Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Estudo de canto em apartamento

      Autor Mensagem
      DukeLima
      Membro Novato
      # 20/jan/17 09:36


      Desculpem pelo tópico, até achei alguns posts parecidos mas não exatamente igual.

      Estudo Canto normalmente cerca de 3 vezes por semana em casa, quando chego do trabalho ( normalmente as 19:00 até umas 19:40 ).

      O problema é que minha vizinha de baixo está reclamando. Ao contrario de outros instrumentos não têm como eu baixar o volume, ou colocar fones. etc.

      Como proceder ?

      Devo abandonar meus sonhos de cantar por causa de uma vizinha ?

      obs. já estudo musica no meu apartamento nesses horários a cerca de 6 anos e ninguém nunca reclamou, agora essa vizinha nova do apartamento de baixo do meu começou.

      obs2. existe no meu condomínio um acordo de silencio diariamente entre as 22:00 e as 07:00 , o que eu respeito sempre.

      Jube
      Veterano
      # 20/jan/17 10:09
      · votar


      DukeLima
      Se o acordo é das 22:00 as 07:00, então ela que se dane. Continue cantando.

      Ismah
      Veterano
      # 20/jan/17 10:26
      · votar


      Sugiro que cante ao pé do ouvido dela.

      Felipe Stathopoulos
      Membro Novato
      # 20/jan/17 10:27
      · votar


      DukeLima

      Cara, manda sua vizinha ir lavar uma louça...

      Lelo Mig
      Membro
      # 20/jan/17 11:31
      · votar


      DukeLima

      "Segundo a lei do silêncio, que é um conjunto de leis federais, municipais e estaduais, o barulho produzido não pode ser maior do que 50dB entre as dez horas da noite e as sete da manhã. Durante o dia, o nível permitido é de 70dB."

      Em média a voz humana cantando fica em torno de 60 dB. Mesmo que ultrapasse os 70 dB, não estará com esta potência no apto dela.

      Creio que você esta amparado pela lei, pela sua privacidade. Ela pode reclamar o quanto quiser...

      MattSantos
      Membro Novato
      # 20/jan/17 13:47 · Editado por: MattSantos
      · votar


      Ela poderia reclamar se fosse todo dia, durante boa parte do dia. Mas como são alguns dias da semana e só durante 40 minutos por dia, ela não vai conseguir nada contra você.
      Vá em frente que essa vizinha é só uma pedrinha no caminho para alcançar seu sonho.

      Gansinho
      Veterano
      # 20/jan/17 13:53 · Editado por: Gansinho
      · votar


      É o que disseram, mas se te incomodar o fato de estar incomodando os vizinhos, talvez revestir as paredes de uma salinha com algo que isole acusticamente seja uma opção.

      DukeLima
      Membro Novato
      # 20/jan/17 14:00
      · votar


      Lelo Mig

      O complicado é que não existe uma lei do silêncio, li muito sobre o assunto, existe uma lei federal, que fala algumas coisas e diz que precisa de uma lei estadual para definir o resto, na lei estadual manda criar lei municipal.

      Na lei municipal da cidade de São Paulo ( onde estou ) que é conhecida por PSIU diz que só podem ser fiscalizados e condenados pela lei estabelecimentos comerciais. O que faz que na prática não exista lei ou regra absoluta sobre ruídos produzidos por residencias ( nada de horários decibéis e etc ).

      No fim o que iria definir o que pode e o que não pode é o Juiz na hora do julgamento, então fui atrás da jurisprudência e li vários processos no tipo e o resultado: Todo tipo de bizarrice, os 2 lados têm chances iguais de ganhar e teve caso onde no fim a responsabilizada foi a construtora do apartamento pela baixa isolação acústica e teve que indenizar ambos os lados em 10 mil reais cada ...

      Resumindo caso fosse para a justiça eu poderia ser multado em valores que vão de 20 reais a 200 mil , ou até ser preso por até 3 meses devido a uma lei de proteção ambiental que tipifica poluição sonora. Ou eu poderia ser indenisado em até 200 mil pela reclamante e mais 200 mil pela construtora do ap :P

      DukeLima
      Membro Novato
      # 20/jan/17 14:03
      · votar


      E por enquanto irei continuar e tentar argumentar com a outra moradora e tentar chegar a algum acordo e etc. A esfera judicial não é boa pra ninguém apesar de ter se mostrado favorável nesses casos ao acordo de condomínio mesmo.

      Lelo Mig
      Membro
      # 20/jan/17 14:30
      · votar


      DukeLima

      Neste caso, não querendo correr riscos ou incomodar, se você possui um espaço sobrando, compre ou construa uma cabine de isolamento acústico (aquário).

      Bateristas costumam se utilizar desse expediente, você pode fazer uma menor, somente para cantar.

      Squillo
      Membro Novato
      # 20/jan/17 15:49
      · votar


      DukeLima

      Primeiro ela não tem do que reclamar. Tenho certeza que outras pessoas colocam som alto e mesmo que outras desrespeitam o acordo de silêncio.

      Porém, claro que em apartamento a coisa é complicada, mas depende muito do volume da voz. Eu morava em apto e estudava das 20h as 21h, só que sou cantor lírico. Os vizinhos me odiavam e a única vez que vieram me falar alguma coisa já rebati que após as 21h ninguém ouvia um barulho sequer do meu apto, sendo que eles às 23h ainda faziam bastante barulho.

      Mas tem opções se vc tiver algum espaço:

      1- Você pode fazer uma pequena cabine com mdf e espuma.
      2- Você pode fechar metade de um quarto com mdf ou drywall.
      3- Voce pode colocar espuma de estudio num canto (nas paredes e teto) e colocar uma cortina de veludo pesado fechando esse canto. A vantagem é que vc pode abrir a cortina, ventilando o local. Fechado sempre pega cheiro.

      São opções viáveis.

      DukeLima
      Membro Novato
      # 20/jan/17 16:31 · Editado por: DukeLima
      · votar


      Não tenho espaço para fazer nada disso pois só tenho meu quarto mesmo e minha mulher me mata se eu quiser colocar essas coisas lá. Mas obrigado a todos pelas sugestões.

      Sempre sonhei em ter um estúdio em casa com isolação e tratamento acústico, nem pensando no meu som não vazar, mas para o som externo não me atrapalhar mesmo. Quem sabe um dia arrumo um lugar maior.

      jsbazzo
      Membro Novato
      # 22/jan/17 15:18
      · votar


      Olha se me permitem opinar, o canto não é minha área não. Mas o Direito é. Sou advogado e, de fato, não existe uma "lei do silêncio". Entretanto, existem sim leis que servem para tutelar, ou seja, resguardar os direitos da pessoa que se sente incomodada com o barulho excessivo.

      Por exemplo, o Código Civil de 2002 tem um capítulo dedicado aos chamados Direitos de Vizinhança. Em seu art. 1277 ele diz:

      "O proprietário ou o possuidor de um prédio tem o direito de fazer cessar as interferências prejudiciais à segurança, ao sossego e à saúde dos que o habitam, provocadas pela utilização de propriedade vizinha."

      A Lei de Contravenções Penais (Decreto-Lei n. 3.688/1941) prevê que a pertubação do sossego alheio é considerado contravenção penal (crime de menor potencial ofensivo ou crime anão) com punição de prisão simples de 15 dias a 3 meses, que na prática, é uma proposta de transação penal pelo Ministério Público - já que a competência do julgamento é do Juizado Especial Criminal - onde a pena privativa da liberdade pode ser substituída por uma prestação de serviços a comunidade, por exemplo.

      Então existem sim leis que protegem o direito ao sossego do vizinho. É um mito esse negócio de horário, podendo a pessoa importunada, exigir que o barulho pare a qualquer momento. Isto porque, nas normas que regulamentam a questão a lei é silenciosa não estipulando um horário. Piora ainda mais se o vizinho tiver pessoa doente na sua casa.

      Essas Leis que citei são leis federais, ou sejam de competência da União.

      Aliás, a pertubação do sossego entre vizinhos é matéria de Direito Civil. Isto quer dizer que apenas a União pode legislar sobre o tema já que o art. 22, I, da Constituição Federal diz ser competência privativa da União legislar sobre Direito Civil ( e os direitos de vizinhança se enquadram nesta categoria). Veja:

      Art. 22. Compete privativamente à União legislar sobre:

      I - direito civil, comercial, penal, processual, eleitoral, agrário, marítimo, aeronáutico, espacial e do trabalho;

      Isto significa que qualquer Lei seja ela Estadual ou Municipal que regulamente a matéria está eivada de inconstitucionalidade formal. Então como as leis federais também não preveem um limite de decibéis (pelo menos não que eu saiba), o vizinho incomodado pode sim acionar a Justiça.

      Lógico que tudo tem que ter o bom senso. Se você não canta em horários inapropriados, como tarde da noite, as chances da sua vizinha obter êxito são menores. Menores, mas, existem!

      shoyoninja
      Veterano
      # 24/jan/17 15:13
      · votar


      DukeLima
      Sugiro que converse com ela.

      Eu morava em apartamento quando comecei a estudar, e principalmente no começo quando não podia segurar volume para fazer os exercícios, era bem insuportável. Minha filha escutava o que eu fazia do playground (eu morava no 17º andar).

      Nunca tive problema mas eu nunca deixei que alguém intermediasse a coisa (é muito fácil pegar o interfone e reclamar na portaria/síndico). Vá direto a ela e negocie.

      Você fecha portas e janelas para estudar? Isso faz bastante diferença.

      Squillo
      Membro Novato
      # 24/jan/17 19:04
      · votar


      Você fecha portas e janelas para estudar? Isso faz bastante diferença.

      Erguer um ou mais colchões abafa absurdamente.

      DukeLima
      Membro Novato
      # 26/jan/17 15:28 · Editado por: DukeLima
      · votar


      Sim eu fecho as portas e janelas e também já conversei com ela, ela fez uma reclamação por escrita para o sindico, mas aparentemente ele "arquivou" por estar dentro do horário previsto.

      Fui claro com ela que não irei parar e não acho que eu faça tanto barulho assim, afinal eu escuto a TV de vários vizinhos após os horário de silencio inclusive ( provavelmente até a tv dela também ) e não acho que meu estudo passe desse nível de volume, só está chamando atenção por ser coisa diferente, sei lá.

      Expliquei para ela os dias em qua costumo estudar e o tempo ( em média 3 dias por semana por cerca de 40 minutos), ela não gostou, porém não reclamou mais, por enquanto.

      Flipe J.
      Membro Novato
      # 26/jan/17 16:56
      · votar


      jsbazzo

      Muito esclarecedor seu post, show de bola.

      Valentina Haydn
      Membro Novato
      # 26/jan/17 17:25
      · votar


      O ideal seria entrar em um acordo com ela.

      DoisUm
      Membro Novato
      # 31/jan/17 01:45
      · votar


      DukeLima

      Acordo é a única forma de encontrar um meio termo que fique com pra ambos lados.

      Sempre morei em apartamento e já convivi com vários tipos de barulhos de vizinhos: cachorros, crianças, festas, obras, gemidos, brigas, instrumentos, até um cantor lírico já pintou por aqui.
      Não existe coisa pior do que chegar em casa, um lugar que deveria ser seu refúgio pra descanso e conforto, e ser obrigado a aturar certos incômodos. Simplesmente não é justo.
      E como guitarrista, também sei como é frustrante não poder treinar/tocar num volume bacana.

      O jeito é tentar conversar, encontrar uma solução pra que todos possam conviver pacificamente. Porque você tem o direito de cantar mas o vizinho também tem o direito ao descanso. O ideal é que nenhum se sobreponha ao outro.
      No fim das contas, vizinhança é sempre um saco.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Estudo de canto em apartamento

      302.824 tópicos 7.837.879 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital