumando a postura.

      PS.: O que escrevi não é de forma algum consenso. Há professores que indiquem como apoio travar o abdomen inteiro como abdominal. Na técnica alemã, você deverá pensar em jogar o abdómem pra fora enquanto canta, ao invés de retrair. Só escrevi esse PS para demonstrar que isso não é consenso e há tantas e tantas outras formas. Porém a que eu descrevi me parece a mais natural e menos forçosa. Boa sorte.

      PS.2: zlo zebry A filosofia que eu estou aprendendo no canto é quanto menos esforço melhor. Portanto quanto menos movimentos inúteis que nada influirão com o resultado melhor. Seja movimento de ombro... erguer a cabeça preparando a respiração... movimento da mão ou do corpo contando tempos... reguer a música com as mãos... tensão no pescoço para ir pra região aguda... nada disso ajuda. Um pensar em projetar ombros para trás pode ajudar a corrigir a postura, mas o ideal é que a postura já esteja em ordem quando você for pensar em inspirar.

      PS.3: Aprender de verdade só com professor de canto.

      PS.4: Raramente entro no fórum. Me mande um email caso queira perguntar alguma outra coisa.

      Christhian
      Moderador
      Prêmio FCC 2007
      # 21/dez/17 16:25 · Editado por: Christhian
      · votar


      Chiasaru
      Vamos entender algumas coisas importantes.

      Você não tem problemas com respiração diafragmática. Aliás, se tivesse, já poderia ter falecido, pois seria algo sério. O problema é a interferência causada NA INSPIRAÇÃO por você mesma, de maneira inconsciente (a partir da adolescência e quanto acordada, pois dormindo faz direitinho) e consciente - agora, possivelmente, com essas ideias - e na técnica de APOIO, posteriormente.

      Então a resposta é: Faça aulas, de boa qualidade. Meus alunos presenciais (e tem muitos que leem esse fórum e podem constatar) entendem em UMA AULA como fazer isso e quais exercícios devem trabalhar para melhor a técnica. Se você continuar 'interferindo', isso vai lhe custar MESES depois de aula pra desmontar a memória muscular mal formada.

      Um abraço.

      Chiasaru
      Membro Novato
      # 07/jan/18 00:47
      · votar


      Comecei aulas há umas semanas. Segundo meu professor é assim mesmo, devido ao músculo da barriga ficar tensionado, aí cresce só as costelas. Eu achava que a barriga e as costelas tinham que ser expandidas ao mesmo tempo na respiração ao cantar. Ele falou que a expansão da barriga não se usa muito para cantar, mas sim nos exercícios.

      Chiasaru
      Membro Novato
      # 07/jan/18 00:52
      · votar


      Leandro Rigon
      Seu texto ficou muito bem explicado. Obrigada. Quando estou cantando acontece essa pressãozinha perto do umbigo, que você diz, já é meio automatizado.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Problemas com respiração diafragmática

      304.506 tópicos 7.874.689 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital