Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Afinação x Extensão Vocal o que tem mais Valor?

      Autor Mensagem
      SaMaria
      Membro Novato
      # 19/set/17 07:31


      Olá pessoal,
      É comum professores de canto falarem que o que define o bom cantor é a afinação e não a extensão vocal.
      Eu ouço muito isso porque faço aula há seis meses (individual) me dedico muito, minha voz é contralto do mais grave, sempre começo vários tons mais baixos que as demais mulheres na aula em grupo (faço em grupo há 2 meses). Mas minha dificuldade é notas mais agudas, bom eu nem chego nelas, vamos dizer medianas, pois não chegava com tranquilidade em Sol 4 hoje chego em Si 4 mas ainda não é com muita suavidade. Às vezes sinto que não acompanho bem o grupo por essa limitação vocal. Tenho facilidade em divisão de vozes fazer contralto, mas quando vamos cantar em um mesmo tom, as dificuldades surgem.

      Eu queria muito uma opinião sincera sobre o que vocês realmente pensam sobre o que tem mais valor, ser afinado ou ter um alto alcance vocal? Sinceramente ? Pois eu vejo uma contradição as pessoas falam que é afinação mas não condiz com a atitude, pois valorizam mesmo o alcance vocal, é claro que é mais fácil chegar bem na afinação dos agudos que tem uma extensão vocal maior, qual a opinião de vocês? Essas questões estão me aflingindo de verdade.

      Felipe Stathopoulos
      Membro Novato
      # 19/set/17 10:15 · Editado por: Felipe Stathopoulos
      · votar


      Extensão é relevante, mas penso que mais importante que ter grande extensão vocal é ter afinação e, mais que isso, ter afinação e qualidade (tessitura) em toda sua extensão vocal.

      De nada adianta ter uma extensão grande se quando vc precisa da nota no dia-a-dia ela sai fora do lugar ou, pior ainda, desafina ou quebra. Sem falar que fatores internos e externos podem alterar sensivelmente sua voz de uma hora para outra, o que tende a atingir as notas mais extremas da sua extensão vocal.

      A extensão vocal pode aumentar (alguma coisa) com o tempo. Claro que se vc é contralto jamais cantará como uma soprano com a mesma qualidade, mas com o tempo pode tranquilamente chegar a uma meso, especialmente se vc for jovem.

      Eu por exemplo sou barítono, mas como canto (embora por bastante tempo sem treinamento) há muitos anos (+/-20), chego a boa parte das notas de baixo com relativa qualidade (Eb), e a boa parte das notas de tenor (A), mas aí já com qualidade reduzida. Minha luta é para ter toda esta extensão, que me é mais ou menos natural, com a mesma qualidade com que tenho as notas típicas de barítono (tessitura).

      E isso leva vários anos de treino.

      Tenha paciência. Faça as coisas na ordem certa. Conheça seu aparelho fonador. Jamais force sua voz.

      E acima de tudo: encontre a sua própria voz!

      Wade
      Membro Novato
      # 19/set/17 10:25
      · votar


      Não tem isso de "mais importante". São coisas diferentes e complementares, não excludentes.

      Afinação é básico. Obrigação. TEM que ter. É o fator objetivo da coisa.

      Já extensão é a variável. Se pode ter mais ou ter menos, sem significar que você é melhor ou pior. Obviamente, quanto maior a extensão, mais versátil você vai ser. Mas ainda assim é uma questão subjetiva.

      Se sua extensão é limitada até certo ponto, você não deveria cantar além dela.

      Ou eu posso estar confundindo extensão com tessitura e estar falando um monte de merda aqui.

      DuBarzinho
      Membro Novato
      # 19/set/17 10:59
      · votar


      Essa é fácil! melhor cantar poucas notas certas que várias notas erradas. más em nenhum dos casos você vai conseguir ser uma grande cantora logo se quer cantar bem precisa dos dois.

      SaMaria
      Membro Novato
      # 19/set/17 11:12 · Editado por: SaMaria
      · votar


      Pessoal obrigada por estarem respondendo!

      Felipe obrigada como sou iniciante eu fico perdida sobre o foco nos ensaios, algumas vezes foco demais em ensaiar só agudo pois sinto uma pressão para fazer isso. Mas estou entendo que tem que ter um equilíbrio certo e ensaiar bastante afinação também. Felipe eu tenho 26 sempre fui muito tímida e só esse ano tive coragem de aprender canto, estou me dedicando mesmo, eu entendo o que você fala da qualidade porque conforme as notas vão subindo minha voz fica encorpada forte e as outras meninas mezzo e soprano já vão mais suaves.

      Wade eu me confundo bastante com os termos ainda, nem sei se me expressei bem, acho que em termos de tessitura eu começo em um Ré bem grave e chego até o Lá 4 com conforto atualmente.. mas dá para começar no Lá antes desse Ré e ir até o Si4 mas ai por enquanto ainda não está confortável.

      Du obrigada eu vou continuar me esforçando!

      Ningen
      Veterano
      # 19/set/17 11:42
      · votar


      SaMaria

      IMO, você tem mais valor... A maneira como você canta... Essa interação que você pode ter com quem te ouve... Essa relação cantor-ouvinte...

      Contudo, sobre afinação e extensão, tudo depende do que você quer... Como você quer atingir as pessoas... Se você sente que pra transmitir tal canção precisa de MAIS extensão, você vai soar insegura... Mas e se você quiser passar segurança? Bom, não vai dar muito certo... Entende o que quero dizer?

      Wade

      Afinação é básico. Obrigação. TEM que ter. É o fator objetivo da coisa.

      Sei não hein... Exemplos não faltam de "cantores" que não eram afinados e ainda assim eram bem sucedidos em suas propostas... (Bob Dylan, Nick Cave, Leonard Cohen...)

      Esse último chegou a dizer uma vez: "Eu tinha o rótulo de poeta, e talvez eu tenha sido um por um tempo. O rótulo de cantor foi também gentilmente concedido a mim embora eu mal conseguisse me manter afinado." - Leonard Cohen

      Ahhh o Anthony Kiedis do RHCP também... "brinca de desafinar" nas suas músicas.

      Não digo que você tenha que cantar desafinado rsrs... Só não considero "fator objetivo da coisa" "TEM que ter"...

      Wade
      Membro Novato
      # 19/set/17 12:05
      · votar


      Ningen
      Por fator objetivo, me referi ao fato de ser binário. Ou você está afinado ou não está. E o indicado é que esteja. Os exemplos citados são exceções à regra e não acho uma boa ideia se pautar pelas exceções.

      Mas retiro o TEM que ter. Realmente não é uma regra inquebrável, visto os exemplos citados.

      SaMaria
      Membro Novato
      # 19/set/17 12:39
      · votar


      Ningen

      Eu entendo o que você diz sabe porque na intensa busca de técnica que é muito importante sim, mas, eu sinto que as vezes se esquece da emoção, sentimento que é o mais lindo que a música tem o poder de transmitir e falar com as pessoas e é verdadeiramente por esse intuito que eu quero poder cantar para alcançar as pessoas através da música, quero cantar na minha igreja.

      Ismah
      Veterano
      # 20/set/17 15:23 · Editado por: Ismah
      · votar


      SaMaria
      Tenho facilidade em divisão de vozes fazer contralto, mas quando vamos cantar em um mesmo tom, as dificuldades surgem.

      Isso abre portas e fecha outras... Há uma valorização exagerada de agudos, como se isso fosse a máxima do canto...

      Uma das mulheres com vozes mais graves que conheço é a Loiara Gewher. A voz grave dela é justamente o diferencial dela, e o que a coloca em destaque. Repare que o homem é quem canta a parte aguda.

      Vídeo recente: www.youtube.com/watch?v=qvTQQLilcFA
      Vídeo antigo, mas mostra as notas graves da moça: www.youtube.com/watch?v=iUlczK9th34

      Voz não tem o que fazer, vais ter de se aceitar e usar isso a seu favor. Pessoalmente eu acho interessante o diferente... Vozes femininas comuns tem aos montes, a sua é mais difícil de ver...

      Mas entre afinação e extensão, sempre pela afinação... Não adianta de nada um cantor desafinado que alcansa ao longo de 6 oitavas...

      Eu acho muito legal a abertura de vocais no country, alguns grupos sertanejos também fazem.

      www.youtube.com/watch?v=AbfgxznPmZM

      Christhian
      Moderador
      Prêmio FCC 2007
      # 20/set/17 18:26
      · votar


      Afinação é obrigação.

      Gansinho
      Veterano
      # 20/set/17 19:36
      · votar


      É aquele negócio... Prefere ser afinado e cantar bem ou cantar que nem o Pabllo Vittar? Não tem nem o que pensar, né. hahah

      SaMaria
      Membro Novato
      # 21/set/17 10:53
      · votar


      Ismah estou ouvindo os vídeos dela muito bom! Legal mesmo!

      Sim meu timbre é diferente mesmo, meu professor sempre fala que nesses quase 20
      Anos dando aula só conhece duas mulheres com voz grave assim, eu e mais uma. Ele fala que é top cantar facilmente esse grave, mas eu quero estudar bastante e desenvolver agudos para cantar músicas que eu gosto, nem toda música fica legal abaixar o tom neh

      Christhian concordo tenho estudado todo dia exercicios De afinação, está cada dia melhor.

      Meu objetivo e cantar na minha igreja tem cantores muito bons lá professores de canto, formados em música etc...estão estou estudado bastante.

      Mas sinto aquela pressão enorme em relação a desenvolver agudos...

      Ismah
      Veterano
      # 22/set/17 04:31
      · votar


      Eu acho bobagem não querer transpor, não tem essa de música que não fica bem transposta...
      Eu afino em Eb meu violão, justamente para ficar mais confortável pra cantar, porque estou no meio termo também, um pouco deslocado da média.

      Fica diferente do original? Fica, mas entra da sua habilidade para arranjar, e usar o que tu tem a seu favor... E não tem troca aqui.
      Penso eu que, se é para fazer igual, eu ponho o original para rodar...
      Eu invejo quem é barítono e baixo, mas preciso me aceitar como um tenor spinto (pelo pouco que estudei), talvez com mais idade, chegue a um tenor dramático, ou até a um tenor heróico. Acredito que tu seja uma contra-alta dramática.

      Vale lembrar, que nem sempre é interessante transpor tonalidade, as vezes dá para transpor uma oitava inteira e fazer sem forçar... As vezes dá para subir um tom para isso...

      Então, se tu quer cantar o que tu gosta, mas sem adaptar para sua voz, o máximo que vai conseguir é machucar as cordas vocais... Simpels assim.

      Tu vai desenvolver alcance nos agudos? Claro que vai! Mas quem sabe serão 10 anos para ganhar 5 tons... Não espere cantar uma oitava acima...
      Além disso tendência é que seu timbre fique feio e sem muita definição nessa região...

      DuBarzinho
      Membro Novato
      # 22/set/17 09:51
      · votar


      Concordo demais com o que o Ismah falou, essa ideia de que precisa ter o mesmo alcance que o cantor original tem só serve para te deixar procurando pelo em ovo, procure videos de interpretes diferentes da mesma música, vai ver muito mais o talento de adaptar o arranjo ou a voz na musica que essa busca pelo alcance da mesma nota que o outro alcançou. Não vale música da Whitney Houston por quê essas quase todos tentam imitar na cara dura.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Afinação x Extensão Vocal o que tem mais Valor?

      303.512 tópicos 7.854.091 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital